Elvas sempre em primeiro

Todos os comentários que cheguem sem IP não serão publicados.
Domingo, 13 de Dezembro de 2009

Rua da Cadeia

Definitivamente sou do contra! Sempre! Sou um espírito de contradição militante. Se alguém diz branco, eu digo preto e vice-versa, mesmo que seja só para aborrecer.

Como alguns “comentadores” já aqui têm vindo a falar da Rua da Cadeia e os célebres “granitos salazarentos” como alguém lhe chama, hoje apetece-me contraria-los.

O nosso comentador habitual JB, que já deve ter bebido demais, trouxe à baila outra vez a dita rua e com fotografia e tudo, e que com a devida vénia a reproduzo.

                   

Pois bem, isto era o que tínhamos dantes. Paisagem urbana por excelência. Um parque automóvel prático e moderno. Tinha até um cobrador de bilhetes simpático que nos dava os bons dias ou boas tardes, e que para os conhecidos até fazia um desconto. Não nos esqueçamos também da Pastelaria Flor Elvense e do seu parque de estacionamento onde só faltávamos chamar pelo João ou pelo Artur para nos trazerem o café ao carro. Isso é que era modernidade e comodidade. Que bom que era no verão o sol a bater por cima das viaturas e nós lá dentro a fazer sauna. Perfeito! O Café Roque até poupava no gás ao estrelar os ovos nos tejadilhos. Que tempos aqueles.

                             

E agora? Porra que é mesmo feio! Os bancos sempre com os “cotas” a dar fé de tudo. As árvores a incomodarem os passeantes. O relvado sempre a obrigar-nos a dar mais uma voltinha para irmos à CGD. Que grande chatice. E que dizer daqueles tanques mal cheirosos que mais parecem o Ribeiro do Escaninho? Não lembra a ninguém desfigurar a rua. Não tinha esse direito. Mas ainda pior do que tudo isso foi obrigarem-nos a por o carro dentro daquele “armazém de latas” da Praça da República. Tiraram-nos todo aquele prazer de por o carro à chuva ou ao sol. Tiram-nos aquele passatempo que era ficarmos dentro dos carros a ver quem passava, se este andava com aquela ou com a outra para andarmos devidamente informados.

Não é justo. Não tinham o direito de fazer isto aos elvenses.

Ó tempo volta para trás como catava o “tenor” português António Mourão!

 

Jacinto César 

 


Tasca das amoreiras às 01:57
Link do post | Comentar | favorito
11 comentários:
De febras a 13 de Dezembro de 2009 às 04:50
mai nada
morte ao cocho


De Egas a 14 de Dezembro de 2009 às 22:19
Não é preciso que ele morra mas pode perfeitamente ir parar longe


De orebelde a 13 de Dezembro de 2009 às 09:33
Ò SENHOR JACINTO  E DEPOIS VEM OS  INTELECTOS  A DAREM  PORRADA  SÓ ESTOU A CHAMARA ATENÇÃO NADA MAIS  !

Se alguém diz brando, eu digo preto
                          será branco ?


De Anónimo a 13 de Dezembro de 2009 às 10:06
Estarei a ficar louco?
Ou o Jacinto elouqueceu de vez?
Não... Devo ter entrado nalguma porta de realidade virtual.
Ó Jacinto você está maluco de todo, um perfeito doido varrido!
O Tiago Abreu sempre teve razão. O Jacinto é um ser desumano à parte deste mundo. Uma espécie de inimputável!


De Anónimo a 13 de Dezembro de 2009 às 16:33

Ele ta a reinar. ainda vai tirar o lugar aos "gato fedorento!"


De JB a 13 de Dezembro de 2009 às 20:21
Muito obrigado pela consideração.
Não foi por acaso que Rondão Almeida o convidou para "conselheiro cultural"

Rondão Almeida trem grande apreço pelas abrangências, quer à esquerda quer à direita e o Senhor Professor até se afirma de Direita, embora acabe sempre por apoiar o Poder instalado, como se 'provou nos seus éditos ante-eleitorais.

