Elvas sempre em primeiro

Todos os comentários que cheguem sem IP não serão publicados.
Terça-feira, 28 de Agosto de 2012

Mas como é?

 

 

 

Por uma questão simplesmente de curiosidade vou acompanhando diariamente a evolução dos preços do petróleo bruto e do câmbio do dólar e verifico o seguinte:

- Mantendo-se o dólar estável, a gasolina sobe e desce ao ritmo do preço do petróleo. Só que o que acontece é que se numa semana o crude sobe uma determinada percentagem e na seguinte desce o mesmo valor, a gasolina acompanha a subida, mas não a descida no mesmo valor. Para onde vai a diferença?

- Mantendo-se o preço do crude estável, mas variando o preço do dólar, acontece rigorosamente o mesmo que no caso anterior. Para onde vai a diferença?

Sabendo-se que o ISP é estável, que os comerciantes ganham o mesmo, então só há uma explicação: são as petrolíferas a encaixarem as diferenças.

Nestes últimos dias o novo presidente francês teve que tomar medidas contra as petrolíferas de modo a travar a escalada do preço dos combustíveis por estarem a afectarem toda uma economia. Aplaudo a medida!

E em Portugal como é? Mansos como sempre.

Sei que são os comerciantes de Elvas é que perdem, mas vou continuar a abastecerem Badajoz. Queme perdoem, mas mesmo sendo um fraco consumidor, pesa na carteira a diferença.

 

Jacinto César

 

VESTIGIOS DA DOMINAÇÃO ROMANA – 2

 

 

            Passando agora a tratar de monumentos escritos, temos ainda em Varela memória duma lápida sepulcral, em que o amor dum marido extremoso, Caio Pomponio Maximuno, fez gravar o nome da idolatrada esposa, Julia Amonéa, que a morte lhe arrebatara do tálamo apenas com 23 anos de idade. ( Varela, ibidem)

            Era esta a legenda, que nela havia: 

 

IVLIA.  AMONEA.  ANNO.

XXIII.   H.   S.   S. T. T. L.

G. POMPONIVS. MAXIMY.

NVS. MARITVS. CONIVGI.

CHARISSIMAE.   F.  C. 

 

            Acrescenta Varela, que esta pedra estava na ermida da Graça, servindo para se encostar á porta. Hoje não se sabe dela.

            Também nos transmitiu Rezende ( De Antiq. Lusit. 1790. tom. I. 279 ) os epitáfios gravados em duas lápidas, que o descuido dos nossos Maiores fez igualmente desaparecer, talvez para sempre.

            Uma delas pertencia ao jazigo que um nobre, que servia na 20ª legião, por nome de Caio Axonio, filho de Quinto, e natural de Fermo, cidade do distrito de Pisa, mandara erigir para si, e para seu irmão Quinto Axonio:

 

C. AXONIVS. Q. F. PAP.

LEG.   XX.   NAT.  COL.

FIR. PICENO. SE. VIVO.

MONIMENT.  FEC.  SIBI.

ET.  FR.  Q.   AX.  Q.  F.

 

            Esta foi achada numa das principais casas da cidade, e é da opinião o sábio Hubner, que data do tempo de Augusto, porque a legião não tinha ainda cognome ( Soromenho. Not. archeol. de Port. pelo Dr. Emílio Hubner. pag. 21. )

            A outra, que esteve por muito tempo encravada na antiga porta dos Santos (arco da Alcáçova), e o estava ainda em meados do séc. XVII, deixava apenas perceber, que pertencera ao jazigo de um tal Felix Severo filho de Capalão.

 

FEL. CAPALONIS

F. SEVERVS. AN.

 

            Também nos conta este antiquário, que junto ao convento das dominicanas se encontrara outra lápida, de cuja inscrição se depreende, que Anthymo Reburrino dedicara aquele monumento, em cumprimento de voto, a uma divindade, cujo nome não mencionou:

 

ANTHYMVS.    REB.

SCIENTINI.  ET.  CE

LERIS.  SER

V.  S.  A.  L.

 

            Até aqui as memórias transmitidas pelos antigos. Nos últimos anos algumas descobertas se tem feito ainda de lápidas sepulcrais.

            No quintal das casas que foram do Dr. João Pedro de Aquino Figueiredo e Souza, na rua de S. Lourenço, com serventia para a de Lopo da Ponte, achámos o epitáfio do jazigo, que ao septuagenário Caio Julio Gallo, de Merida, veterano da 7ª legião ( Gemina Felix ), erigiu sua mulher, outrora sua liberta, Julia Prima:

 

G  .    IVLIO   .    GALLO   .

