Elvas sempre em primeiro

Todos os comentários que cheguem sem IP não serão publicados.
Terça-feira, 7 de Outubro de 2008

Outra vez o Forte da Graça

Há uns anos atrás um governo que não recordo qual, tentou fazer exactamente o mesmo que o actual está a tentar fazer também. Recordo sim que foi posto à venda por 400 mil contos e o restauro do forte (só o restauro e não a sua conversão) custava cerca de 3 milhões de contos (15 milhões de euros). Pelo que me recordo de então, o problema não se punha na sua aquisição, mas o que resultava dessa mesma aquisição ou seja, a rentabilização do capital investido na aquisição, do restauro e manutenção.

Penso que o problema que se irá por agora será exactamente igual ao anterior. Não estou a ver qualquer privado querer participar num negócio destes.

Logo à partida surge outro problema: que utilização se pode dar ao forte? A utilização que se tem ouvido mais é um misto de estabelecimento hoteleiro e espaço museológico. Eu não sei se os elvenses conhecem bem o Forte da Graça, mas eu não consigo enquadrar um hotel no forte. Se é verdade que a área coberta é descomunal, também é verdade que essa área está muito fragmentada e dispersa. Todos os estudos que conheço sobre o assunto, nenhum aponta nesse caminho.

E transformado o forte em museu? Pois é, ou se arranja uma colecção monumental para aí expor, ou então corremos o risco de colocar um objecto por espaço (logicamente levado ao exagero).

Há a hipótese levantada há uns anos, e não sei se não passou de boato, de um casino. Mas também aqui não vejo grande viabilidade.

Que solução então? Para mim passava por uma série de passos. A saber:

1 – Aquisição do forte pelo preço mais baixo possível (os compradores não devem aparecer), ou mesmo simbólico, pela Câmara Municipal;

2 – Abrir um concurso internacional de ideias, com um prémio relativamente grande, de modo a atrair gente de renome e especialistas no assunto;

3 – Em função desse concurso promover uma parceria câmara-privados para a recuperação e exploração. Esta última poderia eventualmente ser concessionada.

Tenho consciência que não será tarefa fácil, mas se não for a câmara a promover tudo isto, corre-se o risco de tudo continuar na mesma e a degradação a acelerar-se.

Penso que está na hora do município abrir os cordões à bolsa e promover, agora sim, a obra do regime. Quem o conseguir fazer ficará de certeza na história de Elvas. O Coliseu um dia pode mudar até de nome e daqui a umas décadas até pode vir abaixo. O Forte da Graça perdurará pelos tempos, o nome de quem o mandou construir também. Mas também ficará para sempre quem o reconstruir e lhe der uma utilidade que não aquela para que foi construído.

 

Jacinto César

 

 


Tasca das amoreiras às 03:14
Link do post | Comentar | favorito
32 comentários:
De Anónimo a 7 de Outubro de 2008 às 08:38
Oh, César: andas a deitar-te tarde.
Compreensível, por isso, que estejas cansado e não consigas funcionar bem a essa hora...
Como é que é?...
A câmara compra.
A câmara paga a obra de recuperação.
A câmara paga a adaptação.
A câmara paga a manutenção.
Uma pergunta: conhecedor de tantos estudos, já fizeste as contas, César?


De Anónimo a 7 de Outubro de 2008 às 09:59
Objectivamente: à câmara, interessa mais gastar dinheiro num poço sem fundo, ou prosseguir a sua obra social no concelho?


De Anónimo a 7 de Outubro de 2008 às 10:12
Em tempos idos foi apresentada a hipótese do Forte da Graça integrar a redede pousadas da Inatur.Se assim fosse, Elvas ficaria com duas pousadas: A de Santa Luzia ( classe C, Rural,Regional) e a do Forte da Graça de Classe de Luxo integrada em Património Histórico tipo ,Estremoz Flor da Rosa(Crato), Óbitos...
A Inatur negou-se a aceitar a proposta por questões tanto quanto sei de viabilidade económica: quer para Santa Luzia, quer para o Forte da Graça.

