Elvas sempre em primeiro

Todos os comentários que cheguem sem IP não serão publicados.
Quarta-feira, 24 de Setembro de 2008

Outra vez o casamento

Sei que se calhar me torno aborrecido ao voltar ao assunto mas, não consigo conformar-me com o que pode estar para acontecer.

Dirão alguns que sou um conservador, um bota-de-elástico, um retrógrado, fascista mesmo mas não me posso calar com a perspectiva do “casamento” dos homossexuais. Arre que é demais. De quando em vez a Juventude Socialista volta à carga com o assunto apoiados pelo Bloco de Esquerda e dos Verdes e com a complacência dos comunistas (já que pelos estatutos, homossexuais comunistas não há). Ainda não entendi bem o interesse destes em fazer passar uma lei aberrante como esta na Assembleia da Republica. Presumo que seja o lobby gay a pressionar.

Não acredito que os homossexuais com dignidade (que os há), queiram embarcar numa aberração destas. Mais, penso que só aquele grupo ridículo que organiza as marchas do orgulho gay quer embarcar num esquema destes para dar nas vistas.

Sempre fui e continuo a ser extremamente tolerante nas questões de orientações sexuais, políticas, religiosas e culturais, no entanto, também continuo a pensar que este “pessoal” não é homossexual, mas sim “maricas”.

Pronto, não é preciso baterem mais no ceguinho, mas não suporto um Carnaval destes.

E preparem-se porque se isto for avante não fica por aqui. A seguir virá o problema da adopção de crianças. Francamente, se isso um dia acontecer então perdeu-se a vergonha toda. Os direitos dos pedófilos virão de seguida (já há aí por essa Europa um partido que os representa) e depois para completar o ramalhete da depravação só falta os apologistas do incesto e em nome da tradição (Roma e Grécia), fazerem também valer os seus direitos. Fiquemos à espera.

 

Jacinto César  

 


Tasca das amoreiras às 23:36
Link do post | Comentar | favorito
35 comentários:
De Anónimo a 25 de Setembro de 2008 às 07:35
O grande casamento é juntar grandes empresas a este concelho!
Ouvi na Rádio Elvas: autorizada a construção de uma central de horto-fruticultura, em Vale de Cavaleiros, ao lado do nó das Sochinhas da auto-estrada.
Isto é uma grande notícia!
Vamos ver quem diz mal...


De Anónimo a 25 de Setembro de 2008 às 08:24
César:
O tema do investimento é importante.
Seria importante também que postasses sobre ele.
Adianto uns dados, já tornados públicos pela câmara em Agosto no boletim municipal.

A empresa é a Herdade Dona Joana - Sociedade Agrícola L.da, com um investimento total em Elvas de 24 milhões de euros, numa área de 708 hectares, entre pomares e olival, para empregar 675 pessoas (225 permanentes e 450 sazonais).
Esta empresa investe em plantação de pomares e olival, além de construir esta central horto-frutícola e um lagar.

Só a central horto-frutícola representa um investimento de 6,5 milhões de euros, fica instalada ao lado do nó das Sochinhas da auto-estrada Lisboa-Madrid, ocupa uma área de construção de 6 mil metros quadrados, trata 250 toneladas por dia de fruta e admite 250 postos de trabalho.

Estamos a falar do maior investimento privado, dos últimos anos, no concelho.
Caminhamos para que a câmara deixe de ser o maior empregador de Elvas.
Felizmente.
Este tema merece toda a nossa atenção.
É a grande notícia do ano!
Parabéns ao investidor e ao nosso concelho.


De MAnuel a 25 de Setembro de 2008 às 08:18
Mais um homofobo!

Espero que tenha visto a reportagem de ontem na RTP1.

A constituição no seu artº 13 proibe a discriminação com base na orientação sexual. A lei do casamento é essencial para que os cidadãos que AMEM pessoas do seu mesmo sexo possam ter os mesmos direitos que os restantes cidadãos.

Misturar pedofilia nesta discussão é um argumento fora de sitio!

