Elvas sempre em primeiro

Todos os comentários que cheguem sem IP não serão publicados.
Sábado, 30 de Janeiro de 2010

Teoria da conspiração ou realidade? Elvas vs Portalegre

 

Há quem culpe tudo e todos pela falta de desenvolvimento de Elvas e vá disparando em todas as direcções. Vamos a factos.

 

 

1 – O antigamente

Elvas dada a sua localização sempre teve uma vida muito especial. Por um lado os militares davam uma grande vida à cidade e depois a agricultura que à custa de uma mão-de-obra quase escrava. A juntar a isto a vizinhança de Badajoz dava um contributo apreciável ao comércio em particular e à cidade em geral. E assim se foram passando décadas e décadas. Melhor ou pior ia-se vivendo. A cidade era animada, tinha uma vida nocturna bastante agitada e o dinheiro ia circulando.

Portalegre nesta mesma época vivia fundamentalmente à custa do funcionalismo inerente à capital de distrito e ao operariado. Era uma sociedade extremamente bipolarizada: uma classe mais abastada por um lado em contraste com o resto da população pobre. O comércio era pouco desenvolvido e a cidade cinzenta e meia morta. Tinha nessa época um Liceu Nacional onde todos os elvenses que queriam continuar a estudar eram obrigados a ir.

Por essa época Elvas tinha entre o 2 e 5 mil habitantes a mais.

 

2 – O passado recente

Com o advento do 25 de Abril tudo deu uma grande volta. Se Portalegre já tinha muita influência mais passou a ter. O funcionalismo aumentou de uma maneira desmesurada. Eles eram Direcções Distritais disto e daquilo, eram as sedes distritais deste ou daquele organismo, eram os bancos com as direcções distritais, eram os comandos das forças de segurança, Governo Civil, etc. etc.

Ao mesmo tempo que Portalegre aumentava, Elvas foi encolhendo. Veja-se os casos dos militares. Não sei se alguém se recorda, mas Portalegre teve um Destacamento de Portalegre do Regimento de Infantaria de Elvas. Enquanto não transformaram o dito destacamento em Regimento de Infantaria de Portalegre não descansaram. Enquanto isto a guarnição dos quartéis em Elvas ia decaindo com o fim da Guerra do Ultramar, até se finar por completo. Já em Portalegre o Regimento de Infantaria se transformava em Escola da GNR (não sei bem o nome). Mas mesmo assim continuavamos em frente porque ainda tínhamos uma fronteira que gerava muitas receitas e empregava muita gente com um poder de compra alto. Também isto acabou com a nossa entrada na CEE.

A agricultura definhava, o comércio começava a dar sinais de colapso e o que ia mantendo a cidade de pé ainda era o funcionalismo público. Industria sempre andou arredada da cidade por conveniência dos agricultores em não perderam a mão-de-obra barata.

 

3 - O presente

O presente pouco ou nada se modificou em relação ao passado recente e o que se alterou foi sempre a favor de Portalegre. Eis alguns exemplos.

3.1 – Todos os organismos “residentes” em Portalegre foram reforçados e aumentados.

3.2 – Aquilo que era o Magistério Primário e a Escola de Enfermagem, transformou-se no Instituto Politécnico de Portalegre com um sem número de escolas superiores. Veja-se até o caso recente da Escola Superior de Turismo e Hotelaria que acabou por assentar arraiais em Portalegre quando fazia todo o sentido vir para Elvas, já que esta cidade é detentora de um número de camas em estabelecimentos hoteleiros superiores ao resto do distrito junto. Mas não, o lobi continuou a funcionar. Como ontem aqui disse deram-nos como esmola a ESAE.

3.3 – Sobre a saúde todos sabemos o que se está a passar. O Hospital de St. Luzia não é fechado, mas vai sendo esvaziado progressivamente de competências. Um dia estaremos perante um caso consumado de esvaziamento total. Para consolidar a minha ideia vejam-se as declarações do deputado Cristóvão Crespo e está tudo dito.

3.4 – O PIDAC é mais um exemplo como a capital do distrito faz pressão. A pretexto de que as verbas do PIDAC são sempre maiores em Elvas, Portalegre quer compensações. É demagogia pura, já que a maioria destas verbas se destinam as obras de âmbito nacional (TGV) e não para a cidade propriamente dita. Mas por lá isso não interessa.

 

4 – Considerações finais   

 

Muita gente em Elvas e alguns analistas vieram nestes últimos dias a chorar baba e ranho devido às estatísticas que tinham saído sobre a riqueza e poder de compra das várias cidade do Alentejo. Caros amigos, lamento dizer, mas a maioria não sabem ler uma estatística e de números pouco entendem. Leiam o que anteriormente escrevi e tirem-se conclusões. Mas eu explico.