Os tempos mudaram, a INATUR hoje pertence ao Grupo Pestana e outros agentes económicos poderão estar interessados. Grupo Amorim, Sonae, Berardo, etc...

Quanto a mim o Forte só tem um caminho: Unidade Hoteleira e Museológica com actividades culturais e interactivas. Claro que não dislumbro música Pimba no Forte,para isso temos o Coliseu, mas uma Feira do Século XVIII, já se enquadra,etc...

A Cãmara de Elvas o que tem que fazer é pressionar fortemente os Ministérios da Tutela(são vários) para
que o processo avance com celeridade. Parece-me que tudo o que ultrapasssa a esfera do poder local morre na Praça da República. Rondão Almeida não passa de um Caudilho Local. Não tem andamento, conhecimento e formação para debater e impulsionar cultura. O Terreno do nosso Presidente é o do CImento e dos Patos Bravos virando-se com lágrimas sofridas de crocodilo para a Terceira Idade.

Veja-se a Santa ignorância do Autarca a defender Elvas a Património da Humanidade e ao mesmo tempo desvirtuar o passsado da Cidade ( Rua da Cadeia, Praça da República,etc...) Os Homens da UNESCO mandam-no passear. Primeiro estraga e depois quer Estatuto de Património da Humanidade!!!??? Rondão antes de fazer intervenções urbanas devia ter acautelado o PATRIMÓNIO. Agora, falam só das Muralhas, qualquer dia só do Padrão da Batalha das Linhas de Elvas....ou do complexo Funebre,por enquanto é o quinto no País.



De Anónimo a 7 de Outubro de 2008 às 10:34
O Homem anunciou a sua recandidatura a Elvas dizendo qu ÉVORA também o reinvidicava e negou-se e mais negou-se a ser Deputado.

Alguém acredita!!!
Só tenho a 4ª Classe.Mas não sou BURRO.


De Anónimo a 7 de Outubro de 2008 às 12:00
Parecem leitões agarrados à teta da porca. Quando os desmamam berram... berram.... berram....


De Anónimo a 7 de Outubro de 2008 às 12:41
Aquela grande figura Cultura nacional que comentou às 10.12h e escreve "Inatur", estará a querer referir-se a uma empresa chamada Enatur?...
Está apresentado. Mais uma vez.
A tua cassete está gasta. Também deverias saber que gravação de som em fita de arrasto está ultrapassada. Passa ao nível seguinte.


De Anónimo a 7 de Outubro de 2008 às 12:43
A propósito de leitões...
andam por aqui verdadeiros bácoros.


De Anónimo a 7 de Outubro de 2008 às 12:44
Ideia genial:
oferecer o Forte da Graça à ADE - Associação Desenvolver Elvas.
aquela malta, com Portinholas, Vivi, Pepi & Cª Lda.,
dá conta daquilo e... muito mais!


De Anónimo a 7 de Outubro de 2008 às 12:52
O Manuel António dos Tempos Modernos com a sua sede no terminal do teleférico sonhado há muitos anos pelo Manuel António dos Tempos Antigos.
Isto anda tudo ligado...
Força, rapazes!


De Anónimo a 7 de Outubro de 2008 às 13:12
Sim tem razão: é Empresa Nacional de Turismo -ENATUR,( Hoje SA) e não Instituição Nacional de Turismo

Obrigado pela correcção


De Anónimo a 7 de Outubro de 2008 às 13:21
Até ao momento só um anónimo comentou o texto do Jacinto César.

Acho que andas a perder tempo Jacinto.


De Anónimo a 7 de Outubro de 2008 às 14:04
Um anónimo não!
O comentador das 10.12h é uma grande figura da Cultura nacional.
Pelo que escreve e pelo desconhecimento que demonstra, é uma pessoa da Cultura.
Então e o anónimo das 12.44h não conta para aqueles que falam sobre o tema?
Francamente...


De Anónimo a 7 de Outubro de 2008 às 14:05
Não, tu tens só uma 4ª classe de BURRO. E és BURRO de verdade e deve ser daqueles que andava à volta da nora com os olhos tapados, porque és tão burro que nem vês o que se passa à tua volta.


