Elvas sempre em primeiro

Todos os comentários que cheguem sem IP não serão publicados.
Segunda-feira, 20 de Julho de 2009

Cada tiro cada melro

Cada vez que deste governo vem a público alguma coisa relacionada com as Escolas é certo que temos disparate do grosso. Agora foi o plano brilhante apresentado pela DGS, no qual se propõe o teletrabalho dos professores e a distribuição de trabalhos por e-mail. Realmente é de quem não tem qualquer noção do que é o ensino. Então onde fica a relação pedagógica com os alunos, o acompanhamento próximo de cada um, a observação que permite detectar as suas dificuldades, a avaliação contínua a tão proclamada aposta na qualidade... Áh! Estava esquecido, isso não vem nas estatísticas!... Depois vem uma afirmação interessante “os pais podem vir a assumir o papel de educadores”. Pensava eu (santa ignorância), que os pais tinham que assumir sempre o papel de educadores, incutindo nos filhos princípios, respeito pelo próximo e normas de boa convivência e comportamento em sociedade. Pelos vistos estava enganado, só agora é que terão que assumir esse papel, e pelos vistos provisoriamente, enquanto dura a gripe A. Mas mais curioso é o que se pede dos pais “estratégias de informação e envolvimento que lhes permitam apoiar a realização de trabalhos escolares em casa". Estes senhores só pensam nos seus filhos e nos dos seus amigos, nem lhes passa pela cabeça que, por esse país fora, há milhares de alunos cujos pais não têm um mínimo de condições de lhes prestar esse apoio, por terem uma formação académica muito inferior à que os próprios filhos já atingiram, e que portanto vão ficar, mais uma vez, em desigualdade com os seus colegas cujos pais tenha na realidade condições para os apoiar.

Para além das questões pedagógicas e de desigualdade atrás descritas, colocam-se ainda outras de caris eminentemente prático:

Será que todos os alunos dispõem de computador e de acesso à internet?

E os professores, já não falo dos que estão em suas casa na qual terão eventualmente o SEU computador e o SEU acesso à internet, pago do SEU bolso, e que já estão habituados a que o Ministério da Educação, que não lhes fornece nem canetas, use e abuse dos seus equipamentos, da electricidade que consomem em suas casa e dos serviços net por si contratados, para efectuar trabalhos para o Ministério, mas e os que se encontram colocado por vezes a mais de 300 Km de casa? Será que no quarto alugado onde são obrigados a vegetar nos períodos lectivos, longe das respectivas famílias, dispõe de acesso internet? A disporem será quase de certeza uma internet móvel. E quanto custa a utilização prolongada deste tipo de internet para permitir o teletrabalho? E quem o vai pagar? É que, quando o professor está na escola, usa a internet da escola e eventualmente um dos poucos computadores que a escola tem disponível para todos os trabalhos profissionais realizados com recurso a este meio, mas com a escola encerrada por motivos de epidemia de gripe, vê-se o professor privado destes meios.

Há ainda uma outra questão que penso que não agradará muito aos pais. É que estando os respectivos filhos em casa a receber “aulas” via internet, quem toma conta deles?

Mais uma vez não se pensou minimamente antes de anunciar uma medida.

Como diz o povo cada tiro cada melro

 

 

 

 

 

António Venâncio


Tasca das amoreiras às 22:57
Link do post | Comentar | favorito
4 comentários:
De Anónimo a 21 de Julho de 2009 às 08:35
O senhor professor António Venâncio já se informou sobre o boato do Tiago Abreu sobre a professora que subiu na classificação?


De Tasca das amoreiras a 21 de Julho de 2009 às 08:57
Ainda me faltam alguns pormenores, mas ao que parece a Sr. Professora limitou-se a cumprir as regras do concurso.

António Venâncio


De Anónimo a 21 de Julho de 2009 às 14:49
Como se esperava, mais uma atoarda do boateiro.


De Anónimo a 21 de Julho de 2009 às 12:48
Boa reflexão.Parabéns.

Visite o blog:

http:/yalbas.blogspot.com/


Comentar post

Últimos copos

Forte da Graça - 18

Forte da Graça - 17

Forte da Graça - 16

Forte da Graça - 15

Forte da Graça - 14

Forte da Graça - 13

Forte da Graça - 12

Forte da Graça - 11

Forte da Graça - 10

Forte da Graça - 9

Adega

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


A procurar na adega

 

Blogs de Elvas

Tags

todas as tags

últ. comentários

logo que poluiçao iriam causar duas ou tres embarc...
Muito interessante. Nessa documentação há document...
Nest baluarte existio uma oficina de artesanato on...
JacintoSó agora tive oportunidade de lhe vir dizer...
VERGONHA? MAS ESSAS DUAS ALMAS PERDIDAS RONDÃO E E...
Uma cartita. Uma cartinha. Uma carta.Assim anda en...
Os piores lambe-botas são os partidos de Esquerda ...
O mundo está para os corruptos e caloteiros. Uma a...
O mundo é dos caloteiros . Uma autentica vergonha.
"Não se pode aceitar que um professor dê 20 erros ...

mais comentados

101 comentários
89 comentários
86 comentários

subscrever feeds

SAPO Blogs