Elvas sempre em primeiro

Todos os comentários que cheguem sem IP não serão publicados.
Quinta-feira, 12 de Novembro de 2009

Jorge Sampaio vs Cavaco Silva

Vamos recuar uns anos até aos finais de 2004.

Atentemos naquilo que Jorge Sampaio afirmou aquando da dissolução da Assembleia da República quando o 1º Ministro era Santana Lopes e era apoiado por uma maioria.

 

“O Presidente da República anunciou, no dia 30 de Novembro, a sua intenção de dissolver a Assembleia da República. Jorge Sampaio decidiu dar uma oportunidade à maioria PSD/CDS para continuar a governar após a demissão de Durão Barroso, mas ter-se-á cansado da instabilidade política e dos sucessivos escândalos que marcaram os 4 meses do Governo de Pedro Santana Lopes. Na decisão do Presidente terá também pesado o distanciamento face ao Governo de economistas e empresários de referência, como Ferraz da Costa, Belmiro de Azevedo, João Salgueiro e Cavaco Silva, entre outros.”

 

Estes foram os argumentos que utilizou Jorge Sampaio para a dissolução da AR. Esperou 4 meses pela saída de António Guterres, esperou pelo congresso do PS, esperou que José Sócrates fosse eleito secretário-geral do partido, e quando este estava em condições de ir a eleições procedeu à dissolução.

Para mim foi um golpe muito feio.

 

Atentemos agora a algumas palavras proferidas no discurso de demissão de Santana Lopes.

 

“Devemos perguntar: porque não foi dissolvida a Assembleia da República quando havia Ministros do Governo Socialista que se demitiam sucessivamente, várias vezes em confronto público com o Primeiro-Ministro António Guterres?

 

Porque não foi dissolvida a Assembleia da República quando todos os indicadores apontavam para um descontrolo das contas públicas e para a degradação da situação económica?

 

Porque não foi imediatamente dissolvida a Assembleia da República quando o então Primeiro-Ministro, sem o apoio de uma maioria parlamentar, disse que se ia embora para não enfrentar o pântano em que o País se ia atolar? Pelo contrário, o mesmo Presidente da República insistiu para que o Eng. António Guterres se mantivesse à frente dos destinos de Portugal?”

 

Bem, isto pertence ao passado. Concordássemos ou não com a decisão do Presidente da República, o que é certo é que ninguém morreu por isso. Houve eleições e José Sócrates tal como o Presidente planeara, ganhou-as.

 

Hoje gostava de perguntar ao actual Presidente da República que também deu uma mãozinha para que tudo o que atrás se disse tivesse acontecido, o seguinte:

 

1 – É indiscutível que o anterior governo teve maioria absoluta à qual se sucedeu uma maioria relativa. É um facto. Mas será que o dito governo não esteve e não continua a estar envolvido em sucessivos escândalos? Não chegam já os escândalos sobre a licenciatura do PM, sobre as obras que não projectou mas que assinou, o caso Freeport e finalmente o caso Face Oculta? Que mais é necessário fazer para ser demitido?

 

2 – Alguma vez o governo de Santana Lopes sofreu tanta contestação social como o actual sofre? Alguma vez o governo de Santana Lopes teve casos de corrupção nas empresas pública como o actual? (por acaso estão lembrados que foi Santana Lopes que afastou da área do poder alguns do barões de PSD, facto que o partido jamais lhe perdoará?).

Então porque é que o actual 1º Ministro não é demitido?

 

3 – O governo Santana Lopes não era muito do agrado de alguns ilustres economistas. E este, a começar por alguns de muito peso dentro de PS como Campos e Cunha ou Medina Carreira, para já não falar de muitos que não navegam em águas socialistas?

Se este foi um argumento para a demissão de Santana Lopes, porque não pode agora ser utilizado? Ou será que o Senhor Presidente da República está de acordo com as medidas económicas que os governos socialistas têm tomado?

 

4 – Será que o actual presidente está com esperança que o PS o apoie numa futura recandidatura?

 

Estou muito farto da actual situação e não lhe vejo um fim. Já começo a estar farto de ler jornais e ver telejornais: deixam-me deprimido. E eu a pensar que o país já tinha batido no fundo.

 

PS – Senhor Presidente: quando é que põe em ordem o Supremo Tribunal de Justiça (?) e a Procuradoria-geral da República? É um espectáculo lamentável!  

 

PS2 – Caros comentadores, não vale a pena dizerem que eu estou furioso porque me querem avaliar. Começo a ficar tão farto de tal argumento que qualquer dia corto-vos o pio.

 

Jacinto César

 

 

 


Tasca das amoreiras às 01:42
Link do post | Comentar | favorito
11 comentários:
De Anónimo a 12 de Novembro de 2009 às 08:57
Boa, Jacinto!
Assim, ameaçador, é que eu gosto de ti.


De Anónimo a 12 de Novembro de 2009 às 09:02
Se eu estou a perceber, é assim:
- no entendimento do senhor César, Sampaio errou ao demitir Santana, mas deseja que Cavaco acerte demitindo Sócrates.
Viva a coerência!

Mas também pode ser de outra maneira:
- não votou em Sampaio e, por isso, discordou da decisão, mas votou em Cavaco e discorda também.
Um incompreendido, afinal...


