Elvas sempre em primeiro

Todos os comentários que cheguem sem IP não serão publicados.
Quarta-feira, 14 de Janeiro de 2009

Faixa de Gaza

 

Sei que o mais provável é estar a dar um tiro no pé, ou seja, a contradizer os meus princípios éticos e morais com o que vou dizer. É um risco que corro conscientemente.

Sempre tive uma certa “queda” por Israel sem saber bem porquê, sem no entanto ter nada contra os países árabes pelos quais nutro também simpatia.

Israel sempre foi para mim o exemplo do povo combativo, que sabe o que quer e por onde vai e que tem uma característica muito rara hoje em dia e que é o patriotismo (aqui em Portugal saber-se-á bem o que esta palavra quer dizer?).

A sua fundação foi conturbada como todos sabemos, mas sem que judeus tivessem qualquer culpa no cartório já que foram para ali empurrados pelos vencedores da 2ª guerra mundial, como estiveram para serem empurrados para o planalto central de Angola ou até mesmo para os Açores não se desse o caso de termos por cá um António que não teve pelos ajustes.

Depois tem sido aquilo que todos nós sabemos: um estado de guerra permanente desde 1948. Mesmo que com a ajuda monetária e bélica dos americanos, o que é certo é que estiveram sempre sós contra todo o mundo árabe.

Os palestinos, povo mártir no meio desta confusão toda, foram empurrados fora do seu território, mas também não houve qualquer país árabe que os quisesse acolher, antes pelo contrário, todos os empurram para fora, incluindo aqueles países da região que mais barulho fazem sobre o assunto.

Onde está então o problema? Os radicais de ambos os lados (leia-se políticos). E como sempre o povo, chame-se ele Zé ou de outra maneira qualquer é que está sempre mal.

Nestes últimos tempos andava tudo muito sossegado pois mantinham-se em vigor tréguas assinadas aqui há uns meses atrás. Bastou que estas expirassem para que no dia seguinte os “foguetes” recomeçassem a cair em cima de Israel e claro que estes não perdoam.

E quem lançou os foguetes? Até poderão ter sido palestinos, mas certamente a mando de alguém interessado em que o “status” de mantenha, pois a venda de armas não pode parar.

Lá como cá ou em qualquer parte do mundo os desprotegidos e os pobres é que pagam com as favas. Valha-nos Deus!

 

 

Jacinto César   

 

 

 


Tasca das amoreiras às 00:00
Link do post | Comentar | favorito
15 comentários:
De Xavier de Sousa a 14 de Janeiro de 2009 às 11:07
Lançamento Oficial do Novo Site da "BRIGADA 14 JANEIRO" dia 17 de Janeiro às 17h na Sociedade 1ºDezembro (Azevia) com convidados especiais confirmados!

Convidado Local - Vilar Pires
Convidado Nacional - Gonçalo da Câmara Pereira

Cumprimentos


De Anónimo a 14 de Janeiro de 2009 às 15:40
Esse grande educador da classe política elvense, conhecido na blogosfera da cidade por Paulinho Portinholas, dá a mão a um tal Endovélio Broncôncios, pretendendo que a concessão do serviço das águas à Aquelvas recue; tal como já quis que a concessão do cemitério à Funelvas recuasse.

Lixou-se; com F grande - como se costuma dizer...
Lixou-se Portinholas e lixou-se o STAL, dos seus compinchas Viery e Pepy.
Funelvas e Aquelvas, empresas privadas da iniciatica particular, sem controlo dos sindicatos da esquerda radical, estão aí para as curvas.
Para estatizações, nacionalizações e afins, chegou-nos 1975, o PREC, o PCP e afins!
Os ADE-IR hão-de ir para onde merecem!
Levam na corneta, com o cemitério e a água.
Graças a Deus.
Só é pena que o beato Portinholas se junta ao Diabo, para mal-dizer o Senhor.
Amén!


