Elvas sempre em primeiro

Todos os comentários que cheguem sem IP não serão publicados.
Domingo, 9 de Novembro de 2014

A paranóia

rondao_mocinha.JPG

 

Eu não gostava mais de falar no assunto, mas perante o que vos vou citar mais à frente, sou obrigado mais uma vez a voltar à carga.

Quando uma pessoa chega ao poder, qualquer que seja ele, e começa a nele permanecer por muito tempo,  julga-se insubstituível ou mesmo um Deus. A história é pródiga em exemplos destes.

O anterior presidente da C.M. de Elvas é um exemplo acabado do que acabei de dizer. Com todos os defeitos e virtudes que se lhe reconhecem, o que é certo é que perante a lei não podia concorrer ao último acto eleitoral para as Autárquicas. Se para muitos outros casos isto foi o fim, para Rondão Almeida não! E não porquê? Porque se fez incluir em terceiro lugar na lista tendo somente à sua frente Elsa Grilo e Nuno Moçinha. A estratégia que traçou era maquiavélica e por pouco não resultava. Montou uma Câmara paralela na Casa da Cultura e daí tentaria dirigir a Autarquia a seu belo prazer. Ao mesmo tempo ia fazendo a "vida negra" a verdadeiro presidente, que este e às tantas, farto da situação se demitiria. E se Nuno Moçinha se demitisse o que é que acontecia? Elsa Grilo subia ao "pódio" sem nunca se ter sujeitado ao sufrágio popular.

Só que as contas saíram-lhe tortas e Nuno Moçinha em lugar de se demitir bateu com a mão na mesa e retirou os pelouros ao "duo maravilha". Caiu o Carmo e a Trindade e daí a passarem ao contra ataque foi um pequeno passo.

Armou-se a confusão que todos conhecemos e mais uns quantos casos lamentáveis à mistura e Rondão teve que se conformar com a triste sina.

Logo nos primeiros tempos após a crise fiquei com a sensação que algo se estava a tramar para tentar ainda reverter a situação. Mas agora tenho quase a certeza que afinal Rondão de Almeida e Elsa Grilo estão mesmo mortos e enterrados.

Na Quinta-feira passada sai no Linhas de Elvas um pequeno extracto da entrevista que Rondão Almeida deu à LE Rádio e que seria emitida no dia seguinte.

Em condições normais nem ligaria ao assunto, mas alguém fez o favor de me telefonar para a ouvir já que eu vinha à baila. E assim fiz. Mais, até acabei por gravar a dita entrevista para depois a ouvir com mais calma.

Quase ao princípio da segunda hora ouço o meu nome citado três vezes e os cabelos puseram-se-me em pé com o que estava a ouvir. Eu nem queria acreditar no que estava a ouvir e que passo a citar ipsis verbis :

1 - " ...se encostou ao meu grande amigo professor Jacinto César ...

2 - " ... lá estava ele com facilidade de roda do Dr. Jacinto César amigo de estimação que eu tenho de há muitos anos ..."

3 - " ... ainda há dois ou três dias lá estava o nosso amigo Jacinto César chamando à atenção "cuidado eles não estão mortos nem enterrados. Cuidado!""

Para dizer a verdade, passei o fim-de-semana a pensar no assunto. Era desconcertante para mim estar a ouvir alguém a falar de  mim naqueles modos, alguém que por várias vezes ameaçou levar-me a tribunal, a última das quais, até com anúncio pago no jornal L.E.

Mas afinal o que é que o homem queria com aquilo? Fazer passar para a opinião pública que estava do seu lado? Quereria fazer passar a mensagem ao actual presidente que apesar de publicamente estar do seu lado, na realidade estava com ele (Rondão Almeida)?

Fiquei completamente baralhado. Estou ainda baralhado.

De uma coisa tenho eu a certeza: Rondão Almeida nunca me suportou e agora tem a distinta lata de dizer-se meu amigo de estimação de há muitos anos. É demais para a minha compreensão. Penso que isto é já o estrebuchar de quem está às portas da morte, mas que ainda vai disparando em todas as direcções na esperança de atingir alguém.

Só me resta e para acabar dizer "Paz à sua alma"

 

Uma boa semana para todos

 

Jacinto César


Tasca das amoreiras às 18:56
Link do post | Comentar | favorito
|
7 comentários:
De Anónimo a 10 de Novembro de 2014 às 11:09
Mocinha escrito "Moçinha", três vezes, não é gralha; é ignorância. Grave.


De Tasca das amoreiras a 10 de Novembro de 2014 às 20:55
Mais grave é a cobardia dos anónimos. Não rasteje! Ponha-se de pé!


De Sargento de Dia a 13 de Novembro de 2014 às 15:18
Com o seu passado militar, o senhor deve saber que estar de pé em vez de rastejar, em certos momentos, mais do que valentia é inconsciência.


De Obj. Consc. a 16 de Novembro de 2014 às 05:53
Militar borrego


De Mário Brito a 10 de Novembro de 2014 às 15:39
Se o senhor tivesse tido o juízinho de sair de cena, no ponto alto e pela porta grande, nada disto lhe tinha sido reservado.
Há alguns erros que custam muito caro a muita gente.


De André Miguel a 17 de Novembro de 2014 às 09:13
Só falta mudar o nome do Coliseu.


De Anónimo a 5 de Dezembro de 2014 às 20:38
É triste ver estes senhores "politicos" entretidos a brincar aos jogos palacianos, enquanto os problmas de Elvas e dos seus cidadãos ficam como que para segundo plano. <br />É verdade que no ultimos vinte anos Elvas evolui em termos de vias e infra-estruturas, bem como consegui valorizar o seu património. Mas na minha opiniao a parte essencial ficou, e está ainda  por fazer. <br />Falta captar investimento para Elvas, por exemplo em areas como  novas tecnologias e saude.  É inadmissivél que uma larga percentagem dos jovens Elvenses que tem boas qualificações  a nivel de licenciatura/mestrado, tenham que sair e ir para os grandes centros urbanos procurar as sua oportunidade.<br />E se durante os ultimos anos isso nao foi feito, nao estou a ver com esta nova "gerencia" a situação a mudar, apenas vejo uma camara a mudar peças no seu xadrez politico.<br />Fica o desabafo de um Elvense que ama a sua cidade e que não quer que façam dela um tabuleiro de xadrez.


Comentar post

Veja quanto tempo falta para as 5 da tarde

Número de bebedores desde 31-7-2007

Visitor Statistics
camping gear

O Tempo

Últimos copos

Forte da Graça - 18

Forte da Graça - 17

Forte da Graça - 16

Forte da Graça - 15

Forte da Graça - 14

Forte da Graça - 13

Forte da Graça - 12

Forte da Graça - 11

Forte da Graça - 10

Forte da Graça - 9

Adega

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


A procurar na adega

 

Blogs de Elvas

Tags

todas as tags

últ. comentários

JacintoSó agora tive oportunidade de lhe vir dizer...
VERGONHA? MAS ESSAS DUAS ALMAS PERDIDAS RONDÃO E E...
Uma cartita. Uma cartinha. Uma carta.Assim anda en...
Os piores lambe-botas são os partidos de Esquerda ...
O mundo está para os corruptos e caloteiros. Uma a...
O mundo é dos caloteiros . Uma autentica vergonha.
"Não se pode aceitar que um professor dê 20 erros ...
penso k será pior dizer k ñ tem pais!ou k ñ sabe k...
Preconceituoso

mais comentados

101 comentários
89 comentários
86 comentários

subscrever feeds

SAPO Blogs