Elvas sempre em primeiro

Todos os comentários que cheguem sem IP não serão publicados.
Segunda-feira, 24 de Novembro de 2008

A poupança

Hoje e por acaso, li uma notícia oriunda de Espanha me deixou espantado, mas que por outro lado me despertou a consciência.

A notícia referia-se ao aproveitamento num cemitério de uma localidade próxima de Barcelona, dos telhados dos blocos de cofres para a colocação de painéis solares que forneciam electricidade a 60 famílias nas proximidades do mesmo. Segundo parece a medida não foi lá muito bem aceite de início pelos familiares dos que aí estavam sepultados. Mas depois de dadas as explicações e verificados os resultados parece que tudo se acalmou.

Com esta introdução, não vou aqui pedir que se faça o mesmo em Elvas, como poderia parecer. No entanto gostaria de acrescentar algo.

Senhor Presidente da Câmara, presumo que a câmara seja proprietária de alguns terrenos no concelho. Ora bem, e se a câmara aproveitasse os ditos e investisse neles para a produção de energia?

Pelo que todos conhecemos, já começou a usar a energia solar para alimentar os painéis solares que fornecem electricidade aos semáforos das freguesias rurais do concelho. E se fosse um bocado mais além? E se em cada freguesia fosse instalando pequenas centrais, que cresceriam a pouco e pouco, para alimentar de energia eléctrica as populações? Sei que o investimento é grande, mas as receitas em lugar de reverterem para a EDP, reverteriam para a câmara. Não seria este um investimento que se pagaria a ele próprio e num futuro seria uma fonte de rendimento?

Mais, porque é que a câmara não procede à recolha dos óleos alimentares usados e produz o biodiesel que usaria na sua frota de carros? Dir-me-á que não é suficiente para toda a frota. Muito bem, mas daria para uma parte e estaria a contribuir para o ambiente de duas formas:

1 – os óleos alimentares usados não iriam parar aos esgotos e consequentemente facilitava a “vida” à ETAR;

2 – poupava no combustível, já que a transformação dos óleos alimentares são convertidos facilmente e com poucos custos e que a própria câmara podia fazer.

Senhor Presidente, como presumo que queira modernizar a cidade, aqui tem um meio de dar um passo em frente nessa modernidade e não investir somente em projectos (que também fazem falta) economicamente não reprodutivos.

Voltaremos ao tema mais em detalhe e por pessoas mais entendidas no assunto que eu.

 

Jacinto César

 

 


Tasca das amoreiras às 01:42
Link do post | Comentar | favorito
79 comentários:
De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 08:21
ADE-IR
Aliança Democrática de Elvas, Inimigos do Rondão
Demoraram três semanas e meia, mas foram capazes.
Aquelas cabecinhas pensadoras, após 23 dias, lá pariram um documento com as conclusões da formidável reunião do Grémio, a tal dos 70 e picos.
O documento ilustra perfeitamente o embuste que é a ADE-IR: apresenta-se como associação de desenvolvimento, mas é uma aliança/coligação eleitoralista.
Ainda há dúvidas? Vamos esclarecê-las, mais uma vez.
Leiam as conclusões da formidável reunião do Grémio, por favor.

Falta de uma visão estratégica de desenvolvimento de longo prazo para a cidade de Elvas e de integração do centro histórico no planeamento urbano, bem como a ausência de um desenvolvimento sócio-económico sustentado, que teve como consequência:
a desertificação do centro histórico com a fuga da população para a periferia da cidade;
a insegurança das populações do centro;
a má gestão do trânsito e do parqueamento na cidade;
a existência de edifícios devolutos;
a degradação do património urbano, histórico e cultural construído;
a degradação das infra-estruturas sócio-económicas;
a má gestão dos resíduos sólidos da cidade e o descontrolo da população de pombos;
a fuga dos clientes para Badajoz;
a saída dos serviços da cidade;
o fecho das instituições militares;
o crescimento desenfreado do comércio de grande superficie na periferia da cidade;
a falta de investimento no centro histórico;
o inadequado horário de abertura dos monumentos e centros de interesse cultural e turístico.

Uma pergunta apenas para desmascarar o que está a nu e à vista de toda a gente:
- No meio de 13 pontos a bater na cidade e indirectamente na câmara e no seu presidente, não se arranja nada de positivo nesta Elvas que muitos milhares reconhecem transfigurada, moderna e bem equipada?

ADE-IR
Aliança Democrática de Elvas, Inimigos do Rondão
Há-de ir longe, a continuar por este caminho.
Os Elvenses não costumam perdoar aos que dizem mal da sua terra, que acham que cá é tudo mau e à volta são só virtudes. Não perdoam, nem esquecem.
Portinholeiros desenvolvimentistas de direita, com tiques de sindicalistas da esquerda radical.


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 08:22
O projecto do Estabelecimento Prisional do Alentejo – Elvas, em Vila Fernando, vai ser apresentado em cerimónia marcada para 26 de Novembro, quarta-feira, às 11.30 horas, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Elvas, com a presença do Secretário de Estado Adjunto e da Justiça, dr. José Conde Rodrigues.
Esta mesma cerimónia inclui ainda a assinatura do protocolo de cedência de instalações do Ministério da Justiça (em Vila Fernando) à Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (APPPACDM) de Elvas.
Este acto, marca o arranque da solução encontrada pelo Governo para a situação que envolve as instalações do Centro Educativo de Vila Fernando e da obra de construção deste novo Estabelecimento Prisional no Concelho de Elvas.
Mais uma bandeira agitada freneticamente por Paulinho Portinholas nos últimos meses que é arreada e queimada.
CDS/PP derrotado!
Com Desenvolvimento Sindical/Paulinho Portinholas.
E quando Portinholas e o seu CDS são derrotados em Elvas, os Elvenses é que saem como grandes vitoriosos.



De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 08:29
"Voltaremos ao tema mais em detalhe e por pessoas mais entendidas no assunto que eu", diz o Jacinto César.

