Elvas sempre em primeiro

Todos os comentários que cheguem sem IP não serão publicados.
Sábado, 7 de Julho de 2012

A “puta” da política!

 

 

Será que no nosso país em geral e em Elvas em particular algum dia se poderá fazer alguma coisa sem que haja política à mistura?

Será que alguma vez alguém pode dizer algo ou manifestar uma opinião sem que se lhe atribua logo uma conotação política?

Será que pelo facto de alguém dizer que aquela rua está ligeiramente torta é sinónimo de que é da oposição, assim à moda dos tempos da ditadura?

Estou farto, mais que farto de tanta política.

Ontem à noite ouvi o discurso do Presidente da CME na abertura das comemorações da atribuição do título de Património da Humanidade a Elvas.

Tenho que dizer que concordo plenamente com glorificação dos nossos antepassados que construíram aquilo que temos.

Concordo que se diga que as últimas gerações de um passado mais recente tenham tido a inteligência e o valor de ter mantido a herança que nos deixaram aqueles que a construíram.

Concordo que se dê valor a quem melhorou o que se foi degradando com o passar dos tempos.

Concordo que se louve o trabalho de uma equipe que trabalhou durante anos para levar a nossa cidade até ao resultado de 30 de Junho.

Tudo isto faz sentido numa altura em que o orgulho de se ser elvense subiu ao topo, pensando sobretudo que quase tudo que se fez ao longo dos séculos se fez a nossa custa, com o nosso trabalho e com o nosso sacrifício.

Tudo isto faz sentido. O que já não faz é depois os ataques ferozes a quem nos deixou sós e nem tão pouco fez um reconhecimento do trabalho que foi feito. Não valia a pena chegar aqui sob o risco de nos parecermos a eles. Não foi bonito de ouvir e nem era necessário.

Será que aconteceu alguma coisa que já não tenha acontecido antes? Será que Elvas não foi olhada sempre com um certo desprezo, a começar pela capital do distrito? E da capital do país o que é que tem vindo de bom?

Sabem quantos jornais fizeram referência a Elvas em primeira página a propósito do grande acontecimento? Dois! O DN e o Público.

E se tivesse sido a Universidade de Coimbra ou o Convento de Mafra? Bem, a esta hora já tinha havido comemorações nacionais. Mas é assim e temos que conviver com este facto e assim continuaremos. E não se pense que daqui para a frente iremos ter grandes ajudas. Não sejam os elvenses a juntarem-se para se defenderem que ninguém fará nada por nós. Isto para já não falar nos amigos de Peniche (que por uma questão de melindre não devo falar neles) que só não se aproveitarão da situação criada para colher dividendos se não puderem.

Para finalizar um apelo: esqueçam a “puta” da política e juntemo-nos em torno daquilo que é nosso. Elvas merece!

 

Jacinto César


Tasca das amoreiras às 23:54
Link do post | Comentar | favorito
13 comentários:
De Anónimo a 8 de Julho de 2012 às 01:37
Não posso concordar mais. Mas, então, porque não se refere aos comentários que generosamente lhe propõem? Claro que nem todos são honestos. Porque não fala do estacionamento em cima dos passeios (ex: Av de Badajoz)? Porque não viu a forma desastrosa como foi recuperado algum património?
Não devemos apenas dizer devemos praticar...


De Anti Ipócritas a 8 de Julho de 2012 às 02:25
Este ainda não percebeu que Elvas foi avaliada por especialistas internacionais... É mais um catadrático da recuperação, espacialista da política e profissionali dos comentários contra a Câmara.

Agora falam todos como se tivessem feito alguma coisa para Elvas ser Património Mundial. O Jacinto até dá entrevistas á rádio! Logo ele que dizia que Elvas nem daqui a 10 anos havia de ser Património Mundial, agora parece que fez a candidatura. Eu fico de boca aberta com tanta falta de...


