Elvas sempre em primeiro

Todos os comentários que cheguem sem IP não serão publicados.
Quinta-feira, 30 de Outubro de 2008

INACREDITAVEL!

Hoje ouvi uma notícia que me deixou chocado. Não, enojado!

A Associação das pequenas e médias empresas irá despedir 40.000 trabalhadores a prazo se o governo os obrigar a pagar o novo salário mínimo nacional, ou seja, 450€. O acréscimo mensal para o trabalhador é a “enorme” quantia de 23€.

Eu não sei se estou a dar em “comunista”, mas despedir pessoas que já ganham uma miséria por causa de 23€? Dá vontade de vomitar, sim de vomitar.

Diz a referida associação que as empresas mais prejudicadas serão as micro-empresas com um ou dois trabalhadores. Depreendo por estas palavras que um micro-empresário vai passar fome por ter que desembolsar mais 23 ou 46 € por mês. É gozar com a pobreza.

Mas como não bastasse isto, aparece a Drª. Manuela Ferreira Leite a dar o ámen a esta chantagem inqualificável.

Mas que alternativa têm os portugueses? Quem é que afinal os defende? Já não sei bem o que pensar. Por mais incrível que possa parecer, foi o presidente do CDS/PP, o Dr. Paulo Portas, que saiu a terreiro em defesa dos que menos ganham, além de logicamente o PS que fez a proposta do aumento. Futuro entendimento ou então temos a direita a defender as posições antes defendidas pela esquerda.

Senhores empresários: se qualquer um dos senhores gasta 23 € numa qualquer futilidade, não poderia de deixar de beber um “copo” por mês para poder pagar essa mísera quantia a alguém, a quem 1 euro a mais ou a menos pode fazer a diferença?

 

Jacinto César

 


Tasca das amoreiras às 00:50
Link do post | Comentar | favorito
27 comentários:
De Zequinha a 30 de Outubro de 2008 às 01:45
Não é de admirar que fique enjoado! Visto por essa perspectiva e com esses conhecimentos micro e macro económicos. Vou tentar explicar como tenta explicar. Na base do suponhamos...
Suponhamos que a empresa tem 2 empregados mais o empresário e um lucro anual de 500 €. Isto é, o empresário ganha o mesmo que os empregados e ainda lucra 500 €
O aumento vai ser, sem contar com o aumento do empresário pois este em principio abdica:
14 x 24 x 2 = 672 €

Agora vamos ao resto
Sobre 672 € incidem 23,75% p/Seg. Social por parte da entidade patronal = 160 €
Sobre os 672 € ainda vão incidir mais x % de seguro de acidentes de trabalho que incide sobre a massa salarial.

Suponhamos, como seu eu fosse mesmo labrego, que a empresa anda à rasca para receber dos clientes, que por vezes é o Estado. Tem que pagar a pronto e recebe a 3 ou 4 meses, já não é mau.
Suponhamos que durante o ano o Estado obriga o empresário a pagar 3 vezes por ano imposto sobre lucros supostos mais X
Suponhamos que as empresas são todas pequenas e médias, não suponhamos que em Portugal é um país desenvolvido e assente em grades empresas.
Suponhamos que aplicamos o caso da empresa de 2 empregados e apliquemos a uma com 80 ou 100...
Como dizia o outro engenheiro é questão de fazer contas. Agora como temos "outro" engenheiro, mais distinto e com um cursos tirados em sítios distintos (não se ofenda) estou em crer que as contas estarão mesmo, mesmo bem feitas. Nisso estou "descansado" :-)
Suponhamos... suponhamos...

Cesár, é bom ter o ordenadinho certo ao fim do mês, certinho. Sem preocupações. Dá tempo para pensar, pensar e fazer estes posts iluminados.

Boa noite que "amanhã é dia de escola".

Cumps


De Tasca das amoreiras a 30 de Outubro de 2008 às 03:12
Caro economista, contabilista ou coisa do género

Não ouso discutir os argumentos que me coloca. Acredito que tem as continhas bem feitas. Eu confesso que sou um zero à esquerda no assunto. Mas já agora gostaria que me respondesse ao seguinte: mas onde é que existe um empresário em Portugal que investiu algum capital num negócio, tem 2 empregados, que tira para ele o ordenado mínimo nacional (que é o mesmo que paga aos seus colaboradores) e chega ao fim do ano com 500€ de lucro? Não acha que isto é um filme de ficção? Se não é, tenho que concluir que o nosso homem sabe tanto de negócios como eu.
Eu nunca acreditei naquela máxima portuguesa que, mais vale um mau negócio que um bom emprego, mas para dizer a verdade também não conheço muitos empresários que tenham falido honestamente. Para a sossega só mais uma pergunta: mas em Portugal há empresários (com excepções, claro) ou negociantes?


