Elvas sempre em primeiro

Todos os comentários que cheguem sem IP não serão publicados.
Terça-feira, 4 de Agosto de 2009

Palavras e Factos

Palavras

Ouvimos frequentemente o Sr. Primeiro-Ministro falar de formação, e da sua importância no desenvolvimento do país.

 

Frequentemente ouvimos o Sr. Primeiro-Ministro falar da aposta nos cursos profissionais

 

Frequentemente ouvimos o Sr. Primeiro-Ministro falar da importância da inovação com motor do desenvolvimento.

 

Frequentemente refere o Sr. Primeiro-Ministro as novas tecnologias com sendo fundamentais na estratégia de desenvolvimento do País.

 

Frequentemente refere-se o Sr. Primeiro-Ministro ao espírito de iniciativa e empreendedorismo  como sendo indispensáveis ao desenvolvimento sustentável.

 

No dia 21 de Novembro de 2008 anunciou o Sr. Primeiro-Ministro que um consórcio Renaut-Nissin iria produzir em Portugal um veículo eléctrico já a partir de 2011

 

Factos

No dia 28 de Novembro de 2008 um grupo de professores da Escola Secundária D. Sancho II em Elvas, com do Conselho Executivo, enviou ao Sr. Primeiro-Ministro a seguinte missiva:

 

            Ex mo Senhor Primeiro-Ministro

 

            Excelência.

 

            Somos os professores do departamento de mecânica da escola Secundária de D. Sancho II, em Elvas, a qual se situa numa região desfavorecida, com elevados índices de abandono escolar no final da escolaridade obrigatória.

            Tem a escola grande tradição nas áreas tecnológicas, nomeadamente nas áreas da Mecanotecnia e da Electrotecnia, nas quais mantém instalações, meios técnicos e humanos que lhe têm permitido ministrar ao longo dos anos cursos de carácter profissionalizante nestas áreas, com elevada empregabilidade dos alunos após a conclusão dos mesmos.

            Consideramos que perante os novos desafios que se colocam, compete à Escola constituir-se em vanguarda, dando o seu contributo para o sucesso da sociedade perante esses desafios, e se possível convertê-los em janela de oportunidade, actuando em três vertentes fundamentais:

            -Alertando, junto dos seus alunos e da sociedade em geral, para a existência desses desafios e a necessidade de encontrar novos caminho.

            -Divulgando o conhecimento e a tecnologia adequados, em cada momento, aos desafios que se apresentam.

            -Fornecendo a formação, que permita aos nossos alunos, serem parte da solução desses novos desafios e aproveitar as oportunidades que deles advêm.
            Sendo que a questão energética, e as suas consequências ambientais, são neste momento talvez o maior desfio que se coloca a cada um de nós, ao País e ao Mundo, criámos em Maio de 2007, na Escola, com o apoio total apoio do Conselho Executivo, o CEA- Clube das Energias Alternativas com o objectivo de dar resposta a este desafio nas suas várias vertentes.

            Através deste clube promovemos diversas actividades de divulgação junto dos meios de comunicação locais e realizamos parcerias com diversas empresas e entidades, das quais salientamos as seguintes:

            - Com a Baxi Rocca SA que nos forneceu, ao abrigo da lei do mecenato, dois conjuntos de colectores de energia solar térmica de modelos distintos para fins didácticos.

            - Com a Aton – Energias que nos forneceu, ao abrigo da lei do mecenato, um Kit formado por um pequeno painel fotovoltaico, um inversor de rede, um regulador de carga e uma bateria para fins didácticos.

            - Com o ISQ – Instituto de Soldadura e Qualidade, que em parceria com a Escola e utilizando as instalações e os equipamentos atrás referidos, realizou até este momento dois cursos de formação de Instaladores de Equipamentos Solares Térmicos para obtenção de CAP ao abrigo da Portaria 1451/2004, nos quais obtiveram formação cinco professores da nossa escola. 

            Os protocolos atrás referidos, permitiram-nos criar as condições, quer no tocante ao equipamento, quer à formação técnica específica, para incluir na rede escolar um curso de Profissional de Técnico de Energias Renováveis Variante Energia Solar, e um curso de Educação Formação de Adultos – Técnico Instalador ofertas que se revelaram atractivas, quer para os jovens, cujas inscrições excederam todas as expectativas, quer de adultos que continuam a procurar a Escola mostrando interesse na inscrição nesse curso, pela mais valia que consideram ser a obtenção de qualificação em Energia solar.

Para além deste curso tem a Escola um leque variado de oferta, sem nunca perder de vista as necessidades identificadas pelo tecido empresarial, da qual constam cursos de: Profissional de Técnico de Instalações Eléctricas, Profissional de Técnico de Turismo, Profissional de Técnico de Processamento e Controlo de Qualidade Alimentar e Profissional de Técnico de Informática de Gestão e leccionamos a componente tecnológica do curso de Profissional de Técnico de Mecânica Variante Mecatrónica Automóvel, numa parceria com a Escola Secundária de Campo Maior.

            No passado dia 21 de Novembro, sem o saber, colocou-nos V. Ex ª um desafio ao anunciar já para 2011 o lançamento do automóvel eléctrico a produzir em Portugal pelo consórcio Renault-Nissan.

