Elvas sempre em primeiro

Todos os comentários que cheguem sem IP não serão publicados.

Domingo, 8 de Setembro de 2013

Senhor Comendador vá-se embora!

 

Senhor Comendador

 

O senhor sendo mais velho do que eu, lembra-se perfeitamente que cada vez que a família ia a Lisboa era quase inevitável fazer-se uma visita ao Parque Mayer para ver uma revista. Deve-se recordar também das várias rábulas que se faziam a Salazar sem nunca se falar nele. Ele era S. António, ou simplesmente o António, o António das botas ou simplesmente o Botas e mais uns quantos. Todos nós entendíamos a quem os actores se queriam referir. Conta-se também nessa época que Salazar tinha alguns amigos, mais ou menos modestos que ouviam na rua o que dele se dizia e as anedotas que dele se contavam.

Perguntar-me-á o que é que tem a ver com isto que acabei de contar? Muito.

O senhor fecha-se lá no seu gabinete, e por muito que lhe contem o que se passa na cidade, há muita coisa que não lhe contam. Principalmente o que dizem de si e que ninguém ousa dizer-lhe. Mas eu digo-lho.

Aqui há uns tempos atrás escrevi aqui um texto em que lhe dizia que parasse a sua actividade política por aqui e que se reformasse. Que fosse para casa descansar e tomar conta dos netos. Pelos vistos tais conselhos caíram-lhe muito mal, pois julgo saber que durante a presente campanha eleitoral já se referiu ao assunto mais que uma vez. Mas eu volto à carga.

O senhor esteve na câmara 20 anos e fez muita coisa. Umas bem, outras menos bem e outras mal. Mas fez e trabalhou muito naquilo em que acreditava. Mas acho que chegou o momento de sair. Durante estes anos teve tempo mais que suficiente para preparar os delfins que possivelmente lhe iriam suceder. Escolheu o Dr. Nuno Mocinha. Pois bem, foi o senhor que o escolheu. Assim sendo deixe-oem paz. Porque cargas de água tem que continuar lá metido? Para fiscalizar? Para influenciar? Para continuar a mandar? Qual é no fim o seu objectivo?

Perpetuar o PODER. Já não consegue viver sem ele.

O senhor já reparou o ridículo que é a lista que mandou publicar com os apoiantes da candidatura? 4.500 nomes distribuídos ao longo das páginas, mas dispostos estrategicamente. Primeiro as figuras gradas, mesmo que não sejam eleitores em Elvas, depois os funcionários da câmara distribuídos uniformemente ao logo do livro para não dar muito nas vistas, depois o regimento de reformados a quem lhes dá algumas benesses e ajudas (acredita que se outro fosse o presidente, não teria feito o mesmo em relação a estes últimos?) e finalmente um batalhão de jovens que estão a estagiar na câmara ou com esperança de que tal aconteça no futuro. Ridículo Senhor Presidente, para já não falar naqueles que lá constam que se viram “obrigados” a assinar por vários motivos e que nunca saberemos se irão ou não votar a sua candidatura.

Já aqui uma vez também lho disse e agora repito: foi a maior asneira que o senhor fez ao recandidatar-se de uma forma pouco convencional. A sua estratégia não vai resultar porque a câmara vai implodir e jamais um mandato destes vai chegar ao fim.

Imagine uma situação em que sobre um assunto qualquer, o senhor e o futuro presidente estão em desacordo. Em quem é que os outros vereadores vão votar? No presidente? Não, em si com uma fidelidade canina. E qual será o papel então do presidente? Se tiver dignidade bate com a porta. Se a não tiver aguenta-o.

Senhor Comendador, ainda está a tempo de se retirar. Pode continuar a apoiar os seus delfins, mas retire-se das listas.

O senhor já é nome de rua, de avenida, de beco, de pavilhão, de parque de automóveis, já é comendador e o mais provável é que um dia lhe coloquem por aí uma estátua. Se se for embora fica aqui a promessa de que faço uma petição pública para que a Chochinhas mudem de nome para Rondónia. Que tal, ter o nome do lugar onde mora com o seu nome? A não ser que tenha pretensões a ser canonizado depois de morrer. Bem, isso já não lhe posso prometer por tal não depende de mim nem dos cidadãos de Elvas e diga-se em abono da verdade que Santo Rondão não soa lá assim muito bem.

 

Tenha uma boa semana e pense no assunto.

 

Jacinto César


Tasca das amoreiras às 18:35
Link do post | Comentar | Ver comentários (27) | favorito
|
Sexta-feira, 28 de Junho de 2013

Ai Sr. Comendador, Sr. Comendador …

 

 

 

Caro Senhor

 

Sei que por vezes sou inconveniente por dizer aquilo que me vai na cabeça e na alma, mas pelo menos sou honesto. Inteligente como é, deve saber melhor do que eu, que há por aí muita gente que tinha vontade de lhe dizer NÃO, mas seja lá porque motivo for acabam por dizer SIM. Eu cá por mim se gosto, gosto, se não gosto não gosto e pronto.

Isto tudo vem a propósito da alteração dos nomes dos equipamentos que já têm o seu nome e que agora lhe vai ser acrescentado o título de Comendador. O senhor não acha que deveria ser o primeiro a não concordar com tal medida? O senhor não entende que tal atitude não lhe fica bem? O senhor ainda não percebeu que a maioria das pessoas não concordam, mas que lhe vão batendo umas palmadinhas nas costas e depois sabe-se lá o que dizem ou que pensam?

