Elvas sempre em primeiro

Todos os comentários que cheguem sem IP não serão publicados.
Quarta-feira, 25 de Novembro de 2009

Elvas, o comércio e os chineses

No Domingo passado tive que me deslocar a fazer umas compras ao Mini Preço. Já há muito tempo que não via tanta gente às compras. Reparei que nessa zona tinham aberto mais umas quantas superfícies comerciais, entre elas duas chinesas.

Nada me move contra os “chineses”, até porque sempre me habituei a ver por cá (leia-se Portugal) comércio e restaurantes chineses. Eram normalmente famílias provenientes de Macau. Com que saiba nunca houve qualquer conflito com esta comunidade e não é nada que não seja vulgar em qualquer grande cidade do mundo ter a sua “China Town”. Nada de anormal.

Par mim o que já não é normal é a autentica “invasão” de comércio chinês que vai tomando gradual e paulatinamente conta das ruas das nossas cidades. Algo de anormal se passa, mas também não oiço ninguém falar do assunto.

Na cidade vizinha de Badajoz acontece exactamente o mesmo. Há uns tempos atrás e de conversa com espanhóis meus amigos, lamentavam-se eles da concorrência que este comércio fazia aos comerciantes espanhóis. Primeiro porque parece não haver qualquer controlo na sua instalação e depois pelo facto de não pagarem quaisquer impostos durante os primeiros cincos anos de permanência. Fiquei algo desconfiado da situação e resolvi falar com alguém em Portugal que me acabou por dizer o mesmo, acrescentando ainda tratar-se de uma directiva comunitária. A ser verdade como é que se pode fazer esta descriminação positiva destes emigrantes em relação aos impostos, quando hoje todos sabemos que o Ministério das Finanças só não nos chupa os ossos porque não pode? Mais, parece que qualquer comércio quando está a atingir os 5 anos de isenção previstos na lei, muda de empresário e tudo volta à estaca zero por mais outros 5.

Sobre o assunto há perguntas que gostaria de fazer:

1 – De onde vem tanto dinheiro para poderem comprar os espaços onde se instalam?

2 – Com os preços das bugigangas que por lá se vendem, os lucros não devem ser muito grandes. Como é que se governam e rentabilizam o investimento feito?

3 – Quanto pagam aos empregados portugueses (poucos) que têm? Será que pagam pelas tabelas salariais em vigor e fazem os descontos para a SS? Já ouvi dizer que não.

4 – Presumo que aquilo que estou a dizer seja do conhecimento da maioria. Como é que ninguém fala do assunto e não protesta pela situação?

 

Algo de muito estranho aqui se passa. Ou será que não é estranho e por qualquer motivo se mantém tudo calado?

Já me constou que estes novos emigrantes (ricos) são patrocinados pelo próprio governo chinês. Não sei se é verdade ou não, mas o que é certo é que eles continuam a vir para cá e comprar espaços comerciais, ao contrários dos outros emigrantes que chegam ao nosso país com uma mão à frente e outra atrás e fazem de tudo para conseguirem ganhar mais uns cobres que mandam para a família.

Não sei bem porquê, mas está a cheirar-me a esturro! Voltaremos ao assunto.

 

Jacinto César


Tasca das amoreiras às 16:51
Link do post | Comentar | favorito
12 comentários:
De Anónimo a 26 de Novembro de 2009 às 11:53
XENOFOBIA ?

Se não é paresse.


De ANÓNIMO a 26 de Novembro de 2009 às 15:33
Não estou nada  de acordo com o post anterior
"xenofobia"???????????
Diria antes que, se uns pagamos e bem os impostos e ainda temos de apretar o cinto, porque outros têm regalias só porque são aldrabões???????
Durante 5 anos não pagam / dps mudam de nome e ......não pagam!!!
Chega de abusar dos PORTUGUESES !!!


De MF a 26 de Novembro de 2009 às 19:29
Fiquem a falar mal dos chineses, do presidente da camara, do vizinho, deste e do outro e não renovem as vossas lojas e vão ver o lindo futuro que têm...


De JB a 26 de Novembro de 2009 às 22:15
Para os portugueses todos os pretextos são bons para não trabalhar:

- Tem que se acompanhar a família;
- Tem que se respeitar a hora do almoço;
- Tem que se cumprir um máximo de horário diário e semanal.

