Elvas sempre em primeiro

Todos os comentários que cheguem sem IP não serão publicados.
Terça-feira, 25 de Novembro de 2008

Poupança II

Ontem quando escrevi sobre o aproveitamento de algumas das energias renováveis pela autarquia, estava longe de pensar que 90% dos comentários fossem sobre as reuniões da ADE e da CME e os restantes 10 % só tivessem dito asneiras. ASNEIRAS!

Quando eu falei aqui em microgeração houve alguém que retorquiu com a central da Amareleja, que é só uma das maiores, senão mesmo a maior do mundo. Que comparação tão infeliz.

Pois é, as pessoas esquecem-se do velho ditado “que a união faz a força”  e que por exemplo a microgeração em Espanha é muitas vezes maior que os grandes parques de energia solar. Mas enfim, felizmente para mim que não tenho alunos deste calibre.

 

Depois deste desabafo, sigamos em frente, e para tal faço uma pergunta muito simples: quantas instalações desportivas, administrativas e de outra natureza tem a Câmara de Elvas dispersas pelo concelho? Eu não faço ideia, mas são muitas.

Mais uma pergunta: quantas delas poderiam utilizar energias renováveis para atenuar a factura energética municipal? Se retirar-mos todas as dependências situadas no centro histórico (por razões óbvias), todas!

Vejamos então o seguinte:

 

a)      Energia solar térmica

Em quantas instalações municipais se utiliza água quente? E se esta não tivesse custos, quanto se pouparia?

b)      Energia fotovoltaica

Quanto se pouparia se uma parte da iluminação e outros consumos fosse proveniente do aproveitamento da energia solar? Muito, mesmo muito.

c)      Bioenergias

E quanto se pouparia em gasóleo se se utilizasse o método que ontem propus?

 

Se é certo que por vezes temos que pensar grande, outras vezes há que temos que ser modestos. Acredito piamente que a médio prazo a autarquia iria poupar muito dinheiro se optasse por investir nestas energias inesgotáveis. Alguém um dia apresentará aqui um estudo completo sobre o assunto.

Agora se me disserem que este tipo de investimentos não dá votos, já acredito. Garantidamente que o Coliseu e obras do mesmo tipo conquistam mais votos que o dinheiro investido por exemplo nas infra-estruturas de esgotos, água e outras. Essas estão enterradas e não se vêm. Opções que se têm de fazer. Para determinados investimentos não são necessários só euros, é necessário também ter coragem política, e essa por vezes falta.

 

Jacinto César

 


Tasca das amoreiras às 23:36
Link do post | Comentar | favorito
35 comentários:
De Anónimo a 26 de Novembro de 2008 às 01:39
Poupança II

E que tal se fosse
um velho artigo do ano 2001 para todos, mas mesmo todos os "comentadores politicos (?) e outros idiotas (sem ideias) que por aqui pairam"

« No final de 2000, a capacidade total instalada de energia fotovoltaica era de cerca de 1000 kWp (0,1% do nosso parque electroprodutor).

Até 1997 os sistemas destinavam-se quase exclusivamente a aplicações autónomas (electrificação de localidades rurais remotas, telecomunicações, bombagem de água, iluminação).Este sector é ainda predominante: 52% dos sistemas instalados no sector doméstico e 20% no sector dos serviços (sobretudo na área das comunicações).

Nos últimos três anos, verificou-se um aumento considerável das aplicações com ligação à rede em edifícios, que correspondem a 26% da potência total instalada, para o que muito contribuiu o Programa Sunflower da BP. Neste sector, os sistemas fotovoltaicos podem fornecer electricidade aos edifícios, contribuir para a sua iluminação e ajudar a controlar a ventilação.

Entre as aplicações da tecnologia fotovoltaica no nosso país, podem referir-se as seguintes:

. abastecimento de energia à localidade de Vale da Rosa, no Concelho de Alcoutim, que dista cerca de 5 km das aldeias mais próximas (P = 2 kW) (Ano instalação: 1984-85);

. sinalização marítima (bóias e faróis) (P = 10 kW) (Ano instalação: 1989-96);

. demonstração (bombagem de água, iluminação) no INETI, em Lisboa (P = 2 kW) (Ano instalação: 1989);

. electrificação e iluminação pública em Castro Daire (P = 20 kW) (Ano instalação: 1990-91);

. demonstração (bombagem de água, iluminação) na FCT/UNL, na Caparica (P = 15 kW) (Ano instalação: 1992);

. torres de vigia florestal (P = 9 kW) (Ano instalação: 1993-97);

