Elvas sempre em primeiro

Todos os comentários que cheguem sem IP não serão publicados.
Segunda-feira, 16 de Março de 2009

Boato?

Hoje pela manhã tive que me deslocar à capital do distrito e por mero acaso encontrei-me com alguém bem informado e que circula nos meios políticos do poder.

Conversa puxa conversa e com um café à mistura, acabou por me confessar uma coisa que me deixou preocupado.

Então é assim: depois de passadas as eleições autárquicas e legislativas e no caso de o PS voltar a ganhar com maioria absoluta, a grande maioria dos concelhos deste país vão desaparecer. No actual Alto Alentejo ficarão somente Portalegre, Elvas, Ponte-de-Sôr e Niza ou Alpalhão. Cada um destes concelhos absorverá os concelhos limítrofes.

Sendo isto certo como me foi garantido gostaria de perguntar o seguinte: que é que se vai fazer às pessoas que toda a vida trabalharam nas autarquias e principalmente nos concelhos pequenos? É por este processo que se desenvolve o emprego? Como é que por exemplo Campo Maior e Arronches vão aceitar ficar dependentes da autarquia elvense? Eu se estivesse no lugar deles NÂO GOSTARIA MESMO NADA!

O actual governo fala muito em descentralização, o que não acontece. Se o interior do país já está como está, assim, é que as coisas irão ainda ficar “melhores”.

Viva o nosso governo. Viva o nosso PM. Não se esqueçam de votar todos nas próximas legislativas no Partido Socialista.

Voltarei ao assunto assim que tiver mais novidades.

 

Jacinto César

 


Tasca das amoreiras às 21:20
Link do post | Comentar | favorito
14 comentários:
De Gaiato alentejano a 16 de Março de 2009 às 23:53
Antes de dar a minha opinião, queria fazer duas pequenas observações:

1- A grafia actualizada para o topónimo "Niza" é Nisa. Talvez o Sr. a use por inércia, mas é incorrecta mesmo do ponto de vista do português anterior ao Acordo Ortográfico.

2-Não existe nenhum concelho de Alpalhão, uma vez que este foi extinto e anexado ao de Nisa. Portanto, mesmo que as coisas fossem como diz o Sr., duvido que se mudasse a capital de Nisa para Alpalhão se, como eu penso, o que se pretende é poupar na Administração.

Já agora, quanto ao corpo da "notícia", duvido que alguma vez se venha a concretizar. Primeiro teríamos de saber qual a filiação de esse "alguém bem informado", de forma a evitar intoxicações políticas interessadas que aparecem "casualmente" no tempo de eleições. Até porque uma "notícia" de tal importância deveria estar já no programa do partido político que a quer implementar e ser motivo de discussão, sobretudo para as partes interessadas. Sinceramente sou céptico quanto a isso, visto que iria contar com a oposição das populações envolvidas e a situação actual não está para grandes aventuras desse tipo.

Já agora, acho, como opinião pessoal, que o distrito de Portalegre é o que tem menos população do país (Badajoz ultrapassa em 30.000 habitantes a inteira população do distrito) e a maior parte dos concelhos têm entre 3.500 a 5.000 habitantes, enquanto localidades bem maiores ainda não foram promovidas a concelho. Pode resultar difícil de justificar manter esse aparelho administrativo, mas acho que, uma vez que o interior está esquecido porque somos poucos votantes e não interessamos a ninguém, não seria positiva a sua extinção, já que há muitos habitantes que, graças aos serviços administrativos das respectivas Câmaras Municipais, conseguem ter um emprego e não ter de pegar na mala para emigrar para Lisboa ou até para o estrangeiro.

Portanto, não acreditaria muito em qualquer boato que se espalha com motivos interessados. A pergunta a fazer é: A quem beneficia? A quem quer prejudicar? Não é preciso sermos muito inteligentes para saber. De qualquer forma, acho que à hora de orientar o sentido do voto, as pessoas deveriam olhar para os programas dos partidos políticos de que simpatizem e depois, caso não cumpram, exigir as respectivas responsabilidades políticas. Não são mexericos de café os que devem ditar a quem a pessoa deve votar ou não.