Já lá vão uns anos sobre uma conversa que tivemos em particular na Escola Secundária (continua a cravar cigarros a toda a gente?) e que eu lhe disse que um dos seus grandes defeitos era o ser vaidoso. Pois bem, é isso mesmo que continuo a achar. O senhor não consegue ser modesto, mesmo que essa, fosse artificial. O senhor gosta que o bajulem e lhe digam amém a tudo. Feitios.

Já aqui lhe disse num dos meus escritos que como presidente da câmara merece ser homenageado pelo trabalho que fez em prol da cidade. É verdade. Mas o jantar que vai ocorrer hoje precisamente para o homenagear cheira-me que é mais um acto de vassalagem artificial onde o senhor irá produzir mais um dos seus inflamados discursos políticos. Claro!

Alguém aí da câmara abordou-me para me convidar a comparecer ao jantar. Eu educadamente respondi que não ia estar presente. E PORQUÊ? Foi a resposta ao meu não. Não tinha que dar explicações algumas, mas acabei por dizer que não ia porque não queria assistir a mais um “comício político” como aconteceu no almoço que juntou no Coliseu de Elvas as Universidades Seniores de todo o país. Gostava que tivesse ouvido os comentários que logo ali se fizeram. Mas mais uma vez e em lugar de dizerem o que pensavam, à que dar mais uma palmadinha nas costas, para lhe fazer aumentar ainda o seu ego, que já deve estar bem alto.

Caro senhor, tenha um bom jantar e um bom fim-de-semana, extensivo aos demais elvenses.

 

PS – Tenho a noção que hoje ninguém o irá informar sobre o que escrevi. Era inconveniente e o jantar poder-lhe-ia assentar mal.

 

Jacinto César  


Tasca das amoreiras às 13:28
Link do post | Comentar | Ver comentários (4) | favorito
|
Quarta-feira, 19 de Junho de 2013

Homenagem a Rondão Almeida

 

 

 

Caro Comendador

 

Não poderia em primeiro lugar deixar de felicitá-lo pela honra de ter sido condecorado pelo Chefe de Estado no dia 10 de Junho, pelos serviços que tem prestado à nossa cidade.

Penso que qualquer pessoa que não seja cega (politicamente, claro), não poderá de modo algum ignorar o que fez pela sua (nossa) cidade durante estes últimos vinte anos. O que fez está à vista de todos e ponto final.

A esta hora presumo que deva estar a pensar: “O que é que vem aí? Pontapé ou canelada?”. E eu respondo-lhe com todo o prazer e com a frontalidade que me é habitual e que o senhor conhece.

Esta missiva vem a propósito da homenagem que os cidadãos de Elvas lhe querem prestar. Aproveitando-me daquela rábula do Ricardo Araújo Pereira fez ao Prof. Marcelo Rebelo de Sousa, eu repondo:

É merecida a homenagem ao novel Comendador Rondão Almeida? SIM!

Vais também prestar-lhe essa homenagem? NÃO!

E porque é que não lhe vou prestar essa homenagem se reconheço que é merecida? Porque não ponho em questão o passado, mas a trovoada que se avizinha no futuro. Eu explico. Juntando o conhecimento que tenho de V. Exa. às afirmações públicas que tem produzido, leva-me a pensar aquilo que muita gente também pensa, mas que cala.

Trocando por miúdos: não queria estar na pele do seu sucessor. E porquê? Porque o senhor NUNCA vai querer deixar de mandar na câmara mesmo que não tenha legitimidade para tal. As opiniões dos cidadãos só se dividem num aspecto: a trovoada irá rebentar antes ou depois das eleições? Eu apostaria que ainda vai ser antes.

Já uma vez lhe escrevi propondo-lhe que se reformasse assim que o mandato terminasse e que fosse gozar da vida os anos que por cá ainda andar. Mas não. A política está-lhe na massa do sangue e não vai querer deixar de intervir na governação de quem quer que lhe suceda. Antes, até poderia compreender o facto de passar do “Senhor Presidente” para o “senhor Rondão”. Mas agora nem esse problema se coloca, pois passa de “Senhor Presidente” para “Senhor Comendador”.

Caro Comendador, deixe que os que vêm a seguir em PAZ, ou arrisca-se a que a borrasca seja tão grande que o seu sucessor nem o chegue a ser e perca as eleições.

Mais uma vez os meus parabéns pelo reconhecimento público que teve.

 

PS – Penso que me vou rir muito com algumas “figuras” que vão estar presentes, quais abutres à espera de uma qualquer benesse que possa vir.

 

PS2 – Caros comentadores, não vale a pena incomodarem-se a chamarem-me todos os nomes acabados em “…ista” porque já há muito me habituei a ignorá-los

 

Jacinto César    


Tasca das amoreiras às 16:51
Link do post | Comentar | Ver comentários (14) | favorito
|

Veja quanto tempo falta para as 5 da tarde

Número de bebedores desde 31-7-2007

Visitor Statistics
camping gear

O Tempo

Últimos copos

Senhor Comendador vá-se e...

Ai Sr. Comendador, Sr. Co...

Homenagem a Rondão Almeid...

Adega

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


A procurar na adega

 

Blogs de Elvas

Tags

todas as tags

últ. comentários

JacintoSó agora tive oportunidade de lhe vir dizer...
VERGONHA? MAS ESSAS DUAS ALMAS PERDIDAS RONDÃO E E...
Uma cartita. Uma cartinha. Uma carta.Assim anda en...
Os piores lambe-botas são os partidos de Esquerda ...
O mundo está para os corruptos e caloteiros. Uma a...
O mundo é dos caloteiros . Uma autentica vergonha.
"Não se pode aceitar que um professor dê 20 erros ...
penso k será pior dizer k ñ tem pais!ou k ñ sabe k...
Preconceituoso

mais comentados

subscrever feeds

SAPO Blogs