Elvas sempre em primeiro

Todos os comentários que cheguem sem IP não serão publicados.
Quinta-feira, 3 de Setembro de 2009

Forma e conteúdo

Ouvimos nestes últimos dias, primeiro o Senhor Secretário-Geral do Partido Socialista José Sócrates, em entrevista à RTP e depois e Senhora Ministra da Educação em declarações na Escola de Albufeira, virem reconhecer que talvez não tivesse havido suficiente delicadeza no tratamento da relação com os Professores ( no caso do Senhor Secretário Geral do PS) e que houve dificuldades de comunicação entre o Governo e os Professores (no caso da  Senhora Ministra da Educação). Claro que falarmos de “suficiente delicadeza” é puro eufemismo, tratou-se de uma declaração de guerra aos professores efectuada pela Sr.ª  Ministra da Educação logo no inicio do mandato quando declarou “Perdi os professores mas ganhei a opinião pública” como se  cada aluno, o objecto último da Educação, pudesse ser encarado como um campo de batalha com professores de um lado e Governo e opinião pública do outro, e isso fosse uma vitória do Ministério e uma melhoria do sistema de ensino. Por outro lado penso que também não pode ser classificado apenas de insuficiente delicadeza o tratamento “professorzecos”  pela equipa do Ministério em reunião com deputados, esse tratamento insultuoso é no mínimo falta de educação, o que é grave na equipa responsável pela pasta do mesmo nome. Quanto à sinceridade destes reconhecimento e à anunciada vontade de "tudo fazer para corrigir isso” convive mal com a afirmação de ontem da Sr.ª Ministra segundo a qual “paz com os professores vai sair muito cara ao país”.

Mas independentemente desta questão da “forma” assumida em palavras pelos responsáveis referidos, há um problema de conteúdo.

Se alguém pensa que os professores se deixam agora iludir por uma nova bonita embalagem para o mesmo conteúdo, desengane-se, o problema real não está na comunicação, que mais que desastrosa foi ofensiva, mas nas medidas em si. Que vão de um estatuto que criou artificialmente duas categorias para o mesmo conteúdo funcional, a um sistema de avaliação tão bem pensado que estando há dois anos lectivos no terreno ainda não foi possível aplicá-lo da forma como foi concebido, e que, ainda agora foi promulgado o diploma que determina a sua simplificação para um terceiro, passando por uma alteração da legislação que veio concentrar vários grupos disciplinares no mesmo grupo de docência, o já celebre 530, permitindo por exemplo que um professo de Têxteis possa ser colocado a leccionar Mecânica, um de Dactilografia a leccionar Têxteis e um de Mecânica a leccionar Dactilografia. Não, não é ficção aconteceu este ano o caso de uma professora de Têxteis colocada a leccionar Mecânica em Elvas!...

Senhor Secretário-Geral do PS, dirijo-me a si por ser o responsável pelas políticas dos últimos anos e pelo programa com que se apresenta aos portugueses, é verdade que houve um grave problema de forma, mas, e isso o senhor ainda não reconheceu, houve um ainda mais grave problema de conteúdo.

 

António Venâncio

 

 

 

 


Tasca das amoreiras às 18:00
Link do post | Comentar | favorito
18 comentários:
De Anónimo a 4 de Setembro de 2009 às 00:26

Já não há pachorra para aturar as lamúrias do prof. Venâncio, a quem o Estado paga bem para dar aulas melhores...


De Anónimo a 4 de Setembro de 2009 às 00:33
A foto do MUDE, esta noite na Terrugem, é clara: apresentou a lista com 15 pessoas da Terrugem no átrio da Junta de Freguesia.
À mesma hora, Rondão Almeida abarrotou o salão da Junta de Fregusia de São Vicente e Ventosa com 300 pessoas, na apresentação da lista.
Já vamos tendo uma ideia do que se vai passar em 11 de Outubro.
Depois, não digam que não estavam à espera nem tinham sido avisados.


De Anónimo a 4 de Setembro de 2009 às 09:00

Ouvi Simão das Dores dizer na Rádio Elvas que está satisfeito com o apoio crescente que regista nas freguesias.
Este já só engana os outros, pois julgo que o senhor pôde contar até 15, na noite passada, quando tinha pela frente dezena e meia de residentes na Terrugem.
Simão das Dores não fala verdade.


De Anónimo a 4 de Setembro de 2009 às 09:25

Ahahahah

300 pessoas? Mas esta gente está louca??? Ou quer enganar o povo? Vejam lá se não foram 1000.

15 na Terrugem??? O PS é ágil de contas. Nos comicios deles multiplicam por 3, nos dos outros dividem por 3!


