Elvas sempre em primeiro

Todos os comentários que cheguem sem IP não serão publicados.

Terça-feira, 22 de Outubro de 2013

Nem sempre, nem nunca!

 

 

 

Nestes últimos tempos temos reparado que a Assembleia da República, pouca ou quase nenhuma legislação tem produzido, limitando-se a votar matérias vindas do governo.

Desta vez, o PSD “excedeu-se” e vai fazer uma proposta de referendo e com a qual eu concordo inteiramente: a adopção ou co-adopção de crianças por “casais” homossexuais. Acho que todos nós temos uma palavra a dizer sobre um assunto tão melindroso e que pode pôr em causa o futuro de muitas crianças.

Até hoje não li opiniões de médicos, psiquiatras ou psicólogos que afirmem sem qualquer dúvida que não há prejuízo para os adoptados.

Os que são favoráveis apresentam sempre o mesmo argumento: antes adoptados por homossexuais do que institucionalizados.

Os que têm opinião contrária, apresentam o argumento que criança adoptada por um “casal” homossexual terá sempre e no futuro problemas psicológicos pelo facto de lhe ter faltado um pai ou uma mãe.

Eu, enquanto não me demonstrarem o contrário, concordo com esta última opinião.

Se houver o referendo, este, serve pelo menos para que haja uma discussão nacional sobre o assunto.

Venha de lá o referendo.

 

Jacinto César


Tasca das amoreiras às 18:25
Link do post | Comentar | favorito
Domingo, 19 de Maio de 2013

Será que não temos mais que fazer?

 

 

 

 

Sempre aqui manifestei a minha opinião em relação aos homossexuais: não sou e nunca fui homofóbico, no entanto sempre houve um facto contra o qual sempre estive e que foi com o seu casamento. Como na altura referi, poder-se-ia ter-lhe chamado outra coisa qualquer, mas nunca casamento. Casamento é e sempre o será a união de dois seres de sexos diferentes. Nas coisas mais simples assim é. Se tivermos em nossa casa um cão e uma cadela, diremos sempre que temos um casal de cães. O mesmo não diremos se tivermos dois cães ou duas cadelas. Dirão alguns que tenho uma mente retrógrada, mas quem me conhece sabe que assim não é.

Como se não bastasse isto, vem agora o nosso parlamento permitir a adopção de crianças por “casais” homossexuais. Estamos num país de loucos. Como não temos problemas maiores para resolver, vamo-nos entretendo com estas coisas.

Gostaria de deixar aqui uma situação que mais tarde ou mais cedo irá acontecer. Temos uma criança adoptada por um “casal” homossexual. Quando chegar á idade de ir para a escola, é muito natural que lhe perguntem como se chama a mãe e o pai. Que dirá a criança? Tenho dois pais? Tenho duas mães?

Todos nós sabemos, e muitos por experiência própria, pelo facto de termos um filho que usa óculos, que é gordo ou que tem uma deficiência física qualquer, o que é as outras crianças lhe massacram a cabeça. Os miúdos são cruéis por natureza. Todos. Isto está mais que estudado. Que acontecerá se um deles disser que tem dois pais? O que é que sofrerá com esse facto?

Segundo facto importante num caso destes. Sem querer duvidar da honestidade intelectual e ética de um destes “casais”, como é que educarão esta criança? Não quero com isto afirmar que lhe irão transmitir uma orientação sexual igual ao dos “pais” adoptivos, mas se a criança for criada num ambiente destes, esta não sofrerá influências nesse sentido?

Com tudo isto não quero fazer extrapolações e atirar para cima dos homossexuais as culpas de todos os males do mundo. Contudo, eu creio que um acto destes é contra natura e isso ninguém me tira da cabeça.

 

Uma boa semana para todos

 

Jacinto César     


Tasca das amoreiras às 22:57
Link do post | Comentar | Ver comentários (3) | favorito

Últimos copos

Nem sempre, nem nunca!

Será que não temos mais q...

Adega

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


A procurar na adega

 

Blogs de Elvas

Tags

todas as tags

últ. comentários

Nest baluarte existio uma oficina de artesanato on...
JacintoSó agora tive oportunidade de lhe vir dizer...
VERGONHA? MAS ESSAS DUAS ALMAS PERDIDAS RONDÃO E E...
Uma cartita. Uma cartinha. Uma carta.Assim anda en...
Os piores lambe-botas são os partidos de Esquerda ...
O mundo está para os corruptos e caloteiros. Uma a...
O mundo é dos caloteiros . Uma autentica vergonha.
"Não se pode aceitar que um professor dê 20 erros ...
penso k será pior dizer k ñ tem pais!ou k ñ sabe k...

mais comentados

subscrever feeds

SAPO Blogs