De Tasca das amoreiras a 17 de Março de 2009 às 01:35
Caro amigo Gaiato Alentejano

Antes de mais um “mea culpa” pelo Niza à moda antiga. Mas em frente.
Peço-lhe para pensarmos em conjunto num processo a que se chamou REGIONALIZAÇÃO e que foi alvo de um referendo nacional. Como sabe, o povo pronunciou-se pelo NÂO. E que aconteceu de seguida? Criaram-se a CCR’s a quem a pouco e pouco lhe foram atribuídos poderes muito parecidos aos que teriam as regiões. Mais dia, menos dia o país está regionalizado sem darmos por isso. Chama-se a isto a prática dos factos consumados. Presumo que esteja de acordo comigo.
Agora em relação à notícia (?), recordo-lhe mais um facto: à conta de poupar uns euros, a pouco e pouco acabaram-se com as Escolas Primárias nas pequenas localidades. Em princípio era para acabar somente aquelas que só tinha um ou dois alunos. Já se começaram a extinguir escolas com 10 e mais alunos e a deslocá-los para localidades e escolas maiores. Concorda comigo que este processo está em andamento.
De outros processos parecidos poderíamos falar.
Quanto ao processo em causa é muito fácil implementar: basta ir esvaziando de poderes as autarquias em questão e “voilá”.
Do que ouvi, acredito que o processo só começará após as triplas eleições e de certeza que não constará do programa eleitoral do Partido Socialista. Isto far-se-á pela calada como muitas outras coisas.
Quando tiver notícias mais concretas voltarei à carga.

Jacinto César


De Anónimo a 17 de Março de 2009 às 00:49
Vão desaparecer ???? Fisicamente não vão de certeza! Veja lá bem que deve ser mais uma ideia genial à lá sócrates. Mudam-se os nomes, carrega-se de maneira ardilosa no bolso do contribuinte e fica tudo mais ou menos. Como quem diz,e4zk2s mais para menos.


De Anónimo a 17 de Março de 2009 às 02:08
Caro senhor Jacinto César não entre neste tipo de boatos do diz que disse, rumores e conversas de café. Essa medida seria catastrófica para muitas pessoas que dependem do seu trabalho nas muitas autarquias deste país.
Todos sabemos que a ordem é reduzir custos, seja de que forma for, mas eles não são burros (governo PS) esta medida iria condena-los para o resto das suas vidas. O povo é sereno mas não esquece, a ser levada avante tal loucura, poderia até causar revoltas e rebeliões populares.
Já pensou nos milhares de pessoas que iriam ser afectadas directa e indirectamente se isso acontecesse?
O senhor professor como pessoa bem formada, não deveria sequer promover ou alimentar este tipo de boatos da desgraça que só causam medo, insegurança, instabilidade e receio mas vidas das pessoa.
O país necessita de pensamentos positivos, energias favoráveis e não este tipo de jogadas políticas antecedentes a eleições.


De Anónimo a 17 de Março de 2009 às 08:25
Fantástico!
O senhor professor Jacinto César vai a Portalegre e calha logo falar com a única pessoa que sabe desta tontaria absoluta. Tontaria e ignorância, pois vai buscar o inexistente concelho de Alpalhão...
Depois, pior ainda, o professor César dá-lhe algum cráedito; ou seja: acredita que tal tontaria pode vir a ser concretizada. Ou, se não acredita, quer fazer que outros possam acreditar.
Finalmente, e aqui é o problema central, chega ao seu blogue e publica o texto acima.
Fantástico?
Sim, seria fantástico, se não fosse lamentável que quem quer ser tomado a sério (Jacinto César) se preste a tontarias deste tipo.


De Anónimo a 17 de Março de 2009 às 08:43
Não se, este ano, já tinhas publicado um texto tão vazio de conteúdo.
Quando, caro César, chegas ao ponto de publicar boatos de café, está igual ao Tiago Abreu.
Vai ver o último comentário do câmara dos comuns e nota os pontos de contacto.
Preocupante, mas são nítidas as semelhanças.


De Anónimo a 17 de Março de 2009 às 10:25
jacinto César:
Ou está a ficar senil, ou és mesmo mal intecionado, ou não percebo o alcance do escrito.


De Anónimo a 17 de Março de 2009 às 11:22
Viva o nosso governo.
Viva o nosso PM.
Não se esqueçam de votar todos nas próximas legislativas no Partido Socialista.
Voltarei ao assunto assim que tiver mais novidades.

