Elvas sempre em primeiro

Todos os comentários que cheguem sem IP não serão publicados.

Segunda-feira, 29 de Julho de 2013

Todos os políticos vão morrer a 1 de Agosto

 

 

 

Hoje li um artigo muito interessante do Prof. César das Neves e que se intitulava “Todos os políticos vão morrer a 1 de Agosto”.

Sito algumas passagens:

“E se todos os políticos portugueses morressem misteriosamente no início do próximo mês? «Nunca ninguém soube a causa, mas na manhã de 1 de Agosto de 2013 realizou-se o sonho de tantos portugueses: subitamente faleceram todos os políticos nacionais, foi extinta a troika e até Angela Merkel se demitiu”

“… nesta hecatombe morreram igualmente muitos analistas políticos e até directores de informação.”

“De repente a crise acabou», aponta César das Neves ironicamente, frisando que «todos sabem que a classe política, além de ser uma vergonha, é a culpada da situação”

 

Bem, fiquei a pensar no assunto. Claro que não desejo a morte a ninguém, mas como seria o nosso país livre desta gente toda? Penso que seríamos mais felizes e até passaríamos a consumir mais “comunicação social”. As notícias seriam mais puras, sem mentira e demagogia.

E precisaríamos de quem nos governasse? Obviamente que sim, mas por gente honesta, com moral e ética para nos comandar. Eu não gosto da anarquia, mas quase que prefiro uma ditadura tecnocrática a uma democracia camuflada como a que temos.

Entretanto vou sonhando.

 

Jacinto César


Tasca das amoreiras às 19:58
Link do post | Comentar | Ver comentários (2) | favorito
|
Terça-feira, 8 de Julho de 2008

ADE

Muito se tem falado nos últimos dias, a favor e contra, a criação desta nova associação, pelo que me limito a salientar que, num país e numa região tão carente de debate cívico e de intervenção, todas a iniciativas no sentido de fomentar esse debate são bem vindas.

Não podia no entanto deixar de comentar as reacção proveniente do Executivo Camarário, pela voz do seu Presidente, o qual, em vez de se regozijar com o aparecimento desta nova associação pelo que representa de tentativa de dinamizar o debate, e gerar ideias e consensos para o desenvolvimento do  Concelho, vem de imediato tentar denegrir, quer a associação em si mesma, quer os elementos que a constituem. Ainda na mesma reacção lança o Sr. Presidente uma ideia que, a tornar-se realidade será no mínimo surpreendente, Sugere que a referida associação se irá apresentar às próximas eleições.

A ser verdade estaríamos perante uma de duas situações, qual delas a mas  estranha :

Ou se trata de uma coligação que engloba dois partidos um sindicato, um ex-Presidente da Câmara e até um desiludido do poder, o que convenhamos não é uma coligação muito ortodoxa.

Ou se trata de uma associação cívica supra partidária que surge para se substituir aos partidos políticos, por considerar que estes esgotaram todas as soluções, mas, neste caso, não faz sentido que a mesma integre dois líderes partidários da oposição local.

Não creio que qualquer dos líderes da oposição caísse num erro estratégico tão básico.

O tempo dirá se me enganei

 

António Venâncio


Tasca das amoreiras às 09:40
Link do post | Comentar | Ver comentários (8) | favorito
|
Segunda-feira, 7 de Julho de 2008

A Tal Colheita

Quando um aluno chega ao 12º ano, tem atrás de si 12 anos de formação.

Saber isto é suficiente para perceber, que uma melhoria real nos resultados obtido no final do 12º ano, só pode surgir fruto de uma verdadeira reforma nas políticas educativas, que actue sobre todo o percurso escolar do aluno. Este trabalho, é trabalho de uma geração, que se quer consistente e mantido no tempo, e cujos resultados irão sempre surgir progressivamente através de pequenas evoluções.

Quando Sexta-feira s se anunciaram os resultados dos exames de 12º ano, hoje publicados, com grandes melhorias nas classificações relativamente ao ano anterior, (da ordem por exemplo dos 30% em Matemática A e dos 52% em Matemática B), ficamos com a certeza, que apenas uma descida significativa no grau de dificuldade das provas torna possíveis tais resultados.

Para a estatística, fica o melhor resultado dos últimos anos nos exames de final do 12º ano.

Para o nível de competências dos alunos, ficou tudo na mesma ou pior, pois dada a alteração do grau de dificuldade das provas, não existe comparabilidade entre estes resultados e os de anos anteriores para que posamos saber qual a realidade da evolução das competências dos nossos alunos.

Para o acesso ao ensino superior, a única diferença será que aqueles cursos onde só se entrava com 18 este ano vá ser necessário ter e provavelmente nem todos os 20 irão entrar, e na base da pirâmide, haverá alguns que não obtinham a classificação mínima de 9,5 para se poderem candidatar, e que irão preencher algumas das vagas que nos últimos anos sobravam em algumas Universidades e Politécnicos

Necessitado como está o País, e diariamente ouvimos afirmações nesse sentido, de aumentar a qualificação, é este um muito mau sinal dado aos nossos jovem, porque induz o sentimento de maior facilidade na obtenção de uma certificação com qualificações/competências mais reduzidas.

Quando no telejornal da RTP a Senhor Ministra da Educação veio defender estes resultados como resultado das suas políticas educativas e do trabalho dos professores, insinuando que apenas agora os professores começaram a preparar os seus alunos, está a mentir descaradamente aos portugueses por duas razões óbvias:

1º Os professores são os mesmos que em anos anteriores, e nunca viveram um ano de tantas angústia e instabilidade, com a consequente falta de serenidade no trabalho diário.

2º Nunca como este ano os professores foram sobrecarregados com o trabalho burocrático, e viram tão reduzida a sua disponibilidade para a preparação das suas aulas, e para a sempre necessária actualização.

A ser verdade, com afirma a Senhora Ministra,  que não foram dadas quaisquer instruções por parte do Ministério da Educação, para que o grau de dificuldade das provas fosse reduzido, deveria ser instaurado um inquérito para averiguar de quem é a responsabilidade deste acto, que se traduziu numa anulação, intencional ou não, da comparabilidade de resultados, e na indução de um facilitismo que são decerto prejudiciais ao sistema de ensino, e à melhoria das qualificações que tanto se apregoa.

 

António Venâncio

 

 


Tasca das amoreiras às 14:11
Link do post | Comentar | Ver comentários (11) | favorito
|

Veja quanto tempo falta para as 5 da tarde

Número de bebedores desde 31-7-2007

Visitor Statistics
camping gear

O Tempo

Últimos copos

Todos os políticos vão mo...

ADE

A Tal Colheita

Adega

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


A procurar na adega

 

Blogs de Elvas

Tags

todas as tags

últ. comentários

JacintoSó agora tive oportunidade de lhe vir dizer...
VERGONHA? MAS ESSAS DUAS ALMAS PERDIDAS RONDÃO E E...
Uma cartita. Uma cartinha. Uma carta.Assim anda en...
Os piores lambe-botas são os partidos de Esquerda ...
O mundo está para os corruptos e caloteiros. Uma a...
O mundo é dos caloteiros . Uma autentica vergonha.
"Não se pode aceitar que um professor dê 20 erros ...
penso k será pior dizer k ñ tem pais!ou k ñ sabe k...
Preconceituoso

mais comentados

11 comentários
8 comentários

subscrever feeds

SAPO Blogs