Não há nada como ser modesto e consciente das suas limitações técnico-económicas.
Uma centralzinha fotovoltaica por localidade rural?
Oh, César! E o balanço custo-benefício?
As centrais fotovoltaicas (veja-se Amareleja, no concelho de Moura) são exactamente o contrário do que o senhor professor escreveu!
Ou seja: concentra-se a produção eléctrica em grandes centrais fotovoltaicas e depois entrega-se a energia à REN, que a distribui para exploração da EDP.
"Apenas" o contrário do sugerido.
Se a ministra da Educação sabe disto, ainda te avalia negativamente. E tem razão!


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 08:31
ADE-IR
Aliança Democrática de Elvas, Inimigos do Rondão
Segunda reunião; depois do comércio, a saúde.
Após o formidável êxito dos 70 e tal do Grémio, novo banho de multidão e inundação de ideias agora no Hotel D. Luís. A fila de entrada chegou ao Aqueduto. A ministra da Saúde cagou-se toda.
Valha-vos Deus. Ou, pelo menos para os beatos do CDS, o Senhor Jesus da Piedade que vos ajude.


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 08:35
Após duas reuniões sobre comércio, uma da ADE-IR Aliança Democrática de Elvas, Inimigos do Rondão outra promovida pela câmara, fica claro:
- uma fez barulho, demorou três semanas e meia a divulgar conclusões e, em termos práticos, nada;
- outra tratou de assuntos concretos, foram sugeridas acções, tomadas decisões e os resultados vêm já a seguir.
Por muito que os portinholeiros desenvolvimentistas de direita, apoiados pelos sindicalistas da esquerda ortodoxa, tentem dizer o contrário, com a câmara os problemas atacam-se e resolvem-se; contra a câmara não há meios.


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 08:39
Após duas reuniões sobre saúde, uma da ADE-IR Aliança Democrática de Elvas, Inimigos do Rondão outra promovida pela câmara, fica claro:
- a câmara trouxe Luís Ribeiro e deu a notícia do reforço das valências do hospital e da segurança das suas urgências;
- a ADE-IR repetiu Luís Ribeiro para repetir argumentos e garantias e não deu notícia nenhuma.

A desânimo dos portinholeiros desenvolvimentistas de direita, apoiados pelos sindicalistas da esquerda ortodoxa, foi tanto que Paulinho Portinholas nem teve ânimo para correr para o seu blogue da má-língua para postar sobre o êxito formidável da reunião do hotel. Desde domingo que o homem não pia.
E, sobretudo, não vai piar sobre os resultados do encontro da câmara com uma centena de comerciantes.


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 08:37
Óh César, tens com cada ideia mais peregrina que até doi.

Da outra vez propuseste já não sei quê para o fosso, sinceramente até nem me lembro, agora vens com essa das centrais para as freguesias;

Óh César assim ninguém te leva a sério e, depois gozam-te, se isto viesse do portinholeiros e afins ainda vá lá, agora de ti, César?


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 08:44
Já ouvi esta manhã na Rádio Elvas.
A câmara vai fazer uma campanha publicitária, na TV da Estremadura, para promover Elvas como destino em tempo de compras de Natal, Fim do Ano e Reis.
Bem pensado pela Associação Empresarial de Elvas.
Bem aproveitado e apoiado por Rondão Almeida.

A diferença entre o comércio no Grémio segunda a ADE-IR e o comércio debatido na câmara é que uns só falam, outros resolvem!
Também não admira: no Grémio estavam os dirigentes da ADE-IR, seus familiares e meia dúzia de comerciantes; na câmara estavam 100 comerciantes a falar de problemas, a apontar hipóteses e a encontrar soluções, em conjunto com a Câmara Municipal de Elvas.
Topam a diferença?


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 08:48
Então?
Não se consumou a derrocada do hospital?
O centro de saúde não ruiu?
As entensões do centro de saúde, nas Freguesias, ainda não foram abaixo?
As urgências do hospital ainda não encerram às 22 horas?
O Hospital de Santa Luzia ainda não perdeu valências?
Ora porra!
Começa a faltar assunto para a má-língua dos portinholeiros desenvolvimentistas de direita, apoiados por sindicalistas da esquerda ortodoxa.
Sendo assim:
- de que vai falar mal o Simão Dorido?
- que boato vai lançar Paulinho Portinholas?
- que teor do comunicado do Cabaceira, Caba Quê?
- e o Pepy mais o Vieiry, hoje vão dizer mal de quem?


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 08:52
O projecto do Estabelecimento Prisional do Alentejo – Elvas, em Vila Fernando, vai ser apresentado em cerimónia marcada para 26 de Novembro, quarta-feira, às 11.30 horas, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Elvas, com a presença do Secretário de Estado Adjunto e da Justiça, dr. José Conde Rodrigues.
Sobre este assunto, o CDS/PP já emitiu um dos seus famosos comunicados da desgraça, assente em alarmismo?
Os sindicalistas não piam?
Simão Dorido, o que dizes?

Esta mesma cerimónia inclui ainda a assinatura do protocolo de cedência de instalações do Ministério da Justiça (em Vila Fernando) à Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (APPPACDM) de Elvas.
O PSD não diz nada?
A "Associação" do Simão Dorido não se pronuncia, ou isto não será "Desenvolver Elvas"?
O STAL de Vieiry & Pepy não falar sobre o tema, ou não estará em causa a criação de postos de trabalho da função pública no concelho?


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 08:57
Oh, Jacinto César!!!...
Voltaste aos tempos em que postavas a favor de campos de golfe nos fossos das muralhas de Elvas.
Para escrever isto, mais vale estares quietinho, a dormir, à uma e tal de uma madrugada fria.

Sugiro-lhe dois temas, meu caro professor:
- Vila Fernando com estabelecimento prisional e aproveitamento das instalações do centro educativo;
- Elvas promovida na TV da Estremadura espanhola, como destino no período de Natal, Ano Novo e Reis, assente em comércio, pista de gelo e restauração.

Eh, pá!
Mas tem cuidado com o que escreveres; se disseres bem, arriscas-te a levar com os portinholeiros desenvolvimentistas em cima.