Elvas tem actualmente menos 2 ou 3 mil habitantes que Portalegre. E quem é essa gente a mais? São precisamente todos aqueles que engordam os vários organismos públicos e que têm um poder de compra maior que o resto da população. Assim sendo, a média aritmética lida a frio dá resultados quem impressionam os mais incautos. Estes resultados têm que ser lidos não na totalidade mas sectorialmente e por classes sociais. O mesmo é válido para a comparação com Évora e Beja. Se Évora ainda é possuidora de alguma riqueza, Beja não passa de uma “aldeia” grande com toneladas de funcionalismo. Tirem destas 3 cidades todos os organismos inerentes a uma capital de distrito e depois comparem. Iriam ter uma surpresa.

 

Jacinto César

 


Tasca das amoreiras às 22:54
Link do post | Comentar | favorito
252 comentários:
De Anónimo a 8 de Dezembro de 2010 às 20:14
E OUTRO EXEMPLO...O PLANO RODOVIÁRIO NACIONAL PRETENDE UNIR TODAS AS CAPITAIS DE DISTRITO DO PAÍS, TENDO O GOVERNO APRESENTADO O ESTUDO PRÉVIO DA AE DE PORTALEGRE QUE CONSTA NA LIGAÇÃO DA A23 (NÓ DO FRATEL) - CIDADE DE PORTALEGRE-ATÉ À A6 EM ESTREMOZ. OS DE PORTALEGRE NÃO QUEREM A AUTOESTRADA COM ESTE TRAÇADO, DIZENDO QUE ELA DEVERIA BENEFICIAR MAIS O DISTRITO, LIGANDO A ELVAS E NÃO A ESTREMOZ. E SABEM O QUE ELES QUEREM COM ISSO??? QUEREM QUE O INVESTIMENTO NÃO FUJA PARA ÉVORA E SE FIXE PELO DISTRITO DE PORTALEGRE. ESTÃO A BATER-SE POR ISSO, PORQUE PREFEREM O DESENVOLVIMENTO DE PORTALEGRE E ELVAS EM VEZ DO DESENVOLVIMENTO DE ESTREMOZ E ÉVORA. VEJAM SÓ A IMPORTÂNCIA QUE SERIA SE ELVAS TIVESSE ALEM DA A6, UMA OUTRA AUTOESTRADA LIGANDO AO NORTE DO PAÍS!!! VEJAM BEM A POTENCIALIDADE DISTO! MAS CLARO QUE EM ELVAS  NINGUEM QUER AJUDAR O DISTRITO, NÃO SE MOVIMENTAM JUNTAMENTE COM PORTALEGRE, PORQUE PREFEREM ABDICAR DE UMA ENORME POTENCIALIDADE SÓ PARA QUE PORTALEGRE NÃO BENEFICIE DELA.
SE ALGUM DIA DEREM ALGUMA ESMOLA A ELVAS  NA CONDIÇÃO DE O DAREM TAMBEM A PORTALEGRE, OS DE ELVAS PREFEREM MORRER À FOME, SÓ PARA QUE PORTALEGRE POSSA SER PREJUDICADA! TAMANHO O SEU ÓDIO....E PORQUE ESSE ÓDIO??? ISSO É QUE NÃO ENTENDO... POR AMOR DE DEUS, O CONCELHO DE ELVAS JUNTA-SE AO DIABO DE ÉVORA QUE A IGNORA E LHE ROUBA O PROTAGONISMO TODO NA LIGAÇÃO DE LIBOA A MADRID PELO TRAÇADO DA A6...E COSPE NA MÃO DA CIDADE QUE A AJUDA, REPARTINDO MUITO DO QUE TEM, PARA QUE POSSA TAMBEM HAVER ALGUMA COISA EM ELVAS. NÃO CONHECO OUTRAS CAPITAIS DE DISTRITO A PARTILHAR DA MESMA FORMA COMO PORTALEGRE O FAZ COM ELVAS. ISTO TUDO DEMONSTRA COMO OS ELVENSES SÃO AUTODESTRUTIVOS, IGNORANTES E ALIMENTAM UM ÓDIO RIDICULO QUE SE VIRA CONTRA ELES PRÓPRIOS. ALGUEM ME EXPLIQUE ISTO?


