Elvas sempre em primeiro

Todos os comentários que cheguem sem IP não serão publicados.
Domingo, 5 de Agosto de 2007

A propósito de …As Festas do Crato

É indiscutível que as Festas do Crato se tornaram em meia dúzia de anos umas festas de referência no Alentejo e não só. Eu próprio tenho sido testemunha da evolução que têm tido, porque sou cliente habitual. Religiosamente todos os anos por esta altura lá ando eu e alguns amigos tentar saber qual o programa do ano para organizarmos a nossa vida para estarmos presentes. É nítida a evolução e ponto final.

Na Blogosfera elvense já se fizeram comentários sobre a grandiosidade das mesmas e ao mesmo tempo criticando a nossa cidade de não fazer o mesmo. Pois é, o que aconteceria se fizéssemos qualquer coisa do género. Eu explico: as referidas festas nestes últimos três anos custaram aproximadamente 1 milhão de euros por ano. Sim, qualquer coisa como 200 mil contos dos antigos. Até aqui tudo bem! Adiante. O ano passado a melhor noite em termos de público e que foi preenchida com o concerto de Roger Whatson acompanhado pela Orquestra Sinfoniêta de Lisboa terá tido uma assistência de 3 mil pessoas ( cálculo optimista). Pois bem, o “rapazinho” mais a orquestra, mais a estadia em Castelo de Vide, mais toda a logística necessária ficou pelos módicos 350 mil euros. Tudo bem ainda! Adiante. Se bem sabem todos os que ali se deslocam pagam uma entrada única de meia dúzia de euros. Façamos as contas e verifiquemos o saldo. Bem, aqui começa a porca a torcer o rabo. Mas adiante. E quem paga o prejuízo de muitos (mas mesmo muitos) milhares de contos? A Câmara Municipal do Crato! Bolas, aqui a conversa já começa a cheirar mal pois C.M.C é estado, estado é impostos e impostos sou eu! Alto aí, então sou eu que pago os prejuízos? Quem “houvera de pagar”?

Cara alegre e sigamos a ir lá pois este ano até vamos ter os “Vaya com Dios”. O que é preciso é festa!!

Perguntar-me-ão o porquê desta conversa toda se eu pago, não refilo e continuo a ir lá?

Respondo com outra pergunta: o que aconteceria se tamanho “despifarro”, como dizem os espanhóis, acontecesse aqui na nossa terra? Quanto barulho se fez antes, durante e após o pseudo-espectáculo da Floribela ( que eu não suporto em abono da verdade ) porque o pavilhão estava meio cheio ou meio vazio? E o dinheiro que se gasta neste ou naquele espectáculo para os “velhinhos”, para os “pimbas” ou para a rapaziada nova?

Sei que dirão que ao Crato só vão estrelas e que aqui a Elvas só vem a pimbalhada. Mas será que a população está disposta a suportar tamanho gastadeiro de dinheiro?

Enquanto se resolvem  ou não resolvem como por cá se diz, vamos aproveitando as Festas do Crato que são pagas com o meu(nosso) dinheiro.

Jacinto César


Tasca das amoreiras às 02:22
Link do post | Comentar | favorito
8 comentários:
De Jose a 21 de Agosto de 2007 às 19:44
CARO JACINTO,

Parece-me que você não sente... ou sente muito mal qualquer dor que deve ser tratada enquanto é tempo! Diz mentiras e a pesporrência que transpira cheira a encomenda despeitada e a inveja pura. Sabe, não chega ter dinheiro para organizar um acontecimento que você mesmo reconhece. Se assim fosse outros realizá-los-iam, também! O que é preciso? Enquanto você não descobrir... và curtir ao Crato, tranquilamente, e deixe-se de atitudes... heróicas. Trabalhe para ser capaz ou ajude quem precisa. E já agora, se fôr ao Crato passe pelo novo complexo desportivo que ainda lhe vai causar mais URTICÁRIA!
- Seu JOSÉ


De Jacinto César a 22 de Agosto de 2007 às 02:03
Caro José
Presumo que seja do Crato e como tal acredito que não entenda bem o comentário que fiz, mas eu digo-lhe com o maior prazer. O meu post não tinha, nem podia ter qualquer intenção se subestimar as Festa do Crato que muito admiro e que frequento com muito prazer desde o seu início. O problema não é o Crato, mas sim Elvas, pois por aqui se se gasta dinheiro nalgum evento, protestam uns, se se não gasta berram outros e tudo isto por questões de baixa política.
Se me fiz entender mal, peço-lhe desculpa, mas longe de mim atingir o Crato e suas Gentes.
Jacinto César



