Elvas sempre em primeiro

Todos os comentários que cheguem sem IP não serão publicados.
Terça-feira, 6 de Agosto de 2013

Uma questão de credibilidade

 

 

Hoje gostava de fazer aqui um pequeno exercício.

Imaginemos que aqui há uns quantos anos atrás tinha comprado um andar por 100 mil euros. Como não os tinha recorri a um banco que me financiou a compra do dito andar. Até aqui, penso que nada há de anormal.

Com o passar dos anos e a crise que se abateu sobre o nosso país, as casas como todos nós sabemos desvalorizaram e vamos sopor que o andar agora só valia 80 mil euros. Os valores podem não ser esses, mas continua tudo a ser normal.

Mas eu como sou um tipo que gosta das contas bem feitas, fui ao banco e disse que a minha dívida tinha que diminuir em virtude da desvalorização do mercado imobiliário.

Bem, poder podia, só que o banco mandava-me a dar uma curva já que eles tinham na sua posse um contrato assinado por mim no valor dos 100 mil euros. E mandavam-me a dar uma curva e muito bem. Os contratos são para cumprir e mais nada.

Onde é que eu quero chegar com isto?

Há 42 anos quando comecei a descontar para a Caixa Geral de Aposentações, não me deram a oportunidade de escolha. Poderiam ter-me dito que se quisesse em lugar de descontar para CGA poderia recorrer a uma banco ou a uma companhia de seguros. Portanto era assim e mais nada. E este vosso amigo durante 42 anos foi descontando aquilo que lhe pediram sem pestanejar, pois tinha assinado um acordo com o dito organismo.

Só que agora e unilateralmente mudaram-me as regras do contrato que tinha com o estado e há que baixar-me a pensão a que tinha direito e para a qual descontei.

Desde quando é que um contrato pode ser alterado unilateralmente? Será que a entidade (o estado) com que fiz o contrato é honesta? Será que a lei geral permite fazer tal coisa?

Ando danado, para não dizer outra coisa, não tanto pela quantia em causa (mas também), mas pelos princípios. Como é que o estado (que temos), hoje diz que é branco para no dia seguinte dizer que é preto? Que confiança nos merecem aquela cambada que nos governa? Nenhuma! O estado não tem credibilidade alguma.

Sinto-me cansado, muito cansado!

 

Jacinto César  

 

Tasca das amoreiras às 17:35
Link do post | Comentar | favorito
6 comentários:
De Anónimo a 8 de Agosto de 2013 às 11:54
Se estiver cansado, descanse.
Se estiver muito cansado, descanse muito.
Apesar do cansaço, não concordo nada com a brincadeira irresponsável que publicou com a Bandeira Nacional.
Se não for por mais nada, não se esqueça o que um elemento das Forças Armadas (que o senhor foi!) deve à Bandeira Nacional.
Pode dizer mal do que quiser; em especial dos que estão a entrar no seu bolso.
Mas NÃO DEVE brincar com a Bandeira de Portugal.
Para brincar, há muitas outras coisas que não ofendem um País de quase nove séculos.


De Anónimo a 8 de Agosto de 2013 às 21:51

Concordo com o sr. quem se diz patriota e seguidor de AOS não devia brincar com a unica coisa de que tenho orgulho no meu país. VIVA PORTUGAL


De André Miguel a 8 de Agosto de 2013 às 15:51
Parabéns!
Mais vale tarde que nunca. Acaba de perceber, da pior maneira possível, o que é o socialismo.
Já deseja menos poder e mais limites para a intervenção estatal?


De Queixinhas a 9 de Agosto de 2013 às 09:45
A última do Noddy!
Andou a fazer barulho porque, hoje sexta-feira, tem uma festa em São Vicente ás 20 horas e a câmara tem um espetáculo às 22 horas em São Vicente, também hoje.
Como tal, o Noddy acha que a câmara marcou o espetáculo para abafar a festa dele.
Conclusões precipitadas do Noddy.
E a razão é simples:
- câmara aprovou espetáculo para São Vicente em reunião de 10 de julho
- Noddy pediu sala para a festa a 23 de julho.
Ou seja, se o Noddy estivesse informado não se ia queixar ao "Totta" - mais uma vez...
Queixinhas!


De Anónimo a 9 de Agosto de 2013 às 09:50
A penúltima do Noddy.
Hoje há festa do partido do Irrevogável, o CDS, em São Vicente.
Além dos discursos de Tiago Noddy e André Noddinho, vai haver cantoria no palco e carne no assador de brasas...

Grande Noddy!
Isto é que é coerência!
Logo ele, que tanto defende os "porcos no espeto" e "artistas nos palcos".
Já havia o Paulo Irrevogável Portas.
Agora temos o Paulinho Febras Portinholas.
Vivó CDS.


De Anónimo a 9 de Agosto de 2013 às 10:48
Tem solução! Um desconto nos salários públicos para pagar as reformas dos reformados!


Comentar post

Últimos copos

Forte da Graça - 18

Forte da Graça - 17

Forte da Graça - 16

Forte da Graça - 15

Forte da Graça - 14

Forte da Graça - 13

Forte da Graça - 12

Forte da Graça - 11

Forte da Graça - 10

Forte da Graça - 9

Adega

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


A procurar na adega

 

Blogs de Elvas

Tags

todas as tags

últ. comentários

Nest baluarte existio uma oficina de artesanato on...
JacintoSó agora tive oportunidade de lhe vir dizer...
VERGONHA? MAS ESSAS DUAS ALMAS PERDIDAS RONDÃO E E...
Uma cartita. Uma cartinha. Uma carta.Assim anda en...
Os piores lambe-botas são os partidos de Esquerda ...
O mundo está para os corruptos e caloteiros. Uma a...
O mundo é dos caloteiros . Uma autentica vergonha.
"Não se pode aceitar que um professor dê 20 erros ...
penso k será pior dizer k ñ tem pais!ou k ñ sabe k...

mais comentados

101 comentários
89 comentários
86 comentários

subscrever feeds

SAPO Blogs