Elvas sempre em primeiro

Todos os comentários que cheguem sem IP não serão publicados.
Quinta-feira, 8 de Maio de 2008

Carta Aberta ao Presidente da Câmara Municipal de Elvas

Exmo. Senhor Presidente

 

Depois da nossa última conversa, confesso que fiquei um pouco traumatizado e sem vontade de voltar a escrever a V. Exª não fosse alguma coisa ofendê-lo. Mas como o tempo cura tudo, hoje resolvi escrever-lhe. Vamos por assuntos:

 

1-      Alertado pelo companheiro Zé de Mello fui ver o site institucional do MACE e na verdade fiquei espantado com o modernismo do referido site. Há coisas, como a arte, que podemos gostar ou não, mas não podemos dizer que não presta. Agora o site é na verdade uma aberração em todos os capítulos: tanto estética como tecnicamente. Não sei se o senhor pagou para lhe fazerem tal serviço. Se o fez enfiaram-lhe um grande barrete. Eu, ter-lhe-ia feito algo bem melhor e de borla (não pelo senhor, mas pelo MACE que merecia melhor)

2-      Confesso que estou pasmado com a tranquilidade que V. Exª apresenta em relação ao Hospital de Elvas. Depois de ter lido o Despacho no Diário da República nº 5414/2008 em que vem lá com todas as letras que o nosso hospital passa a ter uma Urgência Básica (SUB) e depois ainda de me ter informado o que isto significa (Despacho nº 727/2007 do D.R.), não fiquei tranquilo. Mas o senhor está e lá saberá o porquê. Eu cá desconfio que o senhor, que fala aos elvenses alto e bom som, para os seus superiores partidários comporta-se muito timidamente (para não dizer outra coisa). Penso ainda que para o senhor é mais importante estar a bem com o partido do que com a população que o elegeu (nos quais me incluo). Se não tem lata ou coragem para o fazer directamente, ao menos promova mesmo que secretamente, uma manifestaçãozinha para o povo poder dar largas à sua insatisfação. Penso que o seu correligionário de partido, o Comendador Rui Nabeiro pensará como eu já que além de ser um paciente assíduo do hospital é também um grande benemérito do mesmo. O senhor foi também pelo que sei “cliente” dos mesmos serviços. E se voltar a cair como da última vez já viu que tem que ir de passeio até Portalegre? Lá teria que por os autocarros à disposição dos cidadãos para o irem visitar.

Claro que não será encerrado de repente, mas já estou a ver o filme: primeiro começam a encaminhar os doentes para Portalegre, depois à falta de doentes começam a diminuir os médicos e os enfermeiros. Sem doentes, médicos e enfermeiros, os equipamentos também não fazem falta. Simples, não é?

3-      A Maternidade é o último assunto pois não o quero maçar mais. Já reparou que os seus colegas autarcas lá do Norte já se estão a mexer novamente para reabrir as salas de partos nas suas localidades? E o senhor não lhes quer seguir o exemplo?

 

Como cidadão de Elvas começo a sentir-me desprotegido e se calhar mais gente haverá a sentir o mesmo. A sua obrigação como eleito é, devido ao poder que tem, fazer com que não nos sintamos assim.

 

Os meus respeitosos cumprimentos

 

Jacinto César  


Tasca das amoreiras às 20:50
Link do post | Comentar | favorito
4 comentários:
De Anónimo a 8 de Maio de 2008 às 21:33
"Não sei se o Sr. pagou para lhe fazerem o serviço" Então um presidente paga! Ou é a autarquia (todos nós)que pagamos! E se somos nós que pagamos, temos que exigir que seja bem feito e por um preço justo, caso contrário temos como o está a fazer o César, chamar a atenção para o desperdício e a má qualidade do serviço. Infelismente tem razão, o presidente está "peado"não pode contestar o partido, a celebre frase "temos que despir a camisola" só serve para os outros, sempre foi um homem do aparelho e como tal não o contesta, e Elvas dana-se


De Anónimo a 8 de Maio de 2008 às 22:52
MACE, PÁGINA NA INTERNET, OU MANTER O TACHO?

HOSPITAL, QUAL HOSPITAL? O IMPORTANTE É ENGROSSAR A FORTUNA.

SUCESSÃO COMO PRESIDENTE? VAMOS LÁ COLOCAR A ELSA DA PURIFICAÇÃO EM SEGUNDO LUGAr e apresentar a demissão um mês depois!

Palavras para quê? O povo exige mais obra inútil e mais almoçaradas, o crescimento de elvas não interessa, a fixação de empresas não interessa!

Vamos lá abrir mais um lugar para licenciados em biotecnologia na Cãmara, há importantes militantes Rosa a querer colocar a família!


