Elvas sempre em primeiro

Todos os comentários que cheguem sem IP não serão publicados.
Quarta-feira, 23 de Novembro de 2011

A greve

 

 

 

 

Nestes últimos dias tenho andado num dilema terrível: se por um lado gostaria de fazer greve, por outro não. Explico-me melhor.

Quando se faz uma greve e seja lá ela a que for, em princípio é para reivindicar algo ou para mostrar descontentamento sobre qualquer coisa. Mas para ela seja efectiva, é necessário que faça “doer”. Por estes motivos estaria nela.

Acontece que determinadas greves e à moda do futebol, beneficiam o infractor ou seja o estado. E é por esse motivo que a minha vontade balança para o não. Veja-se o meu caso e o da maioria dos funcionários públicos. Faço greve. Ao fim do mês vão-me ao ordenado. Se a coisa ficasse por aqui, mais uma vez diria que sim para manifestar o meu desacordo com a situação. Só que as aulas de amanhã terei que as repor lá para o fim do ano lectivo, o seja, sou penalizado duas vezes. Se formos analisar o que se passa em muitos organismos do estado, a situação é a mesma. O que não fazem amanhã terão que se fazer depois. Assim sendo, quem é que são os maiores prejudicados? Os utentes dos serviços. Quem é o maior beneficiado? O estado que poupa um dia de vencimento e subsídio de refeição. É caso para dizer que se o governo da boca para fora vai manifestando o seu desagrado, intimamente não se importa e até pode desejar “uma repetição da jogada”.

Se vivêssemos nos EUA, aí sim, o “patrão” não paga mas paga o sindicato. Não sei se em algum país europeu as coisas também se processam de igual forma.

Resumindo: a não ser que me dê um impulso de última hora, vou trabalhar.

 

Jacinto César


Tasca das amoreiras às 20:19
Link do post | Comentar | favorito
10 comentários:
De Anónimo a 23 de Novembro de 2011 às 20:51
E faz muito bem.O trabalho dignifica.


De Jacinta Cleopatra da Silva a 23 de Novembro de 2011 às 21:25

o publema é que a malta tem poca coragem para avançar e fazer greve
eu por exemplo não posso fazer greve se nao era despedido, mas pronto voce que pode nao faz está no seu direito.

eu se pudesse enfiava um balasio na pinha destes ladroes.
o pior é que depois o publema fica comigo, os gajos tem os cornos duros e na morrem e eu vou ver o solito pos cuadraditos
assim como assim vou trabalhar, pouco, mas vou... 


De Anónimo a 24 de Novembro de 2011 às 10:49

Penso que se o governo fosse de esquerda, o Sr. Jacinto faria greve


De Anónimo a 24 de Novembro de 2011 às 13:26
Na mouche


De Anónimo a 24 de Novembro de 2011 às 14:41
Gostaria de saber se fez ou não greve.
Eu fiz pela primeira vez.Eu sou de esquerda.


De Anti Boneco a 24 de Novembro de 2011 às 16:14
o cesar é de direita mais à direita do que o Noddy, por sinal o boneco até é de um partido fascista, logo vejam onde anda o blogue


De Anónimo a 24 de Novembro de 2011 às 18:44
O trabalho liberta


De fura greves a 24 de Novembro de 2011 às 19:53

Greve. Era o que me apetecia fazer todos os dias. Tenho um trabalho muita chato e vivo num Pais que me chupa até ao tutano mas pronto, um gajo faz greve e ainda lhe põe o título de comuna e assim, por isso mais vale ser assim um tipo fura greves do que ser chamado de comuna.


Ainda se me chamassem Coluna ou ainda melhor Eusébio já era uma coisa mais aceitável, embora nos dias de hoje o melhor que me podiam era chamar Cristiano Rolando. Aliás, tinha muito mais interesse chamar me Cristiano Rolando, primeiro recebia uma pipa de massa e segundo dormia com a Irina que é neste momento a gaja mais boa que qualquer gajo deste Pais gostava de poder levar assim tipo dar uma voltinha e devolve-la por exemplo na manha do dia seguinte.


A Greve que me apetecia fazer agora era a de viver neste Pais, só me apetece ir para o Canada ou para o Brasil que é um sitio quente com praia e tal.      



De Anónimo a 24 de Novembro de 2011 às 20:44

Vivam os comonas , vivam os cgtpas paspaspas. o seu chefe devia ser o primeiro e o país ficava ricu.


De Anónimo a 25 de Novembro de 2011 às 07:44
adorei continua meu, vale mais um comentario teu que um post do blog


Comentar post

Últimos copos

Forte da Graça - 18

Forte da Graça - 17

Forte da Graça - 16

Forte da Graça - 15

Forte da Graça - 14

Forte da Graça - 13

Forte da Graça - 12

Forte da Graça - 11

Forte da Graça - 10

Forte da Graça - 9

Adega

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


A procurar na adega

 

Blogs de Elvas

Tags

todas as tags

últ. comentários

logo que poluiçao iriam causar duas ou tres embarc...
Muito interessante. Nessa documentação há document...
Nest baluarte existio uma oficina de artesanato on...
JacintoSó agora tive oportunidade de lhe vir dizer...
VERGONHA? MAS ESSAS DUAS ALMAS PERDIDAS RONDÃO E E...
Uma cartita. Uma cartinha. Uma carta.Assim anda en...
Os piores lambe-botas são os partidos de Esquerda ...
O mundo está para os corruptos e caloteiros. Uma a...
O mundo é dos caloteiros . Uma autentica vergonha.
"Não se pode aceitar que um professor dê 20 erros ...

mais comentados

101 comentários
89 comentários
86 comentários

subscrever feeds

SAPO Blogs