Elvas sempre em primeiro

Todos os comentários que cheguem sem IP não serão publicados.
Quarta-feira, 17 de Março de 2010

Alguém que me explique!

Eu cada vez ando mais confuso e ninguém me consegue explicar o que se passa em Portugal em geral e em Elvas em particular.

Então é assim (já sei que não se deve dizer assim, mas a mim soa-me bem).

 

1 – Quando a economia está em crescimento toda a gente se atira à função pública como se estes fossem uns inúteis. É uma casta que poderia muito bem desaparecer já que de incompetentes a mandriões, todos os adjectivos pejorativos lhes assentam bem. Resumindo, são uma cáfila de parasitas que ganham fortunas e nada fazem. O estado e os seus funcionários não servem para nada. A iniciativa privada era capaz de tomar conta do barco (todos temos visto do que são capazes de fazer).

2 – Quando a economia está em baixo, toda a gente estende a mão ao estado como se este fosse o pai e a mãe de todos. Aqueles que em época de vacas gordas defendem a privatização de tudo e mais alguma coisa, quando as vacas emagrecem, o estado que tome conta de tudo que é a sua obrigação (lembremo-nos de bancos e outras empresas que só não faliram à custa do dinheiro de todos nós).  

 

Assim sendo continuo sem entender o que será melhor, se o público se o privado. São subsídios para isto e para aquilo, são ajudas para as reformas deste ou daquele sector de actividade.

Na agricultura se chove que venha o subsídio de inundação, se não chove venha então o subsídio de seca. Os pescadores se não pescam nada querem subsídio, se pescam muito e os preços vêm por aí abaixo querem compensações. Resumindo, todos são contra o estado, mas todos gostam de chupar na sua teta.

 

Somos na verdade um povo muito complicado. Como dizia o outro, não nos governamos, nem nos deixamos governar.

 

Nota 1 – Nestes últimos dias reparei que o número de trabalhadores nacionais nas obras da escola aumentou. Será que alguns já começaram a ganhar juízo? Não tenho nada contra os trabalhadores estrangeiros, mas dá dó ver tanta gente a receber o subsídio de desemprego e a não querer aceitar um trabalho.

 

Nota 2 – Caros comentadores: não se cansem mais a chamar-me analfabeto, incompetente e outras coisas mais, pois estou consciente de tudo isso. Mesmo sendo isso tudo, o meu nome é Jacinto César. E o vosso? Quem sois vós com os quais tanto tenho aprendido? Gostaria de vos agradecer, mas não sei a quem!  

 

Jacinto César

 


Tasca das amoreiras às 00:00
Link do post | Comentar | favorito
9 comentários:
De Anónimo a 17 de Março de 2010 às 08:36
Depois de ler este texto tão anti neo-liberal que duvido que você seja do CDS-PP


De Anónimo a 17 de Março de 2010 às 11:28

É verdade ou não o que o senhor escreve?
Se não é verdade conteste com argumentos;se é verdade meta a língua no saco ou então vá catar macacos para outras bandas.
                

         


De Anónimo a 17 de Março de 2010 às 14:01
César, imponha aqui a Lei da Rolha, que já é usada pelo PSD e aprovada em Congresso extraordinário.

Nada que nos espante, porque me lembro que o Eurico Candeias fez a previsão do resultado das ultimas autárquicas antes das eleições e levou com um processo disciplinar levantado pelo Cabaceira!

Agora foi só passar da prática ao papel dos estatutos. Ah, grande PSD!


De anonimo a 17 de Março de 2010 às 14:10

Deve desconhecer v.sa. os estatutos e sansões disciplinares do PS  e do PCP,consulte ,analise e depois comente,porque a chamada lei da rolha do psd,é uma criança ao pé dos outros dois partidos


De Anónimo a 17 de Março de 2010 às 14:12
O PSD-Elvas não faz oposição. Basta ver os elogios que diariamente se fazem nos blogs a elogiar os parlamentares ou para-lamentares do PSD, por oposição ao odiado Tiago, relegado para segundo plano nas listas do MUDE.
Um simples telefonema da Câmara para o Ministério da Agricultura acabava com a carreira do Vice.
Do PSD-Elvas só se espera silêncio, nunca oposição. E depois o Mano é que é op mau...
Invejas! 