De Anónimo a 8 de Julho de 2012 às 15:24
Hipócrita leva H no início do vocábulo.


De Anónimo a 8 de Julho de 2012 às 02:18
Na opinião do Jacinto devemos comer e calar. Ninguém tem nada que saber que o sr. Pimeiro Ministro Passos Coelho e o Sr. Presidente da República Cavaco Silva não querem saber dos Elvenses para nada!
É para esconder? Não! É para todos saberem.
A atitude desses políticos é politica, seja "puta" ou não, para usar a linguagem imprópria do Jacinto, e por isso toda a gente deve saber. Eu gostei de ouvir e de saber que os elvenses que votaram Cavaco e Coelho nas eleições para eles valem zero.


De Anónimo a 8 de Julho de 2012 às 11:48
Se fossem só o Passos Coelho e o Cavaco Silva que não quisessem saber de nós para nada, Elvas ia ter muito mais atenção do que aquela que tem. Desde que nasci ainda não vi UM político da Assembleia da República ou do Governo (este e todos os anteriores) ou do que quer que fosse, de todos os partidos, mostrar um mínimo de interesse nesta cidade. Para estes "senhores", o país é Lisboa (e talvez, mas só talvez, a terrinha de onde são naturais e as terrinhas onde vão passar férias). O resto... é o resto.
E é muito mais triste quando há uns anos fui estudar para a Universidade de Coimbra e as únicas razões pelas quais os meus colegas conheciam Elvas era pelos assuntos da Casa Pia ou porque passavam por cá para irem para Espanha. Onde ficava? Eles não sabiam. O que tinha? Ainda menos sabiam. Para eles o Alentejo é Évora, Beja e Portalegre, assim como para os nossos políticos é deserto.
É muito bonito tudo aquilo que a Câmara e não só fizeram para que Elvas fosse Património Mundial, mas agora, e de uma vez por todas, vamos aproveitar isso para que daqui a uns anos, quando as próximas gerações elvenses chegarem à Universidade, não terem a necessidade de explicar que existe uma cidade (outra coisa que eles não sabiam: que Elvas é uma cidade) chamada Elvas no país deles e que essa cidade tem algum interesse, ao contrário do que muitos dizem ou acham (incluindo alguns elvenses que agora festejam todos contentes a classificação como Património Mundial). Isso sim é o mais importante. Quando Elvas for conhecida e tiver destaque a nível nacional, teremos então a atenção que merecemos.


De Isabel I a 8 de Julho de 2012 às 12:37
Era bom que não se metesse a política em tudo mas tudo é política, sabe? E neste caso de Elvas é por demais evidente. Não me posso esquecer do que, ao longo dos anos, tenho lido neste e noutros blogues de bota abaixo, de critica destrutiva, de incredulidade, de pôr em causa tudo, a competência da equipa técnica ( até pela simples razão de alguns integrantes serem de Portalegre). Há bem pouco tempo um senhor dizia no Facebook que não queria que Elvas fosse Património Mundial porque deixaria de poder estacionar à porta de casa!!!? Se passarmos para o nível partidário é o descalabro. Pasmo com a desfaçatez de quem caluniou e desdenhou e agora se vangloria como se tivesse feito alguma coisa válida e ainda aceita parabéns pela façanha que agora assume como dele. Pasmo com a desfaçatez do ministro Portas que realça o bom trabalho da diplomacia portuguesa, qual trabalho? O trabalho de ler a defesa que outro escreveu? O trabalho de estabelecer contactos que outros prepararam? Tudo isto é revoltante e não deve ficar por ser dito. temos esta tendência parva de branquear o passado, de o silenciar mas não deve ser assim. Para se avançar para o futuro é preciso fazer as contas com o passado.


