Elvas sempre em primeiro

Todos os comentários que cheguem sem IP não serão publicados.
Segunda-feira, 14 de Janeiro de 2013

O 14 de Janeiro

 

 

 

Confesso que constituiu uma desilusão para mim o discurso do Presidente da Câmara, pois sempre pensei que iria anunciar formalmente o envolvimento da Câmara na recuperação do Forte da Graça. Tinham-me soado uns zunzuns aos ouvidos que o anúncio estaria para breve e sempre me convenci que este dia seria o ideal. Nada! “Tudo como dantes, Quartel-General em Abrantes” como diz o Povo.

Já agora que falo em recuperação do Património Elvense, há dias atrás vim confirmar aquilo que já sabia em relação às Capelas dos Passos, que estão a servir de abrigo a animais. Reparem na foto e vejam estes dois exemplares felinos comodamente instalados numa das capelas.

Uma boa semana para todos

 

PS- Estou curioso para saber a constituição das lista à Autarquia do CDS.

 

Jacinto César

 


Tasca das amoreiras às 15:31
Link do post | Comentar | favorito
18 comentários:
De Anónimo a 14 de Janeiro de 2013 às 22:38
A Câmara sabe que tem o Forte da Graça desde há 10 anos, com uma cedência por 35 anos... O que é que ia dizer!


De José Pedro Aguiar-Branco a 15 de Janeiro de 2013 às 11:00
O Forte da Graça é propriedade do Ministério da Defesa Nacional.
Por mais vezes que se repita a falsidade do anónimo anterior, esta mentira nunca vai passar a ser verdade.


De Anónimo a 15 de Janeiro de 2013 às 23:25
O gajo acima, além de não me desmentir - foi demonstrada a cedência efectiva por 35 anos com a certidão pedida à Comissão de Coordenação da Região do Alentejo pelo CDS - 
 ainda teve a desfaçatez de me chamar anónimo, usurpando ele a identidade do Senhor Ministro da Defesa, o que é crime!!!


De Anónimo a 21 de Janeiro de 2013 às 23:32

gajo zarojo por que não vais meter uma cunha aoteu protegido Noddy e vão os dois para Lisboa dormir nos sofas da assembuleia, sempre poupavam as ajudas de custo da viagem Elvas-Lisboa-Elvas, é que assim cada semana um levava o carrito e os 2500 euritos por mes são bem bons a 14 vezes po ano que os acessores não são descontados pelo gaspazito


De Zarojo a 23 de Janeiro de 2013 às 21:45
Aprende a escrever camelo, "assessor" escreve-se como está escrito no meu comentário!!!


De anti-parasita-zarojo-cassete a 24 de Janeiro de 2013 às 10:59
zarojo todos sabem quem o senhor é,
já de mim nem que dê tres voltas às muralhas vais saber.

escrevu comu amim mapetece
portugues bem escrito, pre e pós acordo ortográfico, com sotaqui alentejanum ou sem,

Eu sou anti-zarolho ou zarojo,
eu sou anti-camelo como o senhor ou deveria dizer anti-dromedário como o senhor,
Anti-repete-repete ou será melhor anti-cassete.
Sim porque o senhor zarojo (alcunha que com muito gosto lhe pus, o senhor aceitou de enorme bom grado e muito fair-play, registe-se) só sabe repetir que o Forte é da Câmara, bla bla...  Forte é da Câmara, bla bla... Forte é da Câmara, bla bla
enfim, um zarojo-cassete daqui em diante.

Melhor ainda eu sou um anti-parasita-zarojo-cassete, sim porque o senhor nunca fez nada na vida.
No dicionário que tanto preza, deve ter a designação de... inutil
Pode conferir?


De Zarojo a 27 de Janeiro de 2013 às 10:48
Idiota. Para que é que um investidor/capitalista vai trabalhar?


