Elvas sempre em primeiro

Todos os comentários que cheguem sem IP não serão publicados.
Quarta-feira, 22 de Julho de 2009

Pântano

Ouvi esta palavra a Francisco Louçã e de verdade aplica-se perfeitamente bem ao estado do nosso país: um pântano.

Este último ano foi fértil em avaliações (ou não) das quais se destacaram as dos professores. Mas não é sobre estes que queria escrever, pois o assunto já tem barbas e não tem fim à vista. É sobre a avaliação do governo e dos seus ministros.

Como é que os ministros são avaliados? Dirão a correr alguns que é pelos votos. Muito bem, em teoria qualquer governo que se porta mal é penalizado nas urnas. Disse em teoria porque na prática nada se passa assim, ou seja, quando um governo é aparentemente penalizado, esta penalização é um prémio que se lhes está a atribuir. Olhemos para trás e para os últimos governos e isto aplica-se aos dois maiores partidos, PSD e PS. Que aconteceu aos ministros “penalizados” pela avaliação dos votos? Pois bem, foram corridos do governo e eles correram para os braços dos conselhos de administração das empresas que anteriormente haviam favorecido. Quem se quiser dar ao trabalho de percorrer os sites das maiores empresas portuguesas, públicas ou privadas, e ver a composição dos seus conselhos de administração vai ficar espantado: ou ex-ministros ou ex-secretários de estado. Não é por medo que não coloco aqui os seus nomes, mas por cansativa que se tornava a tarefa de os escrever e depois alguém os ler. É a corrupção no seu melhor. Mas por acaso alguém pensa que na eventualidade, e eu espero que sim, deste governo cair nas próximas eleições algum dos seus ministros está preocupado com o futuro? Se assim pensam são inocentes, pois a esta hora o seu futuro está mais que salvaguardo, e para melhor já que ser governante dá muito trabalho e é-se muito mal pago (não são de certeza os ministros mais bem pagos da UE ao contrário dos professores). Basta olhar para os dois casos deste governo, de ministros que abandonaram as funções mais cedo: ambos já estão bem na vida graças a Deus.

Como a Constituição Portuguesa diz no seu artigo 1, que todos os cidadãos são iguais perante a lei, prometo aqui solenemente que vou portar-me o mais mal possível para ter uma avaliação de MAU e ser posto ao fresco, e depois exigir um tacho. Bolas, eu também tenho direitos, não?

 

Jacinto César

 

 


Tasca das amoreiras às 16:48
Link do post | Comentar | favorito
1 comentário:
De Anónimo a 23 de Julho de 2009 às 16:22
Permita-me que,hoje,faça a minha reflexão sobre o período de eleições que se avizinha.Faço-o em duas vertentes : a vertente nacional e a vertente local.
Correndo o risco de ser muito criticado,não posso deixar de pensar assim e de expor os motivos que me levam a esta tomada de posição.
Vejamos,então, o que penso acerca das eleições nacionais.
-por toda uma subida ao poder,por parte do Sr.Sócrates,suportada na não verdade,não posso votar PS;
-por toda a "bagunça" ocasionada por mimistros de nível bastante fraco e suportada por um primeiro ministro "arrogante" e que só tem olhado para o seu "umbigo",esquecendo os portugueses,não posso
votar PS;
-por todo o clima de suspeição que se tem gerado,nestes últimos quatro anos,à volta do actual executivo -sem querer ser juíz e condenar antecipadamente -,não posso votar PS;
-por todo o clima de insegurança criado na sociedade portuguesa -saúde,educação,emprego,empresas,agricultura,militares e forças de segurança,economia,justiça,etc.,não posso votar PS;
-por se ter permitido o aparecimento de situações aberrantes de subjugação da política ao poder da Banca, não posso votar PS;
-por se continuar a dar guarida à corrupção,tardando
as decisões dos tribunais em relação aos corruptores e corruptíveis,quando noutros países são descobertos,julgados e presos,não posso votar PS;
-por sentir e ver que a pobreza aumentou enormemente no nosso país,não sentindo nem vendo medidas equilibradas mas palpáveis no seu combate,não posso votar PS;
-por,finalmente,continuar a verificar que a megalomania de alguns portugueses leva à aposta em
"obras" que hipotecarão o futuro próximo e mais afastado da população,não posso votar PS.

