Elvas sempre em primeiro

Todos os comentários que cheguem sem IP não serão publicados.
Quarta-feira, 9 de Abril de 2008

O mundo de cócoras

Muito se apregoa na Europa “livre” e “democrática”  a defesa dos Direitos Humanos. Todos os anos saem relatórios e mais relatórios sobre o  desrespeito desses direitos nos mais diversos países. Fazem-se discursos inflamados à volta de pequenas suspeitas de violação dos mesmos enquanto populações por todo o mundo, não têm sequer o direito de comer.

Seriamos levados a acreditar que países tão ciosos dos Direitos Humanos em palavras, tomassem todas as medidas, mas mesmo todas, eram tomadas para conseguir que os países menos cumpridores se vissem forçadas a respeitar os direitos dos seus cidadãos, e no entanto o que vemos nós?...

 

1 - Fazem-se acordos de liberalização do comércio mundial, permitindo que os produtos desses países, com custos de produção muito baixos, invadam os mercados, fazendo uma concorrência absolutamente desleal.

   Quem beneficia?...

   As grandes multinacionais que, rapidamente deslocam as suas fábricas para explorar a mão de obra quase escrava, em regime de cama quente, e produzir por meia dúzia da cêntimos os produtos da moda, que a nossa sociedade paga por centenas ou mesmo milhares de euros  enchendo os bolso ao grande capital, que arrecada por dia, mais do que paga numa vida a um desses desgraçados. Ao mesmo tempo, os nossos trabalhadores vão para o desemprego, ou sofrem pressões inadmissíveis para que abdiquem dos níveis de bem estar  e proteção social que tinham alcançado.

A isto chamam globalização.

 

2 - Um líder espiritual, que representa milhões de pessoas em todo o mundo, e cujo discurso de paz e serenidade  deveria ser um exemplo, faz uma digressão pela Europa “livre” e “democrática”, e inventam-se dificuldades de  agenda e outras justificações esfarrapadas para que o mesmo não seja recebido pelos diversos Órgãos de Soberania. Ah! Falta dizer que o referido líder está exilado de num desses países do trabalho semi-escravo agora apontado como o el-dourado do desenvolvimento económico.

   A isto chamam diplomacia.

 

3 – Um pequeno povo, subjuga do por um desses países, manifesta-se para pedir a autonomia para seu território “O Tibete”, e com resposta recebe bastonadas e prisões. Entretanto, como o referido país organiza os Jogos Olímpicos, à passagem da Tocha Olímpica pelos diversos países desta Europa “livre” e “democrática”, surgem manifestações de apoio ao tal povo lá do Tibete,  tentando impedir a passagem da Tocha para desta forma despertar os nossos políticos para os verdadeiros crimes em termos de violação de Direitos Humanos que por lá estão a ser cometidos. Pretendem o boicote aos jogos como forma de pressionar a alteração de comportamento desse país no que diz respeito a direitos humano, por resposta recebem também algumas cargas policiais.

A isto chamam Espírito Olímpico

 

 

Podem chamar-lhe o que quiserem, do meu ponto de vista  são apenas alguns dos exemplos de como os políticos deste mundo assobiam para o lado, para não incomodar alguns países, apesar de todos os desmamados que possam cometer, em nome da economia.

É  triste mas o mundo inteiro põe-se “de cócoras” perante o grande capital e obedece cegamente às suas directrizes, que no final conduzem ao aumento da exploração a nível mundial, para benefício sempre dos mesmos.

 

António Venâncio

Tasca das amoreiras às 00:04
Link do post | Comentar | favorito
8 comentários:
De Anónimo a 10 de Abril de 2008 às 09:32
Ó Sr Venâncio, poste lá da nossa terra, assim não dá oportunidade à má-língua!


De António Venâncio a 10 de Abril de 2008 às 14:15
Mas o que escrevi foi mesmo sobre a nossa Terra que, para mim não termina nem no limite do conselho nem no do país. Quanto à má lingua , está mesmo fora dos meus objectivos. Não é certamente isso que me motiva!...


De Anónimo a 10 de Abril de 2008 às 16:23
"nem no limite do conselho nem no do país"

acho muito bem que dê um bom conselho aos ferquentadores do blog, afinal má língua para quê se o blog instroi?


De António Venâncio a 10 de Abril de 2008 às 17:21
As minhas desculpas pelo erro. Já aqui assumi que é um dos meus defeitos é não me dar bem com a ortografia. O meu muito obrigado pela correcção. Só é pena ser anónima


De Anónimo a 10 de Abril de 2008 às 18:07
Eu cada vez que escrevo anónimo, desancam-me este anónimo que está sempre à procura de asn (o) eiras do Sr. Venâncio, pede desculpas, irra isto é demais!


De António Venâncio a 10 de Abril de 2008 às 19:38
Sim, peço desculpas aos leitores pelos erros cometidos. Não, não gosto de anónimos e muito menos dos que não dizem nada acertado, pois se bem ler, no mesmo comentário em que peço desculpa, também critico o facto de o comentário anterior ser anónimo. Por isso o seu comentário, mais uma vez, não faz qualquer sentido. è mesmo só Má Língua


De Anónimo a 12 de Abril de 2008 às 17:43
É eu vi mas não o desanca!!!!!!!!


De António Venâncio a 12 de Abril de 2008 às 20:35
Se o que entende por desancar é criticar o que escreveu, é um facto que não. Não tenho por hábito criticar por criticar, nem em função de quem escreve, critico o que não concordo e critico ainda mais os ataques directos e pessoais feitos sob anonimato, por serem actos de cobardia inqualificáveis de quem não teria a coragem de fazer as mesmas afirmações de cara descoberta.
Agradeço a quem me ajude a corrigir os meus erros porque contribui pare que me torne cada dia um pouco melhor, mesmo que não concorde que o faça sob anonimato.


Comentar post

Últimos copos

Forte da Graça - 18

Forte da Graça - 17

Forte da Graça - 16

Forte da Graça - 15

Forte da Graça - 14

Forte da Graça - 13

Forte da Graça - 12

Forte da Graça - 11

Forte da Graça - 10

Forte da Graça - 9

Adega

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


A procurar na adega

 

Blogs de Elvas

Tags

todas as tags

últ. comentários

logo que poluiçao iriam causar duas ou tres embarc...
Muito interessante. Nessa documentação há document...
Nest baluarte existio uma oficina de artesanato on...
JacintoSó agora tive oportunidade de lhe vir dizer...
VERGONHA? MAS ESSAS DUAS ALMAS PERDIDAS RONDÃO E E...
Uma cartita. Uma cartinha. Uma carta.Assim anda en...
Os piores lambe-botas são os partidos de Esquerda ...
O mundo está para os corruptos e caloteiros. Uma a...
O mundo é dos caloteiros . Uma autentica vergonha.
"Não se pode aceitar que um professor dê 20 erros ...

mais comentados

101 comentários
89 comentários
86 comentários

subscrever feeds

SAPO Blogs