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 09:00
Ouve-se um ensurdecedor silêncio dos portinholeiras, esta manhã.
Para tal, alguma coisa correu mal, na noite passada.
Alguma coisa, não; duas coisas correram mal:
- o êxito prático da reunião da câmara com 100 comerciantes;
- a falta de sumo e novidades da reunião da ADE-IR sobre saúde.


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 09:02
Há um problema.
A ADE-IR reuniu para debater saúde.
A ADE-IR não ataca os problemas pela positiva.
Ou seja: a ADE-IR enganou-se.
Fez uma reunião sobre saúde e foi um fracasso.
Se tivesse feito uma sessão sobre doença, seria um êxito.
"Trabalhar pela negativa" - a máxima da ADE-IR.
Há-de ir longe, há-de.
Com gente destas, a trabalhar assim...


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 09:10
Muitos painéis fotovoltaicos em Varche.
Muitos painéis fotovoltaicos na Calçadinha.
Muitos painéis fotovoltaicos em Vila Boim.
Muitos painéis fotovoltaicos na Terrugem
Muitos painéis fotovoltaicos em Vila Fernando
Muitos painéis fotovoltaicos na Alentisca
Muitos painéis fotovoltaicos em Barbacena
Muitos painéis fotovoltaicos no Vedor
Muitos painéis fotovoltaicos em Santa Eulália
Muitos painéis fotovoltaicos em São Vicente
Muitos painéis fotovoltaicos nas Casas Novas
Muitos painéis fotovoltaicos no Caia
Muitos painéis fotovoltaicos nas Sochinhas
Muitos painéis fotovoltaicos na Aldeia do Pombal
Muitos painéis fotovoltaicos na Ajuda
Oh, professor Jacinto César!
Que ideia tão… paineleira!
Eheheheheheheheheheheheh!!!...


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 09:40
Vamos lá ver que género de comentários hoje depositam aqui o Tiago Abreu e o Zé Luís em resposta às evidências...


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 10:24
Qual Zé Luís?
O Zero ou o Zuca?
De um ao outro...


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 10:31
A Câmara reuniu 70 na Câmara e a ADE mais 70 no Hotel. Pena ter sido à mesma hora senão podiam ter sido os dois melhores!


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 10:36
Câmara reúne e decide.
ADE-IR junta pessoa e requenta os temas.


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 10:37
Zuca e Zero?...
Se vier o Diabo e escolher, escolhe o Zuca; ainda consegue ser pior que o Zero.


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 10:47
A reunião contou com os portinholeiros do costume: irmão do Dores mais a mulher do irmão do Dores; Tiago Abreu mais a mulher, mais o pai, mais a madrasta; Pepone e Vieira; Damião mais a mulher; Zuca e Cabaceira; Saldanha mais a mulher; Jantarão mais Anibal; Balsinhas mais Painho...

É pá!!!! Tantoooos médicos..... e tantos enfermeiros.....

Tão credíveis que são os Portinholeiros que ficaram a falar sózinhos e a linchar o Luís Ribeiro!!!!


De elas a 25 de Novembro de 2008 às 11:01
eu gosto dos dois. São melhores pessoas que muitos que trabalham comigo.

Jinhos

Elsa


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 10:51
Grandes cromos!

Dizem que fazem uma reunião aberta ao público e depois só querem lá os que eles acham que são da cor política deles.

Uma vergonha eu ter visto a Gila, mulher do Gili, a achincalhar um rapaz que lá resolveu ir pelo convite que a ADE fez à população.

Uma vegonha eu ter visto o Anibali a fazer a mesma figura triste!

E esta gente diz-se séria.
E esta gente diz que respeita os elvenses.

Eu também me calei mas para a próxima meto-vos na ordem à frente da comunicação social!


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 10:57
Grande ordinarice!!!

A reunião foi civilizada, calma, consensual. Estavam lá até presidentes de junta do PS que comprovaram. É uma vergonha pessoas da Câmara prestarem-se a este tipo de insinuações.

Vergonhoso.


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 11:33
"Reunião civilizada, calma e consesual"

Civilizada. Claro; a hipótese de arruaça está afastada.
Calma. Claro; não deu muito para bater na câmara.
Consensual. Claro; o assunto estava bem debatido e a população informada, desde que a câmara abordou o tema, 12 dias antes.


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 11:00
a Câmara pode decidir porque está no poder! à ADE cabe colocar temas e apresentar possiveis soluções. Qualquer pessoa sabe isso. A avaliar pelos comentários dá para ver que ficaram com azia mais uma vez. 50 na sessão de comércios e 100 para jantar. ahah, borrifaram-se para os discursos do costume e só foram às papas.

O dia que a Câmara convidar o povo para algo que não meta beberete ou jantar tem lá os de sempre, os das juntas, mais os vereadores.


De Elsa a 25 de Novembro de 2008 às 11:02
Estive no do comércio e vi pouca gente. Lojas que levaram 4 e 5 funcionários e mesmo assim não passou dos 50...


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 11:11
Começaram as aldrabisses e ordinarisses do Tiago Abreu que assina com o nome falso de Elsa!
Grande Paulinho Portinholas, quando se vê apertado e perdido entra na sua actividade preferida: a Portinholice!
Simplesmente Tiago Abreu. Mais palavras para quê...


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 11:25
Pessoas como o senhor João sereno, o senhor Jorge Góis, o senhor José Cardoso Rente, entre muitos outros comerciantes de Elvas vão gostar de saber que é isso que tu dizes deles Tiago Abreu!


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 11:38
"A Câmara pode decidir porque está no poder! À ADE cabe colocar temas e apresentar possiveis soluções."

É iso mesmo!
A câmara decide, porque tem poder para tal e sabe o que está a fazer.
A ADE-IR cabe ir entretendo, porque não tem poder, nem nunca há-de ter.

De resto, comerciantes, médicos, enfermeiros e outros já perceberam: para resolver, vão à câmara; para ouvir dizer mal, vão à ADE-IR.
Simples!
Mais que isso: verdadeiramente simplex!