Espero que o senhor olhe à sua volta e certamente entre os seus amigos, familiares e companheiros de trabalho encontrará pessoas LGBT. Quem sabe se ao estar a tomar esta posição nãao esta a ir contra os seus filhos, netos, sobrinhos ou irmãos e irmã.


De Anónimo a 25 de Setembro de 2008 às 08:27
É pá!
Cada um, na intimidade, faz o que quer.
Cada um, na sua cabeça, pensa como quer.
Há espaço para todos.
Não se ofendam
Muito mais importante para todos é o investimento que vem aí.
E é bom para todos, independentemente das orientações sexuais.
Para todos... é uma forma de dizer.
Querem apostar que os do costume estão pior que aziados?


De Anónimo a 25 de Setembro de 2008 às 08:28
Homófobo.
Ou seja: fobia à homosexualidade.
Fobia não tenho, mas também não gosto.
Que nome tenho?...


De Anónimo a 25 de Setembro de 2008 às 08:30
César:
Deixa os homossexuais em paz.
Deixa os heterossexuais em paz.
Deixa os bissexuais em paz.
Deixa os assexuais em paz.
Vira-te para o investimento, o emprego e o progresso.
Viva Elvas.


De Anónimo a 25 de Setembro de 2008 às 08:41
César:
Este tema é complicado; só serve para abrir brechas.
Mais vale falares da central de horto-fruticultura e do investimento da empresa Herdade Dona Joana.
Tirando os portinholeiros, ninguém te vai chatear.


De Anónimo a 25 de Setembro de 2008 às 09:21
Só na central horto-frutícola são 6 milhões de euros.
Em todo o projecto são 25 milhões de euros.
Quanto a postos de trabalho, 675 na totalidade e 250 na central.
Agora, a chamada oposição ao Rondão, perde a sua tecla mais tocada...
E agora vão dizer mal do quê?...
Só restam queixas, mais queixas, muitas queixas...


De Anónimo a 25 de Setembro de 2008 às 09:27
É o primeiro grande resultado de três meses de trabalho profícuo da ADE – Associação Desenvolver Elvas!
Afinal, aquilo é malta de trabalho; andavam só a dizer mal. Más-línguas.
Vocês sabem lá o que este grupo, também conhecido por ADE – Aliança Democrática de Elvas, trabalhou para este projecto? E para outros!...
Se não fosse esta grande equipa, de organização insuspeita, de cumplicidade à vista e unidade evidente, alguma vez o empresário espanhol Anatásio Naranjo tinha vindo investir em Elvas?
Se eu estiver enganado, emendem-me.
Obrigado.


De Anónimo a 25 de Setembro de 2008 às 09:41
O São Mateus está a correr mal a Paulinho Portinholas e ao seu grupo reduzido de portinholeiros…
A feira corre de feição: com grandes assistências nos espectáculos, com a juventude a vibrar com as actuações das suas bandas, com a reabertura do debate da reformulação inevitável do parque. Portinholas, naquela sua corrida louca de se colocar sempre do contra, há um ano, publicou textos a favor da conservação e imobilismo, negando a necessidade de progredir e avançar. Quem é conservador também tem este estigma, a favor da congelação. Compreendemo-lo.

O São Mateus está a correr mal a Paulinho Portinholas e ao seu grupo reduzido de portinholeiros…
A inauguração do Monumento ao Combatente do Ultramar foi ao mais fundo das emoções e sentimentos dos Elvenses. Portinhola ficou petrificado. Nem um comunicadozito, nem um texto… Silêncio total. Muito grave.

O São Mateus está a correr mal a Paulinho Portinholas e ao seu grupo reduzido de portinholeiros…
Depois de explorar sem êxito as duas touradas no Coliseu, levou duas porradas em cheio no centro da testa: casa cheia nos Bastinhas de dia 21 e vai ter casa a abarrotar nos Mouras de dia 26. Ainda por cima, organização dos Bombeiros, que é corporação a quem Paulinho já tem destilado o seu ódio.