De Jose a 22 de Agosto de 2007 às 13:26
Caro JACINTO CÉSAR,

A sua resposta ao meu comentário não coincide com o post original que está cheio de erros e representam uma injustiça para quem gere a organização da Feira do Crato a quem vou dar conhecimento do dislate.
Os valores que atribui a Roger Hodgson, não Whatson, as referências a Castelo de Vide, os tais 200 mil contos, etc., são a prova da balela infundada do seu Blog, perdão Bleuff. Como podemos nós acreditar no BLOG se por esta eu tirar conclusões? Depois não é bonito que, para criticar outros, se use injustamente a Feira de Artesanato e Gastronomia do Crato, não Festas, desculpe, que já vai em 23 sustentadas edições. Vá ao Crato e divirta-se na santa paz, sinceramente. Mas além do que já disse, retire os números do seu post porque não são verdadeiros, por muitíssimo.
Do seu, José


De Jacinto César a 22 de Agosto de 2007 às 16:46
Caro José
Longe de mim querer alimentar qualquer polémica sobre uma coisa de que sou admirador, no entanto vou esclarecê-lo o melhor que posso e sei.
1-Tal como lhe disse no meu comentário o Crato aparece no meio de uma guerra da qual nada tem a ver. Nada me move contra o Crato pois como lhe disse sou admirador e frequentador. Assim em Elvas se pudesse fazer algo semelhante para bem da nossa região e do nosso Alentejo!
2-O contesto em que o meu post saiu é capaz de não conhecer, mas posso-lhe dizer que é fruto de uma guerra surda entre um blog aparentemente a favor da CME e de outro da oposição. Esse meu post surgiu no momento em que havia uma grande controvérsia pelo dinheiro que a CME gasta em espectáculos. Acho eu que se não forem as câmaras a tomar certas iniciativas culturais não há mais ninguém que as tome.
3-Os valores que apresentei no meu post, podem não corresponder à realidade, mas foram-me fornecidos por alguém ligado à Região de Turismo do Norte Alentejano. Foi-me até contada uma história sobre a deslocação do Roger Hodgson ao Crato e sobre as dúvidas que este (ou do empresário) tinha sobre o local onde vinha actuar e teria sido a intervenção do Presidente da CMC junto dos anteriores cabeças de cartaz ou seja sobre os Beach Boys e destes sobre o referido cantor que fez com que actuasse no Crato. Se tudo isto corresponde à verdade ou não, não sei, mas a fonte foi a mesma que me forneceu os números.
4-Para ser sincero, e como referi anteriormente, eu até concordo que as Câmaras financiem tais eventos para que a província não fique reduzida a uma bonita paisagem dos grandes centros.
5-Para finalizar só desejo que toda “a grande festa que é o Crato” nesta altura se mantenha por muitos e bons anos e se o meu amigo quiser mais esclarecimentos, basta manifestar essa vontade e aí nos encontraremos.

PS. Já agora “uma reclamaçãozita”. Desde que acabaram as marcações dos jantares no restaurante da CMC, tenho passado cá uma fomita que nem calcula.
Jacinto César


De Jose a 22 de Agosto de 2007 às 19:30
DEAR JACINTO CÉSAR,

TENTANDO COLOCAR PONTO FINAL A ESTE MEETING SEMPRE ALIMENTO A SUA SEDE DE SABER COM A INFO, DE FONTE SEGURA, QUE A CMCRATO ORÇAMENTOU A SUA FEIRA DE 2006 EM 300.000 EUROS - 60.000 CONTOS DOS ANTIGOS! E A DO PRESENTE ANO EM IGUAL SOMA. MAS SALIENTOU A MESMA FONTE QUE O DITO ORÇAMENTO TEM DUAS COLUNAS: A DA DESPESA E A DA RECEITA! PARECE QUE NO CRATO É ASSIM: TAMBÉM HÁ RECEITA COMO MUITO BEM TESTEMUNHOU!
COMO TAMBÉM ASSISTI AO INOLVIDÁVEL ESPECTÁCULO DE ROGER HODGSON CALCULO QUE NÃO HAVIA MENOS DE 15.000 PESSOAS, E O JACINTO O QUE SENTE?
TAMBÉM APUREI QUE O "RAPAZINHO" NÃO FOI NEM CONHECE CASTELO DE VIDE NEM COBROU TAL MONTANTE QUE, COMO SE DEPREENDE, NÃO CABIA NO ORÇAMENTO DA FEIRA! MONTARGIL, É ÓBVIO QUE NÃO MONTOU, MONTOU UMA BICICLETA NA TURILAMEIRA E UM FABULOSO ESPECTÁCULO NO CRATO QUE LEVOU MUITA GENTE ÀS LÁGRIMAS!
QUAL SINFONIETA QUAL CARAPUÇA, AQUILO FOI UMA ORQUESTRA SINFÓNICA IGUALZINHA À QUE O RAPAZINHO USOU NO CANADÁ-MONTREAL!
EU SOU DO CRATO, ÓBVIO, MAS ACHO QUE TIRANDO A VERBORREIA DE ALGUNS, A MANIA DAS GRANDEZAS DE OUTROS E O COMPLEXO DE INFERIORIDADE QUE TANTO A-BUNDA, TODAS AS NOSSAS FESTAS NÃO SÃO DE MAIS PARA ANIMAR A GENTE E OS QUE NOS VISITAM.
NUNCA TINHA PERCEBIDO A IMPORTÂNCIA DO ASSUNTO PORQUE SOU UMA PESSOA SIMPLES MAS SE ELE VEIO AO BLOG, UPA...

