Elvas sempre em primeiro

Todos os comentários que cheguem sem IP não serão publicados.
Terça-feira, 1 de Setembro de 2009

José Sócrates

Este “homem” tem a particularidade de me baralhar os neurónios. Mais uma vez ouvi com muita atenção o que o “nosso” Primeiro-ministro nos quis dizer. Das duas três, ou é um primeiro-ministro como nunca tivemos (penso mesmo que nunca tivemos coisa igual) ou então mente com uma convicção que ele próprio acredita no que diz.

Não quero com isto dizer que podemos comparar o nosso país aos países mais pobres, no entanto não estaremos muito longe dos países da América Latina. Pelo menos no estilo de governação.

O primeiro-ministro mais sexy europeu com aquela conversa mole consegue convencer as pessoas e isso assusta-me muito. Só de pensar que teremos que o aturar mais quatro anos deixa-me mal disposto.

Reconheço que tem uma habilidade grande no seu discurso e torna-se convincente com aquele seu ar cândido e inocente. Tenho medo, muito medo mesmo, que a população embarque no palavreado. Deus nos ajude.

 

Nota de rodapé – É muito feio o que o MUDE está a fazer com o problema da Fonte da Misericórdia. É demagogia pura. Façam é o favor de responder às perguntas que lhes coloquei e que não respondem. Há por aí muita gente a perguntar o mesmo.

 

Jacinto César

 


Tasca das amoreiras às 23:38
Link do post | Comentar | favorito
11 comentários:
De Anónimo a 2 de Setembro de 2009 às 00:57

O que é que o MUDE está a fazer com a fonte da misericórdia?? dizer que se fossem eles a fonte voltaria ao lugar? É demagogia? Ok Sr. Jacinto socialista, é normal que isso diga porque prejudica o seu partido.


De Anónimo a 2 de Setembro de 2009 às 10:04
O Sócrates teve uma actuação muito equilibrada, na noite passada na RTP.
Digo-o baseado no que ouvi os comentadores referir, após a entrevista.
Querem ver que...?


De Tasca das amoreiras a 2 de Setembro de 2009 às 14:28
Diz bem "actuação", só que Portugal não precisa de um "actor" precisa de um Primeiro Ministro

António Venâncio


De Anónimo a 2 de Setembro de 2009 às 16:43
António Venâncio, o porta-voz oficial do PSD Leiteiro.
Mas desconfio que aquilo não vai acabar bem para os lados da Nelinha, nestes 25 dias que ainda faltam.
Lançaram muitos foguetes em 7 de Junho e agora é capaz de fazer falta pólvora.


De Tasca das amoreiras a 2 de Setembro de 2009 às 21:17

Caro Anónimo


 


Numa coisa está enganado, não sou porta-voz nem oficial (para isso teria que ser filiado e não sou) nem oficioso de ninguém. Há, no entanto algo em que estou de acordo com a Dr.ª Manuela Ferreira Leite, e que é o facto de o Secretário-geral do PS José Sócrates estar a representar. Ou será que, depois de quatro anos e meio da mesma política, alguém acredita por exemplo naquela conversa de reconhecer que “talvez não tivesse havido suficiente delicadeza no tratamento com os professores” (repare-se na subtileza do talvez) e que se ganharem as eleições (espero bem que não) tudo fará para corrigir isso. Eu a isso chamo “representar”, se realmente tivesse chegado a essa conclusão e estivesse seriamente empenhado em corrigir alguma coisa teria apresentado propostas nesse sentido. De notar que a última ronda de negociações (mal sucedida) terminou ainda não há um mês.


 


António Venâncio


 



De Anónimo a 2 de Setembro de 2009 às 22:48
pois eu ponho sempre a minha terra- ELVAS -sempre em primeiro lugar e ainda + numa altura destas q precisamos dos grandes investimentos como o TGV como pão para a boca. Por isso ponho a partidarite de lado e vou votar c toda a certeza no José Socrates pq se fosse a ferreira leite a defender o TGV e o socrates não, votaria nela de certeza absoluta. Sr. Venancio, penso q está a contribuir ainda + para enterrar o Alentejo de vez com essas opiniões sempre de "yes man", neste caso de "yes woman" para com a sua lider! E isso de ser filiado  não é irrelevante porque neste caso o que conta é a cegueira rendida ao PSD que lhe corre na alma o q não é bom pois devemos amar a nossa Elvas acima de tudo.., o tal sentimento telúrico que nos fala Fernando Pessoa e que aqui cabe que nem uma luva!


De Tasca das amoreiras a 3 de Setembro de 2009 às 00:12

Caro Anónimo


 


Sabe!... Não falei aqui de TGV, apenas de “representação” do Sr. Secretário-geral do PS. Mas já que fala do assunto sempre lhe digo que não estou nem com o Sr. Secretário-geral do PS José Sócrates nem com a Dr. Manuela Ferreira Leite. Mas também não acho que o futuro de Elvas dependa do TGV como não dependeu da auto-estrada. Ficamos certamente com acessos mais facilitados a Lisboa e a Madrid mas será que isso traz desenvolvimento a Elvas? Tenho as minhas dúvidas. Se me falar da plataforma logística já é outra conversa.


