Elvas sempre em primeiro

Todos os comentários que cheguem sem IP não serão publicados.
Domingo, 12 de Fevereiro de 2012

E porque não uma “Manif”

 
 

 

 

Se bem me lembro, assim à moda de Vitorino Nemésio, a última manifestação que houve em Elvas foi por causa do hospital e já lá vão uns anos. E porque não fazer outra, agora pelo Forte da Graça?

Já há muito tempo que não ouvia tanta gente a comentar o assunto, tanto em Elvas como os nossos vizinhos de Badajoz, e como tal acho que seria um bom momento para avançar com qualquer acção que mobilizasse a opinião pública e alertasse os poderes para a gravidade da situação.

Quem procurar na net por Forte da Graça verá a quantidade de sites e fóruns que falam do assunto e dois factos são comuns a todos: a sua beleza e o seu estado de degradação. Se é verdade que sinto orgulho de ser da cidade que possui tal maravilha, também não deixa de ser verdade que sinto vergonha que o meu país trate tão mal o legado dos nossos antepassados. É uma vergonha a atingir as raias do escândalo. E nisto, só posso culpar uma entidade: Ministério da Defesa.

Na gíria popular, costuma-se dizer que quando alguém atrapalha, é “alguém que não monta nem deixa montar”. É isso mesmo que se passa com os militares: não fazem e não deixam fazer. E nós, população, que é que fazemos? Nada!

Lembremo-nos do que os nossos antepassados fizeram há mais de 300 anos, ao construírem com os seus impostos o Aqueduto das Amoreiras. E hoje? Preocupamo-nos se o Benfica vai ser campeão ou não, se o Real consegue vencer Barca ou não, se o Vilas Boas se aguenta no Chelsea ou é “posto ao fresco”, se o “Paco” bateu ou não na mulher, ou se … E quando é que começamos a preocuparmo-nos com as NOSSAS coisas? Quando acontecer o que aconteceu ao Convento de S. Paulo, do qual se falou muito quando ruiu, mas que toda a gente já esqueceu?

Elvenses, vamos tomar uma posição e manifestar o nosso descontentamento.

Elvenses, vamo-nos juntar e dizer “Basta!”.

 

Nota – Gostaria muito que todos os partidos em Elvas tomasse uma posição para que de uma vez por todas ficássemos a saber se na verdade defendem os interesses da cidade ou os interesses partidários.

 

Jacinto César


Tasca das amoreiras às 16:49
Link do post | Comentar | favorito
5 comentários:
De Anónimo a 12 de Fevereiro de 2012 às 17:11
Este governo passa um cartão às manifestações enorme...


De Anónimo a 12 de Fevereiro de 2012 às 17:42
Uma manifestação de patetas, se o Ministério da Defesa não sabe que o Forte é reivindicado, o que é que pode fazer? Dizer imediatamente que cede o Forte da Graça que já está cedido desde 2003 à Câmara. Se a Câmara quisesse o Forte da Graça já cá tinha trazido a televisão, falado com o Ministro, Secretário de Estado, etc!-------- Não acredito que seja ingenuidade doJacinto Cesar, mas pelo contrário, é uma tentativa de "branquear" o desleixo municipal


De André Miguel a 12 de Fevereiro de 2012 às 20:01
Enquanto a sociedade civil não der mostras de querer mudar a situação, dificilmente o poder político tomará qualquer decisão. E isto serve para tudo.


De Anónimo a 12 de Fevereiro de 2012 às 21:12

Manifes? À quantos anos não há uma manifestação nos principais países da Europa? Sabe porquê? Porque substituiram as manifes pela palavra "NÃO". Custa tanto dizer SIM como NÃO até têm as mesmas letras. Apelar a manifes é colocar-se virtualmente no século passado...


De o melhor a 13 de Fevereiro de 2012 às 16:15

Como não quero que os créditos de gajo que melhor escreve em Elvas caiam em saco roto, venho mais uma vez mostrar os meus dotes. Antes de mais este título só me foi entregue porque para além de escrever bem, escrevo de forma franca. De verdade. Abram os olhos os mais iludidos, a ilusão, não é como o sonho que comanda a vida. Sobre o tema já aqui deixei escrito. Mas pelos visto ainda sem a clareza suficiente, dado a ilusão reinante. Um gajo que escreva bem sobre o Forte, deve com graça esclarecer que estes movimentos espontâneos nos blogs e no facebook não passam de meros fogachos. Cantos de cisne elvenses. Uma manifestação exige uma multidão, que ao contrário das melhores intenções, não passa pelos novos meios e muito menos pelas redes sociais. Lamento dizer lhe caro professor Jacinto que não há repercussão deste seu escrito para além de alguns, poucos, elvenses. Há que ter consciência. Por outro lado, lamento que estes poucos sem capacidade de constituir se como uma verdadeira massa critica elvense, são dos poucos preocupados com o Forte. Na verdade, para a maioria silenciosa o Forte é uma silhueta no monte, e vai continuar assim. O Forte já existia quando nasceram, já lá passaram militares, presos e ultimamente piratas da pilhagem ou simples vândalos modernos e essa maioria silenciosa vai continuar, como sempre fez, a ignorar-nos. Depois sejamos ainda mais práticos, a Manif serviria para? Convencer o presidente da Câmara que devia tomar conta do Forte? Convencer a oposição que é maioria na Assembleia da República que a Câmara deve tomar conta do Forte? Ou para irmos todos em romaria e ocupar o Forte?


A Câmara não quer o Forte porque só vai dar despesa e nenhum voto. A oposição não vai conseguir nada do Governo porque em tempo de cinto apertado, a Câmara só vai aceitar se houver verbas destinadas à recuperação. E isso não há. Bom e para romarias já nos chega a do S. Mateus.


O Forte, lamento dar vos esta péssima nova, é para deixar cair. Se outra fosse a intenção ninguém teria consentido que os militares abandonassem a simples guarda do espaço. Há mais de 20 anos lhe traçaram o destino: o abandono e destruição.

Beijos e Abraços


Comentar post

Últimos copos

Forte da Graça - 18

Forte da Graça - 17

Forte da Graça - 16

Forte da Graça - 15

Forte da Graça - 14

Forte da Graça - 13

Forte da Graça - 12

Forte da Graça - 11

Forte da Graça - 10

Forte da Graça - 9

Adega

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


A procurar na adega

 

Blogs de Elvas

Tags

todas as tags

últ. comentários

logo que poluiçao iriam causar duas ou tres embarc...
Muito interessante. Nessa documentação há document...
Nest baluarte existio uma oficina de artesanato on...
JacintoSó agora tive oportunidade de lhe vir dizer...
VERGONHA? MAS ESSAS DUAS ALMAS PERDIDAS RONDÃO E E...
Uma cartita. Uma cartinha. Uma carta.Assim anda en...
Os piores lambe-botas são os partidos de Esquerda ...
O mundo está para os corruptos e caloteiros. Uma a...
O mundo é dos caloteiros . Uma autentica vergonha.
"Não se pode aceitar que um professor dê 20 erros ...

mais comentados

101 comentários
89 comentários
86 comentários

subscrever feeds

SAPO Blogs