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 11:08
O Encontro Temático do Presidente Rondão Almeida com os comerciantes correu maravilhosamente.

Mais de uma centena de comerciantes, pessoas de todos os quadrantes e de todas as simpatias partidárias, excelentes contributos.

Mais uma reunião muito positiva da Câmara Municipal que só mostra que os elvenses são pessoas de garra e capazes de fazer cada vez melhor com a sua Autarquia.

Parabéns à Câmara,à Associação Empresarial, à PSP que também esteve presente, e aso comerciantes.


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 11:38
Correu de facto maravilhosamente o encontro de comárcio, na reunião juntaram 50 e no jantar 100. Que quer isto dizer? Que a maioria vai apenas aos comes e bebes e borrifa-se na banha da cobra do costume!


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 11:45
Quando os comerciantes vão à reunião da ADE-IR e depois à reunião da câmara;
Quando médicos e enfermeiros vão à reunião da câmara e depois à reunião da ADE-IR;
A conclusão de todos é evidente:
Para de resolver questões, vai-se aos encontros da câmara;
Para conversas de chacha, vai-se aos encontrões da ADE-IR, que leva os familiares e amigos dos dirigentes e mais uns gatos-pingados.

ADE-IR
Aliança Democrática de Elvas, Inimigos do Rondão
A equipa do Simão Dorido, irmão do Simão Dorido e cunhada má-língua do Simão Dorido.
Uma equipa reforçada com Paulinho Portinholas, mulher do Paulinho Portinholas, pai do Paulinho Portinholas e madrasta do Paulinho Portinholas.
Uma equipa com 6 especialistas de saúde: Pepone, Vieira, Damião, Cabaceira, Aníbel e Balsinhas.
Tudo malta da Saúde.


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 11:40
Continua Tiago, é mesmo assim que vais conseguir mais votos. La vem outro 6-1.
É melhor seres tu o cabeça de lista da coligação senão nem como vereador entras.


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 11:47
Cabeça de lista da ADE-IR?...
Paulinho Portinholas?...
Que porra de ideia é esta?
Então o Simão Dorido e o Cabaceira Caba Quê?...
Além do mais, Portinholas como cabeça não era 6-1; podia estudar-se a hipótese de 7-0.


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 11:49
Não se consumou a derrocada do hospital?
O centro de saúde não ruiu?
As entensões do centro de saúde, nas Freguesias, ainda não foram abaixo?
As urgências do hospital ainda não encerram às 22 horas?
O Hospital de Santa Luzia ainda não perdeu valências?

Já não é possível fazer reuniões, comunicados, abaixo-assinados e conferências de imprensa como dantes...


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 11:51
Mas o Tiago Abreu não era candidato sozinho? Ou aquilo vai tudo coligado?
Eu sei que o sonho dele é devolver a câmara ao fascismo do antes do 25 de abril onde a família dele era rei e senhor mas já não entendo nada destas candidaturas.
Com ele na coligação voto em branco.
Sem ele voto PSD


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 12:31
Ahahahaha, ò Manel Sobreiro tu votares no PSD?? Só em sonhos, tens de defender e bem o teu belo tachinho.


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 12:34
O Sobreiro não pára hoje! A coisa não lhes anda a correr bem, tiveram de mudar do auditório do museu de fofografia para os Paços do Concelho, assim sempre estiveram mais compostos. No auditório ficavam mal na fotografia as 50 pessoas presentes (Presidentes de Junta Inlcuidos).


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 12:35
MANEL DÁS MUITO NAS VISTAS. RESPIRA UM POUCO E BEBE UM COPO DE ÁGUA PORQUE SENÃO A MALTA REPARA QUE METES COMENTÁRIOS DE 2 EM 2 MINUTOS. É SÓ REPAREM...


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 12:36
...REPAREM BEM E VEJAM COMO UMA PESSOA APENAS PARECE MUITAS. QUE RAIO DE TÁTICA ESTA HEIN?


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 13:06
Este Tiago Abreu que escreve a seguir, quando fala em baixa política deve estar a confundir com aquilo que ele costuma fazer. Paulinho Portinholas é baixo até na portinhola... já ai mais para a incontinência urinária.



De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 12:42
Um nojo o trabalho do MANUEL SOBREIRO que ainda não parou de envenenar a blogosfera. São todos seguidinhos, seguidinhos.

Pergunta: Para onde estava marcado o encontro de comércio da Câmara? Resposta: Auditório do Museu de Fotografia (ver Linhas de Elvas)

Onde foi o encontro? Paços do concelho

Porquê? Porque tiveram poucas inscrições e davam barraca noutro lado.

70 na sala da Câmara e 40 ao jantar. Para em evento da Câmara organizado com todos os meios foi um fiasco.

Mais que isso estavam no Grémio e com muito poucos meios da Associação.

A Câmara sabe, Rondão sabe e por isso esta intoxicação dos blogues que está em perda, está a perder força. Fazer um evento para comerciantes com jantar oferecido e juntar 70 pessoas é um fiasco. A Câmara ter de mudar de sala por ter pouca gente é quase inédito.

Rondão sabe isso "belamente" e tenta aplicar aquilo em que é perito, a baixa política.


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 12:57
Se és tão bem informado Tiago Portinholas vai ver o convite da Câmara aos comerciantes e vês lá "Salão Nobre dos Paços do Concelho", em cada reunião a abarrotar de pessoas diferentes. Rondão a capitalizar...

Já com a ADE a perdição é completa: pediram o auditório do Museu da Fotografia ou o Cine-Teatro e depois da Câmara ceder passarm para a salinha do Hotel D. Luís e sempre com os mesmos assistentes: Tiago, a mulher, o pai e a madrasta; Mano do Gili mais o Gili mais a mulher do Gili; Cabacinha mais balseirinhas; Vieiri e Pepi; Jantarão mais Damião mais a mulher... uma reunião de família num espaço minúsculo.

Paulinho Portinholas até troxe o deputado do CDS que tratou da saúde da dra. Maria José Nogueira Pintoe fez uma boa figura de ignorante.

