Elvas sempre em primeiro

Todos os comentários que cheguem sem IP não serão publicados.
Quinta-feira, 21 de Janeiro de 2010

E se?

Depois da proposta que aqui fiz para a implementação dum Centro Comercial no Centro Histórico de Elvas e com isso levar as pessoas para o centro, hoje vou aqui fazer renascer uma ideia com muitos anos e que poderia ser uma alavanca para o desenvolvimento da cidade e criar os tão desejados empregos.

 

Seria ainda adolescente ou já adulto ainda jovem, fui “arrastado” com o meu Pai para uma reunião no antigo Cinema S. Mateus.

O promotor da reunião ao que me lembro foi Manuel António Torneiro.

O objectivo da reunião era o de reunir sinergias para a constituição de uma empresa cujo capital social seria subscrito pelos próprios elvenses.

O resultado final foi o de sempre em Elvas: nada!

 

Como é sabido por todos ou quase todos, sou professor na Escola Secundária, escola que neste momento está em ampliação e requalificação. Não sei quantas pessoas ali trabalham, mas são muitas. E o que é que é estranho na referida obra? Os trabalhadores. E porquê? A maioria são estrangeiros. Sou eu que sou tonto ou diz-se por aí que há falta de trabalho em Elvas? Não, trabalho há! Empregos é que não! Mas passemos à frente.

 

E se se fizesse renascer a ideia de Manuel António? Que ninguém me venha dizer que em Elvas não há dinheiro suficiente para por uma empresa de pé e que aqueles que avançassem com o dinheiro seriam os accionistas, pois não acredito. Então onde é que vejo o problema para que tal ideia tivesse êxito? É que, tal como no comércio, cada um gosta muito de ser dono da sua capelinha. Associativismo? Que é isso?

 

Em tempos que já lá vão, era proprietário conjuntamente com uns familiares meus de uma quinta, quinta essa que tinha 13 ha. Fazia falta um tractor para as diversas tarefas próprias de uma quinta, mas a sua dimensão não justificava a compra de um. Recorria-se quando fazia falta ao aluguer de um. O mesmo acontecia aos meus vizinhos, também eles proprietários de pequenas parcelas de terreno. Um dia fizemos a proposta aos outros para a compra em conjunto de um tractor que cada um utilizaria quando necessário. Pois bem, ninguém quis alinhar na ideia e tudo continuou na mesma.

 

Sei que talvez seja utópico, mas não seria relativamente fácil entre todos os elvenses arranjar umas centenas de milhares de euros e investi-los na sua própria terra e em benefício dos seus filhos? Será que a Câmara Municipal não ofereceria os terrenos necessários para tal fim? Acredito que sim! Será que em Elvas não há pessoas qualificadas para por um projecto destes de pé? Acredito que sim!

Então se há pessoas, se há terreno e se há dinheiro, o que é que faz falta para sermos nós próprios a arranjar um emprego para os elvenses que necessitam dele? Nada! Faz falta “convencermos” alguém de fora a investir em Elvas. Vamos esperar sentados à espera de um milagre!

 

Jacinto César   

 


Tasca das amoreiras às 00:00
Link do post | Comentar | favorito
5 comentários:
De Anónimo a 21 de Janeiro de 2010 às 14:38
Uma emenda e um complemento.
O local dessa reunião deve ser emendado: foi na Sala Públia Hortênsia de Castro da Biblioteca e não no Cinema São Mateus.
E, de caminho, vai um complemento: na altura, Manuel António Torneiro queria juntar 180 mil contos (apenas 900 mil euros, hoje em dia...), resultantes de dez contos por cada um dos 18 mil habitantes do concelho com mais de 18 anos, para constituir o capital social de uma empresa que fabricasse e comercializasse os produtos tradicionais da região.
Brincando, brincando, passaram 34 anos; isto passou-se no inverno de 1976.


De cantosdacarreira a 21 de Janeiro de 2010 às 15:10
correcto e afirmativo,tb estive presente,e já nessa altura o meu amigo manuel antonio estava maluco,tanto que ninguem ligou,mas depois o manuel antonio veio propor "o teleferico"e eu tb disse o gajo está apanhado da mona.Principalmente no centro da europa o teleférico é muito utilizado não só nas extancias de ski mas tb para aceder a castelos e monumentos bem como a vista de paisagens que justifiquem tal investimento e são um atractivo turistico,tal qual a expo em lisboa,o jacinto quer fazer o DUOMMO de milão,na rua de alcamim e da carreira,o manuel antonio O TELEFERICO,que ligava o forte da graça ao castelo e circulando as muralhas até ao forte de sta.luzia, o CIENTISTA queria fazer uma ponte sobre o rio caia para se fazer um centro de exposições transfronteiriço e que não havia problemas de dinheiro,o mude é para fazer um metro elvas/badajoz e OS DOLLARES, EUROS ou outra moeda qualquer para fazer estes investimentos,vem de quem?numa altura destas,então não houvem os programas de tv com noticias de economia e finanças,ou estão a pensar que jogando no euromilhões a coisa se resolve,LUNÁTICOS ASSENTE OS PÉS NA TERRA PORQUE NOS PRÓXIMOS 10 ANOS VAMOS EMAGRECER Á FORÇA,passem bem e  divertam-me que eu gosto.


