Elvas sempre em primeiro

Todos os comentários que cheguem sem IP não serão publicados.
Terça-feira, 14 de Agosto de 2007

A propósito de … FUTEBOL

Era inevitável que depois do Fado teria que abordar o tema rei da nossa comunicação social e que é o Futebol. Mas tal como ontem, não irei aqui comentar o futebol propriamente em si, mas outros futebóis.

Tal como tenho feito noutras situações, também aqui me quero despir para não haver confusões: sou benfiquista, sócio e accionista (10 €). Sou adepto de sofá e de mesa de café por motivos que mais adiante explicarei.

Por onde começar? Bem, o futebol é qualquer coisa que fazem 22 bestas ou bestiais (consoante o momento) todos em trajes menores e às ordens de mais outras 3 bestas ou bestiais, aos pontapés a uma bola. E que mal tratada é esta última.

Vou ao futebol desde pequeno na companhia do meu pai que apesar dos seus 95 anos continua a saber bem do que estamos a falar. E que via eu por essa altura? Homens bravos, homens aguerridos, homens leais e honestos para com a camisola que vestiam, homens simples, homens que pela cor do seu clube comeriam o pó do chão (não havia ainda a modernice da relva), homens que saíam do campo de cabeça erguida tanto o resultado da contenda lhes tivesse sido favorável ou não! Talvez alegres ou tristes com o resultado, mas de cara no ar!

Como me poderei eu esquecer daqueles bravos do Benfica que ganharam ao Barcelona e Real Madrid as duas taças dos Campeões Europeus? Como esquecerei aquele golo do Morais que deu a vitória ao Sporting naquela final da Taça das Taças? Como me poderei esquecer alguma vez daqueles 11 de Inglaterra que se bateram como leões até ao limite das forças? Foram enormes de grandes (como dizem os espanhóis). Lembram-se ainda do Zé Pereira do Belenenses e do seu companheiro de clube Vicente? E que dizer dum Zé Carlos e de um Hilário do Sporting? E dum Eusébio e dum Coluna do Benfica? E daquele bom gigante que dava tudo o que tinha e não tinha e que tem o nome de José Torres? E de tantos outros de que ainda tenho uma vaga ideia como os chamados 5 violinos, ou José Maria Pedroto ou mesmo do NOSSO Patalino?

Mas será que estou a falar do mesmo a que hoje chamamos futebol? De certeza que não. Impossível!

Olhemos para os jornais (olho somente porque me recuso a contribuir para outra classe de parasitas que são os jornalistas desportivos): o Zé Brasileiro Português de Braga assina pomposamente pelo Cascalheira de Baixo. Jura que desde que nasceu já era adepto do clube e que lhe será fiel enquanto vivo! Passados quinze dias acenam-lhe com umas notas de euros e aqui vai o rapaz a rezar a mesma ladainha para outras bandas! Honesto, não é? E aquele Zé dos Cantos que prometeu perante a euforia dos adeptos que rebentaria com as redes de qualquer baliza que se lhe apresentasse pela frente e depois se arrasta pelo campo num estilo de fazer doer o coração? Honesto não é? Bem poderia eu levar aqui tempo a falar de casos e mais casos que quando acabasse já não eram os meus dedos a bater nas teclas mas sim as falangetas do meu esqueleto.

E que dizer dos dirigentes dos clubes (o meu incluído): pessoas fantásticas, de um nível cultural e moral superior e de uma honestidade sem par (ao lado deles, se fosse vivo, até o Al Caponne coraria de vergonha).

E os nossos respeitáveis árbitros? Imaculados na sabedoria e na aplicação das leis, honrados e incorruptíveis até ao limite só ultrapassados por um honestíssimo Don Vito Corleone!

Valha-me Deus, mas será que isto é futebol ou será uma gigantesca fraude para a qual todos nós mais ou menos alienados contribuímos? Eu cá por mim penso que vou desistir e dedicar-me a ver o campeonato de berlinde aqui dos miúdos do meu bairro!

Jacinto César  
Tags:

Tasca das amoreiras às 01:58
Link do post | Comentar | favorito

Últimos copos

Forte da Graça - 18

Forte da Graça - 17

Forte da Graça - 16

Forte da Graça - 15

Forte da Graça - 14

Forte da Graça - 13

Forte da Graça - 12

Forte da Graça - 11

Forte da Graça - 10

Forte da Graça - 9

Adega

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


A procurar na adega

 

Blogs de Elvas

Tags

todas as tags

últ. comentários

logo que poluiçao iriam causar duas ou tres embarc...
Muito interessante. Nessa documentação há document...
Nest baluarte existio uma oficina de artesanato on...
JacintoSó agora tive oportunidade de lhe vir dizer...
VERGONHA? MAS ESSAS DUAS ALMAS PERDIDAS RONDÃO E E...
Uma cartita. Uma cartinha. Uma carta.Assim anda en...
Os piores lambe-botas são os partidos de Esquerda ...
O mundo está para os corruptos e caloteiros. Uma a...
O mundo é dos caloteiros . Uma autentica vergonha.
"Não se pode aceitar que um professor dê 20 erros ...

mais comentados

101 comentários
89 comentários
86 comentários

subscrever feeds

SAPO Blogs