Paulinho Portinholas, as coisas andam-lhe a correr tão mal que depois vem para esta Tasca reagir de cabecinha perdida!

O mano é que foi esperto que saltou desta carroça desgovernada a tempo...


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 12:59
A reunião contou com os portinholeiros do costume: irmão do Dores mais a mulher do irmão do Dores; Tiago Abreu mais a mulher, mais o pai, mais a madrasta; Pepone e Vieira; Damião mais a mulher; Zuca e Cabaceira; Saldanha mais a mulher; Jantarão mais Anibal; Balsinhas mais Painho...

É pá!!!! Tantoooos médicos..... e tantos enfermeiros.....

Tão credíveis que são os Portinholeiros que ficaram a falar sózinhos e a linchar o Luís Ribeiro!!!!


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 13:00
Grandes cromos!

Dizem que fazem uma reunião aberta ao público e depois só querem lá os que eles acham que são da cor política deles.

Uma vergonha eu ter visto a Gila, mulher do Gili, a achincalhar um rapaz que lá resolveu ir pelo convite que a ADE fez à população.

Uma vegonha eu ter visto o Anibali a fazer a mesma figura triste!

E esta gente diz-se séria.
E esta gente diz que respeita os elvenses.

Eu também me calei mas para a próxima meto-vos na ordem à frente da comunicação social!


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 13:13
Uma vergonha este discurso. Quem lá este viu (incluindo comunicação social) que todos foram bem recebidos. Esta tentativa de espezinhar os outros demonstra bem como funciona a nossa Câmara. Esse sim fazem sessões por convite para não terem surpresas e só convidam quem sabem não levantar problemas. A sessão da ADe foi correcta, educada e respeitadora como deve ser em democracia, algo que o ^PS/Elvas manifestamente não sabe o que é!


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 13:13
Um nojo o trabalho do MANUEL SOBREIRO que ainda não parou de envenenar a blogosfera. São todos seguidinhos, seguidinhos.

Pergunta: Para onde estava marcado o encontro de comércio da Câmara? Resposta: Auditório do Museu de Fotografia (ver Linhas de Elvas)

Onde foi o encontro? Paços do concelho

Porquê? Porque tiveram poucas inscrições e davam barraca noutro lado.

70 na sala da Câmara e 40 ao jantar. Para em evento da Câmara organizado com todos os meios foi um fiasco.

Mais que isso estavam no Grémio e com muito poucos meios da Associação.

A Câmara sabe, Rondão sabe e por isso esta intoxicação dos blogues que está em perda, está a perder força. Fazer um evento para comerciantes com jantar oferecido e juntar 70 pessoas é um fiasco. A Câmara ter de mudar de sala por ter pouca gente é quase inédito.

Rondão sabe isso "belamente" e tenta aplicar aquilo em que é perito, a baixa política.


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 15:08
Os apaniguados da ADE achincalham as pessoas onde ninguém vê. Anibali e Gilinha não têm moral nenhuma para achincalhar ninguém.
Uma vergonha, convidam a população e depois enxovalham as pessoas. Tenham vergonha na cara... uns é porque são novos e outros é porque são velhas e velhos.


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 13:15
Pedriam o quê??? Uma sala à Câmara?? Você delira não?? Ao ponto que isto chega!


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 13:16
Tal vai isto, a insinuarem que a ADe pediu sala à Câmara!! Como se eles emprestassem. É tudo deles!


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 13:17
Agora falam nos convites serem para o salão nobre da Câmara - pudera. Esquecem-se que esteve no site da CME que era no Museu de fotografia. Esquceme-se que foi isso que enviaram ao "Linhas". Esquecem-se ou fazem-se de parvos!


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 14:17
Tiago Abreu é perito nestes desvios.
Vamos lá ver, com um pouco de paciência.
Afinal, o que vale, o local da reunião ou o número de pessoas?
Afinal, o que vale, o número de pessoas ou as decisões tomadas?
Passo a concretizar a ideia.

Admitamos que na reunião da ADE-IR sobre saúde estiveram 50 pessoas; ou 70; ou 90; ou mesmo 230, se quiserem assim e se vos faz felizes. O que se pergunta é isto:
- O que saiu de lá, de importante, para a Saúde do concelho ou da região?
Objectivamente, nada!

Admitamos que na reunião da câmara sobre comércio estiveram 90 pessoas; ou 60; ou 30; ou mesmo 12, se quiserem assim e se vos faz felizes. O que se pergunta é isto:
- Reparar a Rua de Alcamim, promover o comércio, restauração e pista de gelo de Elvas em Espanha, ou resolver com a PSP o problema dos ambulantes não será muito mais importante do que discutir se a reunião foi na câmara, no auditório ou no coliseu, com 50, 500 ou 5000 pessoas?
Objectivamente, foram estas, entre outras, algumas das conclusões saídas da reunião.

Todos percebem as diferenças.
Há, todavia, uns formidáveis portinholeiros desenvolvimentistas da direita radical, acompanhados de sindicalistas da esquerda ortodoxa, que também percebem; mas fazem que não percebem; e inventam argumentos para transformar derrotas em vitórias.

E ainda falta escrever algo importante:
Os números que interessam são os de Outubro de 2009.
Vocês sabem disso; mas também já devem ter começado a pensar como vão explicar a realidade...
Que tal inventar que Rondão falsifica os resultados.
Resulta?... Para vós, por certo que sim.


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 14:20
O post do César não tem ponta por onde se lhe pegue.
Titula "poupança" e propõe uma despesa irrecuperável e sem retorno.
Ah, grande prof!


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 14:41
Paulo Portas é líder nacional do CDS/PP
À medida de Elvas, localmente o CDS/PP é liderado por Paulinho Portinholas, esse grande educador da classe política elvense.
Note-se que, em Elvas, CDS/PP significa
Com Desenvolvimento Sindical, Paulinho Portinholas.
E recorde-se que, nos últimos meses, Portinholas foi visto em dezenas de momentos a empunhar duas bandeiras que lhe eram muito queridas: a derrocada do Hospital de Santa Luzia e o fim do Centro Educativo de Vila Fernando.
Só que… de uma assentada e em menos de duas semanas, Paulinho Portinholas fica sem estas duas bandeiras para agitar freneticamente, como tanto gosta.