Quanto ao TGV propriamente dito, não acredito em soluções de tudo ou nada, não vejo qualquer vantagem no troço Lisboa Porto que, segundo li, ganha em tempo 15 a 30 minutos ao Alfa pendular agora existente, relativamente aos outros dois troços, comparticipados pelos fundos comunitários no âmbito das redes transeuropeias, são ainda assim situações diferentes:


O troço Lisboa Elvas/Badajoz, dado o facto confirmado de Espanha ir construir o troço Elvas/Badajoz  Madrid, sou em principio a favor da sua construção, gostaria de conhecer estudos sobre a rentabilidade do mesmo, independentemente do custo inicial. O que eu queria era saber se, previsivelmente, o TGV, neste troço, vai dar lucro ou prejuízo. Se der lucro ou pelo menos pagar as despesas de funcionamento e manutenção tudo bem, se der prejuízo penso que devemos pensa duas vezes se queremos mais uma infra-estrutura para “pendurar” dos nossos impostos. Há países, como os países nórdicos, que vivem muito bem sem TGV. Quanto ao troço Porto Vigo, quando estive na Galiza há, cerca de um ano, contestava-se vivamente a construção da linha que iria ligar vigo pelo norte a Madrid. Não sei sinceramente em que ficou essa discussão que na altura opunha o governo da Galiza, que defendia outro tipo de investimentos, ao governo central que apostava no TGV. Se esse linha não for feita, penso que a Porto Vigo se justifica ainda menos que a Lisboa Porto.


 


António Venâncio



De Anónimo a 3 de Setembro de 2009 às 12:08
fala-se de alhos o sr venancio responde bugalhos... o  q m interessa a mim o q se passou na galiza se eu estou em elvas?! nunca vi tanta asneira junta como o q o sr escreveu antes... com certeza q a plataforma ainda nos vem ajudar + o nosso desenvolvimento tal como TGV mas como deve saber é a Sra. Dra. que quer "rasgar", e a expressão é dela, com tudo o q sócrates prevê fazer caso ganhe, incluindo os grandes investimentos de q aqui falo. Mas enfim, eu não tenho hábito falar nem discutir com "porta-vozes" oficiais de partidos, muito - iria agora aqui debater consigo... porque quando chegamos ao ponto de, tal como o sr. venancio, na ânsia de defender a Dra. diz que o "TGV não é importante" para Elvas, está tudo dito!


De Tasca das amoreiras a 3 de Setembro de 2009 às 13:27
Caro Anónimo
Gostava de esclarecer alguns pontos.
Em primeiro lugar diz que afirma que “fala em alhos e eu em bugalhos”, devo notar que não fui eu que trouxe o TGV para um comentário a um texto que não o abordava. E quando se fala em TGV Estamos a falar de três linhas e não de uma só por isso a minha análise refere, para além da linha Lisboa Elvas/Badajoz, com estação do lado de lá da fronteira a linha Lisboa Porto e Porto Vigo.
Quando diz que nunca viu tanta asneira junta, gostaria que as identificasse e dissesse porque são asneiras.
A rentabilidade da linha Porto Vigo, está dependente das decisões que forem tomadas relativamente à sua continuidade em Espanha, e a mim, embora residindo em Elvas, interessa-me saber qual a rentabilidade de um investimento que vai ser pago parcialmente pelo Orçamento de Estado Português, e cujos custos de exploração, caso não seja rentável, irá recair sobre esse mesmo Orçamento.
Faço-lhe notar, dada a sua insistência em argumentar com a Dr. Manuela Ferreira Leite, que se bem leu o meu comentário, aí afirmo que não estou, neste particular, de acordo com ela, e até que sou, em principio a favor da construção da linha Lisboa Elvas/Badajoz.
Quanto ao que o Senhor Secretário-Geral do PS prevê fazer caso ganhe a favor de Elvas, continuo À espera da Instituição de Investigação Agrária de Âmbito nacional, e da Prisão para Vila Fernando. O qu fez por Elvas nas sabemos!...
Quanto à importância do TGV para o desenvolvimento de Elvas, não discuto a “comodidade” para os que se pudessem dar a esse luxo, de ir a Lisboa de TGV, quanto ao desenvolvimento que isso traria basta atentarmos no “atraso”  de uma Suiça, de uma Noruega ou de uma Dinamarca.
Quanto a ser porta-voz de um partido político, pelo que tenho lido nos seus comentários, poderia afirmar que está o caro antónimo muito mais próximo de ser um porta-voz do PS. Aliás sendo anónimo, não sei mesmo se não será alguém directamente ligado ao partido ou quem sabe à direcção do mesmo, sei apenas que não o vejo pôr em causa nenhuma decisão do “chefe”, o que manifestamente não é o meu caso.
António Venâncio


De jaimaooooo a 3 de Setembro de 2009 às 16:27

Poucas intervenções tenho tido neste blog, mas confesso que me rendi às suas “barbaridades”. Eu ainda não percebi se o(a) Sr.(a) ama a sua cidade ou se ama o Sócrates! A mim parece-me ser um eterno amante e seguidista faccioso do pseudo Eng. Sócrates, que depende do partido rosa em termos profissionais, mas isso é outra história…há amantes de todo o tipo…


Bom, mas nessa sua espontaneidade da alma só gostaria de perceber 2 coisas:


 


1)      “ainda + numa altura destas q precisamos dos grandes investimentos como o TGV como pão para a boca”. Gostaria de perceber porque considera o TGV uma prioridade?