De anti zarojo a 28 de Janeiro de 2013 às 11:33

es mesmo inutil zarojo
podias investir numa operação que te substituisse o cerebro

a consaguinidade familiar elvense deu abortos, nados mortos e mongloides como tu
tudo a bem do ricos manterem as terras e serem donos de Elvas

fachistas ranhosos


De Anónimo a 17 de Janeiro de 2013 às 16:41
Na impossibilidade de comentar a resposta do Eng.Cesar acerca dos funcionários públicos e privados na devida altura, passo a faze-lo agora.
Sô Eng. Cesar eu tenho o Sô Eng. por uma pessoa inteligente, mas, há sempre um mas, não queira fazer dos outros burros.
Primeiro quem está a ser falacioso é V.exa., visto que nos quer confundir, ou seja está a confundir a arvore com a floresta.
Diz o Senhor que muitos funcionários privados recebem mais por "baixo da mesa" do que o que consta no recibo, realmente isso acontece numa pequenissima percentagem e só em casos especiais.
O caso que passo a contar pode ter a certeza que é verídico o empresário em questão é de Elvas e está ainda felizmente vivo, o dito empresário fazia alguns empregados assinar o recibo do vencimento por uma verba superior aquela que na realidade lhe entregava. (a verba do recibo era a importancia legal evidentemente.
Quanto á questão dos descontos se fazerem com maior incidencia nos ultimos 10 anos, isso realmente acontecia mas era com os empresários os empregados alguma vêz tinham hipotese de tal estratagema?
Tenho algumas decadas sim decadas de trabalho no sector privado, vai para 5 daqui a tres anos, com 9 horas de trabalho diário.
Quanto ás questões do comentário do Sr. Barbicas respondeu nada. Apenas que os professores trabalhavam mais horas do que as aulas que davam, pois. 
Antonio Vilaça (Metalurgica de Benavente)


De Rui de Melo a 21 de Janeiro de 2013 às 15:45
O discurso de Rondão, no 14 de Janeiro foi:
- uma desilusão, para Jacinto César
- o melhor de sempre, para João Alves

Isto quer dizer que não há tacho para o prof e que a publicidade está a pingar no Linhas de Elvas.


De 1 parte a 21 de Janeiro de 2013 às 23:24

O senhor do jornaleco é um vendido, 2013 é ano de eleição, sabe que vai ser uma eleição mais renhida do que anteriores votações e o que faz?


Claro, elogia Rondone para ver se os euritos pingam. Os euritos vão jorrar na conta do jornalero.


 


Entretanto, o jornaleco que praticamente não tem assinantes que paguem, as borlas fervem, venha uma auditoria da apct e do ics ao porte pago e veremos.


É assim, o esquema. Todas as eleições.


No ano anterior, insulta os outros jornaleros, que são vendidos ao Rondone. Ele que quer ficar bem com os fachistas do cds (o Nody tem uma víbora na boca)  e os meias tintas do PSD, diz mal da cambra e das radios. Mal do sem-vintem e da elza.



De 2 parte a 21 de Janeiro de 2013 às 23:25

As contas são simples. Um quarto de  pagina para o restaurante ou para o Oculista da cidade é vendido a 50 euros, se fizer 4 vezes sai a 25 euros cada, 100 euros por mês. Para a cambra  o mesmo 1/4 pagina sai a 750 euritos por semana. 4 vezes um quarto de pagina são 3.000 euros por mês, repito Tres Mil Euritos.


 


O senhor precisa sempre comprar um carro novo. Umas vezes um bmw outras um mercedes da cor moda, sim o branco como por exemplo aquele que agora dirige.


 


O rondone tem os cofres cheios e o pesudo isento (chico mais do que esperto) aparece sempre no ano das eleições.


 


O rei vai nu... e o jornalêro quer o que o povo quer… dinheiro para comprar um carro novo!



De boa a 22 de Janeiro de 2013 às 12:43

eh eh jornalero
eh eh bem dito
já era hora de desmascarar o negocio do senhor que diz prop espelho todos os dias EU SOU ISENTO

na verdade a isenção termina no momento em que recebe, pode ser por cheque ou por transefrencia


De Anónimo a 27 de Janeiro de 2013 às 21:49
Impressionante, o jornalero isento pediu os ip ao César.
Num ato de coragem o César... Deu.


Terra de capados


De Anónimo a 21 de Janeiro de 2013 às 23:29

a elcinha a elogiar o seu amigo de todas as campanhas politicas o grande Judite de Sousa, qual Vera Lagoa masculina .

Cesar tu dizes mal do dono, coronel ramiro rondone e o jornalista de mangas de alpaca diz bem.

cesar tu marchas mal na formatura.

Na verdade ja estou farto desta novela elvense, prefiro a Gabriela sempre tem umas gajas melhores... 