O Hospital de Santa Luzia não está a cair, nem perigo de derrocada, nem ameaça ruir. Pelo contrário: ganha mais valências, assegura as urgências 24 horas, investe em equipamento e o pessoal técnico cresce.
Mau demais, para quem estava à espera (já tinha dito e escrito isso, por várias vezes!) que o hospital passasse a centro de saúde. O primeiro tiro acertou-lhe no próprio pé e o segundo saiu-lhe pela culatra.
Vila Fernando não encerra; pior: fica com mais gente a trabalhar.
O Estabelecimento Prisional do Alentejo Norte, em Vila Fernando, Elvas, é apresentado quarta-feira dia 26, ás 11.30 horas na câmara.
O protocolo de cedência das instalações do Centro Educativo à APPACDM de Elvas é assinado quarta-feira dia 26, ás 11.30 horas na câmara.
Mau demais para quem estava à espera que o Centro Educativo fechasse, a prisão não saísse das intenções e fossem umas dezenas para o desemprego. Mais um grande azar para Portinholas.

Ou seja: derrota total no hospital e dupla derrota em Vila Fernando, porque a prisão se constrói e as velhas instalações vão ser reutilizadas. Assim, nestes cenários, Paulinho Portinholas atravessa dificuldades.
Até porque, para os lados do Morgadinho, com os quatros bares e a pista de gelo do coliseu, as notícias não são as esperadas. É evidente que Portinholas desejava bares desertos, sem jovens e pista de gelo às moscas. Também aqui, continua com azar.
Percebem agora a razão do teor de alguns comentários anteriores, da responsabilidade desses portinholeiros desenvolvimentistas da direita radical, com infiltrações de sindicalistas da esquerda radical?
Pois é isso.
Estão a derramar gasolina, em cima de uma mistura explosiva.
Vai tudo ao ar, está claro, não está?


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 15:02
Tiago andas com muitas informações do "Linhas"!!!!!!!!! Que bem relacionado....


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 15:05
Queres o quê? Ver a cópia do pedido portinholeiro?
Não. Esse é para emoldurar:
Gente sem vergonha nas cara. Dizem que a Câmara isto e aquilo, que não presta, que não precisam da Câmara para nada, mas na hora de pedir sala, som e funcionários de graça já precisam da Câmara... Falta de vergonha na cara. Tipo de Paulinho Portinholas e Simão Dorido e Vieirolas stalinistas.


De Tasca das amoreiras a 25 de Novembro de 2008 às 15:17
Caros comentadores que deram a sua opinião em relação ao post.

Sempre soube que era ignorante em muitíssimos ramos do saber. Sabia que infelizmente há por aí alguns muito piores do que eu. Agora ignorantes com pretensões a iluminados, bem …
Caros comentadores, já Augusto Gil dizia:

“Neste tumulto dissonante e rudo
E nesta vil charrice engalanada,
Onde qualquer medíocre chega a tudo,
Eu sinto a doce glória de ser NADA."

Passem bem.
Jacinto César


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 15:51
Agora falam nos convites serem para o salão nobre da Câmara - pudera. Esquecem-se que esteve no site da CME que era no Museu de fotografia. Esquceme-se que foi isso que enviaram ao "Linhas". Esquecem-se ou fazem-se de parvos!


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 15:52
Um nojo o trabalho do MANUEL SOBREIRO que ainda não parou de envenenar a blogosfera. São todos seguidinhos, seguidinhos.

Pergunta: Para onde estava marcado o encontro de comércio da Câmara? Resposta: Auditório do Museu de Fotografia (ver Linhas de Elvas)

Onde foi o encontro? Paços do concelho

Porquê? Porque tiveram poucas inscrições e davam barraca noutro lado.

70 na sala da Câmara e 40 ao jantar. Para em evento da Câmara organizado com todos os meios foi um fiasco.

Mais que isso estavam no Grémio e com muito poucos meios da Associação.

A Câmara sabe, Rondão sabe e por isso esta intoxicação dos blogues que está em perda, está a perder força. Fazer um evento para comerciantes com jantar oferecido e juntar 70 pessoas é um fiasco. A Câmara ter de mudar de sala por ter pouca gente é quase inédito.

Rondão sabe isso "belamente" e tenta aplicar aquilo em que é perito, a baixa política.


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 16:03
Os Portinholeiros da ADE quariam fazer a reunião sa saúde no Cine-Teatro. Pensavam que os elvenses estavam adeptos da sua má língua e peixeirada PSD-CDS.
A tempo viram que os elvenses os mandavam cantar... mal... para outro lado e passaram a reunião portinholeira para a salinha do Hotel dom Luís.

Estão em grande estes ADEzinhos... só conseguem encher a sala com os da família. Que maravilha de reunião familiar sobre a saúde.

Se nas reuniões da ADE são só os da família, imaginem se um dia chegassem à Câmara... faziam como quando lá estiveram... até meteram a Gila.



De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 16:10
Realmente quem tem mais envenenado a blogosfera é mesmo o Manuel Sobreiro como os fascistas dizem. O Tiago Abreu, o primeiro que criou um blog só para a má língua e que nem comentários diferentes aceitava é que é um santinho!
Vai pra casa Zé Luís Maluco
ou também pode ser
Vai pro manicómio oh Portas!
podia continuar mas os outros fascistas não sabem escrever na internet. Deles só o Tiago é que ultrapassou as novas oportunidades...


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 16:19
No cine-teatro?? estão a sonhar??? o evento que saiba sempre esteve marcado po mesmo lugar. que mais irão inventar??? manel manel ainda queimas os fusiveis.


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 16:06
És mesmo um Jacinto Nada. O tudo e que sabe tudo, que dá lições de moral, de política e de portinholice é o Tiago. Ele é que é o Tiago Tudo. Tu Jacinto, não passas mesmo de um nada.
Aprende que o Abreuzinho não vive sempre!


