Elvas sempre em primeiro

Todos os comentários que cheguem sem IP não serão publicados.

Segunda-feira, 21 de Outubro de 2013

As relações Portugal/Angola

 

 

 

Ontem escrevi aqui sobre a futura eurocidade Badajoz/Elvas e o perigo que para mim representa a cooperação entre um gigante e um anão. E é só isso que me deixa preocupado.

Todos sabemos que a justiça portuguesa é pródiga em condenar rapidamente os fracos e os pobres e vai-se esquecendo dos poderosos. Todos nós conhecemos casos mediáticos em que pôr atrás das grades um grande é coisa difícil e a muitos deles nunca irá acontecer nada. Resumindo, tal como no caso anterior, o forte impõe sempre a sua vontade sobre os fracos.

E o que é que se passa com as relações entre Angola e Portugal? Exactamente o mesmo.

Não conheço em pormenor o caso, mas faz ideia que algumas figuras gradas da política angolana têm feito do nosso país uma plataforma de dinheiros ilícitos, onde com um simples detergente fica tudo lavado. A Procuradoria Geral da República teve a triste ideia de se meter com estes figurões e agora o caldo entornou-se. Mais uma vez a PGR se meteu num caso em que não tinha força para dominar. Chegou-se depois ao ridículo de ver um Ministro dos Negócios Estrangeiros pedir desculpas por isto. Mas a PGR voltou à carga e o caldo ainda se entornou mais. E daí a passarem-se às ameaças foi um passo. Basta ler os editoriais do Jornal de Angola (que é o mesmo que ler as opiniões do governo) para se ver até que ponto chegou o descaramento desses senhores poderosos.

Angola é um país enorme e com enormes recursos naturais. Portanto teria que ser um país rico e os seus habitantes teriam que ter um nível de vida compatível com o do país. Mas não é isso que acontece infelizmente. Temos uma casta superior que se governa à grande, que faz aquilo que bem entende e um povo a viver na miséria. O que é isto senão um estado corrupto em que as elites enriquecem de uma forma desmesurada e o povo passa necessidades?

As elites dizem que Portugal se comporta como um estado neo-colonialista. E como é que se comportam as elites angolanas perante o seu povo? Pior que os antigos colonos. Conheci Angola e sei como era antes da descolonização. Tenho amigos que lá vivem e outros que lá vão com frequência e que me contam o que lá se passa. É a vergonha.

 

Jacinto César  


Tasca das amoreiras às 15:03
Link do post | Comentar | Ver comentários (1) | favorito
Domingo, 21 de Agosto de 2011

A Angola que conheci e já não conheço!

Vista aérea do Mercado Roque Santeiro

Hotel de luxo de Luanda 

 

 

 

Como muitas pessoas sabem, servi o meu País em Moçambique como

militar nos anos 72 a 74 do século passado.
Pondo de lado as questões da guerra, o ambiente que se vivia nas

principais cidades era de puro colonialismo de inspiração britânica

(influências da África do Sul e da Rodésia). Os colonos que aí viviam

eram donos e senhores de tudo e de todos e até os militares que aí se

encontravam a defendê-los não eram bem aceites.

Numa das férias que tive, para vir a Portugal, como o avião fazia escala

em Angola, resolvi passar aí uns dias. Como era diferente o modo de

vida em Angola.

A primeira impressão que tive, era a de que estava em Portugal.

Em Luanda vi aquilo que para mim era impensável: estando sentado

numa esplanada da avenida marginal, vi um branco a vender lotaria

e a engraxar sapatos no mesmo instante em que estacionava junto ao

passeio um Alfa-Romeu Montreal (na época era qualquer coisa da

categoria de um Ferrari) e dele saiu um africano de fatinho branco.

Em Moçambique era impossível. Para dizer a verdade, senti-me bem.

Tanto havia pobres negros como brancos e com os ricos passava-se da

mesma forma. Era bonito de se ver.

Isto vem a propósito do que li na última edição da revista “Sábado”

sobre Luanda.

Fiquei envergonhado, para não dizer enojado com o que li! Como é

que é possível haver milhões de angolanos a passar fome e meia

dúzia de corruptos a viverem à grande e à francesa e ostentarem essa

mesma riqueza? Não, não é definitivamente a Angola que tive a felicidade

de conhecer.

Um qualquer tipo que nem tem coragem de dar a cara, a gabar-se de

gastar um milhão de Euros numa festa de aniversário, um casal com dois

filhos pequenos que tem 5 carros topo de gama, com os respectivos

condutores e que gasta 20 mil euros mês num batalhão de criados e outros

casos igualmente escandalosos! Para dar uma ideia final, Luanda é simplesmente

a cidade mais cara do Mundo!

Como é que é possível haver um grupo de lambe botas do poder maltratar assim

um povo inteiro?

E o que mais me espanta é essa canalha chamar ainda hoje colonialistas aos

portugueses.

Colonialistas? Nós? Comparado com o que se está a passar há uns anos a esta

parte em Angola, os portugueses eram uns meninos de coro. Uns anjos!

Até o “António” se levantasse a cabeça de novo ficaria horrorizado com a situação!

Que fazer a isto?

 

Jacinto César    


Tasca das amoreiras às 14:32
Link do post | Comentar | Ver comentários (2) | favorito

Veja quanto tempo falta para as 5 da tarde

Número de bebedores desde 31-7-2007

Visitor Statistics
camping gear

O Tempo

Últimos copos

As relações Portugal/Ango...

A Angola que conheci e já...

Adega

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


A procurar na adega

 

Blogs de Elvas

Tags

todas as tags

últ. comentários

Invejoso
Para nao falar de barcos electricos que tambem est...
Se vao ser dois ou tres nos fins de semana tambem ...
Nest baluarte existio uma oficina de artesanato on...
JacintoSó agora tive oportunidade de lhe vir dizer...
VERGONHA? MAS ESSAS DUAS ALMAS PERDIDAS RONDÃO E E...
Uma cartita. Uma cartinha. Uma carta.Assim anda en...
Os piores lambe-botas são os partidos de Esquerda ...
O mundo está para os corruptos e caloteiros. Uma a...
O mundo é dos caloteiros . Uma autentica vergonha.

mais comentados

subscrever feeds

SAPO Blogs