Mais comentários para quê?


De Tasca das amoreiras a 14 de Dezembro de 2009 às 00:31

Caro JB


 


Ainda não entendeu que o meu apoio a RA foi em troca de um tacho? Não me diga que não fazia o mesmo? Ser-se assessor par a cultura sempre dá mais uns trocos ao fim do mês e assim também já posso beber JB em lugar de uma aguardente ordinária.


 


Jacinto César



De Anónimo a 14 de Dezembro de 2009 às 10:01
Estava à espera desta sua resposta. Se quer que lhe seja franco, acho que faz muito mal. Nos dias de hoje ninguém liga e até acho que se não para si, pelo menos para alguém próximo de si que precise!  


De JB a 14 de Dezembro de 2009 às 22:26
Está a responder a um JB que é recente nos comentários, deve ser alguém que não gostou que eu comentasse desde o princípio que só se dizia mal nos comentários nos blogs.
Os meus comentários datam desde que lhe referi o seu antigo blog de história.
Resido fora de Elvas mas esse que tem aparecido é fácilmente detectável que reside na cidade e que aparecia com outro nome e agora não sei porque adoptou este nick, talvez por falta de imaginação ou porque é o verdadeiro protótipo de maldizente elvense


De Fr. Lopes a 13 de Dezembro de 2009 às 22:59

Pois eu acho que Elvas está cada vez mais bonita, sem dúvida. Uma cidade mais moderna. Deixem-se de parolices e evoluam porra. Se eu mandásse todos esses edifícios velhos que por aí andam, ía tudo abaixo, alguns a cair em plenas artérias da cidade. Isso sim é feio. Há que modernizar, vamos daqui para fora e nota-se que as coisas estão a mudar. Axo perfeito o facto das muralhas e monumentos estarem iluminadas..Lindo mesmo.


De Anónimo a 14 de Dezembro de 2009 às 22:15

O senhor é mesmo daqueles que gosta de ser “malhado”, quando ninguém lhe liga nenhuma, então V.Ex. carente de maus tratos verbais, decide passar à acção provocando os outros.


Sabe uma coisa, muitas vezes o senhor aqui fala de tachos e tachinhos, e agora começo a acreditar que se está perfilar mesmo para um lugarzito junto do regedor.


Quem leu a sua resposta cheia de sentimento, a quem lhe chamou burguês no outro dia, ficou a pensar estes bandidos só ofendem o senhor Jacinto. Fica a pensar assim quem lê uma única vez os seu comentários, porque se ler mais do que um, fica logo elucidado, quanto à sua maneira de ser.  



Comentar post

Últimos copos

Forte da Graça - 18

Forte da Graça - 17

Forte da Graça - 16

Forte da Graça - 15

Forte da Graça - 14

Forte da Graça - 13

Forte da Graça - 12

Forte da Graça - 11

Forte da Graça - 10

Forte da Graça - 9

Adega

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


A procurar na adega

 

Blogs de Elvas

Tags

todas as tags

últ. comentários

logo que poluiçao iriam causar duas ou tres embarc...
Muito interessante. Nessa documentação há document...
Nest baluarte existio uma oficina de artesanato on...
JacintoSó agora tive oportunidade de lhe vir dizer...
VERGONHA? MAS ESSAS DUAS ALMAS PERDIDAS RONDÃO E E...
Uma cartita. Uma cartinha. Uma carta.Assim anda en...
Os piores lambe-botas são os partidos de Esquerda ...
O mundo está para os corruptos e caloteiros. Uma a...
O mundo é dos caloteiros . Uma autentica vergonha.
"Não se pode aceitar que um professor dê 20 erros ...

mais comentados

101 comentários
89 comentários
86 comentários

subscrever feeds

SAPO Blogs