De Anónimo a 30 de Outubro de 2008 às 08:33
"Eu confesso que sou um zero à esquerda", escreve Jacinto César.
Já tínhamos percebido.


De Anónimo a 30 de Outubro de 2008 às 08:36
"Mas em Portugal há empresários (com excepções, claro) ou negociantes?", pergunta o Jacinto César.
Só tenho pena que o Jacinto seja português, como eu.
Preferiria que fosse bielo-russo, por exemplo.
Cá para mim, um português deve ter orgulho em Portugal. Aqueles que pertencem ao grupo do "é País que temos" são dispensáveis.


De Anónimo a 30 de Outubro de 2008 às 08:39
"Mas que alternativa têm os portugueses? Quem é que afinal os defende? Já não sei bem o que pensar. Por mais incrível que possa parecer, foi o presidente do CDS/PP, o Dr. Paulo Portas", afirma o autor do post.

Ah, não sabias?...
É o dr. Paulo Portas no CDS/PP nacional e o engº Paulinho Portinholas no CDS/PP local.
CDS/PP local quer dizer
Com Desenvolvimento Sindical, Paulinho Portinholas.
Olé!...


De Anónimo a 30 de Outubro de 2008 às 08:41
Jacinto:
Ainda a "trabalhar" depois das 3h da manhã?...
Hoje não é dia de trabalho, na escola secundária?
Ainda tens o desplante de dizer mal da ministra!
O que ela faz, a professores como tu, ainda é pouco...


De Zequinha a 30 de Outubro de 2008 às 12:13
"Caro economista, contabilista ou coisa do género"

Caro César, sou coisa do género... o tal negociante, ou gatuno, como insinuou e que é obrigado a fazer este tipo de continhas ao fim do mês. As suas por ventura serão outras.

"Eu confesso que sou um zero à esquerda no assunto."

Isso é o senhor que o diz, mas pelos vistos chama burro aos outros.

"Mas já agora gostaria que me respondesse ao seguinte: mas onde é que existe um empresário em Portugal que investiu algum capital num negócio, tem 2 empregados, que tira para ele o ordenado mínimo nacional (que é o mesmo que paga aos seus colaboradores) e chega ao fim do ano com 500€ de lucro? Não acha que isto é um filme de ficção? Se não é, tenho que concluir que o nosso homem sabe tanto de negócios como eu."

Não está dentro da realidade, é teórico. Dá lições sem experiência de NADA do negócio. Pois, sei tanto de negócios como o senhor. Afirmou que é um zero à esquerda, mas dá opinião de merceeiro expert. O senhor gosta de partir de "suponhamos" mas quando o tentam elucidar modestamente e partindo também de um suponhamos, já lhe dá para ofender. Há muita maneira de o fazer. O perceber tanto de negócios como o senhor também se aplica ao inverso. O senhor percebe tanto de ensino como eu. Os resultados (que ainda não comentou) da classificação da escola D. Sancho II estão á vista, por isso posso aplicar o mesmo principio que aplicou a mim.

"Eu nunca acreditei naquela máxima portuguesa que, mais vale um mau negócio que um bom emprego, mas para dizer a verdade também não conheço muitos empresários que tenham falido honestamente. Para a sossega só mais uma pergunta: mas em Portugal há empresários (com excepções, claro) ou negociantes?"

Como bom português e seguindo a sua filosofia de pensamento, lhe respondo. Salvo raras excepções, mas em Portugal há professores e administradores escolares ou "funcionários públicos"?

Já sei que não valeu a pena tentar. O senhor é estilo à la politique. Tem sempre bojardas iluminadas para contrapor e chamar burro aos outros. Sabe, há muita maneira de ofender. Com palavrões ou com adjectivos mais ou menos ortodoxos. Agora percebi a função altruísta do blog. Está a ser cumprida a 100% sem duvida. É ver os comentários. Faço-lhe um desafio. Por cada tema que aqui lance e obtenha mais de 3 resposta sobre o tema, dou-lhe os parabéns. Neste, por exemplo, devo ser o único a responder ao tema, obtendo responda cortês e brilhante...