De Anónimo a 14 de Janeiro de 2009 às 16:10
MAIS UM BURRONDÓNIO A FALAR! VEJAM AS OPINIÕES DE CIDADÃOS NO LINHAS, VEJAM OS INQUERITOS ON LINE, VEJAM OS OUTROS SITIOS, VEJAM AS ASSINATURAS RECOLHIDAS. É MAIS CEGO QUE NÃO QUER VER...

ENFIM..AGUARDEMOS SERENAMENTE POR ESSE REBUÇADINHO ELEITORAL...PARA A OPOSIÇÃO!


De Anónimo a 14 de Janeiro de 2009 às 18:44
É, O PIOR É QUE QUEM SE VAI LIXAR VERDADEIRAMENTE, É O MEXILHÃO, O ZÉ POVINHO QUE VAI PAGAR A AGUA + CARA, QUANDO NÃO TEM DINHEIRO E OU SE ESQUECEU DE PAGAR, CORTAM IMEDIATAMENTE E DEPOIS TEM QUE PEDIR NOVA LIGAÇÃO E PAGAR NOVA LIGAÇÃO E PAGAR ANTECIPADAMENTE O SERVIÇO ENFIM UM MOITÃO DE COISAS BOAS QUE A PRIVATIZAÇÃO TRÁS PROS MESMOS OS RICOS. ETC, ETC, ETC.... NÃO É ASSIM burrodão?


De Anónimo a 14 de Janeiro de 2009 às 19:19
Pronto, para quebrar o ritmo normal do blog, isto é, comentar o post em vez de dizer coisas que nada têm a ver com o mesmo, vou deixar o seguinte comentário:

O César é sionista e não sabia! Santa inocência! hehehehe


De Anónimo a 14 de Janeiro de 2009 às 19:22
Querem Aquália ?
Bufem e não Paguem.
É fácil lavar as mãos dde responsabilidades.
Com o dinheiro Público( O meu e dos outros Elvenses)


De Anónimo a 14 de Janeiro de 2009 às 19:23
Para variar o que é normal nesta pérola de blog, isto é, não se comentar nada sobre o post, vou fazer um comentário relacionado com o "artigo".

O César é sionista e não sabia! hehehehehe, santa inocência.


De Adolf a 14 de Janeiro de 2009 às 19:25
Para variar o que é normal nesta pérola de blog, isto é, não se comentar nada sobre o post, vou fazer um comentário relacionado com o "artigo".

O César é sionista e não sabia! hehehehehe, santa inocência.


De Rolando Palma a 14 de Janeiro de 2009 às 21:29
É bem verdade que, quando as guerras se alongam, por vezes perde-se o contexto, a origem, trocam-se os factos e até se distorcem acontecimentos...
Como sempre, a história que se estuda é a história dos vencedores, e neste momento Israel é aliado de uma equipa vencedora, que desde 1948, espartilhou a médio oriente e boa parte da africa a régua e esquadro.
Mas não, Israel não merece simpatia por aí além... É claro que se pode elogiar o patriotismo, o espírito enérgico e combativo, tudo características que contribuiram para que o nome "judeu", desde a antiguidade, fosse adquirindo o significado de vigarista, oportunista, agiota... mas também se deve dizer que a mesma divisão de 1948 preconizava 3 zonas ( Israel, Faixa de Gaza e Cisjordânia ) independentes, e que após a guerra dos seis dias, Israel ocupou e nunca mais largou...

Respeito Israel enquanto martir de um holocausto, mas aponto-lhes o dedo quando tentam repetir no presente, e com os mais fracos, a violência e o extremismo.

E já agora, que falamos no assunto, porque não abre mão Israel da soberania esclusiva de Jerusálem, a cidade santa de 3 religiões ?

Tantos telhados de vidro, tantos...