Nas três primeiras frases acima, Jacinto César sintetiza bem o que lhe vai na alma: oposição primária e sistemática a quem quer alguns professores (os pouco cumpridores e incompetentes) na ordem!
Já a quarta frase é desnecessária: por falta de novidades sobre uma estupidez, nunca mais vai voltar ao assunto com o intuito de acrescentar mais o que quer que seja...


De Anónimo a 17 de Março de 2009 às 12:06
Comentar?
Esta burrice, escrita pelo César, não tem ponta por onde se lhe pegue.
Isto é: incomentável.


De MF a 17 de Março de 2009 às 08:10
Primeiro tal medida nunca se vai efectuar e infelizmente que é assim. Não se vai efectuar porque há muitos interesses instalados!
Segundo se isso fosse real era uma excelente medida uma vez que a divisão administrativa actual não tem sentido nenhum. Senão vejamos: há vilas com 100.000 habitantes sem serem sede de concelho e há cidades e vilas com 3.000 habitantes sede de concelho (Miranda do Douro, Monforte, Arronches, etc.). Há freguesias com 200.000 habitantes ou mais e há freguesias com 7 habitantes (Analoura em Estremoz). Ora isto só faz sentido num país atrasado como Portugal...
Quanto aos funcionários eles certamente passariam para a Camara da sede de concelho porque teriam mais trabalho para fazer.
E já agora sempre houve e sempre haverá novas necessidades de reorganizações administrativas deste género porque as populações mudam e os tempos avançam:
Vila Boim, Vila Fernando e Barbacena já foram sede de concelho. Se nunca mudássemos hoje Vila Fernando tinha um concelho com 300 habitantes.
Ajuda, Caia, Alentisca, Ventosa, Santo Ildefonso, São Lourenço já foram sedes de freguesia. Hoje ainda bem que já não são.
Mas como sei que o seu texto apenas serve para dizer mal do primeiro ministro até por coisas que ainda não fez, que provavelmente não venha a fazer e que você só ouviu num café... de que vale estar a explicar algo que só entende quem não quer?


De Anónimo a 17 de Março de 2009 às 08:56
Boa! Agora este blog difunde o BOATO!
Muito bem... amanhã fala do Tiago. Que caixote do lixo!


De Anónimo a 17 de Março de 2009 às 13:54
Escrito miserável.
Raciocínio básico.
Uma tristeza.


De Anónimo a 17 de Março de 2009 às 14:58
Trazer conversas de um café de Portalegre para um blogue de Elvas é coisa que nem o Tiago Abreu ainda se lembrou.
Por este andar, Jacinto Nozes César, candidatas-te ao prémio da baixaria em política. Se quiserem assumir a candidatura, já sabes o caminho: é por aqui fora!


De Anónimo a 17 de Março de 2009 às 15:07
Esta era uma medida acertada e mais tarde ou mais cedo vai ter que ser executada com o risco de não conseguirmos diminuir a despesa publica e na maioria dos casos não haverá despedimentos dado que, o pessoal afecto a Campo Maior por ex será afecto a Elvas ou ás juntas de freguesia que ficarão com algumas das competências que agora têm as câmaras, onde se poupava?!!! nos políticos e na racionalização do Pessoal que com o tempo se irá quadunar ás efectivas necessidades. São boas noticias embora não vote PS acho que esse é o caminho.


Comentar post

Últimos copos

Forte da Graça - 18

Forte da Graça - 17

Forte da Graça - 16

Forte da Graça - 15

Forte da Graça - 14

Forte da Graça - 13

Forte da Graça - 12

Forte da Graça - 11

Forte da Graça - 10

Forte da Graça - 9

Adega

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


A procurar na adega

 

Blogs de Elvas

Tags

todas as tags

últ. comentários

logo que poluiçao iriam causar duas ou tres embarc...
Muito interessante. Nessa documentação há document...
Nest baluarte existio uma oficina de artesanato on...
JacintoSó agora tive oportunidade de lhe vir dizer...
VERGONHA? MAS ESSAS DUAS ALMAS PERDIDAS RONDÃO E E...
Uma cartita. Uma cartinha. Uma carta.Assim anda en...
Os piores lambe-botas são os partidos de Esquerda ...
O mundo está para os corruptos e caloteiros. Uma a...
O mundo é dos caloteiros . Uma autentica vergonha.
"Não se pode aceitar que um professor dê 20 erros ...

mais comentados

101 comentários
89 comentários
86 comentários

subscrever feeds

SAPO Blogs