Se não fosse suficiente temos os Tribunais de trabalho com juízes a ganhar o que ganham, cuja única preocupação aparente é tentar levar à falência as empresas que com os seus impostos pagam os ordenados milionários dos juízes do tribunal de trabalho!!!

Depois para atacar os chineses tudo vale, até dizer para pagar as elevadas rendas dos estabelecimentos traficam droga ou órgãos humanos.

A preguiça portuguesa chegou a dizer que em Badajoz havia uma mesa de cirurgia onde a mulher ia ser "desmanchada" para lhe aproveitar os órgãos...

Esta gente, os chineses, trabalha sem descanso.

Em Portugal o Rendimento Social de Inserção impede as empresas de arranjar gente para trabalhar...

Sr. Professor:

Vivemos num estado adoecido de morte por uma doença chamada Socialismo...


De Anónimo a 26 de Novembro de 2009 às 22:46
Ó JB porque é que não comentas com o teu nome? Ou é só pintas?


De Tasca das amoreiras a 27 de Novembro de 2009 às 00:38

Caro JB


 


Não se pode depreender pelo meu escrito que haja da minha parte o mínimo dos mínimos indícios de racismo ou xenofobia. Está tão e somente em causa uma coisa chamada JUSTIÇA.


Repare: se uma série de comerciantes americanos, ou sul-africanos ou mesmo japoneses resolvessem instalarem-se em Portugal, será que estariam também isentos de impostos durante 5 anos? NÃO! Então porque o estão os chineses? São especiais?


Por outro lado não me venha com essa “história” dos “raptos”, do tráfico de órgãos humanos que só um tonto pode acreditar.


Ainda em relação aos impostos. Como sabe em Badajoz há uma série de comerciantes portugueses. Porque é que estes pagam lá os impostos (e bem) e os chineses não? Há ou não há discriminação?


 


Jacinto César



De Anónimo a 27 de Novembro de 2009 às 13:01
Mais um demagogo a comentar! Este não acompanha a familia nem tem hora de almoço (deve ter ambições a patrão) e muito menos uma carga horária semanal.
Quanto ao comentar os "ordenados milionários dos juizes do tribunal de trabalho", só pode resultar de uma ignorância alicerçada na inveja, talvez porque esteja a receber o RIS, ou a viver dos rendimentos de alguém.


De ANÓNIMO a 27 de Novembro de 2009 às 18:36
Acho uma "piada" a estes  Comentadores!!ihiihihi não sei se ria se chore!!!!
Não tenho loja, mas se tivesse para quê investir nela, se há concorrência desleal( não pagº de impostos)
Quanto ao outro "Dr da mula  raça", os chineses só não se importam com a hora de almoço etc etc, porque são tantos na mesma loja, que hoje está um amanhã outro!!!
Daaaahhhhhh !!!!


De manuel67 a 30 de Novembro de 2009 às 11:01
agora o senhor tem problemas com as pessoas de raça chinesa?
afinal ainda existe o racismo...
acho muito bem que estejam aqui...é sinal que se sentem bem nesta cidade...
o problema de certas pessoas e do comércio em geral é não aceitarem aquilo que os outros têm oara dar...
Elvas é uma cidade ingrata e os elvenses então é melhor nem falar...
o ,importante é que os chineses vêm...montam o negócio...e vingam...longe da sua terra!
A isto chama-se organização...
Que é o que os fictícios empresários desta cidade não fazem...

 