De JB a 17 de Março de 2010 às 22:08
Senhor Professor Jacinto César:
Gostava que me respondesse a 2 questões que creio serem pertinentes e da maior actualidade:

1 - Sendo que o tema da homossexualidade lhe é tão caro, acredita mesmo que em Portugal e no Brasil há padres pedófilos como na Alemanha, Áustria, Estados Unidos e Reino Unido?

2 - Não acha que o "Estatuto do Professor" deveria nascer das organizações de professores(Associações, Ordens ou Sindicatos) e não do Governo?

3 - Não acha que as relações entre Professores e Governo deveriam ser do âmbito do regime geral da Função Pública?

Um abraço do seu JB


De JB (O que não mora em Elvas) a 17 de Março de 2010 às 22:18
Fazer 3 merdas de perguntas só para poder mandar no fim um abraço ao homem, e despedir-se assim com carinho!!!!!! É obra!!


De Tasca das amoreiras a 17 de Março de 2010 às 22:45

Caro JB


 


É com muito gosto que lhe dou a minha opinião em relação às suas perguntas.


 


Em relação à pedofilia em Portugal e no Brasil tendo como protagonistas padres católicos, não podendo jurar, quase que poderia dar a certeza que sim. Sendo uma prática muito condenável, é um fenómeno não muito difícil de explicar sobre o ponto de vista psicológico e sociológico. Penso ser um fenómeno não tão raro como se pensa e que atinge todos aqueles que foram educados em ambientes exclusivamente masculinos, como seminários, colégios com internato e academias e escolas militares. Bem, o tema daria pano para mangas.


Em relação à sua segunda pergunta, tenho as minhas dúvidas. Como se costuma dizer que quem parte e reparte e não fica com a melhor parte ou é parvo ou não tem arte, penso que nós não seríamos as pessoas indicadas para fazer o nosso próprio estatuto, além de que não nos iríamos entender de certeza. Agora se me falar no estatuto das escolas e dos alunos, aí sim. Quem sabe de pão é o padeiro …


Quanto á sua última pergunta, não concordo. Há dentro da Função Pública profissões muito particulares, e que não são só os professores, que fatalmente terão que ter estatutos laborais distintos. Não para serem beneficiados em relação aos outros, mas porque na verdade são diferentes e como tal terão que ser tratados de modo diferente. Um polícia, um militar, um médico, um diplomata e muitos outros profissionais têm funções muito particulares e como tal terão que ser tratados de modos diferentes.


É a minha opinião e como tal vale o que vale. Haverá muitas mais.


 

Jacinto César  


De anonimo a 18 de Março de 2010 às 09:35

A solução é privatizar a função publica,vejam cá em Elvas,privatizou-se a agua,os residuos solidos,e o presidente orgulhosamente disse:REDUZI EM 200 POSTOS DE TRABALHO O NUMERO DE TRABALHADORES DA CAMARA.

Depois quando se pede a reduçaõ nacional dos gastos,aumenta a filha ,a familia e os afilhados que meteu na camara,para não parecer mal aumentou mais alguns.

E depois vem os assessores,as empresas de assessoria e consultadoria,essas ninguem controla,é ou não é 


Comentar post

Últimos copos

Forte da Graça - 18

Forte da Graça - 17

Forte da Graça - 16

Forte da Graça - 15

Forte da Graça - 14

Forte da Graça - 13

Forte da Graça - 12

Forte da Graça - 11

Forte da Graça - 10

Forte da Graça - 9

Adega

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


A procurar na adega

 

Blogs de Elvas

Tags

todas as tags

últ. comentários

logo que poluiçao iriam causar duas ou tres embarc...
Muito interessante. Nessa documentação há document...
Nest baluarte existio uma oficina de artesanato on...
JacintoSó agora tive oportunidade de lhe vir dizer...
VERGONHA? MAS ESSAS DUAS ALMAS PERDIDAS RONDÃO E E...
Uma cartita. Uma cartinha. Uma carta.Assim anda en...
Os piores lambe-botas são os partidos de Esquerda ...
O mundo está para os corruptos e caloteiros. Uma a...
O mundo é dos caloteiros . Uma autentica vergonha.
"Não se pode aceitar que um professor dê 20 erros ...

mais comentados

101 comentários
89 comentários
86 comentários

subscrever feeds

SAPO Blogs