De Anónimo a 21 de Janeiro de 2010 às 15:46

Por não acreditarmos nos que têm ideias continuaremos sempre no mesmo marasmo.
O TEMPO é dos AUDAZES.

Parece-me que este defeito,VELHOS DO RESTELO, é apanágio de alguns elvenses que nunca quiseram o progresso e só têm querido defender a sua quintinha.

A História de Elvas, nestas últimas décadas, demonstra o que afirmo.

Onde param os milhões que por cá passaram ?

Um ditado antigo parece que diz tudo sobre a maneira de ser de muitos:-Por dentro pão bolorento e por fora cordas de viola.

Exemplo disto são também as obras dos último anos.
Que obra se fez e que seja produtora de riqueza?
Os elvenses não comerão se se continuar a esquecer o tecido produtivo.


De HUGO AMANTE a 21 de Janeiro de 2010 às 16:05
ESSE É O GRANDE PROBLEMA DE PORTUGAL E DE ELVAS EM GERAL. O NOSSO ASSOCIATIVISMO FOI SEMPRE VISTO COMO ALGUEM DE ESQUERDA E LIGADO AOS COMUNISTA, ESPANTA-ME QUE O MEU AMIGO DE DIREITA (CDS-PP), SEJA A FAVOR DISSO.

O QUE SE PASSA É A FALTA DE CIVISMO E EDUCAÇÃO, NINGUEM (INCLUINDO EU) EDUCA OS SEUS FILHOS A PARTILHAR, CADA VEZ MAIS AS CRIANÇAS VÃO SENDO MAIS EGOÍSTAS, BRINCAM SOZINHAS COM JOGOS DE BOLSO, COMO DISSE JÁ NÃO JOGAM A BOLA COMO NÓS, BRINCAM AO APANHA, ETC...

O MAL DE ELVAS É A FALTA DE UNIÃO SENÃO VEJAMOS, PERDEMOS A DENOMONAÇÃO DAS AMEIXAS DE ELVAS, AZEITONAS, ATÉ ANTIGAMENTE OS CEREAIS SE DIZIAM DE ELVAS, COM O DESAPARECIMENTO DO GREMIO DA LAVOURA, DEVIDO A MÁ ACTUAÇÃO NOSSA PÓS 25 ABRIL, ELVAS FICOU UM POUCO MAIS POBRE, SÓ CONTRA DITADURAS, MAS A LIBERDADE A MAIS E A FALTA DE RESPEITO DE HOJE É DIA É DEMAIS EVIDENTE.

A NOSSA ANTIGA ASSOCIAÇÃO DE COMERCIANTES, PURA E SIMPLESMENTE FECHOU, ESTÁ NOVA QUE EXISTE TEM DADO MUITOS PONTAPÉS, MAS PENSO QUE SÓ SE APRENDEM COM AS QUEDAS, LEMBREM-SE QUE POR VEZES DÁ UM PASSO PARA TRÁS, TEM QUE SER VISTO COMO UM PASSO PARA APANHARMOS BALANÇAO PARA DAR UM PULO PARA A FRENTE MUITO MAIOR.

COMO JOVEM ELVENSE, QUE ESTUDOU FORA E REGRESSOU A ELVAS, ESTOU CÁ POR AMOR A MINHA CIDADE E PORQUE FUI PROCURANDO TRABALHO ECONSEGUI IR TRABALHANDO, MAS SEMPRE SABENDO QUE FORA PORTAS O MUNDO DE TRABALHO É MAIOR E MAIS ATRACTIVO, MAS TEMOS QUE MUDAR E TENTAR FAZER MAIS POR ELVAS.

COLIGAÇÃO DE INDEPENDENTES PARA 2013

HUGO 


De Anónimo a 21 de Janeiro de 2010 às 19:59
Sr. Jacinto tenho-o como uma pessoa séria e integra, que revela um grande sentimento de amor a Elvas o que particularmente me surpreendeu pela positiva nesta quetão do comércio. Mas, POR FAVOR, não vá nessa do manel antónio.


Comentar post

Últimos copos

Forte da Graça - 18

Forte da Graça - 17

Forte da Graça - 16

Forte da Graça - 15

Forte da Graça - 14

Forte da Graça - 13

Forte da Graça - 12

Forte da Graça - 11

Forte da Graça - 10

Forte da Graça - 9

Adega

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


A procurar na adega

 

Blogs de Elvas

Tags

todas as tags

últ. comentários

logo que poluiçao iriam causar duas ou tres embarc...
Muito interessante. Nessa documentação há document...
Nest baluarte existio uma oficina de artesanato on...
JacintoSó agora tive oportunidade de lhe vir dizer...
VERGONHA? MAS ESSAS DUAS ALMAS PERDIDAS RONDÃO E E...
Uma cartita. Uma cartinha. Uma carta.Assim anda en...
Os piores lambe-botas são os partidos de Esquerda ...
O mundo está para os corruptos e caloteiros. Uma a...
O mundo é dos caloteiros . Uma autentica vergonha.
"Não se pode aceitar que um professor dê 20 erros ...

mais comentados

101 comentários
89 comentários
86 comentários

subscrever feeds

SAPO Blogs