. aplicação de um sistema com ligação à rede de baixa tensão, num edifício da EDP Distribuição, em Setúbal (P = 10 kW) (Ano instalação: 1993);

. retransmissores de TV (sistemas híbridos) na região Centro (P = 33 kW) (Ano instalação: 1993-98);

. bombagem de água para uma cooperativa em Palmela (P = 10 kW) (Ano instalação: 1995);

. retransmissores de telefones celulares (P = 9 kW) (Ano instalação: 1996-97);

. parquímetros em Lisboa (P = 7 kW) (Ano instalação: 1996-97);

. aplicação de um sistema com ligação à rede de baixa tensão, num edifício da EDP em Faro (P = 5 kW) (Ano instalação: 1997);

. estações de serviço da BP (14 sistemas ligados à rede) (P = 250 kW) (Ano instalação: 1998-2000);

. combinação da energia fotovoltaica com as energias eólica e diesel (P = 42 kW / 55 kW / 3x15 kVA), para fornecer electricidade a cinco localidades do município de Ourique (Ano instalação: 2000).

(É claro que só são pequenissimos exemplos da imensidade que se pode realizar)

Perspectivas

De acordo com a Directiva Comunitária relativa à produção de energia eléctrica a partir de fontes renováveis (a publicar), Portugal deverá conseguir, em 2010, produzir 1200 MW de energia eléctrica a partir de fontes renováveis que não a energia eólica e as mini-hídricas, o que representa uma multiplicação por 100 da actual capacidade instalada em relação a “outras energias renováveis”, designação onde se inclui a fotovoltaica. Se se mantiver a taxa actual de crescimento anual deste sector (25%), em 2010 Portugal conseguirá apenas que este contribua com cerca de 10 MWp. »



De António Venâncio a 26 de Novembro de 2008 às 09:07
O comentário que aqui nos deixou, e o artigo que transcreve, são de todo o interesse e pertinência, só é pena que não tenha identificado a fonte.


De Anónimo a 26 de Novembro de 2008 às 21:54
E que tal se fosse
um velho artigo do ano 2001 para todos, mas mesmo todos os "comentadores politicos (?) e outros idiotas (sem ideias) que por aqui pairam"

Qual é a energia que Move o seu cérebro caro Senhor ou Senhora?


De Manuel F. a 26 de Novembro de 2008 às 08:22
Mais uma vez, também na área ambiental não há nada a apontar à Câmara de Elvas, se bem que ideias todos as tenhamos. Se o que o Jacinto fala for realizável então força.
E alguém se lembra dos tempos do Carpinteiro em que a lixeira estava detrás do forte e havia dias em que o fumo empestava o centro histórico? Pois, para a oposição é lucrativo esquecer esses dias e assobiar para o céu, porque o presente é bem diferente: ETARs pelas freguesias e até os semáforos são a luz solar.

Tiago, Zé Luís e outros afins, já sei que me vão ofender mas pronto lá terão as vossas razões, ressabiadas ou de falta de inteligência...


De Anónimo a 26 de Novembro de 2008 às 09:05
Hoje, no concelho de Elvas, as notícias são:
apresentação do moderno estabelecimento Prisional do Alentejo Norte, a construir em Vila Fernando;
assinatura do protocolo de cedência de instalações à APPACDM, para instalar três valências no antigo Centro Educativo de Vila Fernando.
Milhões de euros de investimento e criação de novos postos de trabalho!
Hoje, no CDS/PP com o PSD a reboque, é um dias triste em Elvas, porque o que lhes dava jeito é que Vila fernando não fosse para a frente.
Mas vai!


De Anónimo a 26 de Novembro de 2008 às 09:08
Jacinto César:
Lembraste do Eusébio?
E do Mundial de 1966, em Inglaterra?
E lembras-te do formidável campeonato do mundo de futebol feito pela pantera negra?
Repara agora: seria profundamente injusto que se falasse que Eusébio não foi capaz de marcar mais dois golos, no jogo das meias-finais, com a Inglaterra.
Seria profundamente injusto falarmos numa árvore seca, no meio de uma floresta verde.


De Anónimo a 26 de Novembro de 2008 às 09:49
MAs isto tá tudo doido? Isto já é obcessão ou de facto andam à rasca. Já agora digo-lhe que de primeiras e segundas pedras estamos fartos...avancem mas é com a obra e empreguem de novo as pessoas. elvas irá ter a melhor prisão do Pais segundo Rondão, uma prisão de Altissima segurança com 15.000 presos e 8.000 funcionários! Muito bem!