O São Mateus está a correr mal a Paulinho Portinholas e ao seu grupo reduzido de portinholeiros…
Mas ainda falta o pior, pior, pior… Chegou ontem: aprovada a construção da central horto-frutícola da empresa Herdade D. Joana. São 6,5 milhões de euros, integrado num projecto global de agro-indústria de 24 milhões de euros!
Então e agora, o que faço? – pergunta Paulinho Portinholas para os seus botões. Uma central, ao pé das Sochinhas e auto-estrada com 250 novos postos de trabalho, numa empresa que vai dar emprego a 675 pessoas.

É a desgraça final. E onde estão os postes no blogue, os comentários anónimos nos outros blogues e os comunicados do partido?
Que mais pode correr mal a Paulinho Portinholas e ao seu grupo reduzido de portinholeiros?...


De Anónimo a 25 de Setembro de 2008 às 10:28
Que grande confusão. Será que somos todos parvos. A tal estação de fruticultura não será uma caça aos euros europeus?. Veremos quanto tempo dura. Então e os outros projectos avançados anteriormente. Onde é que estão? Chama-se a isto tapar o sol com uma peneira. A ver vamos como diz o cego.


De Anónimo a 25 de Setembro de 2008 às 10:52
Às 10.28 horas, Portinholas acordou e disse!
Disse uma bacorada, porque começou logo por insultar o empresário. A maneira portinholeira.
Todos percebem a insinuação: o empresário planta mais de 700 hectares de pomares e olival e depois pega naquilo e leva para Espanha.
Eu nem acredito que este Portinholas pensa assim.
faço-lhe esta justiça.
Mas, se não quiser dizer qu o projecto é bom e fundamental para o concelho, ao menos que fique calado.


De Anónimo a 25 de Setembro de 2008 às 11:01
Há aqui uma figura de estilo mal aplicada.
"Tapar o sol com uma peneira". Eu explico.

O sol, neste tema, é um investimento de 24 milhões de euros e a criação de 675 postos de trabalho.
O sol, neste tema, é uma central horto-frutícola, uma fábrica se quiser, para embalar 250 toneladas de fruta por dia, investir 6,5 milhões de euros, ter 250 pessoas a trabalhar e ser servida por centenas de hectares.

A peneira, neste tema, é a cegueira político-partidária da direita radical, conservadora e imobilista.
A peneira, nesta tema, é não ser capaz de ver o "nós" antes do "eu". Ou seja: querer usar uma peneira ferrugenta para tapar o brilho do sol é pretender que os "meus interesses" se coloquem antes do "interesses de todos".
Entendeu?


De Anónimo a 25 de Setembro de 2008 às 11:06
É natural que o empresário espanhol, Atanásio Naranjo, não saiba da existência de Paulinho Portinholas.
Mas expliquem lá ao senhor que esta figura, apesar de ter o protagonismo mediático muito acima do seu valor humano e representatividade política, é um tipo que actua assim.
O empresário que não se intimide.
Os Elvenses acreditam no projecto do Naranjo.
O portinholeiro que escreveu que aquilo é para caçar euros, é que seria pessoa para o fazer.
Se... se tivesse capacidade e meios para um investimento deste balanço.


De Anónimo a 25 de Setembro de 2008 às 11:09
Então o CDS/PP ainda não se congratulou com a chegada de um investimento deste montante?
Então e ADE - Associação Desenvolver Elvas ainda não festejou um projecto que está a desenvolver Elvas e o seu concelho?
Então a ADE - Aliança Democrática de Elvas ainda não saudou o vereador da sua lista, Eurico Candeias, por integrar uma câmara que cria condições para este arranque empresarial?
Não?...
Não mesmo?...
Estou a estranhar este silêncio todo.


De Anónimo a 25 de Setembro de 2008 às 11:15
Oh, Jacinto César!
Muda a agulha do teu comboio.
Por esta linha, não vai lá. Deixa os casamentos em paz. cada um que se aconsegue, junte e case com quem quiser e puder.

Vai por outra linha ferroviária: a do crescimento económico, instalação empresarial e criação de postos de trabalho.
Tens aqui tema!