De Anónimo a 7 de Outubro de 2008 às 14:11
Eh, pá!
Não vale ofender nem vida pessoal.
Assim, chamar burro não se usa, mesmo que o visado o seja.
Tal como não se fala em vida pessoal; com os olhos tapados ou destapados; à volta da nora ou noutro sítio qualquer. Cada um anda como quer e por onde quer, desde que não incomode terceiros.


De Anónimo a 7 de Outubro de 2008 às 14:14
O blogue da má-língua está fraco.
Dizendo melhor: está fraquíssimo.
Um post desenquadrado do Portinholas e o esforço mental do Paulinho a merecer apenas um mísero comentário.
Vai lá, Tiago: acrescenta-lhe já meia dúzia de anónimos e mostra-lhes dessa maneira que ainda não morreste na tua luta blogosférica.


De Anónimo a 7 de Outubro de 2008 às 14:14
Nunca vi tanta ignorância junta como neste texto do Portinholeiro das 10:12.

Mas, ainda assim, se te achas tão inteligente porque não vais ter com os da Câmara, e lhe dizes isso pessoalmente. Pode ser que sejam mais inteligentes do que tu e consigam entender aquilo que tu não entendes.

E quanto à música pimba ser no Coliseu, não sabia que a dança clássica, bailado, o Noddy, o Ruca, o André Sardet, o Dança Comigo, os manequins nacionais e espanhóis, o Rui Veloso, Joaquim Cortés, Mariza e Carlos do Carmo, etc. eram pimbas. Mas estou sempre a aprender com inteligências portinholeiras como a tua.


De Anónimo a 7 de Outubro de 2008 às 14:19
Pois, uma feira do século XVIII no Forte da Graça!
O "culto" descultivado das 10:12 nem sabe para que servia um Forte, quanto mais o que é uma Feira do seculo XVIII. Podias era recriar a prisão que lá colocou o teu padrinho Salazar.
Ignorância em último grau é o que revelas. Fala só daquilo que entendes, que deve ser muito pouco.


De Anónimo a 7 de Outubro de 2008 às 14:31
"Claro que não dislumbro música Pimba no Forte"

Grande figura da Cultura nacional!...
Porque só uma grande fugura desse âmbito pode vislumbrar que vislumbro se escreve "dislumbro"...
"Dislumbrado" estou eu com tanta ignorância. Mesmo deslumbrado.


De Anónimo a 7 de Outubro de 2008 às 14:41
Anónimo das 10.12h é mesmo uma grande figura cultural...
Está lá escrito assim:
(...) "Estremoz, Flor da Rosa(Crato), Óbitos..."
Então não sabem onde é Óbitos?...
É ao pé das "Nalgas da Rainha", "Noz do Escaravelho" e de "Pinixe".
Devias ser multado; para o erro, deveria haver limites.


De Anónimo a 7 de Outubro de 2008 às 14:58
Há quem pense mal, redija deficientemente e seja fundador de uma nova ortografia...
Parabéns! Pela coragem (ou inconsciência?...) de mostrar tanta ignorância e uma cabecinha tão pensadora.


De Anónimo a 7 de Outubro de 2008 às 16:06
No próximo fim-de-semana, dois acontecimentos no concelho de Elvas: descerramento de placas toponímicas e inauguração do Centro Cultural da Terrugem.
Por um lado, homenageiam-se 11 personalidades, com familiares e amigos a plaudir. Por outro, equipa-se a Terrugem com um grande equipamento.
Vão Falando e escrevendo.
Rondão Almeida segue com o seu ritmo de fazer obra que vai ao encontro da população. Dos votantes, se quiserem.
Portinholas e outros portinholeiros militantes: para vós, isto está pior do que vos parece...


De Anónimo a 7 de Outubro de 2008 às 20:34
Não me parece que a troca de uma letra não intencional seja grave desde que não fira o contexto. O teclado por vezes não significa ignorãncia caro amigo.
Talvez o sr goste mais de Óbito em vez de Óbidos. Fique com a que lhre convém mais.