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 16:12
Mas quem é o Jacinto ao pé do Dr. Simão ou do Prof. Cabaceira? Não é ningúem!


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 16:20
Um nojo o trabalho do MANUEL SOBREIRO que ainda não parou de envenenar a blogosfera. São todos seguidinhos, seguidinhos.

Pergunta: Para onde estava marcado o encontro de comércio da Câmara? Resposta: Auditório do Museu de Fotografia (ver Linhas de Elvas)

Onde foi o encontro? Paços do concelho

Porquê? Porque tiveram poucas inscrições e davam barraca noutro lado.

70 na sala da Câmara e 40 ao jantar. Para em evento da Câmara organizado com todos os meios foi um fiasco.

Mais que isso estavam no Grémio e com muito poucos meios da Associação.

A Câmara sabe, Rondão sabe e por isso esta intoxicação dos blogues que está em perda, está a perder força. Fazer um evento para comerciantes com jantar oferecido e juntar 70 pessoas é um fiasco. A Câmara ter de mudar de sala por ter pouca gente é quase inédito.

Rondão sabe isso "belamente" e tenta aplicar aquilo em que é perito, a baixa política.


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 16:28
Agora falam nos convites serem para o salão nobre da Câmara - pudera. Esquecem-se que esteve no site da CME que era no Museu de fotografia. Esquceme-se que foi isso que enviaram ao "Linhas". Esquecem-se ou fazem-se de parvos!



De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 16:33
Paulo Portas é líder nacional do CDS/PP
À medida de Elvas, localmente o CDS/PP é liderado por Paulinho Portinholas, esse grande educador da classe política elvense.
Note-se que, em Elvas, CDS/PP significa
Com Desenvolvimento Sindical, Paulinho Portinholas.
E recorde-se que, nos últimos meses, Portinholas foi visto em dezenas de momentos a empunhar duas bandeiras que lhe eram muito queridas: a derrocada do Hospital de Santa Luzia e o fim do Centro Educativo de Vila Fernando.
Só que… de uma assentada e em menos de duas semanas, Paulinho Portinholas fica sem estas duas bandeiras para agitar freneticamente, como tanto gosta.

O Hospital de Santa Luzia não está a cair, nem perigo de derrocada, nem ameaça ruir. Pelo contrário: ganha mais valências, assegura as urgências 24 horas, investe em equipamento e o pessoal técnico cresce.
Mau demais, para quem estava à espera (já tinha dito e escrito isso, por várias vezes!) que o hospital passasse a centro de saúde. O primeiro tiro acertou-lhe no próprio pé e o segundo saiu-lhe pela culatra.
Vila Fernando não encerra; pior: fica com mais gente a trabalhar.
O Estabelecimento Prisional do Alentejo Norte, em Vila Fernando, Elvas, é apresentado quarta-feira dia 26, ás 11.30 horas na câmara.
O protocolo de cedência das instalações do Centro Educativo à APPACDM de Elvas é assinado quarta-feira dia 26, ás 11.30 horas na câmara.
Mau demais para quem estava à espera que o Centro Educativo fechasse, a prisão não saísse das intenções e fossem umas dezenas para o desemprego. Mais um grande azar para Portinholas.

Ou seja: derrota total no hospital e dupla derrota em Vila Fernando, porque a prisão se constrói e as velhas instalações vão ser reutilizadas. Assim, nestes cenários, Paulinho Portinholas atravessa dificuldades.
Até porque, para os lados do Morgadinho, com os quatros bares e a pista de gelo do coliseu, as notícias não são as esperadas. É evidente que Portinholas desejava bares desertos, sem jovens e pista de gelo às moscas. Também aqui, continua com azar.
Percebem agora a razão do teor de alguns comentários anteriores, da responsabilidade desses portinholeiros desenvolvimentistas da direita radical, com infiltrações de sindicalistas da esquerda radical?
Pois é isso.
Estão a derramar gasolina, em cima de uma mistura explosiva. E estão a aproximar uma tocha acesa.
Vai tudo ao ar, está claro, não está?



De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 16:37
Jacinto César a citar Augusto Gil.
Isto é que é Cultura, porra!
Por este andar, Tiago Abreu ainda cita Álvaro Cunhal.
Viery cita Kaúlza de Arriaga.
Cabaceira cita António Oliveira Salazar.
Pepone cita José Saramago.
Simão Dorido cita Catherine Zeta Jones.


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 16:39
Que bom!...
este comentário é o... 69.


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 16:41
Um nojo o trabalho do MANUEL SOBREIRO que ainda não parou de envenenar a blogosfera. São todos seguidinhos, seguidinhos.

Pergunta: Para onde estava marcado o encontro de comércio da Câmara? Resposta: Auditório do Museu de Fotografia (ver Linhas de Elvas)

Onde foi o encontro? Paços do concelho

Porquê? Porque tiveram poucas inscrições e davam barraca noutro lado.

70 na sala da Câmara e 40 ao jantar. Para em evento da Câmara organizado com todos os meios foi um fiasco.

Mais que isso estavam no Grémio e com muito poucos meios da Associação.

A Câmara sabe, Rondão sabe e por isso esta intoxicação dos blogues que está em perda, está a perder força. Fazer um evento para comerciantes com jantar oferecido e juntar 70 pessoas é um fiasco. A Câmara ter de mudar de sala por ter pouca gente é quase inédito.

Rondão sabe isso "belamente" e tenta aplicar aquilo em que é perito, a baixa política.



De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 16:51
"70 na sala da Câmara e 40 ao jantar."

Isto é o que se chama desinformação, Tiago Abreu.
Eu acho que na câmara nem 15 pessoas estavam; as fotos são todas montadas.
E no jantar eram só 7. Os empregados de mesa do restaurante não faziam outra coisa do que servir pratos sem haver pessoas.
Uma vergonha.
Nem sabem contar. Sabem como se conta? É assim:
Paulinho Portinholas +
+ mulher do Paulinho Portinholas +
+ pai do Paulinho Portinholas +
+ madrasta do Paulinho Portinholas +
+ pseudónimos do Paulinho Portinholas =
= 20 pessoas
Assim é que se soma, ou não sabem?