De Anónimo a 26 de Novembro de 2008 às 12:19
8000 funconários??? Mas esta gente estará bem da cabeça? 15000 presos? 15000 é a população de Elvas cidade! Meu Deus digam lá bem da prisão que vão fazer mas não iludam mais o povo.


De Eusébio S. F. a 26 de Novembro de 2008 às 09:47
Mais uma vez, também na área ambiental há muito a apontar à Câmara de Elvas, só destas cabecinhas fazerem uma lixeira ao lado da zona desportiva das piscinas. Se o que o Jacinto fala for realizável então força.
E alguém se lembra dos tempos do Carpinteiro e do Rondão em que a lixeira estava detrás do forte e havia dias em que o fumo empestava o centro histórico? Fechou-se aquela e abriram lixeiras e entulheiras piratas por todo o lado, a malta não tem onde por o lixo.

Elsa, Carvalho e outros afins, já sei que me vão ofender mas pronto lá terão as vossas razões, ressabiadas ou de falta de inteligência...


De Manuel F. a 26 de Novembro de 2008 às 10:18
Tiago, obrigado pela importância que tem vindo a dar aos meus comentários!
Realmente a malta não tem onde por o lixo, é como vocês não têm onde por tanta frustração e então vomitam-na para aqui.


De Fernando G. a 26 de Novembro de 2008 às 11:24
Tiago? Eu sou o Grande Fernando Gomes, o bibota. E você também é bibota...abaixo. Cumprimentos caro Manel Fernandes.


De Anónimo a 26 de Novembro de 2008 às 12:20
O Tiago Abreu nogentoso já apareceu por aqui para gozar com quem faz comentários neste blog.
Não lhe chega o pasquim dele e o Linhas de Elvas onde agora é rei e senhor!


De Anónimo a 26 de Novembro de 2008 às 21:58
O Homem está no poder vão 15 anos.
AS ETARS só agora??

Quer que lhe diga onde há esgotos a céu abero e lixeiras?

Vão embalar outros meninos.


De Anónimo a 26 de Novembro de 2008 às 10:52
Muito bem Jacinto.
Este post é dos bons.
Pensar o Futuro.

Dou um exemplo de pensar energia.

A Piscina Aquecida de Arronches quando inaugurada, 15/20 anos funcionava com aquecimento a lenha de azinho, sobro, etc...para fazerem o aproveitamento das lenhas.Pois bem, grande ideia!!!?
Gastava 30 contos dia em lenha e uma manutenção anual de grande monta por acusa das resinas.

Uma ideioa à partida brilhante mas na prátuica foi um erro dos grandes.

Creio que hoje o aquecimento é a gás natural.


De Anónimo a 26 de Novembro de 2008 às 11:16
Muito bem sr.Jacinto César.
Este tema foi bem escolhido e é pertinente.
Não querer ver isso e não querer debatê-lo seriamente
é de pessoas pouco bem intencionadas.
O caminho futuro aponta para as energias alternativas.As razões são muitas.Basta pensar nos custos e nos benefícios ambientais.
Uma vez mais estou consigo e lamento que por sectarismo muita gente não queira debater honestamente o futuro da nossa cidade.


De Anónimo a 26 de Novembro de 2008 às 12:22
Oposição da ADE com uma grande dor de corno: mais duzentos postos de trabalho criados pelo Governo em Elvas!
Os tipinhos da desgraça estão de muito mau humor porque Elvas tem mais um investimento que vai começar em breve. Que chatice!... dizem eles.


De ELSA a 26 de Novembro de 2008 às 12:42
Mais um texto da vossa querida Elsa que nem pode ver o Tiago e o seu blogue. Vejam.


De Anónimo a 26 de Novembro de 2008 às 13:12
Andam badamecos por aqui


De Anónimo a 26 de Novembro de 2008 às 13:14
A única desgraça em Elvas que lamento é ter este Presidente da Câmara
Talvez as energias Renováveis consigam mandá-lo para a Reciclagem.


De Anónimo a 26 de Novembro de 2008 às 15:55
O TIPO QUE ESCREVEU O COMENTÁRIO DAS 13:14 PRECISA SER VACINADO CONTRA A RAIVA... E CONTRA A SARNA.


De Anónimo a 26 de Novembro de 2008 às 15:58
Tiago de cabeça suja que assinas com o nome de elsa, a pessoa que tu queres atingir, a essa hora estava no Salão Nobre da Câmara na presença de mais de cem pessoas com um Secretário de Estado a fazer o lançamento de um investimento de milhões de euros para o Concelho de Elvas.