Herdade D. Joana - Sociedade Agrócola, Lda.
24 milhões de euros de investimento em Elvas
708 hectares plantados de olival e pomares
675 pessoas a trabalhar.

Central Horto-Frutícola
6,5 milhões de investimento
6 mil metros quadrados de área de construção
250 toneladas por dia de fruta embalada
250 pessoas a trabalhar.

Quero lá saber das orientações e ocupações sexuais de cada um!
Vamos mas é desenvolver isto!


De Anónimo a 25 de Setembro de 2008 às 11:22
Para a direita radical da política elvense as coisas não estão fáceis.
Basta observar os posts mais recentes do blogue da má língua.
Tudo material requentado e fora de prazo.
Actualidade népia.
O homem anda a passar mal, lá isso anda.


De Anónimo a 25 de Setembro de 2008 às 11:47
Estou a trabalhar e a ouvir a Rádio Elvas.
As reportagens do São Mateus estão muito boas.
Uma verdadeira rádio regional.
Belo trabalho. Parabéns.


De Anónimo a 25 de Setembro de 2008 às 12:20
"Não será uma caça aos euros europeus?", perguntou ensonadamente, a meio da manhã, o portinholeiro de serviço.
A expressão "euros europeus" faz todo o sentido.
Então não conhecem os euros africanos dos imigrantes dos PALOP?
E os euros americanos, também conhecidos por dólares?
E os euros asiáticos, ganhos por chineses laboriosos?
Euros da Oceania é que há menos.
E os euros dó Ártico e da Antártida é que... ainda estão congelados.
Este São Mateus e as suas notícias e acontecimentos associados estão a congelar os portinholeiros.


De Anónimo a 25 de Setembro de 2008 às 12:27
Finalmente, explode a agro-indústria no concelho!
Chegou um espanhol, estudou o clima e os solos, comprou centenas de hectares, plantou pomares e olival, vai contruir a central horto-frutícola e o lagar, comercializa os produtos, investe 24 milhões de euros e dá emprego a mais de meio milhar de pessoas.
Isto é muito bom para o concelho.
Só um tonto pode ver diferente.
Ou então alguém que, no seu interesse de projecto político pessoal, não queira o bem dos Elvenses.


De Anónimo a 25 de Setembro de 2008 às 12:30
E, no meio desta floresta verdejante, há quem se preocupe com uma cagadela de passarinho...

Ou seja: num tempo marcado por uma notícia desta natureza, há quem poste sobre casamentos de homossexuais, ou lá o que diabo é...


De Anónimo a 25 de Setembro de 2008 às 12:48
Paulinho Portinholas, essa figura única da política elvense e autêntico “Manuel António dos Tempos Modernos”, está tentar passar a mensagem, no seu blogue da má-língua, que a maior parte do que a câmara e Rondão anunciam a fazem saiu da sua cabeça.
Vamos admitir que sim.

Vamos admitir que:
- o Cartão Jovem Municipal
- o Cartão da Idade de Ouro
- a ocupação dos Jovens
- as crianças na praia
- as férias activas no Verão
- e o Câmara Mão Amiga
foram tudo super-criações de Paulinho Portinholas e sua trupe. Admitamos.

Vamos admitir que:
- o coliseu
- o parque de estacionamento subterrâneo
- os pavilhões multiusos nas localidades rurais
- o Estádio de Atletismo
- a remodelação do Estádio Municipal
- as Piscinas Municipais e a requalificação da cidade
- a Ponte da Ajuda e o Cine-Teatro
- a reparação das estradas e o Arquivo Histórico
- os loteamentos nas localidades rurais
- a circular à Cidade e o Rossio de São Francisco
- a zona industrial e o CNT
- os 103 fogos na Boa-Fé
- a Biblioteca Municipal e a central rodoviária
- o Museu de Arte Contemporânea
- o Monumento ao Combatente do Ultramar
- e os lares, jardins-de-infância, polidesportivos, jardins e parques infantis por todos o concelho
foram tudo super-criações de Paulinho Portinholas. Admitamos.