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 16:55
Aproveita, Tiago!
Não deixes escapar esta oportunidade.
Investiga quantos jantares a câmara pagou no Carrascal, na noite passada.
Depois, como estiveram lá só 7 pessoas e eles devem ter pago aí uns 70 ou 80, queixa-te e mete-os todos na prisão.
Boa, Tiago!
Aproveita.
Vamos a eles, moço.


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 17:14
Ganda nóia!
Boa.


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 17:35
A ADE-IR, juntando hospital com Vila Fernando, ficou como há-de ir.
Quieta e muda sobre este tema; disparando noutras direcções, para distrair.


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 18:24
Um nojo o trabalho do MANUEL SOBREIRO que ainda não parou de envenenar a blogosfera. São todos seguidinhos, seguidinhos.

Pergunta: Para onde estava marcado o encontro de comércio da Câmara? Resposta: Auditório do Museu de Fotografia (ver Linhas de Elvas)

Onde foi o encontro? Paços do concelho

Porquê? Porque tiveram poucas inscrições e davam barraca noutro lado.

70 na sala da Câmara e 40 ao jantar. Para em evento da Câmara organizado com todos os meios foi um fiasco.

Mais que isso estavam no Grémio e com muito poucos meios da Associação.

A Câmara sabe, Rondão sabe e por isso esta intoxicação dos blogues que está em perda, está a perder força. Fazer um evento para comerciantes com jantar oferecido e juntar 70 pessoas é um fiasco. A Câmara ter de mudar de sala por ter pouca gente é quase inédito.

Rondão sabe isso "belamente" e tenta aplicar aquilo em que é perito, a baixa política.


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 18:39
Uma javardice, ainda que repetida muitas vezes, não deixa de ser uma javardice.
A esquerda ortodoxa, estilo PCP, é conhecida em Portugal como cassete.
A direira radical, em Elvas de braço-dado com a esquerda ortodoxa, também já usa cassete.
Está certo.
Condizem uns com outros.


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 19:10
Temos de os compreender, se bem que não concordemos.
Estão num mau momento. É assim.

HOSPITAL
A bóia de salvação do CDS/PP e do PSD elvenses seria a manutenção do "perigo de derrocada". Se o edifício se mostra sólido e vai ser estruturalmente reforçado, é uma péssima notícia para o CDS/PP com o PSD a reboque.

VILA FERNANDO
Aqui, interessava dizer que o Centro Educativo fechava e a Prisão de Elvas ia a seguir. Era o que mais queriam o CDS/PP e o PSD a reboque.
Contas furadas. Duas vezes.
Primeiro, Elvas vai ter em Vila Fernando o Estabelecimento Prisional do Alentejo Norte; projecto e construção a anunciar amanhã.
Segundo, as instalações do Centro Educativo vão ser reutilizadas pela APPACDM de Elvas, para ali abrir mais três valências; protocolo a assinar amanhã.

Conclusão.
Podemos não concordar, mas temos de compreender por que razão o CDS/PP com o PSD a reboque andam tão tristes, apenas porque vêem os Elvenses mais felizes.
Haja paciência de chinês e um toque de compaixão cristã.


De Anónimo a 25 de Novembro de 2008 às 20:59
Um nojo o trabalho do MANUEL SOBREIRO que ainda não parou de envenenar a blogosfera. São todos seguidinhos, seguidinhos.

Pergunta: Para onde estava marcado o encontro de comércio da Câmara? Resposta: Auditório do Museu de Fotografia (ver Linhas de Elvas)

Onde foi o encontro? Paços do concelho

Porquê? Porque tiveram poucas inscrições e davam barraca noutro lado.

70 na sala da Câmara e 40 ao jantar. Para em evento da Câmara organizado com todos os meios foi um fiasco.

Mais que isso estavam no Grémio e com muito poucos meios da Associação.

A Câmara sabe, Rondão sabe e por isso esta intoxicação dos blogues que está em perda, está a perder força. Fazer um evento para comerciantes com jantar oferecido e juntar 70 pessoas é um fiasco. A Câmara ter de mudar de sala por ter pouca gente é quase inédito.

Rondão sabe isso "belamente" e tenta aplicar aquilo em que é perito, a baixa política.









De Anónimo a 26 de Novembro de 2008 às 16:21
Eu, tenho como lógico que se debata, mesmo nos blogs, assuntos que interessem á cidade e como tal as reuniões da ADE e suas conclusões são um rico motivo de debate.
O 1º idiota que escreveu no post anterior queria que a ADE elogiasse as politicas que o Rondão aplicou em Elvas mas, o estúpido + bem pago pelo poder (nosso dinheiro) não faz isso todos os meses no BM !?
Á ADE , compete fazer o resumo do consenso que se gerou no debate, e foi o que fez.


Comentar post

Últimos copos

Forte da Graça - 18

Forte da Graça - 17

Forte da Graça - 16

Forte da Graça - 15

Forte da Graça - 14

Forte da Graça - 13

Forte da Graça - 12

Forte da Graça - 11

Forte da Graça - 10

Forte da Graça - 9

Adega

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


A procurar na adega

 

Blogs de Elvas

Tags

todas as tags

últ. comentários

Nest baluarte existio uma oficina de artesanato on...
JacintoSó agora tive oportunidade de lhe vir dizer...
VERGONHA? MAS ESSAS DUAS ALMAS PERDIDAS RONDÃO E E...
Uma cartita. Uma cartinha. Uma carta.Assim anda en...
Os piores lambe-botas são os partidos de Esquerda ...
O mundo está para os corruptos e caloteiros. Uma a...
O mundo é dos caloteiros . Uma autentica vergonha.
"Não se pode aceitar que um professor dê 20 erros ...
penso k será pior dizer k ñ tem pais!ou k ñ sabe k...

mais comentados

101 comentários
89 comentários
86 comentários

subscrever feeds

SAPO Blogs