De isentíssimo a 22 de Janeiro de 2013 às 16:40

prof cesar isto é uma vergonha a insultarem o senhor desta maneira
sim é isento tanto se lhe dá que receba por cheque como por transferencia

e o povo pá
o que é que o povo quer?
quer dinheiro pra comprar um carro novo

branco, tá!
para ser da moda


De O Anti-Queques a 22 de Janeiro de 2013 às 17:33

Paulinho Portinholas tem umas novas miniaturas: são os quequinhos da JC.


Um destes meninos-queques hoje veio falar para a comunicação social.


Uma tristeza!


Alguém explique ao menino que a maioria das pessoas está a receber menos dinheiro do que há dois, quatro, oito ou 16 anos.


O quequinho até pode perguntar aos papás – que agora só lhe podem comprar oito ténis de marca por ano, quando dantes lhe ofereciam 12.


O quequinho até pode perguntar aos criados e criadas (é assim que, lá na família, se tratam os empregados e empregadas…) como as coisas estão complicadas e talvez até lhe expliquem que há desemprego e desempregados, por vezes dois no mesmo casal.


O menino-queque talvez não conheça este mundo. Mas podia ser poupado a fazer esta figura triste, de desconhecimento da realidade social do seu País e da sua terra.


Mas poupar a miniatura de Paulinho Portinholas é pedir o impossível: é pedir que o próprio Paulinho Portinholas justifique o tacho, no fogão onde está o tacho.



De Marisa Catarino a 22 de Janeiro de 2013 às 22:07
Anti-Queques, 
Também não concordo que estes meninos de famílias latifundiárias andem a brincar com coisas sérias, e o mais surpreendente é como os órgãos de comunicação social lhes dão credibilidade ao apresentarem-se no palácio do CDS-PP (e chamo palácio porque, não sei se sabem mas, o CDS não tem só aquele rés-do-chão na rua de Alcamim, mas sim toda a casa, isso mesmo, três andares inteiros de uma casa descomunal no centro da cidade!). E, como deu para entender, os meninos falam de boca cheia, porque nasceram com uma colher de prata na boca.
Agora, há um ponto em que eu concordo com os queques da JP: é que estas medias já vêem tarde, muito tarde. Sou assistente social de profissão e reconheço a miséria de algumas pessoas neste e noutros concelhos do distrito que, mal tendo para dar de comer aos filhos, nem conseguem eles pobres comer!
E outra coisa que também é verdade: é que, somado à miséria, vem o desemprego. E neste ponto tenho que concordar tanto com a juventude socialista como com os agro-betos da jp: é que, se por um lado este governo já pôs no desemprego um milhao de desempregados, o anterior também não se portou bem. E numa escala local, o quer é certo é que Rondão Almeida nunca incentivou  as pequenas e médias empresas a fixarem-se nesta cidade. Por um caso sei em particular, por conhecer de perto: é o meu cunhado, que por acaso tem uma empresa de jardinagem e por várias vezes se queixou à Câmara por não haver transparência nos concursos públicos. O facto de a CME ter criado, por exemplo, uma empresa municipal de jardinagem, significa que toda a manutenção de espaços verdes que as zonas da cidade necessitem irá ser realizada pela câmara, não permitindo às empresas locais que trabalhem para ela. O que é um escândalo, e ainda ninguém disse, é que a Câmara é a maior empregadora do concelho, o que acho ser um coisa impensável, se se quiser motivar as empresas elvenses a manterem as portas abertas.


Marisa Catarino,
Terrugem


Comentar post

Últimos copos

Forte da Graça - 18

Forte da Graça - 17

Forte da Graça - 16

Forte da Graça - 15

Forte da Graça - 14

Forte da Graça - 13

Forte da Graça - 12

Forte da Graça - 11

Forte da Graça - 10

Forte da Graça - 9

Adega

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


A procurar na adega

 

Blogs de Elvas

Tags

todas as tags

últ. comentários

logo que poluiçao iriam causar duas ou tres embarc...
Muito interessante. Nessa documentação há document...
Nest baluarte existio uma oficina de artesanato on...
JacintoSó agora tive oportunidade de lhe vir dizer...
VERGONHA? MAS ESSAS DUAS ALMAS PERDIDAS RONDÃO E E...
Uma cartita. Uma cartinha. Uma carta.Assim anda en...
Os piores lambe-botas são os partidos de Esquerda ...
O mundo está para os corruptos e caloteiros. Uma a...
O mundo é dos caloteiros . Uma autentica vergonha.
"Não se pode aceitar que um professor dê 20 erros ...

mais comentados

101 comentários
89 comentários
86 comentários

subscrever feeds

SAPO Blogs