De Anónimo a 9 de Maio de 2008 às 08:18
Acho que a a rádio fez um trabalho sério:

Hospital em "Especial Informação” na Rádio ELVAS

A publicação em Diário da República de legislação que regulamenta as urgências no Serviço Nacional de Saúde está a causar preocupação quanto ao futuro daquele serviço no Hospital de Santa Luzia de Elvas, sobretudo no que diz respeito ao funcionamento de algumas valências durante o período da noite.
A propósito desta matéria, a Rádio ELVAS está a apresentar um conjunto de reportagens, que incluem depoimentos de profissionais de saúde ao serviço do estabelecimento hospitalar local. Glória Marques é ortopedista no Hospital de Santa Luzia e delegada do Sindicato dos Médicos. Nas declarações à Rádio ELVAS, a clínica refere que a classificação do Hospital de Santa Luzia como Serviço de Unidade Básica (SUB) levará a que especialidades como a cirurgia e a ortopedia deixem de ter capacidade de actuação durante o horário nocturno.
Pelo mesmo diapasão afina o também médico Manuel Neuparth, director demissionário do serviço de urgência do hospital elvense. Falando à Rádio ELVAS enquanto cidadão, Manuel Neuparth mostra-se preocupado com o teor das decisões que vêm sendo tomadas no que concerne à urgência e pelo que estas podem significar de perda para os elvenses e demais utentes do Hospital de Santa Luzia.
A Rádio ELVAS também ouviu a opinião de um advogado sobre o tema. O causídico Sílvio Bairrada confirma que o teor da legislação publicada em Diário da República, a ser aplicada integralmente, repreesentará naturalmente uma perda de serviços no Hospital de Santa Luzia, face àquilo que se encontra postulado na lei e que configura um Serviço de Urgência Básica.
A Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo foi contactada pela Rádio ELVAS, com a presidente Rosa Matos a remeter explicações para a Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano (ULSNA), que congrega os hospitais de Elvas e Portalegre e os 16 centros de saúde do distrito de Portalegre. Até ao momento o presidente da ULSNA, Luís Ribeiro, ainda não respondeu à solicitação da Rádio ELVAS.

Políticos preocupados com futuro do Hospital

No âmbito do Especial de Informação sobre o futuro do Hospital de Santa Luzia, a Rádio ELVAS ouviu os representantes de diversas forças políticas. O presidente da Câmara Municipal de Elvas assegura estar tranquilo quanto ao futuro do Hospital de Santa Luzia.
Em declarações à Rádio ELVAS, José Rondão Almeida afirma ter a garantia do presidente da Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano, Luís Ribeiro, de que não serão encerrados quaisquer dos serviços actualmente ao dispor da população do concelho e da região vizinha.
José Júlio Cabaceira, presidente da Concelhia do PSD, diz que importa garantir a continuidade dos serviços prestados no estabelecimento hospitalar elvense. Para tal, os social-democratas têm vindo a promover um abaixo-assinado em Elvas e Campo Maior, que, após recolhidas 4.000 assinaturas, será remetido à Assembleia da República para discussão em plenário.
Também o presidente da estrutura elvense do CDS-PP, Tiago Abreu, se mostra fortemente preocupado ante a possibilidade de que o serviço de urgências no Hospital de Santa Luzia seja gradualmente esvaziado de conteúdo. O dirigente popular vai mesmo mais longe e diz temer que a decisão política já tenha sido tomada e seja irreversível, à semelhança do que aconteceu em relação à maternidade.
Luís Pedras, representante do Bloco de Esquerda na Assembleia Municipal, lembra promessas feitas anteriormente de que os serviços de saúde em Elvas não sofrerão mais restrições e que até registariam melhoramentos, referindo nomeadamente a valência de traumatologia.
João Pinheiro, do Partido Comunista Português, lembra no seu depoimento à Rádio ELVAS que o Hospital de Santa Luzia não serve apenas a população do concelho de Elvas mas que a sua área de influência se estende a concelhos limítrofes, pertencentes não só ao distrito de Portalegre como ao distrito de Évora.




De Anónimo a 9 de Maio de 2008 às 10:08
A malta da Rádio Elvas até trabalha bem.
A Informação dedicada ao hospital tem sido bem feita.


Comentar post

Últimos copos

Forte da Graça - 18

Forte da Graça - 17

Forte da Graça - 16

Forte da Graça - 15

Forte da Graça - 14

Forte da Graça - 13

Forte da Graça - 12

Forte da Graça - 11

Forte da Graça - 10

Forte da Graça - 9

Adega

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


A procurar na adega

 

Blogs de Elvas

Tags

todas as tags

últ. comentários

logo que poluiçao iriam causar duas ou tres embarc...
Muito interessante. Nessa documentação há document...
Nest baluarte existio uma oficina de artesanato on...
JacintoSó agora tive oportunidade de lhe vir dizer...
VERGONHA? MAS ESSAS DUAS ALMAS PERDIDAS RONDÃO E E...
Uma cartita. Uma cartinha. Uma carta.Assim anda en...
Os piores lambe-botas são os partidos de Esquerda ...
O mundo está para os corruptos e caloteiros. Uma a...
O mundo é dos caloteiros . Uma autentica vergonha.
"Não se pode aceitar que um professor dê 20 erros ...

mais comentados

101 comentários
89 comentários
86 comentários

subscrever feeds

SAPO Blogs