Elvas sempre em primeiro

Todos os comentários que cheguem sem IP não serão publicados.
Segunda-feira, 4 de Junho de 2012

E se for melhor para nós, que perca!

 

 

 

 

Sim, é isso mesmo que quero dizer, se for melhor para os portugueses, a selecção que perca. E porque digo isto? Será que não gosto de futebol? Será que não gosto que a selecção do nosso país ganhe? Nada disso! Eu explico.

Se voltarmos umas décadas atrás até aos anos 60 podemos hoje ver o que se passou com os sucessos do Benfica e da Selecção. O Zé andava tão entusiasmado com o futebol que até se esquecia que estavam centenas de portugueses a morrer em África numa guerra. Era então a chamada política dos três F´s: fado, futebol e Fátima.

Mais recentemente houve dois acontecimentos em Portugal que deixaram o país em êxtase: a Expo e o Campeonato da Europa de Futebol.

Se dos anos 60 pouco me recordo, destes últimos eventos recordo-me perfeitamente. Foi a histeria colectiva. À pala destes acontecimentos fizeram-se sair decretos e mais decretos que ninguém leu porque tinha mais com que ocupar a cabeça.

Se então a situação do país ainda não era muito problemática, não acredito que o governo não prepare umas gracinhas para o caso da selecção tenho sucesso.

Se for para que nos mantenhamos de olhos bem abertos e não entrarmos em euforias que nos toldam o pensamento, o melhor será então perder todos os jogos.

Sei que precisávamos de qualquer coisa para nos animarmos, para nos levantar o ego e para sentirmos um pouco daquele sentimento patriótico aparece nestas situações. Mas se for para nos enganarmos mais uma vez, então que percamos!

  

Jacinto César


Tasca das amoreiras às 18:30
Link do post | Comentar | Ver comentários (4) | favorito
Domingo, 3 de Junho de 2012

Estou farto!

 

 Pois é, temos que poupar dinheiro para pagar a esta gente.

Pois é, tem que se reduzir os gastos da saúde e da educação para pagar os desmandos desta gente.

Pois é, temos que reduzir os salários de quem trabalha para pagar as PPP e BPN.

Pois é, temos que diminuir as reformas de quem trabalhou uma vida para alimentar algumas bocas insaciáveis.

Pois é …

Sabem meus amigos, começo mesmo a ODIAR esta gente.

Começo a sentir um formigueiro no corpo como há muito não sentia.

Começo a sentir vontade de fazer alguma asneira.

Começo a sentir vontade de fazer sei lá o quê.

E que acontece? NADA!

Vai-se ao Facebook e que lemos nós? Os benfiquistas a atirarem-se aos do Porto e do Sporting e vice-versa, a colocarem-se aquelas frases já gastas pelo tempo, a partilharem-se fotografias e vídeos que já ninguém liga, a publicarem-se “pimbalhadas” que são o retrato fiel de quem as publica e outras coisas mais.

E protestar por aquele vizinho que passa fome?

E por aquele que conhecemos que não tem tão pouco dinheiro para comprar os medicamentos?

E por aquelas centenas de estudantes que têm que desistir porque os pais já não aguentam mais as despesas?

E por aqueles milhares de pessoas que têm que abandonar as suas casas porque já não têm dinheiro para as pagar ao banco?

E por aquelas centenas de milhares de portugueses que não têm emprego?

E pelos milhares de compatriotas nossos que tiveram que emigrar para sobreviver?

Mas afinal em que país vivemos nós em que a culpa morre sempre solteira, em que os poderosos se salvam sempre das garras da justiça, e a plebe está sempre tramada?

Por acaso não seria mais fácil mandar matar tudo o que é velho e doente e deportar todos os desempregados?

Sabem? Estou mesmo farto disto tudo. Não, não estou farto da minha cidade e do meu país! Estou farto de quem nos governa e de toda a corja que gravita à sua volta. Estou farto de LADRÕES e  CORRUPTOS que nos sugam o sangue como se de vampiros se tratassem.

Estou FARTO!

 

Jacinto César     


Tasca das amoreiras às 18:00
Link do post | Comentar | Ver comentários (1) | favorito
Sábado, 2 de Junho de 2012

Mais uma vez o Hospital de Stª Luzia

 

 

 

O post mais polémico que escrevi até hoje e que continua a ser o campeão de comentários, foi escrito no dia 30 de Janeiro de 2010 e intitulava-se “Teoria da conspiração”. No seu ponto 3, dizia eu então: “Sobre a saúde todos sabemos o que se está a passar. O Hospital de Stª. Luzia não é fechado, mas vai sendo esvaziado progressivamente de competências. Um dia estaremos perante um caso consumado de esvaziamento total. Para consolidar a minha ideia vejam-se as declarações do deputado Cristóvão Crespo e está tudo dito.”

 

Já aqui tenho referido várias vezes que eu próprio tenho medo dos meus pensamentos e pelas coisas que me vão passando pela cabeça.

 

Hoje de manhã quando comecei a ler o Expresso fiquei “banzado” com uma notícia que li: “O hospital de Elvas vai perder a valência de cirurgia com internamento”. Nem mais nem menos. Parece que está a acontecer aquilo que tinha previsto há mais de 2 anos. Aos poucos e poucos o hospital está a ser esvaziado de valências e o dia que não tiver quase nada então passa a haver argumentos para o fechar. E que fazem os elvenses? Mais uma vez nada! Segundo parece a única valência que se vai manter aberta é a de “anestesia” para manter o povo calmo e tranquilo.

Mas quando é que nos revoltamos contra todos aqueles que querem o mal de Elvas?

Quando é que batemos com a mão na mesa e dizemos BASTA?

Quando é que a população toma consciência que alguém nos anda a LIXAR?

 

Por essa época, juntamente com o meu amigo José Júlio Cabaceira, conseguimos organizar uma petição que foi entregue na Assembleia da República pelos representantes locais do PSD e do CDS/PP. Hoje gostaria de fazer aqui uma pergunta: será que os representantes destes mesmos partidos estão dispostos a fazer o mesmo que então, sendo que hoje até são “governo”? Eu estou disposto mais uma vez a alinhar. É só dizerem o que querem fazer e eu estarei na linha da frente tal como o fiz antes.

O desafio fica aqui feito.

 

Jacinto César

 

 

 


Tasca das amoreiras às 22:38
Link do post | Comentar | Ver comentários (9) | favorito

Últimos copos

Forte da Graça - 18

Forte da Graça - 17

Forte da Graça - 16

Forte da Graça - 15

Forte da Graça - 14

Forte da Graça - 13

Forte da Graça - 12

Forte da Graça - 11

Forte da Graça - 10

Forte da Graça - 9

Adega

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


A procurar na adega

 

Blogs de Elvas

Tags

todas as tags

últ. comentários

Nest baluarte existio uma oficina de artesanato on...
JacintoSó agora tive oportunidade de lhe vir dizer...
VERGONHA? MAS ESSAS DUAS ALMAS PERDIDAS RONDÃO E E...
Uma cartita. Uma cartinha. Uma carta.Assim anda en...
Os piores lambe-botas são os partidos de Esquerda ...
O mundo está para os corruptos e caloteiros. Uma a...
O mundo é dos caloteiros . Uma autentica vergonha.
"Não se pode aceitar que um professor dê 20 erros ...
penso k será pior dizer k ñ tem pais!ou k ñ sabe k...

mais comentados

101 comentários
89 comentários
86 comentários

subscrever feeds

SAPO Blogs