SAUDAÇÔES E ... ATÉ AO CRATO - PAGO UM COPO E MARCO MESA SE MO SOLICITAR - COM TODO O PRAZER!

Seu,
- JOSÉ


De habitante de ponte de sor a 26 de Agosto de 2007 às 14:41
Tambem temos de ver as dimensoes dos municipios. Já em Ponte de Sor comentámos as festas do Crato e questionámos a razao para a Ponte de Sor não ter algo semelhante. Comparemos apenas os municipios em questão, os seus orçamentos e a aplicaçao dos mesmos. Qual é a aplicaçao que é dada ao orçamento do Crato para além da festa? Embora goste muito da festa e faço questão de estar presente mais uma vez, se isto fosse um país a sério este tipo de situaçao não deveria acontecer. São muitos milhoes mal aplicados por um concelho muito pouco evoluido. tambem gostava de ter assim uma festa desde que as verdadeiras prioridades não fossem para a gaveta.


De do Crato com orgulho a 12 de Setembro de 2007 às 00:57
Seria talvez oportuno que o "habitante de Ponte de Sôr" dissesse quais as prioridades que o Crato deixou cair em razão das suas Festas (já agora comparando com concelhos da sua igualha). Seria também importante que percebesse que as Festas não têm necessáriamente que dar prejuízo e que têm dois lados no Orçamento: Despesa mas também Receita. Esta pequena nuance parece não ser considerada na cabeça de alguns uma vez que o seu quadro mental foi formatado para apenas saberem fazer despesa. Este "habitante" não parece apto a realizar um evento com receita, apenas com despesa. O Ovo de Colombo continua a não ser objecto de estudo de alguns! - É verdade, ouvi dizer que o Crato inaugurou umas Piscinas que o Município do Habitante não tem igual, que o Crato inaugurou um Estádio de Futebol a fazer inveja a muitos, será que tem escolas, será que as pessoas fazem xixi?... Ah! Ah! Ah!


De Anónimo a 23 de Julho de 2009 às 15:47
Pois é eu também sou natural do Crato, vila bonita sem duvida, boas feiras bons cartazes, embora já tenham sido muito melhores nota-se uma certa pobreza de ano para ano pelo menos de à uns anos para cá, será da crise?.....mas também gostaria muito de ver outras instituições a funcionarem assim também, por exemplo as termas que de tanto se falou e que têm caído no esquecimento dos nossos políticos pelo menos aí das nossas terras, será que se as termas de Monte da Pedra abrissem não seria uma mais valia para o concelho, ou o nosso concelho só vive de festas, parece-me bem que não, as nossas gentes e outras de outros pontos do país bem perguntam e as Termas, quando reabrem, aqui deixo o meu pequeno contributo, se é que é de alguma valia, eu penso que sim, tudo o que se fizer em prol do bem estar dos habitantes e não só bem feito, vamos lá Sr. . Presidente vêem aí mais umas eleiçoes.


Comentar post

Últimos copos

Forte da Graça - 18

Forte da Graça - 17

Forte da Graça - 16

Forte da Graça - 15

Forte da Graça - 14

Forte da Graça - 13

Forte da Graça - 12

Forte da Graça - 11

Forte da Graça - 10

Forte da Graça - 9

Adega

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


A procurar na adega

 

Blogs de Elvas

Tags

todas as tags

últ. comentários

logo que poluiçao iriam causar duas ou tres embarc...
Muito interessante. Nessa documentação há document...
Nest baluarte existio uma oficina de artesanato on...
JacintoSó agora tive oportunidade de lhe vir dizer...
VERGONHA? MAS ESSAS DUAS ALMAS PERDIDAS RONDÃO E E...
Uma cartita. Uma cartinha. Uma carta.Assim anda en...
Os piores lambe-botas são os partidos de Esquerda ...
O mundo está para os corruptos e caloteiros. Uma a...
O mundo é dos caloteiros . Uma autentica vergonha.
"Não se pode aceitar que um professor dê 20 erros ...

mais comentados

101 comentários
89 comentários
86 comentários

subscrever feeds

SAPO Blogs