De Anónimo a 4 de Setembro de 2009 às 12:02
Os jornalistas da Rádio Elvas é que podem esclerecer o público ouvinte: a Ana Martins esteve em São Vicente e o João Fernando esteve na Terrugem.
Perguntem-lhes.


De Anónimo a 4 de Setembro de 2009 às 09:37
Simão, Cabaceira, Tiago e Vieira já começam a ver que a vitória não é possível; um bom resultado está fora de hipótese; um resultado abaixo de José Carlos Fonseca/Eurico Candeias é o mais certo.
Para quem chegou a querer tanto, é uma valente pancada popular.


De Anónimo a 4 de Setembro de 2009 às 09:21
Porreiro!
Não se esqueçam que metade dos que estavam na sala da Junta da Terrugem a assistir à apresentação da Lista do MUDE (PSD+CDS+STALinistas) eram da lista do PS.

O PS é amiguinho de todos, gosta de animar a oposição e por isso vai às sessões daqueles que não têm ninguém que os queira ouvir.

Já viram a fotografia que os MUDEs meteram na net? O Gil Dores, que tem sido o fotógrafi de servinho do seu maninho, tirou a fotografia com uma planta a tapar a parte das cadeiras que estavam vazias, para ninguém perceber a miséria que por lá ia com falta de assistência. Digam lá que o senhor não é esperto! Devia usar essa esperteza para fazer um trabalho competente na Câmara!!!


De Anónimo a 4 de Setembro de 2009 às 12:00
Mantenho!
O MUDE tinha 15 pessoas residentes (votantes) na Terrugem na sala. E já estou a contar com os 3 elementos da Junta (Presidente Magarreiro e sua equipa).
Mantenho!
O PS, na apresentação das listas de Rondão Almeida e Luís Grilo, tinha 300 pessoas em São Vicente: na sala, sentados e de pé, mais os que estavam pela escadaria abaixo. Uma enchente nunca vista por ali.
Mantenho!
Há fotos a comprovar.
Se os MUDinhos quiserem publicar...


De Anónimo a 4 de Setembro de 2009 às 12:08

O MUDE até pode defender que a contagem de espingardas nas sessões de apresentação das listas nas freguesias é irrelevante, não faz sentido, nem tem peso. Certo. Aceita-se a posição.
Agora o que o MUDE não pode dizer é que está a ter "uma adesão crescente" de residentes das localidades onde se fazem essas apresentações. Porque, se o afirmar, mente.
Nem tão pouco competir com as equipas de Rondão em números.
Nem em número de presenças nestas sessões, nem em número de votos no dia 11 de Outubro.
Depois, não digam que não foram avisados atempadamente.


De Anónimo a 4 de Setembro de 2009 às 12:17
Simão das Dores referiu à Rádio Elvas (eu ouvi!) a "adesão da população da Terrugem ao nosso projecto".
Ora bem: se o MUDE tinha 15 residentes/votantes da Terrugem na apresentação da sua lista, no átrio de entrada da Junta de Freguesia, acham que 15 pessoas revelam "adesão da população"?
Esperem por Rondão Almeida e a sua equipa.


De Anónimo a 4 de Setembro de 2009 às 13:56
Mas quem acreditava que pudesse ser diferente?
Quem admitia que a MUDança pudesse verificar-se?
Quem pensa que Rondão não vai deixar de arrasar?
Eu sei: quatro pessoas. Simão, Cabaceira, Abreu de Vieira.
Mas será que acreditam, admitem e pensam mesmo?
Ou apenas vão falando, para que as hostes (hostinhas...) mantenham algum entusiasmo virtual?


De Anónimo a 4 de Setembro de 2009 às 14:00

Luís Damião, na Terrugem com o MUDE, para quê?
Oh, Luís! Então andas a gastar cera com esses defuntos?
Mais vale gastar combustível e apareceres nas enchentes do Rondão. Ao menos sempre ficas mais conhecido por centenas.


De Anónimo a 4 de Setembro de 2009 às 14:19

Se de facto assim fosse os apaniguados de rondão não teriam a necessidade de aqui passar a vida a passar mentiras. Eles sabem o que se está a passar e andam nervosos. O MUDE, com serenidade vai falando e vai ouvindo. Está a acabar de apresentar as listas quando Rondão ainda agora começou. rondão tem mais gente? É possivel e normal já que está no poder e leva música ao povo. A campanha nem sequer começou!