Boa sorte


De Anónimo a 30 de Outubro de 2008 às 09:03
Numa Escola onde havia professores como o Anibal que ocupava o tempo das aulas a criticar a Câmara, como pode haver melhor lugar no ranking... É esse tipo de pessoa tão competente que tem o importante cargos da ADE-Associação para o Desenvolvimento de Elvas. Como diz um amigo: só se for para desenvolver a má lígua, onde até este tem muita prática... não é só o Tiago...


De Anónimo a 30 de Outubro de 2008 às 09:12
Após a reunião desta noite no Grémio, o concelho nunca mais vai ser como dantes!
Sentem-se e apertem os cintos.
O desenvolvimento, agora, nunca mais vai parar.
Obrigado, ADE - Aliança Democrática de Elvas!
Obrigado, ADE - Associação Desenvolver Elvas!
Sem vós, os oprimidos ficavam sem voz.
PSD + CDS + STAL, a fórmula ideal.


De Anónimo a 30 de Outubro de 2008 às 09:45
Ouvi dizer que:
a ADE - Aliança Democrática de Elvas
ou seja, a ADE - Associação Desenvolver Elvas
é recebida hoje pelo Rondão.
Será verdade?
Aquilo, a ter lugar, deve correr bem...


De Anónimo a 30 de Outubro de 2008 às 12:09
Esse tal Rondão que toda a gente fala não é o tal que é como o feijão de duas pintas


De demo a 30 de Outubro de 2008 às 14:45
até que enfim!!!!
POST DIGNOS DE MERECER UMA LEITURA


jovem elvense


De Anónimo a 30 de Outubro de 2008 às 15:58
Paulinho Portinholas está com uma fezada.
Eu também. Que a reunião do grémio não vai dar em nada.


De Anónimo a 30 de Outubro de 2008 às 16:46
Não acham estranho que uma iniciativa da Câmara sobre o turismo o vereador do pelouro não seja convidado a falar? Por um lado compreendo-os, pôr como oradores o Eurico e o Patrick devia ser digno de ser visto. Seria de gargalhada, até eu lá iria ver.


De averdadedosfactos a 30 de Outubro de 2008 às 16:50
Não sendo socialista, aplaudo esta ideia que à muito já deveria ser feito pelos governos antecessores.
Se isso acontecesse talvés não chegássemos ao ponto a que chegamos. Aproveito ao mesmo tempo para dizer que o rendimento social de insersão seja atribuído a quem dele realmente necessita e não tendo valores tão elevados comom actualmente. Como também os trabalhadores que são chamados ao IEFP e recusam muitas das vezes o trabalho e que continuam a receber o rendimento solcila de inserção. Penso que o Ps está afazer um apolítica que o PSD não teve coragem de fazer. É de lamentar que na 2ª feira da manhã um comentário de um dos ilustres advogados que este país tem que manifestou uma opinião contra o amuento do ordenado mínimo. Eu deixo esta pergunta no ar:
É este aumento que vai prejudicar o país? ou é o ordenado dos administradores das empresas publicas ou semi publicas que auferem actualmente?Isso sim prejudica realmente o país!!!!
Tenham vergonha!!!


De Anónimo a 30 de Outubro de 2008 às 17:09
Não acham estranho que uma iniciativa da Câmara sobre o turismo o vereador do pelouro não seja convidado a falar? Por um lado compreendo-os, pôr como oradores o Eurico e o Patrick devia ser digno de ser visto. Seria de gargalhada, até eu lá iria ver.


De Anónimo a 30 de Outubro de 2008 às 17:17
"Até eu lá iria ver".
Querias!...
Não foste convidado.
Tontinho; gostava de te ver dizer isso, pessoalmente ao Patrick e ao Eurico.


De Anónimo a 30 de Outubro de 2008 às 17:20
É evidente que não é estranho.
Quanto está presente, é o presidente que fala em nome da câmara.
Tal como, nos últimos dias, nas reuniões com os jovens, esteve presente a vereadora da Juventude (drª Elsa Grilo) e quem falou foi o presidente.
Agora, o que o comentador pretendia não era sublinhar esta estranheza.
A finalidade do comentário é achincalhar o Patrick e o Eurico. O que não é bonito.