Possivelmente para passageiros de passaporte rosa deve ser mesmo como pão para a boca, já para não falar nos que amam a sua cidade…


 


2)      Não entendo como pode apontar o dedo a quem assume posições fidelizadoras, se o Sr. assume posição de fidelizador do pseudo Eng. Sócrates.


Agora não pode falar do que não sabe ou não quer saber, porque a Dra. Ferreira Leite no anterior executivo defendeu o TGV, mas enfim… Relativamente ao grande Fernando Pessoa, há um poema que se insere lindamente em sim e no seu capataz Sócrates…


Para além da curva da estrada,


Sem poço e sem castelo,  


            Talvez a continuação da estrada…


 


            Siga a armada o importante é ser amante…amanhã logo se vê…


 


            Afinal o senhor ama a sua cidade ou o Eng. Sócrates?




De Anónimo a 3 de Setembro de 2009 às 15:34

Quanto ao TGV ainda ninguém explicou quais as vantagens do mesmo.
A sua construção pelo que parece de início, quem a vai realizar poderá ser um consórcio espanhol,Pois é a que tem a
proposta mais económica, logo, lá vêm as empresas espanholas, e estas sim arranjam uns postos de trabalho.
Qualquer comboio de alta velocidade é fabricado em Espanha e Alemanha, ou seja, para fabricar um comboio de alta
velocidade, tem que passar por estes 2 países. Em portugal passa a 350 km/h transportando 4 ou 5 passageiros, pois,
40 ou 50 passageiros, vão pela auto-estrada (a pagantes), e os restantes milhares pela N4. (Não há dinheiro para
mais, Ehehe!!!!)
A unica vantagem para Elvas seria a plataforma de mercadorias, e a ligação Sines-Elvas para a linha de mercadorias,
para isso bastava o estado lançar um concurso nacional para a construção da dita linha, seria mais económico e
poderia ser feito por uma empresa Portuguesa, criando assim mais postos de trabalho em Portugal.
A ligação Lisboa-Porto já é feita a 220 Km/h, pelo Alfa Pendular, (equivalente ao Talgo Espanhol), alguns
melhoramentos nas linhas, e podiam circular mais comboios.
Este governo tem algumas ideias mas uma incompetência muito grande aquando da sua realização, certo é que alguma
coisa tem que ser feita, mas não a todo o custo e a qualquer preço.
Portugal precisa de um Governo inteligente e justo, mas nos dias que correm, na familia politica nacional existe
muito pouca competência, justiça e inteligência.
Nos dias em que a ISS está a sofrer um upgrade, com mais uma parte do laboratório espacial a ser construido, os
Portugueses precisam é de chegar ao meio do mês e não terem preocupações pela falta de dinheiro para comerem,
deslocarem-se ou pagarem os empréstimos que foram obrigados a fazerem para sobreviver ou ter qualquer coisa na
vida.
Precisamos primeiro de evolução social, só depois evolução tecnológica, e em vez de terem enchido o cofre de 2 ou 3
empresas grandes com a entrega dos magalhães, tinham, sim, dado os manuais escolares a todas as familias mais
necessitadas (classe media e baixa), pois segundo a nossa constituição,o ensino é obrigatório e gratuito, mas isso,
só na Filandia.


Comentar post

Últimos copos

Forte da Graça - 18

Forte da Graça - 17

Forte da Graça - 16

Forte da Graça - 15

Forte da Graça - 14

Forte da Graça - 13

Forte da Graça - 12

Forte da Graça - 11

Forte da Graça - 10

Forte da Graça - 9

Adega

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


A procurar na adega

 

Blogs de Elvas

Tags

todas as tags

últ. comentários

logo que poluiçao iriam causar duas ou tres embarc...
Muito interessante. Nessa documentação há document...
Nest baluarte existio uma oficina de artesanato on...
JacintoSó agora tive oportunidade de lhe vir dizer...
VERGONHA? MAS ESSAS DUAS ALMAS PERDIDAS RONDÃO E E...
Uma cartita. Uma cartinha. Uma carta.Assim anda en...
Os piores lambe-botas são os partidos de Esquerda ...
O mundo está para os corruptos e caloteiros. Uma a...
O mundo é dos caloteiros . Uma autentica vergonha.
"Não se pode aceitar que um professor dê 20 erros ...

mais comentados

101 comentários
89 comentários
86 comentários

subscrever feeds

SAPO Blogs