De Anónimo a 4 de Setembro de 2009 às 21:17
Ninguém vai às apresentações das listas do PS para ouvir o Tiago Afonso a tocar e o Carlos Caracol a cantar. Vão lá para ouvir o discurso de Rondão Almeida.
E tanto assim é que depois do discurso de Rondão Almeida as pessoas levantam-se das cadeiras a bater palmas e é a debandada geral, vão-se todos embora, e os artistas ficam sem público.
Querem melhor exemplo? Impossível. 

Os cidadãos do Concelho sabem que é assim.
Não importa as mentiras que por aqui escrevam os senhores Tiago Abreu, Simão Dores, Cabaceira ou Vieira.
O que conta não é o que esses fulanos dizem ou as mensagens falsas que tentam passar.
O que conta é a verdade.


De Anónimo a 4 de Setembro de 2009 às 14:26
Festas, apresentações, comícios...
Cada um chama o que quer.
Mas a finalidade, em todos, é a mesma: medir a resposta das populações.
Sendo assim, a coligação dos MUDE começa a ter conhecimento do que lhe vai acontecer dentro de 5 semanas.
Tal como, de igual forma, Rondão Almeida se apercebe da dimensão da sua sua quinta vitória, com maioria absoluta, em cinco ocasiões.


De Anónimo a 4 de Setembro de 2009 às 16:30
Professores...
Não digam assim tão mal da vossa vidinha.
Noutras profissões, há quem tenha a mesma ou mais habilitações que vocês os dois, com o mesmo tempo de serviço, com melhor trabalho produzido e que se viu, de um dia para o outro, no desemprego e sem dinheiro para levar para casa.
Não digam assim tão mal da vossa vidinha.
Professores...


De Tasca das amoreiras a 5 de Setembro de 2009 às 11:29

Caro Anónimo (Socialista)


 


Mais uma vez enganado.


Neste texto não me queixo de nada, faço apenas uma interpretação das palavras de falso arrependimento do seu Secretário-Geral, e esclareço o engano em que caiu. É que para os professores, a forma, ainda que ofensiva, é de menor importância, o importante é o conteúdo, com o qual este Governo veio contribuir para uma degradação da qualidade de ensino nunca vista até hoje. E repare não estou a falar de estatísticas, de salários, da vergonha que foram este anos concursos nalguns grupos, nem sequer da famosa avaliação ou da divisão da carreira, estou a falar do que sabe cada aluno ao terminar a sua escolaridade. E quem quiser comparar basta-lhe aplicar um exame de 2005 a um aluno de 2009 mesmo daqueles que tiveram uma nota acima de 14 e depois diga-me o resultado.


Claro que me irá dizer que a culpa é dos professores, mas faço-lhe notar que, na sua maioria, são os mesmos.


Também não acreditará que os alunos sejam menos inteligentes que em 2005para a diferença ser tão assustadora.


O que mudou então? As políticas educativas.


Quanto à questão que levanta de pessoas que seguiram outros caminhos e agora estão no desemprego, só me resta lamentar, também elas têm muito a agradecer ao seu Secretário-Geral


 


António Venâncio



De Anónimo a 4 de Setembro de 2009 às 16:26
Há um post no blog da má lingua que tem o título "BOLA DE NEVE".
Suponho que este titulo pretenderá depreender-se que começaram pouco e acabaram muitos.
O autor esquece-se que estamos no Verão e vai-lhe acontecer ao contrário: começaram alguns e vão acabar poucos.
Viu-se isto na Terrugem ontem, já aconteceu em Barbacena, em Stª Eulália e por aí fora.
E, dia 11 terão a confirmação 

 


Comentar post

Últimos copos

Forte da Graça - 18

Forte da Graça - 17

Forte da Graça - 16

Forte da Graça - 15

Forte da Graça - 14

Forte da Graça - 13

Forte da Graça - 12

Forte da Graça - 11

Forte da Graça - 10

Forte da Graça - 9

Adega

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


A procurar na adega

 

Blogs de Elvas

Tags

todas as tags

últ. comentários

logo que poluiçao iriam causar duas ou tres embarc...
Muito interessante. Nessa documentação há document...
Nest baluarte existio uma oficina de artesanato on...
JacintoSó agora tive oportunidade de lhe vir dizer...
VERGONHA? MAS ESSAS DUAS ALMAS PERDIDAS RONDÃO E E...
Uma cartita. Uma cartinha. Uma carta.Assim anda en...
Os piores lambe-botas são os partidos de Esquerda ...
O mundo está para os corruptos e caloteiros. Uma a...
O mundo é dos caloteiros . Uma autentica vergonha.
"Não se pode aceitar que um professor dê 20 erros ...

mais comentados

101 comentários
89 comentários
86 comentários

subscrever feeds

SAPO Blogs