De Leitor Atento a 8 de Julho de 2012 às 13:40
Uma retificação, a favor da VERDADE.
Não foram só o Diário de Notícias e o Público, os jornais a dar destaque.
O Diário do Sul, feito em Évora para o Sul do País, encheu a primeira página. Parabéns ao diretor, Manuel Madeira Piçarra.
Já o elvense Linhas de Elvas colocou a notícia em terceiro plano e sem a saliência devida à cidade que acabara de chegar a Património Mundial. Porra, João Alves...
É a "puta" da doença.


De Pros fd PUTA políticos e nao políticos a 8 de Julho de 2012 às 13:52
Felizmente que temos uma radio que até deu a noticia em primeira mão 
Ah isso nao conta... Só o aldrabices minhas delas e até o diário três ou quatro folhas de Évora 


De Leitor Atento a 9 de Julho de 2012 às 10:59
Mais dois acrescentos, a bem da VERDADE.
O Fonte Nova, de Portalegre, deu quase meia página na capa.
A Defesa, de Évora, fez o mesmo.
Acabou por ser o jornal da cidade Património Mundial aquele a destacar menos.
Nada de estranhar: enquanto João Alves confundir Elvas com Rondão, há-de continuar a fazer figuras lindas destas.


De Tasca das amoreiras a 8 de Julho de 2012 às 15:43

Caros comentadores


 


Presumo que todos entenderam o que quis dizer com “POLÍTICA”. No entanto quero esclarecer que quando me refiro a política, falo de política partidária.


Como é bom de ver, todos nós somos políticos, bastando para tal ter opinião.


Quanto ao adjectivo com que classifiquei a política, peço desculpa se ofendi alguma virgem puritana, mas se fosse tão puritana não entenderia o que queria dizer a palavra.


Um bom Domingo


Jacinto César



De Anónimo a 8 de Julho de 2012 às 17:41
Este comentário mostra a educação fina do Jacinto professor de mecânica da Secundária elvense armado em intelectual. Tão intelectual que para ele para se saber o significado de uma adjectivo é preciso a pessoa aplicar o adjectivo a si! sem palavras, tanta sabedoria desaproveitada.


De Anónimo a 8 de Julho de 2012 às 17:44
O homem quer um taxo e os socialistas ainda não perceberam. Deam um taxo ao Jacinto que o homem anda desesperado.


De André Miguel a 8 de Julho de 2012 às 19:41
Não posso estar mais de acordo com o post.
Há imenso que defendo que se queremos que Elvas tenhas notoriedade não podemos esperar que outros façam os nossos trabalhos de casa, só nós - Elvenses - temos essa responsabilidade.
Acham realmente que alguém fará pela nossa casa excepto nós mesmos?! Só por manifesta ingenuidade! E enquanto alinhamos em clubites partidárias, que só atrasam o que realmente importa, quem se fica a rir são os vizinhos do lado (leia-se Portalegre ou Évora), que sem nos apercebermos levam a água ao seu moinho.


Comentar post

Últimos copos

Forte da Graça - 18

Forte da Graça - 17

Forte da Graça - 16

Forte da Graça - 15

Forte da Graça - 14

Forte da Graça - 13

Forte da Graça - 12

Forte da Graça - 11

Forte da Graça - 10

Forte da Graça - 9

Adega

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


A procurar na adega

 

Blogs de Elvas

Tags

todas as tags

últ. comentários

logo que poluiçao iriam causar duas ou tres embarc...
Muito interessante. Nessa documentação há document...
Nest baluarte existio uma oficina de artesanato on...
JacintoSó agora tive oportunidade de lhe vir dizer...
VERGONHA? MAS ESSAS DUAS ALMAS PERDIDAS RONDÃO E E...
Uma cartita. Uma cartinha. Uma carta.Assim anda en...
Os piores lambe-botas são os partidos de Esquerda ...
O mundo está para os corruptos e caloteiros. Uma a...
O mundo é dos caloteiros . Uma autentica vergonha.
"Não se pode aceitar que um professor dê 20 erros ...

mais comentados

101 comentários
89 comentários
86 comentários

subscrever feeds

SAPO Blogs