De Anónimo a 12 de Novembro de 2009 às 11:30
Num processo eleitoral (como sucedeu há pouco tempo, nas Legislativas de 27 de Setembro e nas Autárquicas de 11 de Outubro), a democracia impõe que se saiba acatar os resultados.
Por muito que nos custe (e temos de compreendeu como as derrotas devem ter custado a alguns), é preciso respeitar quem votou nas maiorias e aqueles que legitimamente foram eleitos e estão em funções.
Impossível pedir que respeitem os nossos direitos, se não formos capazes de respeitar os direitos dos outros.
Isto é tão básico, mas tão difícil de aceitar por muita gente.


De JB a 12 de Novembro de 2009 às 12:04
Concordo inteiramente com o post. E também com a última parte, de cortar o pio aos seus "amigos" que falam da avaliação. Há comentários e comentários. A novela do MP vs STJ só demonstra que quer uns quer os outros o que querem é ter protagonismo


De Anónimo a 12 de Novembro de 2009 às 12:52

Estou completamente de acordo com o Sr.Jacinto César.
O estado lamentável a que o País chegou já merecia uma atitude de força por parte do Presidente da República.
Se não houver alguém que ponha termo às "palhaçadas" que por aí vão  não sei se chegaremos a bom porto.
Este não é o País com que sempre sonhei. Um País mais harmonioso em todas as vertentes: sociais, económicas, educacionais e de justiça.
Talvez tenha chegado o momento de lançarmos um grito muito alto e dizermos: BASTA!!!
BASTA de injustiça;
BASTA de corruptos e corruptores;
BASTA de mediocridade;
BASTA de desigualdades;
BASTA de "palhaçadas e mentiras"

    O judeu


De Anónimo a 12 de Novembro de 2009 às 21:56
Este gajo, o JB só me cheira a tabaco!


De Anónimo a 12 de Novembro de 2009 às 21:57

Este gajo, o JB só me cheira a tabaco!


De JB a 12 de Novembro de 2009 às 22:23
Mas nunca com o cheiro daquele que costuma fumar, quanto ao gajo, aceito porque deve ser da maneira que está habituado a tratar o sr. seu pai.


De MF a 12 de Novembro de 2009 às 21:37
Isto é que é respeitar a democracia!
Quando o governo não nos agrada derruba-se o governo!
O quê? a maioria das pessoas votaram no 1º ministro? isso não interessa!
E isto são os nossos professores...


De Anónimo a 12 de Novembro de 2009 às 22:53
Pois, os professores que não querem ser avaliados porque são incompetentes e acham-se no direito de falar mal do primeiro-ministro.
Estes gajos de meia-tigelinha nem capacidade têm para ser administradores de condomínio quanto mais ter categoria para criticar um primeiro-ministro.


De Anónimo a 13 de Novembro de 2009 às 00:16

A guerra entre o Ministério Publico e Supremo Tribunal de Justiça, resume-se a uma simples conclusão, ambos querem ter o poder. Porque ter na mão a investigação criminal, é um grande poder. Neste país tudo está errado, o MP, devia garantir os interesses do estado (povo) acusar aqueles que devem ser acusados e garantir os direitos (defender) os lesados (vitimas). Os juízes julgar e garantir a legalidade de todos os actos policiais e aplicar a lei. E quem devia de investigar a sério, os policias, aqueles que estão devidamente credenciados para tal. Actualmente os Policias não passam de meros órgãos executantes dos senhores procuradores, que da sua poltrona dirigem as investigações, nunca pondo os pés na rua em trabalho conjunto com os Polícias.


Muitos são os processos mediáticos neste país, desde casas pias, operações furacão, freeport, face oculta e muito mais, mas que no final os anos passam e nada se esclarece. Assistimos diariamente a este circo, com sucessivos julgamentos antecipados, com a fuga de informação, e consequente violação do tão famoso segredo de justiça, que ninguém cumpre, e que era tão fácil de encontrar quem o viola…


Enquanto não se mudarem umas certas mentalidades vamos continuar assim, nesta bangunçada, e que beneficia são aqueles que aproveitam a desorientação total e vão passando impunes, sabendo que no mínimo processos como este duram entre 5 e 8 anos a serem resolvidos e no final muitos prescrevem, ou não se consegue provar factos para se poder condenar os suspeitos.



Comentar post

Últimos copos

Forte da Graça - 18

Forte da Graça - 17

Forte da Graça - 16

Forte da Graça - 15

Forte da Graça - 14

Forte da Graça - 13

Forte da Graça - 12

Forte da Graça - 11

Forte da Graça - 10

Forte da Graça - 9

Adega

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


A procurar na adega

 

Blogs de Elvas

Tags

todas as tags

últ. comentários

logo que poluiçao iriam causar duas ou tres embarc...
Muito interessante. Nessa documentação há document...
Nest baluarte existio uma oficina de artesanato on...
JacintoSó agora tive oportunidade de lhe vir dizer...
VERGONHA? MAS ESSAS DUAS ALMAS PERDIDAS RONDÃO E E...
Uma cartita. Uma cartinha. Uma carta.Assim anda en...
Os piores lambe-botas são os partidos de Esquerda ...
O mundo está para os corruptos e caloteiros. Uma a...
O mundo é dos caloteiros . Uma autentica vergonha.
"Não se pode aceitar que um professor dê 20 erros ...

mais comentados

101 comentários
89 comentários
86 comentários

subscrever feeds

SAPO Blogs