            Perante tal notícia, e tendo sempre presente a necessidade de, diversificar a oferta de cursos tornando a Escola atractiva aos nossos jovens, transferir know out em tecnologias de ponta para uma região economicamente desfavorecida como única forma de alavancar o seu desenvolvimento e criar mão de obra qualificada capaz de operar no terreno numa rede de manutenção do referido veículo, consideramos ser a altura ideal para iniciar o processo para a criação na nossa Escola de um pólo de formação tecnológica que assegure por um lado a criação de dois cursos profissionais, um de manutenção de veículos eléctricos e outro de gestão e manutenção da rede de abastecimento, já no próximo ano lectivo, o que permitiria ter os primeiros profissionais no terreno em 2012, e por outro a formação complementar necessária, através de acções de curta duração, aos funcionários das empresas já instaladas no terreno para que possam assegurar a manutenção dos referidos veículos logo que colocados no mercado.

            Propomo-nos, em parceria com os consórcios que estão a desenvolver as duas vertentes do referido projecto, criar os referenciais de competências e os conteúdos programáticos que servirão de base quer aos cursos, quer às acções de curta duração atrás referidas.

            Para consecução deste projecto solicitamos o empenhamento de V. Exª no sentido de patrocinar a celebração de protocolos entre a Escola e os referidos Consórcios no sentido de nos ser facultada a formação específica necessária, e promover a obtenção dos equipamentos.

            Convictos de que só a aposta nas novas tecnologias, nomeadamente nas relacionadas com a utilização de energias limpas, permitirá um desenvolvimento sustentado da nossa região, do País e do Mundo, e conscientes da nossa responsabilidade como Escola na promoção dessas tecnologias, não hesitámos em recorrer a V.Exª como única via de transformar em projecto este nosso sonho.

            Certos da atenção dispensada por V.Exª a este nosso pedido, ficamos aguardando notícias.

 

         Elvas, 28 de Novembro de 2008

 

Até ao momento não obteve esse grupo de professores qualquer resposta do Sr. Primeiro-Ministro.

 

Vai iniciar-se o ano lectivo e não foi possível apresentar na rede escolar os cursos em questão pois, à falta de apoio da tutela, não foi possível estabelecer os contactos necessários com os consórcios para  criar os referenciais de competências e os conteúdos programáticos que serviriam de base aos cursos.

 

Não existe enquadramento legal para os referidos cursos que teriam que ser aprovados pela tutela.

 

Em conclusão, não se dignou o Sr. Primeiro-Ministro, directamente ou por interposta pessoa, vir sequer dizer se achava ou não oportuna a criação dos referidos cursos que, quer se queira quer não, seriam virados para as novas tecnologias, inovação, uma nova oportunidade de formação para os nosso jovens numa área que, por inovadora, os colocaria numa situação de não terem concorrência no mercado de trabalho.

Claro que isso é bom demais para os jovens de Elvas. A ser criado algo do género será certamente em Lisboa, arredores de Lisboa, ou nalguma das regiões do litoral cujos distritos elegem bem mais que dois deputados.

 

Palavras são palavras, factos são factos

 

António Venâncio.

 


Tasca das amoreiras às 21:54
Link do post | Comentar | favorito
2 comentários:
De orebelde a 5 de Agosto de 2009 às 14:55
Mas se isto é verdade então é gravíssimo esse senhor é um sem vergonha porque não só tem um chefe de gabinete da comunicação de Elvas e nada lhe falou sobre este assunto. Tão importante para os jovens do concelho .
Os senhores que escreveram a carta ao cretino do ministro que a façam chegar à comissão parlamentar das bancadas bloco esquerda cdu psd e do próprio partido do governo para todos saberem o filho da pu .a de primeiro ministro que nos está a desgovernar .


De Anónimo a 9 de Agosto de 2009 às 17:54
Responde ao penultimo comentário de "coisas que não entendo" ou será que entendeste de uma vez por todas!!!!!!


Comentar post

Últimos copos

Forte da Graça - 18

Forte da Graça - 17

Forte da Graça - 16

Forte da Graça - 15

Forte da Graça - 14

Forte da Graça - 13

Forte da Graça - 12

Forte da Graça - 11

Forte da Graça - 10

Forte da Graça - 9

Adega

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


A procurar na adega

 

Blogs de Elvas

Tags

todas as tags

últ. comentários

logo que poluiçao iriam causar duas ou tres embarc...
Muito interessante. Nessa documentação há document...
Nest baluarte existio uma oficina de artesanato on...
JacintoSó agora tive oportunidade de lhe vir dizer...
VERGONHA? MAS ESSAS DUAS ALMAS PERDIDAS RONDÃO E E...
Uma cartita. Uma cartinha. Uma carta.Assim anda en...
Os piores lambe-botas são os partidos de Esquerda ...
O mundo está para os corruptos e caloteiros. Uma a...
O mundo é dos caloteiros . Uma autentica vergonha.
"Não se pode aceitar que um professor dê 20 erros ...

mais comentados

101 comentários
89 comentários
86 comentários

subscrever feeds

SAPO Blogs