De Tasca das amoreiras a 14 de Janeiro de 2009 às 21:56
Não sei bem porquê, mas tive o palpite que virias aqui fazer o comentário sendo o assunto que era. Para nós o tema já tem barbas e nada nos fará mudar de opinião. De uma coisa neste momento tenho a certeza: foram os radicais da faixa de Gaza que quiseram recomeçar. E o povo palestino é que vai sofrendo.
Afinal os túneis entre Gaza e o Egipto sempre tinham uma finalidade: não para se abastecerem de alimentos, mas de armas. Neste momento já têm o que queriam, que são mais uns quantos mártires. Só que as virgens vão-se acabando e estes vão sendo embarretados.

Jacinto César


De Rolando Palma a 14 de Janeiro de 2009 às 22:18
É verdade, a questão já é velha... e eu bem que gostava ( eu e muitos mais ) de possuir a receita mágica que deixasse toda aquela zona mais sossegada...
Mas não tenho, nem ninguém tem... ou pelo menos, ainda ninguém a conseguiu implementar. E suponho que o motivo será sempre a nossa máxima de " quem parte e reparte, quer sempre ficar com a melhor parte ".
Não contesto a lei da força, entenda-se. Desde sempre os homens lutaram e desde sempre se criaram impérios sobre as cinzas de outros impérios. Se não tivesse existido um Afonso Henriques, um Júlio César ou um Gandhi, o mundo teria certamente contornos e fronteiras diferentes das de hoje. Mas os tempos mudam, as mentalidades mudam e os argumentos que ditam o que é certo e o que é errado também mudam...
Penso no exemplo nos indios americanos, conquistados / exterminados pelos colonos, penso nos aborígenes australianos, pendo nos curdos, penso nos bascos, penso nos indios do brasil, penso nos maias... e para todos eles a sorte foi madrasta, pois não tiveram uma ONU para lhes atribuir um cantinho de terra para viver.
Posso mesmo questionar esse procedimento de atribuir terra para criar uma nação, neste caso Israel. Muitas nações houve, ao longo do tempo, que pereceram sem glória e afinal de contas, não é isso mesmo a História ? Nascer, amadurecer, morrer ?

Porque há de ser Israel um caso diferente ?
Por ser o "povo de Deus" ?
Os palestinos, os egipcios, os sírios, todos eles... suponho ( aliás, não suponho, tenho mesmo a certeza ) também são o povo do seu Deus.


De Tasca das amoreiras a 14 de Janeiro de 2009 às 22:47
Qualquer um que se preze em ter amigos, se cair em desgraça, tem sempre uma mão amiga que lhe dá apoio, que lhe dá de comida e se necessário abrigo também. Penso que estamos de acordo.
E os amigos dos palestinos onde param? A Síria e a Jordânia, que não só não lhes deu abrigo como os expulsou de casa? Os sauditas que nem querem ouvir falar de palestinos como se portadores de lepra fossem? E os egípcios vizinhos, que é feito deles?
Lá fornecerem armas, fornecem, mas parece-me que é com uma finalidade diferente da de se defenderem. Parece-me que a finalidade é a de se meterem com Israel até serem dizimados, e aquilo que foi um problema durante mais de meio século, passa a um não problema, ou seja, um problema resolvido a contento de todos. Talvez daqui a uns anos todos contemos aos nossos filhos ou netos que “era uma vez um povo que tinham o nome de PALESTINOS …”.
Jacinto César


