Elvas sempre em primeiro

Todos os comentários que cheguem sem IP não serão publicados.
Segunda-feira, 3 de Janeiro de 2011

Ano Novo, vida nova?

Antes de mais um Bom Ano de 2011 para todos.

 

Quanto à vida nova, bem, nova sim mas para pior. Por muito optimista que seja, e sou, não vejo nada de bom para o ano que agora começa. Os males de que sofremos (o País, claro) continuam a existir e não se vê uma cura a curto prazo, antes pelo contrário, ir-se-ão agravar. Mas lá iremos. Por agora vou-me referir a dois casos locais que me fizeram confusão nestes últimos dias.

1 – Por razões que não interessam, passei a viver há uns meses a esta parte no Centro Histórico e tenho-me vindo a aperceber de coisas inconcebíveis.

Na semana entre o Natal e Ano Novo apareceram pelo centro da cidade um grupo (penso eu) de vândalos que se entreteu a vandalizar automóveis. A mim calhou-me a pintura da traseira do carro com um spray vermelho (estou agradecido ao menos por não ter sido de verde ou azul, já que sou benfiquista). Houve tratamentos para todos os gostos. E onde pára a polícia? Não faço a mínima ideia já que os não vejo em lado algum. Pode-se fazer o que cada um quiser e lhe aprouver. Claro está que este meu desabafo não quer beliscar de modo algum os Agentes da corporação, mas sim as políticas seguidas no campo da segurança. Estes fazem o que podem e que lhes deixam fazer. Os OBJECTIVOS a cumprir são de outra natureza que não o da segurança de proximidade. É lamentável o que se obriga a fazer a um punhado de Homens bons em nome do cumprimento de objectivos de alcance muito duvidosos. Não queria estar na sua pele.

 

2 – Infelizmente este segundo apontamento é também dirigido às autoridades policiais, não sabendo bem a que competia intervir no caso que a seguir descrevo.

Faltavam aí uns dez minutos para as catorze horas de hoje, quando ao entrar para o carro ouvi uma série de sirenes que me pareceram de bombeiros ou ambulâncias. Não liguei ao assunto já que é uma coisa que acontece com frequência.

Como me deslocava para a escola, quando cheguei ao viaduto deparei com uma fila grande de carros que não andavam ou andavam muito lentamente. Fui levado na corrente até chegar próximo da Senhora da Nazaré e aí apercebi-me que tinha havido um acidente de viação. Aquilo que consegui ver, eram 2 ambulâncias e um carro de desencarcerando dos Bombeiros e depois um carro que me pareceu estar a arder. Lá fui andando a passo até chegar junto da rotunda do Tribunal. De verdade tinha sido um acidente e o trânsito estava caótico. E quem estava ao comando desse mesmo trânsito? Um bombeiro cheio de boa vontade! Polícia ou GNR nada. Nem vê-los. Não sei a quem pertence a jurisdição daquele local, mas alguém deveria estar presente. Quando consegui finalmente ultrapassar o engarrafamento já deveriam ter passado pelo menos vinte minutos da hora em que ouvi as sirenes. Tão pouco sei quanto tempo ainda passou até as autoridades chegarem. Mas será que não é uma situação bizarra aquilo a que muita gente assistiu? Se calhar estavam a tentar cumprir os objectivos que são obrigados a cumprir.

 

Mais uma vez quero aqui referir que nada me move contra os agentes da lei. Compreendo a sua situação e lamento-a. Mais, acho que nos tempos que correm, é preciso ter muita coragem para que qualquer homem ou mulher sigam esta carreira, sabendo à partida as humilhações a que vão estar sujeitos e os problemas que vão enfrentar, já que as políticas a que estão sujeitos serem incomparavelmente mais perigosas que os bandidos que andam por aí à solta.

 

Jacinto César     


Tasca das amoreiras às 16:05
Link do post | Comentar | favorito
1 comentário:
De Anónimo a 3 de Janeiro de 2011 às 22:35

Senhor Jacinto César deixe que lhe diga que os seus lamentos e preocupações são legítimos. No que descreve no ponto 1, este tipo de criminalidade é difícil de combater, visto que é impossível ter a cada esquina um Polícia. É certo e notório que o policiamento na cidade de Elvas é feito de forma ineficaz, não por incompetência de quem o realiza, mas por falta de organização e competência de quem o coordena.


A cidade de Elvas, tem mais de 80 agentes, divididos nos diversos serviços, não obstante apenas uma minoria faz policiamento…


 No que diz respeito ao ponto 2, a responsabilidade da zona onde descreveu o acidente é da PSP. E este é cerne do problema, na cidade de Elvas existem entre PSP e GNR quase 200 agentes de autoridade, que trabalham com um tipo de cortina de ferro invisível a dividir as áreas de acção, trabalhando cada um para si, e quem perde com isto é a população que sente na pele diariamente a mão da criminalidade cada vez mais violenta.


Este problema não é exclusivo a Elvas, é a realidade nacional onde estas duas forças de autoridade co-habitam. Esta realidade é em primeiro lugar, uma politica errada e grosseira de gestão dos recursos do estado, e em segundo lugar uma guerrinha de “quintas” promovida em ambos os lados, não existindo inocentes…


Que credibilidade pode dar o cidadão, a forças de autoridade, que no lugar de se preocuparem exclusivamente com o bem-estar e segurança dos cidadãos, se enredam em queixas-crime por difamações entre oficiais das duas corporações, devido há compra de blindados?


A resposta é óbvia, os cidadãos cada vez menos confiam nas autoridades!

Um país tão pequeno e não consegue organizar os serviços de segurança do estado, existindo duplicações incompreensíveis de serviços, que só prejudicam a eficácia no combate ao crime.   


Comentar post

Últimos copos

Forte da Graça - 18

Forte da Graça - 17

Forte da Graça - 16

Forte da Graça - 15

Forte da Graça - 14

Forte da Graça - 13

Forte da Graça - 12

Forte da Graça - 11

Forte da Graça - 10

Forte da Graça - 9

Adega

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


A procurar na adega

 

Blogs de Elvas

Tags

todas as tags

últ. comentários

logo que poluiçao iriam causar duas ou tres embarc...
Muito interessante. Nessa documentação há document...
Nest baluarte existio uma oficina de artesanato on...
JacintoSó agora tive oportunidade de lhe vir dizer...
VERGONHA? MAS ESSAS DUAS ALMAS PERDIDAS RONDÃO E E...
Uma cartita. Uma cartinha. Uma carta.Assim anda en...
Os piores lambe-botas são os partidos de Esquerda ...
O mundo está para os corruptos e caloteiros. Uma a...
O mundo é dos caloteiros . Uma autentica vergonha.
"Não se pode aceitar que um professor dê 20 erros ...

mais comentados

101 comentários
89 comentários
86 comentários

subscrever feeds

SAPO Blogs