EMERITE    SI .    VETERANO.

LEG. VII.  G.  F.   STIPENDIS.

EMERITIS.       ANN.       LXX.

H.S. E.S.T.T.L, IVLIA.PRIMA.

LIB. ET. CONIVX. PATRONO.

BENEMERI    D.    P.    S.   F.

 

            Esta pedra servia de cobertura a um cano de águas; ignora-se donde fora extraída, e como para ali levada. Hoje está na secção de arqueologia junta á biblioteca municipal, mas quebrada em quatro pedaços por inabilidade do pedreiro a quem foi incumbido o trabalho de arrancá-la.

            Neste presente ano se descobriram outras lápidas: uma, que já também foi adquirida para a secção, de cujas poucas letras inteligíveis se depreende ter marcado o sepulcro de Márcia Tusca, de 20 anos, filha de Quinto, e duma outra pessoa de 30 anos de idade, cujo nome está ininteligível:

 

 

MARCIA.  Q.  F.  TVSCA.

ANN.  XX.

GERM            TVSC

ANN.  XXX.                   L

L.  N                             O

MTI          SC

 

e a outra, que supomos virá dentro em pouco reunir-se ás precedentes, que cobria os débeis restos duma criança de 9 anos, Comínia Ávita, a quem seus angustiados pais, Marco Cominio Clemente, e Víbia Avita erigiram aquele singelo monumento, pedindo aos transeuntes, que dissessem ao passar: «A terra te seja leve»

 

 COMINIA.  M.  F.  AVITA.

 ANNOR.                    VIII.

H. S. E.  T. R. P. D.  S. T. T. L.

M. COMINIVS. CLEMENS.

VIBIA.  M.  F.  AVITA.

FILIAE. FACIENDVM. CVRAR.

 

No claro que forma o meio da segunda linha estão esculpidos dois passarinhos voltados para uma folha de era, alusão aos brinquedos de criança, e á amizade mutua que ligava os pais e a filha.

            A primeira destas duas lápidas estava metida numa parede derribada da casa que está construindo o Dr., António Fausto Namorado, na rua de Olivença, com serventia para a rua dos Chilões; a segunda foi achada com outras mais há, quatro ou cinco anos, por uns homens que lavraram na herdade do Falcato, aquém do casal, e se conserva embebida na parede do mesmo, graças aos cuidados do Sr. Silveira Falcato, proprietário da herdade, que ali a mandou colocar.

            Da primeira e ultima lápida nomeadas em ultimo lugar, fez o Sr. tabelião Paz Furtado comunicação aos Srs. Eduardo Allen, director da secção arqueológica junta á biblioteca do Porto, e ao Dr. Emílio Hubner, de Berlim, os quais, com pequenas correcções, aceitaram a interpretação, que o Sr. Furtado lhes dera; quanto á segunda vai ser enviado um calco a Berlim, sobre o qual se espera que o sábio Hubner emita a sua opinião autorizada. (Continua)


Tasca das amoreiras às 19:13
Link do post | Comentar | favorito

Veja quanto tempo falta para as 5 da tarde

Número de bebedores desde 31-7-2007

Visitor Statistics
camping gear

O Tempo

Últimos copos

Forte da Graça - 18

Forte da Graça - 17

Forte da Graça - 16

Forte da Graça - 15

Forte da Graça - 14

Forte da Graça - 13

Forte da Graça - 12

Forte da Graça - 11

Forte da Graça - 10

Forte da Graça - 9

Adega

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


A procurar na adega

 

Blogs de Elvas

Tags

todas as tags

últ. comentários

Invejoso
Para nao falar de barcos electricos que tambem est...
Se vao ser dois ou tres nos fins de semana tambem ...
Nest baluarte existio uma oficina de artesanato on...
JacintoSó agora tive oportunidade de lhe vir dizer...
VERGONHA? MAS ESSAS DUAS ALMAS PERDIDAS RONDÃO E E...
Uma cartita. Uma cartinha. Uma carta.Assim anda en...
Os piores lambe-botas são os partidos de Esquerda ...
O mundo está para os corruptos e caloteiros. Uma a...
O mundo é dos caloteiros . Uma autentica vergonha.

mais comentados

101 comentários
89 comentários
86 comentários

subscrever feeds

SAPO Blogs