E...como penso actuar em relação às eleições locais?
A minha posição suporta-se nas permissas que passo a enumerar.
-Por não vislumbrar,no panorama local,uma alternativa
capaz ao actual poder;
-por não acreditar que o MUDE venha acrescentar algo de valorável no referente à gestão autárquica pois,sendo discutível,não consigo acreditar numa coligação onde ideologicamente os seus membros se irão degladiar,mais dia menos dia,e que consiga trabalhar de forma coerente e positiva para a melhoria e prosperidade locais;
-por reconhecer,mesmo que em algumas situações não tenha estado e esteja de acordo,que o presente executivo fez "obra" e que tem tomado medidas sociais bastante positivas para com os mais desprotegidos;
-por desconhecer,verdade seja dita,qual a mensagem/programa da oposição que me mobilize e faça crer que iremos melhorar no futuro,visto que durante os últimos meses só vi e li lavagem de "roupa suja" que,vejam lá,tem diminuído muito a capacidade de penetração nos descontentes pela situação em que vivemos;
-por temer que,dando um tiro no escuro,estarei a colaborar com uma viragem sem quaisquer suportes de viabilidade,decidi não votar no MUDE,no Partido da Terra e no Bloco de Esquerda.
Então,uma pergunta pertinente se justifica: o que irá fazer quem escreve este "post"?
Eu digo.
Porque apesar da "obra",porque apesar de sentir que Elvas tem evoluído nos últimos anos,porque apesar da população,na sua maioria,continuar a acreditar na gestão PS,porque apesar de ver algum rumo no projecto apresentado por R.A.,há situações em que a democracia tem sido "tábua rasa" na cidade durante os últimos anos,tem havido excesso de arrogância,raiando por vezes a má educação,não se respeitando quem pense de maneira diferente e defenda outro tipo de projecto,não tem existido uma política de criação de riqueza, tendo-se deixado destruir muito do tecido produtivo da cidade e da região com o consequente aumento do desemprego
e a diminuição da qualidade de vida de muitos elvenses,não se contestando a debandada geral de serviços e instituições por ordens do poder central,
...por tudo isto e pelo que me esqueci de enumerar,decidi ausentar-me de Elvas nesse dia para
não me violentar votando em branco ou anulando o boletim com um simples traço.

Com respeitosos cumprimentos

" O Judeu"


Comentar post

Últimos copos

Forte da Graça - 18

Forte da Graça - 17

Forte da Graça - 16

Forte da Graça - 15

Forte da Graça - 14

Forte da Graça - 13

Forte da Graça - 12

Forte da Graça - 11

Forte da Graça - 10

Forte da Graça - 9

Adega

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


A procurar na adega

 

Blogs de Elvas

Tags

todas as tags

últ. comentários

Nest baluarte existio uma oficina de artesanato on...
JacintoSó agora tive oportunidade de lhe vir dizer...
VERGONHA? MAS ESSAS DUAS ALMAS PERDIDAS RONDÃO E E...
Uma cartita. Uma cartinha. Uma carta.Assim anda en...
Os piores lambe-botas são os partidos de Esquerda ...
O mundo está para os corruptos e caloteiros. Uma a...
O mundo é dos caloteiros . Uma autentica vergonha.
"Não se pode aceitar que um professor dê 20 erros ...
penso k será pior dizer k ñ tem pais!ou k ñ sabe k...

mais comentados

101 comentários
89 comentários
86 comentários

subscrever feeds

SAPO Blogs