De Anónimo a 7 de Outubro de 2008 às 20:43
Sr Comentador das 16:06 parece que não vive cá.
Claro que as inaugurações acontecem e com Placa. O buraco da Rua foi tapado por Sua Exª o Presidente da Câmara Rondão Almeida. O W.C da Rua Sá da Bandeira(Jardim as viúvas ) também teve direito a placa do Presidente.
Qual é o seu problema afinal com as inaugurações???
Ou o seu problema é o nome na Placa?

Fique descansado que daqui a uns anos muitas delas desaparecem.
A começar pelo nome do Coliseu.


De Anónimo a 7 de Outubro de 2008 às 21:05
Não percebi.Vamos Multar o Homem de" Pinixe" nas Nálgas da Rainha ou nas dele!!


De Anónimo a 7 de Outubro de 2008 às 21:22
O Anónimo das 14.19 não deve falar do qiue não sabe. Fui militar graduado com grandes responsabilidades no Forte da Graça.Acho que basta.


De manuel figueiredo a 13 de Maio de 2011 às 16:23

bem,,,já que estamos a falar de um imóvel desta tamanho e está ali abandonado à sua sorte sem que nada se faça...eu gostaria de dizer que:
Está abandonado porque se o Ministério da Defesa lhe pega vai ter de pagar IMI, e isso não interessa ao Estado, por outro lado a Câmara não lhe pega porque não lhe interessa também...
E pergunto eu: porque é que quando o Joe Berardo o quis comprar porque não lhe foi vendido?
Afinal o homem tinha cerca de 15 milhões de contos para investir...levou com um não!
Não foram feitas diligências no sentido de se poder fazer ali um grande Centro Multi-Cultural, com algumas atrações de Turismo pelo meio...tem espaço para tudo, e os que dizem que não estão a ver ali um Hotel estão a pensar mal...por essas mentecaptas existirem é que não se concluiu a sua venda!
Assim foram embora 15 milhões...foi embora um projecto que podia engrandecer a região...foram embora postos de trabalho...
E a Câmara que tanto afirma à boca cheia de vestir a camisola Elvas e de proteger os interesses da cidade, nem mexeu um dedinho!
É caso para pensar...
Esclarecidos?


De manuel figueiredo a 13 de Maio de 2011 às 16:26

e já agora seria bom que dessem a acara pelos comentários que fazem...é vergonhoso esconderem-se atrás de "Anónimos" para cortar na casaca dos demais...
infelizmente o universo dos blog´s elvenses está, a meu ver, degradado!


De Anónimo a 26 de Maio de 2011 às 11:57
e tu vadio porque nao vais trabalhar? inutil e tarado sexual


De manuel figueiredo a 27 de Maio de 2011 às 16:26
Comentário:
e tu vadio porque nao vais trabalhar? inutil e tarado sexual

Bem, senhor dono do Blog Tasca...Tasca significa alguma coisa mesmo rasca...parecido a merda!
E como tasca, acho que aqui se apanham grandes bebedeiras...
Este Blog deveria chamar-se Tasca dos bicéfalos...
Quanto à sua resposta para mim, vou comentar!
Vadio? não sou...nem me parece que me conheça para me chamar isso...trabalho e tenho o melhor trabalho do mundo...
Inútíl? pois, em relação a isso vou explicar:

Aqui o inútil vai apresentar uma queixa-crime no Ministério Público contra o seu blog e a si...e depois outra na Comissão Nacional de Protecção de Dados e Pessoas por estar a practicar um atentado contra a minha propriedade intelectual...

Tenho dito!

Se o senhor for quem eu estou a pensar, digo-lhe desde já que o conheço da Escola Secundária onde é professor...o outro, quando o encontrar falamos...
 
Vou esclarecer este ponto para saber com quem está a falar!
 