Admitamos, por absurdo, que Paulinho Portinholas teve estas ideias.
Em face disto, a pergunta é evidente:
- O mérito pode estar em quem apresenta assuntos avulso e sem sustentabilidade, ou o mérito deve estar em quem pensa, planeia, executa e paga?
Vale a pena dizer mais? Acho que não.

Paulinho Portinholas, num regresso ao passado distante, foge a sete pés do presente.
É que o presente está mau, para ele.
O presente está péssimo, para ele.
O São Mateus corre bem; as touradas esgotam; os espectáculos estão em grande; nem chove nada de jeito…
O Monumento ao Combatente do Ultramar fez um alarido danado.
Agora, é a central horto-frutícola num enorme investimento agro-industrial de 24 milhões de euros.
Por isso, Portinholas assobia para o lado.
Escreve tontarias.
Compreendo-o.
Mas tenho de o desmascarar.


De Anónimo a 25 de Setembro de 2008 às 14:19
Por fim, investimento produtor de riqueza e criador de postos de trabalho.
Viva!


De Anónimo a 25 de Setembro de 2008 às 14:34
Sabem quem é o “A Mim Ninguém me Cala”?
É o tal, do blogue da má-língua.
Esse mesmo: o Manuel António dos Tempos Modernos.
Claro, o Paulinho Portinholas.
Até fundou (mais) um blogue, a pensar que selassem o dele.
Não foi selado; acabou por ser secado.

Não sei se haverá alguém que o cale ou não.
Na verdade, não sei.
Mas tenho a certeza que ele se cala com certos acontecimentos.
Ou então perde o pio.

São Mateus a correr bem.
Monumento ao Combatente do Ultramar.
Tourada dos Bastinhas a abarrotar.
Espectáculos na Expo São Mateus correrem bem
Tourada dos Mouras e dos Bombeiros vai esgotar.
Juventude satisfeita com as suas bandas.
E a central horto-frutícola é o descalabro final.

Catadupa de temas que o soterram.
É muito. É demasiado.
Para um homem só.
Num partido desertificado demograficamente.
- A mim, ninguém me cala!
- Talvez; mas há assuntos que te silenciam, tiram-te o falar, imobilizam-te o raciocínio, deixam-te a bater mal. Muito mal mesmo.


De Anónimo a 25 de Setembro de 2008 às 14:48
O post do casamento não o entendo.
Sinceramente.
Quero admitir que a culpa seja minha.
Não me passa pela cabeça que um adulto, professor, no activo e sem problemas psíquicos possa pensar de acordo com a leitura que eu fiz.
Não; é engano meu a interpretar. Com certeza.


De Anónimo a 25 de Setembro de 2008 às 18:38
250.000 kg/dia perfaz por ano 91.250.000 pergunto:
para embalar tanta fruta, de onde vem a fruta ou será sazonal como era a antiga fábrica do tomate?
Vamos esperar para ver no que vai dar, que o investimento para o Sr. naranjo & companhia é bom, não tenho nem duvidas, se vai ter esses empregos todos que diz oxalá, agora eu quero ver para crer, eu não me esqueço das promessas e a última era que o desemprego ia acabar em Elvas em 2008 janeiro e......


De Anónimo a 25 de Setembro de 2008 às 14:55
Portinholas vai ao baú e zás, trás cá p'ra fora a sua idotice.
Vejamos: Quando é que um membro de uma Assembleia Municipal tem competência em matéria do Executivo Municipal? Só um tonto dá conhecer ao mundo a sua total incompetência em matéria autárquica. Claro, pode sugerir, pode falar do assunto, pode esperniar como e por onde quizer mas, efeito prático nicles! Óbviamente que o portinholas apresentou como proposta para vir agora chorar baba e ranho, fezendo queixinhas do tipo: - tão a ver, eu já tinha proposto mas eles não quiseram. Pura palermice


De Anónimo a 25 de Setembro de 2008 às 15:33
Entendamo-nos e saparemos os papéis.

