Elvas sempre em primeiro

Todos os comentários que cheguem sem IP não serão publicados.
Segunda-feira, 12 de Julho de 2010

Petição Pública

 

Caros cidadãos da minha cidade

 

Tal como tinha prometido, trago-vos hoje aquilo que poderá ser um projecto de Petição Pública a favor da recuperação do Património Militar abandonado pelo Ministério da Defesa.

Vou esperar dois dias para que se manifestem sobre possíveis alterações ou emendas.

Quando for considerado que a versão é definitiva, iniciarei o processo da petição. Nessa altura publicarei o modo como o fazerem e onde o fazerem. Até lá espero que como cidadãos responsáveis e amantes da sua cidade se pronunciem e ao mesmo tempo fazer votos que a dita petição consiga resolver em parte a nossa grande dor de cabeça.

 

Jacinto César

 

 

Excelentíssimo Senhor Presidente da Assembleia da República Portuguesa

Excelentíssimo Primeiro-Ministro de Portugal

Excelentíssimo Senhor Ministro da Defesa

Excelentíssimo Senhor Chefe do Estado-maior das Forças Armadas

 

Excelências

 

Como é do conhecimento de V. Excelências, Elvas, desde sempre conhecida como a Chave do Reino é detentora de um património militar invejável, tanto na quantidade como na qualidade.

Dos inúmeros edifícios militares existentes somente cinco estão reabilitados e com novas utilizações. Refiro-me a:

1 – Forte de Santa Luzia – Actualmente sob a tutela da Câmara Municipal de Elvas e utilizado como Museu Militar;

2 – Trem – Sob a tutela do Instituto Politécnico de Portalegre e onde funciona a Escola Superior Agrária de Elvas;

3 – A Casa das Barcas – Sob a tutela da Câmara Municipal de Elvas e actualmente transformada em Mercado Municipal;

4 – Quartel do Regimento de Infantaria de Elvas, actualmente sob a tutela do Ministério da Defesa onde está em instalação o Museu Militar da Guerra do Ultramar;

5 – Hospital Militar, sob tutela privada e onde funciona actualmente o Hotel São João de Deus.

 

Só que esta é uma pequena parte de um vasto conjunto de construções militares de onde se destaca o Forte de Nossa Senhora da Graça, obra maior das fortificações militares portuguesas.

Acontece que este vasto património está ao abandono e em degradação acelerada, sendo que a última “vítima” foi o Convento de S. Paulo, onde funcionou o Batalhão de Caçadores 8 e ultimamente o Tribunal Militar e Estabelecimento Prisional Militar de Elvas. E digo vítima porque entrou em derrocada e o mais provável será o seu desaparecimento.

 

Os peticionários têm a noção que para o restauro do referido património são necessárias verbas enormes e que a presente crise económica em nada vem favorecer, não se vendo uma solução viável num futuro próximo que evite o colapso geral do dito património.

 

Assim sendo o grupo de cidadão que abaixo assinam esta petição, vêm propor o seguinte:

1 – Passagem da tutela de todos os edifícios militares não utilizados para a tutela da Câmara Municipal de Elvas;

2 – Esta, não tendo também as verbas necessárias para o seu restauro imediato, tem a capacidade de ir interferindo nos casos mais urgentes;

3 – A médio prazo a Câmara Municipal de Elvas tem a capacidade de concorrer a programas comunitários que lhe permitam o efectivo restauro e reutilização.    


Tasca das amoreiras às 00:00
Link do post | Comentar | favorito
5 comentários:
De Anónimo a 12 de Julho de 2010 às 09:16
Não é só o património militar que está a cair!

A igreja da senhora das dores já ruiu
A igreja do senhor dos aflitos está a desabar
A igreja de santo amaro está abandonada
A igreja da senhora da nazaré roubaram-lhe as cruzes


De Anónimo a 12 de Julho de 2010 às 14:03

Lol, e como se assina isto? Não dá?? O Jacinto deve pensar que o minsitro aqui vem ler isto


De anti tiago a 12 de Julho de 2010 às 17:38

não vai ao blog da retrete
ai é que devia estar uma petição destas


De Joaquim Bernardo Espirito Santo Abreu a 12 de Julho de 2010 às 17:40
Olha que a mae dele mordeu me e já não lhe dei os vinte escudos

Ainda hoje tenho a cicatriz


De peter a 13 de Julho de 2010 às 03:08
Boa iniciativa


Comentar post

Últimos copos

Forte da Graça - 18

Forte da Graça - 17

Forte da Graça - 16

Forte da Graça - 15

Forte da Graça - 14

Forte da Graça - 13

Forte da Graça - 12

Forte da Graça - 11

Forte da Graça - 10

Forte da Graça - 9

Adega

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


A procurar na adega

 

Blogs de Elvas

Tags

todas as tags

últ. comentários

logo que poluiçao iriam causar duas ou tres embarc...
Muito interessante. Nessa documentação há document...
Nest baluarte existio uma oficina de artesanato on...
JacintoSó agora tive oportunidade de lhe vir dizer...
VERGONHA? MAS ESSAS DUAS ALMAS PERDIDAS RONDÃO E E...
Uma cartita. Uma cartinha. Uma carta.Assim anda en...
Os piores lambe-botas são os partidos de Esquerda ...
O mundo está para os corruptos e caloteiros. Uma a...
O mundo é dos caloteiros . Uma autentica vergonha.
"Não se pode aceitar que um professor dê 20 erros ...

mais comentados

101 comentários
89 comentários
86 comentários

subscrever feeds

SAPO Blogs