De Anónimo a 30 de Outubro de 2008 às 17:27
Não acham estranho que uma iniciativa da Câmara sobre o turismo o vereador do pelouro não seja convidado a falar? Por um lado compreendo-os, pôr como oradores o Eurico e o Patrick devia ser digno de ser visto. Seria de gargalhada, até eu lá iria ver.



De Anónimo a 30 de Outubro de 2008 às 17:42
É evidente que não é estranho, oh portinholeiro ranhoso.
Quando está presente, é o presidente que fala em nome da câmara.
Tal como, nos últimos dias, nas reuniões com os jovens, esteve presente a vereadora da Juventude (drª Elsa Grilo) e quem falou foi o presidente.
Agora, o que o comentador pretendia não era sublinhar esta estranheza.
A finalidade do comentário é achincalhar o Patrick e o Eurico. O que não é bonito.
Mas, vindo de ti, este tipo de comentário, já é habitual.


De Anónimo a 30 de Outubro de 2008 às 17:46
Hás-de estar a morrer (politicamente) e continuas com essa ideia mesquinha de achincalhar os outros.
Nem quando estiveres com os pés para a cova (politicamente) hás-de reconhecer que erraste.
Intelectualmente miserável, a tua postura.


De Anónimo a 30 de Outubro de 2008 às 17:46
Não acham estranho que uma iniciativa da Câmara sobre o turismo o vereador do pelouro não seja convidado a falar? Por um lado compreendo-os, pôr como oradores o Eurico e o Patrick devia ser digno de ser visto. Seria de gargalhada, até eu lá iria ver


De Anónimo a 30 de Outubro de 2008 às 17:48
e excusam de dizer que sou o tiago pk nao sou. sou um elvense revoltado com tudo o que se está a passar. é a prova que rondão é que manda em tudo, distribui os pelouros mas no fundo é ele que manda.sempre.


De Anónimo a 30 de Outubro de 2008 às 17:47
O portinholas a falar sobre o turismo, havia de ser giro, pagava para ve-lo a falar sobre os projectos de antigamente, como por exemplo da quinta Stº António.


De Anónimo a 30 de Outubro de 2008 às 17:48
Não acham estranho que uma iniciativa da Câmara sobre o turismo o vereador do pelouro não seja convidado a falar? Por um lado compreendo-os, pôr como oradores o Eurico e o Patrick devia ser digno de ser visto. Seria de gargalhada, até eu lá iria ver


De Anónimo a 30 de Outubro de 2008 às 18:55
Que sabe o Eurico de Turismo?


De Anónimo a 30 de Outubro de 2008 às 19:50
"Um elvense revoltado com tudo o que se está a passar".
Há que respeitar.
No concelho, grosso modo, dois em cada três eleitores apoia o presidente da câmara e um em cada três é do seu grupo: dos elvenses revoltados com tudo o que se está a passar.
Há que aguentar, mas a maioria manda, apesar de respeitar os discordantes e revoltados...


Comentar post

Últimos copos

Forte da Graça - 18

Forte da Graça - 17

Forte da Graça - 16

Forte da Graça - 15

Forte da Graça - 14

Forte da Graça - 13

Forte da Graça - 12

Forte da Graça - 11

Forte da Graça - 10

Forte da Graça - 9

Adega

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


A procurar na adega

 

Blogs de Elvas

Tags

todas as tags

últ. comentários

logo que poluiçao iriam causar duas ou tres embarc...
Muito interessante. Nessa documentação há document...
Nest baluarte existio uma oficina de artesanato on...
JacintoSó agora tive oportunidade de lhe vir dizer...
VERGONHA? MAS ESSAS DUAS ALMAS PERDIDAS RONDÃO E E...
Uma cartita. Uma cartinha. Uma carta.Assim anda en...
Os piores lambe-botas são os partidos de Esquerda ...
O mundo está para os corruptos e caloteiros. Uma a...
O mundo é dos caloteiros . Uma autentica vergonha.
"Não se pode aceitar que um professor dê 20 erros ...

mais comentados

101 comentários
89 comentários
86 comentários

subscrever feeds

SAPO Blogs