Elvas sempre em primeiro

Todos os comentários que cheguem sem IP não serão publicados.
Terça-feira, 16 de Setembro de 2014

Eu quero um brinquedo novo

Já há muito tempo que andava para escrever sobre o assunto, mas como outros mais actuais têm tido prioridade, vai ficando sempre para uma próxima oportunidade. Mas ontem uma notícia num jornal despertou-me novamente para o assunto. A notícia referia que uma empresa conhecida vendeu nas primeiras 24 horas após o seu lançamento qualquer coisa como 6 milhões de smartphones, cujo modelo mais barato custava contas redondas 700€. Perante isto fiquei a pensar no assunto e lembrar o que vejo à minha volta. E que vejo eu? Toda a minha gente (salvo seja) de samartphone na mão como se se tratasse de um novo apêndice do corpo. Estejamos nós no cinema, num funeral, numa cerimónia qualquer e basta olhar à volta e ver quantas pessoas estão com o dito na mão. Pior ainda é quando tocam nos locais mais impróprios.

Mas este é só uma parte do problema, pois a mais importante para mim é outra.

Todos nós sentimos na pele as consequência da crise económica que temos passado nos últimos anos. Mas quem olhar ao seu redor parece não haver crise e senão vejamos: todos conhecemos pessoas que aparentemente passam dificuldades. E digo aparentemente pois essas mesmas pessoas fazem questão em estar equipadas com modelos sofisticados dos referidos aparelhos o que me leva a perguntar se passam fome para o poderem comprar ou afinal não estão tão necessitados como parece? Eu não consigo responder. Mas mais ainda. E quanto custa a manutenção dos ditos aparelhinhos incluindo o tráfego que gastam com acesso à internet e a todos os aplicativos que consomem recursos? E onde vai esta gente buscar esse dinheiro todo?

Para mim é uma enorme confusão ver este panorama, sendo que ainda mais confuso fico ao ver crianças de pouca idade já com o seu brinquedo nas mãos.

Há uns dias atrás li uma entrevista com o conhecido Steve Jobs em que afirmava que os filhos estavam proibidos de utilizar tais “brinquedos”, quando é ele próprio que os fabrica. Ele lá sabe o porquê.

Eu não quero com isto dizer que gostava de ver as nossas crianças e jovens voltarem ao tempo em que para brincarem tinham que construir os seus próprios brinquedos, o que diga-se em abono da verdade que até desenvolvia a criatividade, a inteligência e o saber fazer. Mas passar do 8 para o 80 acho que é demais.

Principalmente para os pais que me estão a ler: reflictam sobre o tema.

 

PS – Há uns dias atrás e segundo os números apresentados pela empresas de telecomunicações que operam em Portugal, havia cerca de 10 milhões de aparelhos registados e a funcionar, o que dá o lindo número de um telemóvel por habitante. Se descontarmos as crianças que o não utilizam ainda, os idosos que nunca o tiveram e os verdadeiramente necessitados, temos que há por aí muita gente com mais de um telemóvel.

 

Jacinto César    


Tasca das amoreiras às 14:44
Link do post | Comentar | favorito
|
2 comentários:
De Miserinha a 16 de Setembro de 2014 às 16:23
É a cultura do supérfluo.
O essencial foi banido do socialmente correto.


De Anónimo a 17 de Setembro de 2014 às 13:06
E  este malvado governo ,como o dono do blog diz, pôs o país de tanga. O seu exemplo mostra que só se dizem mentiras .


Comentar post

Veja quanto tempo falta para as 5 da tarde

Número de bebedores desde 31-7-2007

Visitor Statistics
camping gear

O Tempo

Últimos copos

Forte da Graça - 18

Forte da Graça - 17

Forte da Graça - 16

Forte da Graça - 15

Forte da Graça - 14

Forte da Graça - 13

Forte da Graça - 12

Forte da Graça - 11

Forte da Graça - 10

Forte da Graça - 9

Adega

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


A procurar na adega

 

Blogs de Elvas

Tags

todas as tags

últ. comentários

JacintoSó agora tive oportunidade de lhe vir dizer...
VERGONHA? MAS ESSAS DUAS ALMAS PERDIDAS RONDÃO E E...
Uma cartita. Uma cartinha. Uma carta.Assim anda en...
Os piores lambe-botas são os partidos de Esquerda ...
O mundo está para os corruptos e caloteiros. Uma a...
O mundo é dos caloteiros . Uma autentica vergonha.
"Não se pode aceitar que um professor dê 20 erros ...
penso k será pior dizer k ñ tem pais!ou k ñ sabe k...
Preconceituoso

mais comentados

101 comentários
89 comentários
86 comentários

subscrever feeds

SAPO Blogs