De Anónimo a 26 de Novembro de 2008 às 16:04
Pois e o Tiago estará nas aulas pelo que um dia chegaremos à conclusão que estamos a atirar todos Às pessoas erradas.


De Anónimo a 26 de Novembro de 2008 às 19:14
Ó diabo!


De Anónimo a 26 de Novembro de 2008 às 15:18
rrrrr


De Anónimo a 26 de Novembro de 2008 às 16:10
Estabelecimento Prisional do Alentejo Norte.
Vila Fernando, Elvas.
25 milhões de euros de investimento.
Capacidade máxima: 300 reclusos.
Criação de 200 postos de trabalho no concelho.
Isto é o essencial.
O resto é conversa e uma ponta de má-língua.


De Anónimo a 26 de Novembro de 2008 às 16:11
Uma pergunta para responder com facilidade:
- Quem está tristíssimo, hoje em Elvas?


De Anónimo a 26 de Novembro de 2008 às 16:27
A ADE, O PSD da ade, O CDS da ade, O STALi da ade, os Portinholeiros em geral.


De Anónimo a 26 de Novembro de 2008 às 19:08
Resposta: O Rondão

Promessa: Prisão de alta segurança com capacidade para 700 presos e com 500 postos de trabalho

Afinal: Prisão para 300 reclusos com 170 postos de trabalho

Enfim, igual aos militares : ao principio vinha ai o MUSEU MILITAR NACIONAL

No final o que temos? Aquela coisa ridicula para nos tapar a boca.

Truques...


De Anónimo a 26 de Novembro de 2008 às 19:18
Esta gentinha da oposição é demais!
Porra que não há paciência para aturar tanta porcaria!

Se tiveres cá 200 pessoas desempregadas e que queiram mesmo trabalhar é uma sorte!

Para 500 ainda tinhas que importar pessoal da Ucrânia. Também não era mau.

Aposto que com a Ferreira Leite ou com o Portas isto eram mais de 7.000 postos de trabalho para o estabelecimento prisional! É só fazer contas às grandes ideias que eles têm: eliminar os grandes investimentos não rentáveis. É o caso!


De Anónimo a 26 de Novembro de 2008 às 19:41
é preciso uma prisão tão grande para prender meia dúzia do palácio da terra.


De Anónimo a 26 de Novembro de 2008 às 19:42
Cá para mim bastava prender UM.Os outros fugiam como ratos.


De Anónimo a 26 de Novembro de 2008 às 19:50
O Tiago é que tem a fama da má-lígua.
Mas os servidores do palácio são muito piores.
Tiago Abreu não gosta do Regime.Eu também não.

Quem tem que dizer sim a tudo são os da teta.
Não é assim?
Se for preciso vendem até a família para defender a Mama.


De Anónimo a 26 de Novembro de 2008 às 23:19
Qual mama? A da madrasta do Tiago? Essa é que andou a mamar na Câmar muitos anos e a não fazer nada de jeito que se fartou de dar cabo da cabeça ao João Carpinteiro. Bom exemplo da tua família.


De Anónimo a 26 de Novembro de 2008 às 20:33
Apenas falei no que prometeram quando fecharam o instituto, ou agora já se esqueceram??


De Anónimo a 27 de Novembro de 2008 às 15:31
Coitadinho. Não diz mal de ninguém... santinho.


Comentar post

Últimos copos

Forte da Graça - 18

Forte da Graça - 17

Forte da Graça - 16

Forte da Graça - 15

Forte da Graça - 14

Forte da Graça - 13

Forte da Graça - 12

Forte da Graça - 11

Forte da Graça - 10

Forte da Graça - 9

Adega

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


A procurar na adega

 

Blogs de Elvas

Tags

todas as tags

últ. comentários

logo que poluiçao iriam causar duas ou tres embarc...
Muito interessante. Nessa documentação há document...
Nest baluarte existio uma oficina de artesanato on...
JacintoSó agora tive oportunidade de lhe vir dizer...
VERGONHA? MAS ESSAS DUAS ALMAS PERDIDAS RONDÃO E E...
Uma cartita. Uma cartinha. Uma carta.Assim anda en...
Os piores lambe-botas são os partidos de Esquerda ...
O mundo está para os corruptos e caloteiros. Uma a...
O mundo é dos caloteiros . Uma autentica vergonha.
"Não se pode aceitar que um professor dê 20 erros ...

mais comentados

101 comentários
89 comentários
86 comentários

subscrever feeds

SAPO Blogs