De PedroLopes a 9 de Dezembro de 2010 às 19:50
É verdade que a cidade de Portalegre em relação às demais capitais de distrito do nosso país, está bastante esquecida. Seria óptimo que  Elvas e Portalegre estivessem unidas por uma autoestrada. Mas de uma coisa todos os temos que orgulhar, as cidades de Elvas e Portalegre em desenvolvimento, fazem ver muito aos restantes distritos do Alentejo! Évora é sempre a privilegiada em tudo por ser a maior cidade do Alentejo, normal... as outras como Beja, Portalegre e Elvas não são maiores porque as grandes marcas só investem em Évora e o governo igual! Acredita que muitos comentários de elvenses aqui são repugnantes e até me dá vergonha, felizmente que sei que existem bastantes pessoas sérias em Elvas e sabem a importância que Portalegre tem. Elvas e Portalegre apenas tem que se juntar para desenvolver o nosso distrito, sendo os maiores pólos populacionais do mesmo! São os dois únicos concelhos do distrito que ultrapassam os 20 mil habitantes! Nós aqui em Elvas também preferimos que a Autoestrada seja Portalegre-Elvas e não Portalegre-Estremoz, porque aí já estão a beneficiar o distrito de Évora e nós queremos desenvolver é o nosso! Eu acho que seria uma brilhante ideia criar-se a Associação para o Desenvolvimento do Distrito de Portalegre, assim como existe a Associação para o Desenvolvimento da Eurocidade Elvas/Badajoz, que se esta eurocidade for para a frente será bom tanto para Elvas como para Portalegre e todo o nosso distrito. Assim como a eleição de Elvas a Património Mundial, será bom para todos, não somente para Elvas, todos temos que nos orgulhar de Elvas ser uma cidade de referencia a nível turístico. Vamos todos, JUNTOS, lutar por um distrito melhor e sem rivalidades absurdas! 


Já agora para quem esteja interessado:
"MARIZA LANÇA NOVO ÁLBUM NO ALENTEJO
DIA 15 DE ABRIL DE 2011 PELAS 21.30H
NO COLISEU DA CIDADE DE ELVAS."


Será um concerto memorável, Mariza pela segunda vez em Elvas. 


ELVAS E PORTALEGRE, juntas por um distrito melhor!


De Elvense a 10 de Dezembro de 2010 às 02:08
"Os preços mais baixos levaram cerca de 200 famílias espanholas a comprar uma moradia ou apartamento na cidade de Elvas desde o início da década. Mas foi, sobretudo, nos últimos dois anos que a situação se acentuou. É que durante este período, segundo as imobiliárias da cidade alentejana, o mercado imobiliário espanhol inflacionou quase 100 por cento. Um apartamento com 90 metros quadrados, com mais de uma década de uso, chega a custar 200 mil euros em Badajoz. Uma casa a estrear com um área maior, na ordem dos 120 metros quadrados, custa menos 50 mil euros em Elvas.
As Vilas Aqueduto são um pequeno exemplo daquilo que se passa na cidade alentejana. João Pinheiro, agente imobiliário diz ter vendido, só neste empreendimento, cerca de 70 apartamentos a espanhóis.
*proximidade com os locais de trabalho, os preços mais baixos e uma melhor qualidade na construção das casas são alguns dos motivos que levam ‘nuestros hermanos’, na maioria casais jovens, a mudarem-se para Elvas.

"Os preços das habitações são mais em conta e a qualidade da construção é mais elevada. Foram dois motivos que pesaram na decisão da família", diz Vanessa Dominguez, de 26 anos, ao CM."



SITE DA NOTICIA:
http://www.cmjornal.xl.pt/noticia.aspx?channelid=00000228-0000-0000-0000-000000000228&contentid=5C9ACAAE-6A5B-4483-A737-CAC99180F0E6


Comentar post

Últimos copos

Forte da Graça - 18

Forte da Graça - 17

Forte da Graça - 16

Forte da Graça - 15

Forte da Graça - 14

Forte da Graça - 13

Forte da Graça - 12

Forte da Graça - 11

Forte da Graça - 10

Forte da Graça - 9

Adega

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


A procurar na adega

 

Blogs de Elvas

Tags

todas as tags

últ. comentários

Nest baluarte existio uma oficina de artesanato on...
JacintoSó agora tive oportunidade de lhe vir dizer...
VERGONHA? MAS ESSAS DUAS ALMAS PERDIDAS RONDÃO E E...
Uma cartita. Uma cartinha. Uma carta.Assim anda en...
Os piores lambe-botas são os partidos de Esquerda ...
O mundo está para os corruptos e caloteiros. Uma a...
O mundo é dos caloteiros . Uma autentica vergonha.
"Não se pode aceitar que um professor dê 20 erros ...
penso k será pior dizer k ñ tem pais!ou k ñ sabe k...

mais comentados

101 comentários
89 comentários
86 comentários

subscrever feeds

SAPO Blogs