Elvas sempre em primeiro

Todos os comentários que cheguem sem IP não serão publicados.
Domingo, 2 de Setembro de 2012

Olivença

 

 

 

 

Penso que é a primeira vez que escrevo aqui sobre o tema Olivença já que para mim é um tema sem interesse, mas como surgiu no FaceBook a polémica, quero deixar aqui a minha opinião.

Se há locais em Espanha aqui próximos onde me desloco com frequência é aí precisamente porque é uma localidade onde me sinto bem, tal como acontece com outra mais a norte e que é Albuquerque. Mas cada vez que ali vou sinto-me em Espanha e é essa a verdade. Não fossem os vestígios portugueses que ali encontramos, tudo o resto é Espanha sem dúvida. Por mais do que uma vez senti a presença portuguesa por esse mundo fora, sendo que a mais forte foi Goa, mas nem por isso quero reivindicar esses locais como portugueses. Foram em tempos, mas pelas mais variadas razões deixaram de o ser e pronto.

Numa época em que cada vez mais se apela à união da Europa, não faz sentido algum andarmos a fazer apelos à história para a desunir. Esta, se quer ser forte de verdade, tem que se unir mais e não dividi-la. Jamais abdicarei da minha cultura, mas não me importava de abdicar da soberania em prole de uma Europa verdadeiramente unida.

Levantar o problema de Olivença nos dias que correm é uma utopia de fanáticos, tão fanáticos como os que querem a independência da Madeira, ou da Catalunha, ou da Córsega ou de outra região qualquer. Aceitemos os factos tal como hoje se apresentam. Eu quero ser europeu de alma e coração, e que todos tenham os mesmo direitos e deveres. Tudo o resto são “cantigas”.

Uma boa semana para todos

 

Jacinto César   

 

VESTIGIOS DA DOMINAÇÃO ROMANA (Continuação)

 

 

Ao tratarmos dos sepulcros indubitavelmente romanos não fizemos menção da legenda gravada sobre uma notável campa de que nos falam Rezende e Varela.

            Querem eles que este monumento pertença ao longo período de dominação romana, e com efeito as poucas palavras da legenda parecem denunciá-lo; mas numa nota anónima vemos pô-lo em duvida pela circunstância de que os caracteres dela são minúsculos, ao passo que o costume geralmente seguido entre aquele povo era gravar caracteres maiúsculos em todas assuas legendas.

            Deixamos aos eruditos nestas antigualhas a resolução da dúvida.

            A pedra tosca a que nos referimos, e que era campa dum sepulcro, foi achada a meia légua da igreja paroquial da Ventosa, e media 2m,65 de comprimento, decrescendo em largura de 0m,66 a 0m,56.

            As letras que continha eram estas :

                                                           Cacalo

                                                            A violi

                                                            lib     t

                                                                  hic

                                                            sit

que Rezende supôs indicarem que ali jazia um tal Cacalo, liberto de Violo, e acrescentava, que entre os vizinhos do sitio se transmitira de pais a filhos a fabula de que naquele estendido campo se ferira uma crua batalha, em que ficara morto Dom Beltrão (Bertrand), um dos doze pares de França, e que era este o personagem que estava enterrado sob aquela campa (Rezende - ibidem).

            Posto que isto seja um desconchavo, é certo que o nome de campo de Dom Beltrão subsistia ainda no tempo de Varela. ( Theat. Hist. cap. IV).

            Agora que chegou o momento de terminar este capitulo, não o faremos sem deixar consignado, que frequentemente se tem descoberto em diversos sítios dos arredores moedas romanas, de cobre e de prata, que, á falta de coleccionadores numismáticos nesta cidade, tem sido vendidas pelos ourives para fora da terra. Hoje este transvio é fácil evitar-se; visto que junto á biblioteca municipal foi criada uma secção arqueológica, onde os cavalheiros que nela tem, ou vierem a ter superintendência poderão ir colocando estas preciosidades á medida que forem aparecendo no mercado.

 

Fim

 


Tasca das amoreiras às 22:44
Link do post | Comentar | favorito
2 comentários:
De Anónimo a 2 de Setembro de 2012 às 23:24

No dia em que oa espanhóis deixarem de reivindicar o "pinhão" -Gibraltar- eu deixarei de reivindicar OLIVENÇA.


De olivencalivre a 3 de Setembro de 2012 às 23:04
   Sou anti-colonialista. Fui-o desde 1969, em Angola, Moçambique. Fui-o em Timor. Sou-o na Córsega, ou no Curdistão. O Alqueva, no Guadiana, é português por causa da questão de Olivença.. O Estado Português continua a considerar ilegal a ocupação espanhola em Olivença. Não consigo ser favorável ao colonialismo espanhol em Olivença. Os factos... são importantes. Mas... por que diabo não aceita Madrid  o facto de Gibraltar ser britânica?
   Os factos consumados, ou os direitos repetidamente violados, não criam justiça nem fazem direito. O tempo não valida atropelos internacionais. Não reivindico Goa, que é indiana. Mas... não aceito que Olivença, QUE NUNCA FOI COLÓNIA, MAS SIM PARTE INTEGRANTE DE PORTUGAL, continue colonizada. 


Comentar post

Últimos copos

Forte da Graça - 18

Forte da Graça - 17

Forte da Graça - 16

Forte da Graça - 15

Forte da Graça - 14

Forte da Graça - 13

Forte da Graça - 12

Forte da Graça - 11

Forte da Graça - 10

Forte da Graça - 9

Adega

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


A procurar na adega

 

Blogs de Elvas

Tags

todas as tags

últ. comentários

logo que poluiçao iriam causar duas ou tres embarc...
Muito interessante. Nessa documentação há document...
Nest baluarte existio uma oficina de artesanato on...
JacintoSó agora tive oportunidade de lhe vir dizer...
VERGONHA? MAS ESSAS DUAS ALMAS PERDIDAS RONDÃO E E...
Uma cartita. Uma cartinha. Uma carta.Assim anda en...
Os piores lambe-botas são os partidos de Esquerda ...
O mundo está para os corruptos e caloteiros. Uma a...
O mundo é dos caloteiros . Uma autentica vergonha.
"Não se pode aceitar que um professor dê 20 erros ...

mais comentados

101 comentários
89 comentários
86 comentários

subscrever feeds

SAPO Blogs