Há o Paulinho Portinholas, líder local de um partido político.
Nesta base pode apresentar ideias e candidatura à Câmara, o órgão executivo. Se ganhar, faz. Se perder, como é costume, quer dizer que o povo não quer o seu projecto.
Quem ganhar aplica o seu projecto, como é normal.

Há o Paulinho Portinholas, membro da Assembleia Municipal, órgão fiscalizador da Câmara. Como membro da Assembleia, não traça nada da gestão, que é da Câmara, do órgão executivo.

Conclusão: num caso como no outro, palermice. Como foi escrito acima.


De Anónimo a 25 de Setembro de 2008 às 16:24
Ali para os lados da Quinta do Bispo, deve haver um par de orelhas a arder...
Porra!!!
Hoje não lhe dão descanso.
Mas merece-as.
E muito mais.


De Anónimo a 25 de Setembro de 2008 às 16:50
Querem apostar que o post do portinholas de amanhã, vai finalmente afirmar que é também o mentor do teleférico?
Haja paciência, porra!


De Anónimo a 25 de Setembro de 2008 às 17:07
Pensando melhor...
Pensando muito...
Podemos até concluir que a instalação da empresa Herdade D. Joana com os seus 24 milhões de euros de investimento foi uma obra do CDS de Elvas.
Podemos também concluir que a construção da central horto-frutícola foi uma ideia de Tiago Abreu.
Podemos finalmente concluir que este empreendimento agro-industrial é o primeiro filho da ADE - Associação Desenvolver Elvas, futura ADE - Aliança Democrática de Elvas.


De Anónimo a 25 de Setembro de 2008 às 17:58
A propósito de fruta:

O portinholas hoje na tem caminete pa tanta fruta; pode fazer dieta que anda com muita azia


De Anónimo a 25 de Setembro de 2008 às 18:43
Queria só lembrar que o post era sobre gays (ricos), paneleiros (pobres) que pretendem ver legalizado o casamento entre eles por mim só faço uma exigência aos legislador que no lugar do estado civil do BI haja espaço para dizer "casado com uma mulher"


De Anónimo a 25 de Setembro de 2008 às 19:06
Srs. Manuéis Sobreiros e outros da mesma laia que tão empenhadamente servem de "bobos da corte" façam rir o vosso rei com as vossas palhaçadas. Eu não sou do vosso reino. O meu reino é o da verdade e da transparência o vosso é o da mentira e da trafulhice. Só assim conseguis singrar na vida. Parasitas da sociedade, rendei-vos à evidência enquanto é tempo. A justiça tarda mas a seu tempo virá.


De Anónimo a 25 de Setembro de 2008 às 22:23
Se justiça há ..
Sem o portinholas ficaremos!
Com fruta doce na boca, Elvas viverá!
Será justiça, será paz? O povo saberá!
Aqueles que por Elvas fazemos
o nosso dia chegará.

Falar é fácil
Dizer mal muito mais.
Fazer algo é difícil
Que o diga o Portinholas que nada faz.



Comentar post

Últimos copos

Forte da Graça - 18

Forte da Graça - 17

Forte da Graça - 16

Forte da Graça - 15

Forte da Graça - 14

Forte da Graça - 13

Forte da Graça - 12

Forte da Graça - 11

Forte da Graça - 10

Forte da Graça - 9

Adega

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


A procurar na adega

 

Blogs de Elvas

Tags

todas as tags

últ. comentários

Nest baluarte existio uma oficina de artesanato on...
JacintoSó agora tive oportunidade de lhe vir dizer...
VERGONHA? MAS ESSAS DUAS ALMAS PERDIDAS RONDÃO E E...
Uma cartita. Uma cartinha. Uma carta.Assim anda en...
Os piores lambe-botas são os partidos de Esquerda ...
O mundo está para os corruptos e caloteiros. Uma a...
O mundo é dos caloteiros . Uma autentica vergonha.
"Não se pode aceitar que um professor dê 20 erros ...
penso k será pior dizer k ñ tem pais!ou k ñ sabe k...

mais comentados

101 comentários
89 comentários
86 comentários

subscrever feeds

SAPO Blogs