Elvas sempre em primeiro

Todos os comentários que cheguem sem IP não serão publicados.
Terça-feira, 27 de Maio de 2014

Que turismo queremos para Elvas?

 

 

Em Junho do ano passado escrevia aqui um artigo sobre turismo.

Hoje colocaram-me no correio um prospecto sobre um Workshop sobre o Plano Operacional de Turismo do Alto Alentejo. Não conheço o plano em pormenor, mas somente as suas linhas gerais. E assim sendo volto à carga com o argumento que sem os espanhóis como parceiros não podemos fazer nada.

Deixo-vos aqui aquilo que então escrevi e que considero actual.

 

“Mais uma vez volto ao tema turismo, tema que me é muito caro por várias razões.

Todos nós sabemos que em redor de Elvas num raio de 90 quilómetros há 4 cidades Património da Humanidade: Cáceres, Mérida, Évora e Elvas. A juntar a estas cidades temos Badajoz que possui uma infra-estrutura fundamental para o turismo: um aeroporto. Pois bem, permitam-me dar um exemplo e depois explicarei o que quero dizer com isto.

- um avião charter sai de Pequim com 300 turistas a bordo;

- os 300 turistas desembarcam em Badajoz;

- as agências de viagens que venderam o pacote de férias, pegam neles e levam-nos a passar 2 noites a cada uma das 4 cidades.

- ao fim das 8 noites (9 dias que é o habitual para estes casos) os 300 turistas são novamente encaminhados para Badajoz e o avião que os vai levar, trás outros tantos, e tudo volta ao princípio.

Se verificarmos, de 8 em 8 dias temos os 300 turistas a passarem em Elvas 2 dias e 2 noites.

Estamos a falar de uma só origem e de somente 1 avião. E se conseguirmos trazer nesses 8 dias outro avião do Japão, outro da Índia e outro da Rússia? Significava isto que teríamos os hotéis actuais quase todos lotados.

Como é que isto se poderia fazer e qual o papel de Badajoz nisto tudo.

1 – Em primeiro lugar as câmaras destas 5 cidades teriam que se entenderem e fomentar a criação em Badajoz de um Tour Operator que organizasse os pacotes que iriam ser vendidos em feiras internacionais às agência de viagens dos vários países, com incidência nos países emergentes e que estão ávidos de sair, como são aqueles que referi no exemplo.

2 – Badajoz tornar-se-ia um interface de todas estas operações. Perguntar-me-ão porquê Badajoz? Porque Badajoz não tento por enquanto muito para mostrar, teria que também ganhar alguma coisa com isto, além de fornecer o aeroporto que é fundamental, já que o que temos mais perto é o de Beja, e este fica demasiado longe dos destinos espanhóis.

3 – Se durante a estação Primavera/Verão/Outono tentaria conquistar clientes de países que não tivessem invernos muito rigorosos, no Inverno tentaria captar clientes oriundos de países com Invernos extremamente rigorosos.

 

Que isto pode funcionar nestes moldes eu não tenho dúvidas, já que sou “cliente” há muitos anos deste tipo de operações.

Como organizar toda a operação? Bem, aí voltamos ao tema que bastantes vezes aqui tenho falado: a profissionalização do turismo. As câmaras que falem umas com as outras, que contratem pessoas entendidas no assunto e de preferência já “metidas” nele e penso que daí para a frente as coisas correriam sobre rodas.

Claro que além disto tudo, teríamos que dar formação à restauração, hotelaria e comércio para que as coisas corressem ainda melhor. Para finalizar diria que 1 turista satisfeito atrai mais uns quantos.”

 

Jacinto César


Tasca das amoreiras às 14:37
Link do post | favorito
Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Últimos copos

Forte da Graça - 18

Forte da Graça - 17

Forte da Graça - 16

Forte da Graça - 15

Forte da Graça - 14

Forte da Graça - 13

Forte da Graça - 12

Forte da Graça - 11

Forte da Graça - 10

Forte da Graça - 9

Adega

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


A procurar na adega

 

Blogs de Elvas

Tags

todas as tags

últ. comentários

Nest baluarte existio uma oficina de artesanato on...
JacintoSó agora tive oportunidade de lhe vir dizer...
VERGONHA? MAS ESSAS DUAS ALMAS PERDIDAS RONDÃO E E...
Uma cartita. Uma cartinha. Uma carta.Assim anda en...
Os piores lambe-botas são os partidos de Esquerda ...
O mundo está para os corruptos e caloteiros. Uma a...
O mundo é dos caloteiros . Uma autentica vergonha.
"Não se pode aceitar que um professor dê 20 erros ...
penso k será pior dizer k ñ tem pais!ou k ñ sabe k...

mais comentados

101 comentários
89 comentários
86 comentários

subscrever feeds

SAPO Blogs