DOS CRIMES CONTRA AS PESSOAS

CAPÍTULO VI

Dos crimes contra a honra

Artigo 180.º

Difamação

1- Quem, dirigindo-se a terceiro, imputar a outra pessoa, mesmo sob a forma de suspeita, um facto, ou formular sobre ela um juízo, ofensivos da sua honra ou consideração, ou reproduzir uma tal imputação ou juízo, é punido com a legislação em vigor com pena de prisão até 6 meses ou com pena de multa até 240 dias e/ou 15.000€...

Artigo 181.º

Injúrias

1 - Quem injuriar outra pessoa, imputando-lhe factos, mesmo sob a forma de suspeita, ou dirigindo-lhe palavras, ofensivos da sua honra ou consideração, é punido com pena de prisão até 3 anos ou com pena de multa até 120 dias ou 15.000€...

 
As penas previstas nos artigos 180.º, 181.º e 183.º são elevadas para metade nos seus limites mínimos e máximos se assim se provar a injúria...   n.º 2 do art.º 132.º, no exercício das suas funções...

 
 
terá notícias minhas!
 







De Anónimo a 7 de Outubro de 2008 às 22:10
Mas quais são os estudos que o César conhece sobre a reutilização do Forte já que diz que "Todos os estudos que conheço sobre o assunto, nenhum aponta nesse caminho"? E quais são os caminhos par que apontam esses estudos?
Diga, não se limite a atirar conversa para o ar.


De Anónimo a 7 de Outubro de 2008 às 22:29
O Mundo está em recessão. A crise grave está nas maiores economias mundiais. Nos blogs de Elvas continua-se a comentar a erva em frente da porta e se a Câmara abriu ás 9 ou às 9,01.
Nem é preciso dizer mais sobre as vossas intenções ou sobre o vosso vasto leque de interesses.
Mentalidade de aldeia é o que por aqui há com fartura.

Falar de cor é a especialidade de muita gente. Sim, do César também.

Ele até sabe que não é bem como vai dizendo, mas convém-lhe afirmar que não está com a Câmara porque deve ter sofrido já fortes pressões de alguns Portinholeiros cuja prática diária é confrontar os outros, é agredí-los verbalmente.

E até o César, que diz que, por razões dessas, regeitou o comunismo, sucumbe às ameaças da sua direita. Até o César ataca os justos porque não quer chatices com os profissionais da destruição. Até o César se acobarda perante gentinha de baixo nível.


De Francisco a 8 de Outubro de 2008 às 22:54
Francamente, que lavar de roupa suja! Mas o que é isto? Tertulianos por aqui? Não sejam cobardes e respeitem-se uns aos outros. Gostaria muito que fossem debatidos os temas apresentados, mas não, só falam dos políticos e ...Mal uns dos outros. Acho que o isso só acontece, porque devem andar por aí sem fazer nenhum a viver dos rendimentos e como não têm mais nada com que se entreter..Zás, toca de dizer mal. Trabalhem, cambada de chulos.


Comentar post

Últimos copos

Forte da Graça - 18

Forte da Graça - 17

Forte da Graça - 16

Forte da Graça - 15

Forte da Graça - 14

Forte da Graça - 13

Forte da Graça - 12

Forte da Graça - 11

Forte da Graça - 10

Forte da Graça - 9

Adega

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


A procurar na adega

 

Blogs de Elvas

Tags

todas as tags

últ. comentários

logo que poluiçao iriam causar duas ou tres embarc...
Muito interessante. Nessa documentação há document...
Nest baluarte existio uma oficina de artesanato on...
JacintoSó agora tive oportunidade de lhe vir dizer...
VERGONHA? MAS ESSAS DUAS ALMAS PERDIDAS RONDÃO E E...
Uma cartita. Uma cartinha. Uma carta.Assim anda en...
Os piores lambe-botas são os partidos de Esquerda ...
O mundo está para os corruptos e caloteiros. Uma a...
O mundo é dos caloteiros . Uma autentica vergonha.
"Não se pode aceitar que um professor dê 20 erros ...

mais comentados

101 comentários
89 comentários
86 comentários

subscrever feeds

SAPO Blogs