De Paulo Morais a 7 de Dezembro de 2009 às 11:57

Bom dia a todos,
Vom parar a este blog na sequência da busca de informação sobre a lei que permite que os empresários chineses usufruam de 5 anos sem pagar impostos. Já li todos os comentários e parece-me que há aqui alguma falta de visão global.
Para quem não sabe, a China já há várias decadas iniciou um processo de emigração comercial para todos os locais do globo. Esse processo é apoiado pelo próprio governo chinês. O apoio é feito através de pressão sobre as negociações comerciais com os vários países, a nível de chefes de estado. Para os países mais pobres (como é o caso de muitos em África) usam a muita corrupção existente nos muitos países. Chegam a 'oferecer' armas a determinadas facções politicas só para poderem ter vantagens comerciais. Não é oferecer no verdadeiro sentido da palavra, mas arranjam linhas de crédito enormes nos bancos chineses e com prazos de pagamento muito grandes. Tudo isto para ganharem influência em quem decide a vida dos países.
Ora se eles fazem isso há várias décadas em África, porque não no resto do mundo? Claro que numa Europa civilizada o negócio tem de se mascarar em volta das relações comerciais. A China produz actualmente de tudo o que existe no mundo e em grandes quantidades. Por isso são o maior poluidor do mundo. Hoje discute-se em Copenhaga o aquecimento global, e a redução da emissão de gases de estufa, mas continua-se a comprar cada vez mais produtos fabricados na China sem estarem sujeitos a qualquer certificação energética e/ou ambiental.
Voltando ao tema deste post, é uma realidade em qualquer cidade ou vila do nosso país. Eu sou de Torres Vedras e verifico a mesma coisa aqui na cidade. Não é uma questão de xenofobia, como aqui alguém dizia. Não é uma questão de falta de visão comercial, como também alguém referiu. É sim uma questão de justiça para com aqueles que se esforçam todos os dias por cumprir as muitas exigências do dito mundo moderno, pagando os seus impostos, tentando pagar aos seus empregados aquilo que é justo (ou pelo menos o que está definido nas tabelas), tentando arranjar algum tempo para acompanhar os filhos na escola, tratar dos pais que já estão velhotes, ou acompanhá-los nas suas doenças, e muitas outras coisas nesta sociedade à qual pertencemos e para a qual todos temos de contribuir.
Não vejo isso nas comunidades chinesas, que são muito fechadas sobre si próprias e não partilham nada para a sociedade, não contribuem nada, a não ser que haja alguma vantagem comercial por detrás.
Um bem haja para todos os que realmente contribuem para uma sociedade mais justa.
Paulo Morais


De cláudio a 23 de Janeiro de 2010 às 11:47
Desde já parabens por este excelente texto, sempre há pessoas com os « olhos abertos» desculpem desde já a expressão.
Vejo aqui alguns comentários a insinuar que o actor deste texto é racista, e não percebi o porquê, por não concordar com as leis que temos cá e que por acaso são os chineses que beneficiam dela e nós não?
Penso que se alguns dos portugueses tivessem esses befenifios que eles têm e outros não, a insatisfação iria ser a mesma, o que está aqui em causa não são os chineses mas sim as leis que o nosso governo tem. 
Não venham é com comentários basicos que este e aquele é racista só por não concordar com essas facilidades que os chineses têm.
Um bem haja a todos  


De Anónimo a 5 de Janeiro de 2014 às 01:12
É verdade que nao e justo que não paguem imposto mais isso e produto das relações econômicas a grande escala eles estão a dar dinheiro aos governos e a inverter e ser sócios capitalistas de grandes empresas veja quem e que está inverter e comprar o títulos da crises tudo isso para que os portugueses consigam ainda ficar de bom vivam sem trabalhar e viver da segurança social e do condo do emprego os políticos a roubar aquilo o dos impostos por 5 anos e insignificante o que se e verdade e que temos que ter cuidado porque os donos do mundo começaram a trabalhar menos e nos a trabalhar mais.
As guerras de hoje não são com chumbo e sangue , as guerras são agora com dinheiro e monopólios econômicos e só ver Alemanha como domina Europa


Comentar post

Últimos copos

Forte da Graça - 18

Forte da Graça - 17

Forte da Graça - 16

Forte da Graça - 15

Forte da Graça - 14

Forte da Graça - 13

Forte da Graça - 12

Forte da Graça - 11

Forte da Graça - 10

Forte da Graça - 9

Adega

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


A procurar na adega

 

Blogs de Elvas

Tags

todas as tags

últ. comentários

logo que poluiçao iriam causar duas ou tres embarc...
Muito interessante. Nessa documentação há document...
Nest baluarte existio uma oficina de artesanato on...
JacintoSó agora tive oportunidade de lhe vir dizer...
VERGONHA? MAS ESSAS DUAS ALMAS PERDIDAS RONDÃO E E...
Uma cartita. Uma cartinha. Uma carta.Assim anda en...
Os piores lambe-botas são os partidos de Esquerda ...
O mundo está para os corruptos e caloteiros. Uma a...
O mundo é dos caloteiros . Uma autentica vergonha.
"Não se pode aceitar que um professor dê 20 erros ...

mais comentados

101 comentários
89 comentários
86 comentários

subscrever feeds

SAPO Blogs