De Anónimo a 15 de Janeiro de 2009 às 01:46
Contrariamente ao que agora está na moda,porque é de bom tom e tem significado de se ser intelectual,eu não perfilho o sentimento de se ser anti-americano e anti-semita.
Hoje parece crime dizer-se que estamos de acordo com os Estados Unidos da América e com a luta de um povo para salvaguarda do território que lhe atribuiram e da cultura milinar que possui.
Não tenho vergonha de tomar esta posição e não posso pactuar com o cinismo do Mundo Ocidental que
sempre,nos momentos de maiores aflições,se socorreram daqueles que agora vilipendiam.
Atenção! Declaro que não concordei com a actual administração americana -Bush e seus apaniguados -
mas nunca esquecerei o que aconteceu na 1ª e 2ª guerras mundiais,o que aconteceu muito recentemente
na guerra que assolou os países da antiga Jugoslávia.
A europa,com a sua conduta dúbia e com o falar demasiado e agir pouco,lá vai pedindo ajuda aos "amigos do outro lado do Atlântico" para depois do problema resolvido os começar a criticar.
Puro cinismo! Pura demagogia esquerdóide!
Por isto e por aquilo que mais gostaria de dizer não sou anti-americano.
Também não sou anti-semita pois não tenho dúvidas em afirmar que esse povo -o Israelita - tem direito a defender-se e a reagir aos ataques constantes que os "maus vizinhos" lhe fazem constantemente.
Mais...Israel é tão milenar naquela região como os que agora querem expulsar daí esse povo.Quem tem esquecido a História? Quem ?
Aqueles que provocaram a "diáspora",aqueles que permitiram que milhões de Judeus fossem dizimados
no decorrer da História pós-cristã, aqueles que neste momento se intitulam da "civilização ocidental",
aqueles que no auge do cinismo dizem querer combater o terrorismo mas que o vão alimentando ao tomarem posições pouco claras e firmes no referente a uma política efectiva de PAZ.
Os israelitas querem a Paz.Os israelitas querem a liberdade,querem o bem estar dos seus filhos e das suas mulheres,os israelitas querem o desenvolvimento
do seu País e por isso o defendem com " unhas e dentes".
Penso que há uma coisa que dói ao ocidente.Estavam habituados historicamente a um povo sofredor,a um povo que se deixava imolar...Chegou o momento de dizer "BASTA".Agora respondemos a quem nos ataque,agora temos vontade própria,temos saber,temos riqueza,temos orgulho em ser Judeus.
Sr.Jacinto César.Havia tanta coisa para dizer...
Termino agradecendo ter trazido este tema ao blog.Tenho pena que estes assuntos tão sérios não provoquem o estudo e o debate que certamente mereceriam.
Afirmo,uma vez mais,não sou anti-americano e muito menos anti-semita.

Com consideração " O Judeu"


De Anónimo a 15 de Janeiro de 2009 às 04:56
pois... pois.... Judeuneonazi é o que tu e todos
os ladrões e agiotas como tu são... simplesmente
mantendo os palestinianos em grandes campos de
concentração ... e assasinando-os todos os dias...
simplesmente iguais aos nazis de hitler... pois... pois...


De Anónimo a 15 de Janeiro de 2009 às 12:36
Neo-nazi ???
Como ???
Gostaria de ver a sua iluminada reacção se "alguém"
estivesse a agredir constantemente a sua casa e a sua família.Mesmo se essa casa lhe tivesse sido oferecida por parente ou outra entidade.
É tão fácil abrir a boca e dizer coisas.É tão fácil...
Se tivesse sentido na pele,ao longo de séculos,atrocidades e incompreensões certamente falaria de outro modo.
Como é fácil falar de "barriga cheia" !!!


Comentar post

Últimos copos

Forte da Graça - 18

Forte da Graça - 17

Forte da Graça - 16

Forte da Graça - 15

Forte da Graça - 14

Forte da Graça - 13

Forte da Graça - 12

Forte da Graça - 11

Forte da Graça - 10

Forte da Graça - 9

Adega

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


A procurar na adega

 

Blogs de Elvas

Tags

todas as tags

últ. comentários

logo que poluiçao iriam causar duas ou tres embarc...
Muito interessante. Nessa documentação há document...
Nest baluarte existio uma oficina de artesanato on...
JacintoSó agora tive oportunidade de lhe vir dizer...
VERGONHA? MAS ESSAS DUAS ALMAS PERDIDAS RONDÃO E E...
Uma cartita. Uma cartinha. Uma carta.Assim anda en...
Os piores lambe-botas são os partidos de Esquerda ...
O mundo está para os corruptos e caloteiros. Uma a...
O mundo é dos caloteiros . Uma autentica vergonha.
"Não se pode aceitar que um professor dê 20 erros ...

mais comentados

101 comentários
89 comentários
86 comentários

subscrever feeds

SAPO Blogs